aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
07-09-2015, 9h08

Lula sugere a Dilma mais crédito na economia

Inquéritos contra ministros diminuem espaço de Dilma para errar
32

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

No encontro com a presidente Dilma Rousseff na quinta-feira passada, em Brasília, o ex-presidente Lula criticou uma política econômica que se baseia apenas no ajuste fiscal. Ele defendeu o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Disse que Levy cumpria o seu papel, mas que era preciso que outras áreas do governo também cumprissem os seus.

Lula lembrou que, em 2003 e 2004, fez um duro ajuste fiscal com o então ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho, realizando superavits primários. Mas, ao mesmo tempo, criou o mecanismo de crédito consignado para aumentar a oferta de dinheiro em circulação na economia.

Temos uma inflação alta hoje. Já há uma política monetária dura. Na visão de Lula, se houver só aperto, a economia vai encolher ainda mais do que seria necessário para reduzir a inflação. Portanto, é uma crítica pontual.

O ex-presidente defendeu medidas de crédito, sobretudo para pequenos e médios empresários, que sofrem mais do que os grandes numa hora de aperto monetário.

Fez menos uma crítica ao Levy e mais uma crítica a Dilma e outros ministros, como Aloizio Mercadante, da Casa Civil, e Nelson Barbosa, do Planejamento, que já deveriam, no entender de Lula, ter avançado mais no projeto de concessões de bens públicos à iniciativa privada.

Para Lula, deixar a responsabilidade de melhorar a economia só com Levy não vai tirar o país da crise.

*

Diminui ainda mais espaço de Dilma para errar

Erros da presidente Dilma estreitaram a margem de manobra do governo numa hora em que dois de seus principais ministros vão responder a inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) no âmbito da Operação Lava Jato. Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Comunicação) passaram a ser investigados no STF a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Como o espaço para cometer erros está se estreitando, se não souber reagir, Dilma vai agravar ainda mais as crises política e econômica.

Os inquéritos contra Mercadante e Edinho aumentarão o grau de dificuldade política de um governo enfraquecido, que já vinha sofrendo com erros que cometeu recentemente.

É fato que não se realizou aquela previsão de um agosto sombrio, no qual cresceria a tese de impeachment. Pelo contrário. Essa tese até se enfraqueceu. O governo obteve fôlego com a denúncia contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), e teve a chance de diminuir a crise política.

Mas a presidente Dilma cometeu erros, como a desastrada tentativa de recriar a CPMF, o antigo imposto do cheque, e a trapalhada de brincar de enfraquecer o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Depois de enviar ao Congresso um orçamento com deficit primário de 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto), o governo fala agora em realizar um superávit de 0,7%. Se vai perseguir 0,7%, fica duro entender por que enviou um orçamento deficitário. Essa desculpa de mostrar transparência é uma tentativa de justificar um operação que deu errado.

Aloizio Mercadante e Edinho Silva rebatem as acusações feitas pelo delator Ricardo Pessoa, presidente da UTC. Os dois ministros negaram que tenham recebido doações ilegais de Pessoa, mas sempre é um desgaste enfrentar inquéritos no STF.

O procurador-geral da República também pediu investigação sobre um senador do PSDB de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira, que também se diz inocente. Para o governo, um senador da oposição investigado não trará nenhum alívio. No máximo, haverá constrangimento para a oposição. Mas quem está na berlinda são petistas, porque o centro da investigação envolve fatos praticados na Petrobras em governos do PT.

*

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
32
  1. juiius carlos disse:

    Dilma já ultrapassou sua cota de erros há uns 2 anos. Hoje quem habita o palácio é um ZUMBÍ. É impressionante a capacidade dela para fazer lambança. Cria problemas desnecessários a partir do nada. Parece até que tem algum inimigo a orientado a tomar decisões. Espero que este martírio acabe logo.

    • Francisco Carlos Dantas disse:

      Ainda bem que há mais pessoas jogando contra o patrimônio no governo. Na prefeitura de São Paulo existem aliados do povo contra o sistema atual e contra o ex comandante.

  2. Antonio Evangelista disse:

    O que mais me impressiona é capacidade destes Petista de continuar afirmando que as doações foram regulares. Não só eu, mais a maioria da população brasileira não consegue entender como se pode continuar com essa afirmação. Eles, Petistas, acham normal receber fortunas a título de doação de campanha de dinheiro desviados dos cofres público, acham isso normal, vão morrer afirmando que isso é legal e de direito.

    • Antonio José disse:

      Companheiro,
      Só para eu entender…
      Por que uma empresa, a mesma empresa, quando dos para os tucanos, e até doa mais, é por amor, e quando doa para os petistas, é propina…
      Não me venham com Petrobrás, pois boa parte dessas empresas, envolvidas com a Lava a Jato, estão presentes também, no metrô em São Paulo.

      • Pasquale disse:

        “Uma das propostas também em estudo é a criação de uma alíquota mais alta do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para atingir os mais ricos. Hoje, a alíquota mais alta é de 27,5%. Cálculos indicam que a elevação da alíquota para 35% poderia render mais R$ 7 bilhões.”

        Fica agora a questão: quem são os mais ricos? As faixas para a base de cálculo do Imposto de Renda mudam a cada R$ 900, aproximadamente. Salários acima de R$ 4.664,68 já são taxados na alíquota mais alta de 27,5%. Então podemos imaginar que alguém que tenha um salário acima de R$ 6.000 já seja considerado rico pelo nosso governo socialista, assim sujeito a pagar 35% de Imposto na Fonte.
        Esta deve ser a justiça social tão apregoada pelo PT.
        _______
        E agora José? rouba e deixa que o brasileiro paga?

      • Cerberus disse:

        O que mostra o quão incomPTente esse governo é. Pois, estando no poder, ele tem todas as condições de provar a culpa dos outros governos, mas não consegue.

  3. Pasquale disse:

    Dia da Patria MAMADA

  4. Fernando Fidelis disse:

    Esse cara poderia dar o conselho que todo mundo está dando…, renuncia! É só isso.

  5. MARCIO disse:

    …Será que ninguém ainda percebeu que o problema maior de tudo é a interferência do “anti-cristo” que acha que tudo é normal e ainda cita nomes dos que já passaram por lá junto com ele e hoje estão sendo processados ou presos cumprindo pena pelas “falcatruas” sob o comando dele…Acorda povo brasileiro e não reeleja os nomes dos que já passaram por lá, independente de partido…Digamos não à Reeleição!!!…

  6. Pasquale disse:

    Um governo que manda cercar com muros de aço,para se isolar durante o desfile.
    É PORQUE JÁ MORREU E AINDA NÂO FOI ENTERRADO.

  7. Reinon disse:

    “O governo do povo” tem medo do povo. Precisam do muro da vergonha para controlar o ambiente. Vergonha

  8. joprado disse:

    o tal Lula até agora não entendeu que ele e seu poste quebraram o país?? mais credito? como? tirar de onde? Cara bobo!!!!Está sugerindo soluções que foram exatamente o motivo da quebradeira atual! Daqui a pouco estará sugerindo baixar a selic, fazer o Mais Desempregado, etc… Demagogo chato!

  9. antonio brandeleiro disse:

    Este governo causaria riso se não fosse trágico, e o bramha dando conselho de administração ! outro ridículo, se tivessem um pouco de vergonha na cara já teriam sumido, mudado para outro País.

  10. UM BOM EXEMPLO: O PRESIDENTE DA GUATEMALA! disse:

    Presidente enfrenta vaias e gritos de “fora, Dilma” ao abrir Sete de Setembro
    Protesto marcado para o fim das comemorações oficiais levou boneca “Pixuleca” de 13 metros à Esplanada e boneco do lula presidiário.
    Será que isso, mais os 7% de aprovação não são o suficiente para ela seguir o exemplo do presidente da Guatelama,renunciando e deixando outro colocar o país nos trilhos novamente, já que não foi capaz de governar e seguir um exemplo do ex-presidente do Uruguai, por exemplo, o Mujica?

  11. André disse:

    Quase impossível crer, que após tudo que de errado o Governo já levou avante, ainda se diga para que a Exma. Presidenta permaneça no Governo. O Ex-Presidente poderia aconselhá-la a Renunciar, permitindo que o País encontre um caminho melhor, pouparia sacrifício desnecessário e infrutífero ao Tesouro Nacional. Ninguém vai reinventar a roda e a Economia como ciência demonstra que isso seria outro erro mais danoso, não se pode enfrentar crises com manobras populistas e menos ainda para manutenção deste ou daquele partido político no Poder. Uma renúncia tempestiva é mais honrosa que uma queda inevitável a curto prazo, não é possivel subir uma cachoeira nadando e nem resolver o problema do Brasil apenas lançando mais dinheiro para o crédito, já foi feito inclusive com renuncia fiscal protecionista e imprudente, visando tão somente manutenção do Poder e o efeito foi igual ao bumerangue. Porque não agir com prudência e equilíbrio admitindo que jogaram o bilhete premiado pela janela e mataram a galinha dos ovos de ouro?

  12. Samuel Santos disse:

    Dilma, vai a receita para não cair, se é que ainda dá tempo:

    Primeiríssimo: Baixe os juros, vai resolver o problema do desemprego e sua popularidade vai subir;
    2° Corte os gastos, comece com os ministérios;
    3° Crie incentivos à produção ( crédito para pequenos e médios empresários );
    4° Faça uma proposta conjunta com o ministério público, separe as empreiteiras dos seus representantes com licitações monitoradas, retome o crescimento da petrobràs de imediato não temos outras no Brasil, serão elas mesmas a construir quaisquer outras obras no futuro, então faça o futuro hoje;
    5° A partir o 3° mês destas atitudes já terá os políticos da oposição batendo à sua porta para negociar o que quer que seja, inverte o jogo.

    Obs: Não sou petista, apenas quero ver o País crescendo outra vez, a receita é muito simples, mas começa pelo Juros, até o Lula já está pedindo isto, não entendo esta escola econômica de Brasília, se todos dos economistas concordam e são a favos destas propostas, não só no Brasil, mas no mundo todo. Quando a raiz é bancária, só pensam em trocar papel, papel é usura, pai da miséria, não cria riqueza, gera apenas insustentabilidade, até para os próprios banco após algum tempo. Sai dessa. Já viu que este ajuste fiscal foi um tiro no pé, forçou a redução do crescimento e perdeu mais com a redução do imposto do que ganhou com as aplicações em papéis do governo, além de aumentar a dívida pública.
    Receita do crescimento, baixe o juros, baixe o juros, baixe o juros, baixe o juros… Acorda.

  13. Com 7% de aprovação o melhor para Dilma é renuciar pois não íra conseguir Governar até o final com essa economia sem rumo…..

    • jairo disse:

      Dilma não renuncia, se AERCIO e os demais querem o poder , ganhe as eleições em primeiro lugar.
      Outra!
      Todo erram!
      Dilma usa a sua lucidez , pois não é usuária de drogas, e não vive no delírio ou alucinação.
      Derrube os juros!
      Faça um acordo com o ministério público federal, avaliem todas as licitações públicas de cada prefeitura ,governos…………….convide o ministério publico a participar das licitações..e retirem todos os donos das empreiteiras da direções da mesmas.
      urgente !!
      coloque o ministro da justiça CIRO GOMES. e acabou a farra!

      • Pasquale disse:

        Mas o problema é que o povo esta pedindo,fora Dilma.
        E agora politicamente falando,como vai sobreviver,contra a vontade do povo?
        O povo não quer mais,e ponto final.

  14. Antenor disse:

    É por isso que não temos governo!
    Sabe aquela situação em que duas pessoas são encarregadas de dar comida e água para um cachorro, enquanto o dono viaja? Pois bem, nenhum cuida e o cachorro acaba morrendo de fome e de sede. Lula dá palpites, Dilma não sabe que caminho seguir e trava. Daí surgem as tomadas de decisões (quando ocorrem) de forma atabalhoadas. O que esse sujeito ainda pensa que é? Ele se acha o tal! Os tempos são outros. Mais créditos sugerem mais dinheiro no caixa do governo para essa finalidade. Cadê o dinheiro? Torraram nas campanhas eleitorais e mataram de fome e de sede a Petrobrás. Agora, a pedida é “precisamos criar novas formas de arrecadação”. Tome mais imposto para quem já paga a maior taxa do mundo. Fácil, não é?

  15. douglas disse:

    Gostaria de saber porque economista nenhum fala em baixar os lucros para a realidade brasileira?? o mercado é comprador se fizer isso vende mais e fatura mais, e a economia volta ao normal rapidinho,

  16. Pasquale disse:

    Comprador de bala juquinha

  17. José Dantas de Medeiros disse:

    O problema do país é estrutural. Não foi o PT que criou a corrupção no Brasil. O governo Dilma foi referendado nas urnas pela esmagadora maioria dos brasileiros em dois turnos de votação. Deste modo, cabe ressaltar que o governo Dilma tem legitimidade calcada no voto popular. A oposição e a mídia inescrupulosa do Brasil, tem tentado fazer parecer a opinião pública que o PT instituiu a corrupção no Brasil. Mentira! Pois, qualquer brasileiro mediano sabe que a corrupção está enraizada na cultura do país passada de pai para filho, infelizmente, nas melhores famílias. Basta só investigar, o governador do estado, o ministro, a prefeitura, o hospital, a escola, a repartição, enfim, a cada centavo gasto com o interesse público, milhões escoam pelos oleodutos da corrupção. O governo do PT,tem um diferencial, aumentou o percentual gasto com o interesse público, principalmente com o interesse público do mais pobre, do menos favorecido. Os indicadores sociais do país estão aí para todo mundo ver. A mídia reacionária e a oposição que torce contra o país não deu conta de esconder. Conclusão; isso incomodou muita gente, aqueles que começaram a receber menos, mas queriam mais, insatisfeitos, insurgiram-se contra o regime de corrupção, agora operado pelos petistas. Todavia, Não se pode generalizar. O PT não instituiu a corrupção no Brasil! Nem todo mundo no PT é corrupto! Nem todo político é corrupto! Nem todo brasileiro é corrupto! Não pode a oposição e a mídia reacionária a pretexto do combate a corrupção, querer destituir um governo eleito democraticamente em dois turno de votação pela maioria dos eleitores brasileiros, sem motivo de fato e de direito em desacordo com a constituição e as leis vigentes em nosso país. Isso é uma afronta ao Estado Democrático de Direito vigente na República Federativa do Brasil. O nome disso é Golpe de Estado…O que vem depois? Nós todos poderemos ficar surpresos com o resultado…!”A democracia é a pior de todas as formas imagináveis de governo, com exceção de todas as demais que já existiram”(Winston Churchill). “Quando ouço falar que um povo não está suficientemente preparado para a democracia,pergunto se haverá algum homem suficientemente preparado para ser déspota” (Lord Russell).

    • Pasquale disse:

      Mas o povo não quer, e agora?
      A prova foi o paredão de aço.

      • José Dantas de Medeiros disse:

        Amigo, sua pergunta tem resposta simples…. O primado da liberdade de um país e de seu povo é o respeito à lei e o direito. Sem o Direito e sem lei reina o caos. Todo mundo fazendo o que quer a qualquer hora!
        De acordo com Benjamin Constant:
        “Os povos que, para desfrutar da liberdade que lhes é útil, recorrem ao sistema representativo, devem exercer uma vigilância ativa e constante sobre seus representantes e reservar-se o direito de, em momentos que não sejam demasiado distanciados, afastá-los, caso tenham traído suas promessas, assim como, o de revogar os poderes dos quais eles tenham eventualmente abusado”. Benjamin Constant, Da liberdade dos antigos comparada à dos modernos (Disponível em Acesso em 20/112013).
        Então, já que tudo no Brasil se resolve criando novas leis, enquanto se desrespeita as vigentes. Por que os paladinos da moralidade e da ética da mídia e da oposição ao atual governo, ao invés de estarem incitando o povo a desrespeitar a constituição da república querendo destituir um governo eleito democraticamente, não propõem a criação de uma lei que institua um mecanismo para queda do governo por insatisfação se convocando novas eleições? Seria uma boa pauta para a tão propagada reforma política!
        Não devemos olvidar hoje no Brasil existe um movimento uma força contrária à manutenção da democracia, um movimento impulsionado por “políticos” inescrupulosos, por boa parte da mídia reacionária, todos guiados por interesses mesquinhos, egoístas, representativos dos interesses dos grandes grupos econômicos. Para os quais a razão de ser de todos os demais é manter seus privilégios, poder e riqueza sempre mais e cada vez maiores! Para tal fim usam o próprio povo, incitando-os na direção que querem, manobrando-os ao seu bel prazer. Se não vejamos; por que será que o pobre e o negro deste país, muitos dos quais não conseguem nem completar 18 de idade, por que são mortos pela polícia, muitos dos quais são analfabetos, muitos dos quais não têm emprego, pois são “marginais”, muitos dos quais o passado, presente e futuro é a prisão, ainda assim vivem a gritar pela redução da maioridade penal de 18 para 16 anos de idade? Eu acredito que não seja porque os pobres e negros gostam de sofrer e por isso querem ir para prisão mais cedo!

    • rubens gonçalves disse:

      Fazer um impeachment dentro das regras do jogo democratico nao é golpe. Golpe foi dado em 26 de outubro de 2014 feitas por trapaças e mentiras. Veja o caso da GUATEMALA que é um exemplo para a AL.

  18. douglas disse:

    Como é fácil criticar, balas Juquinha é um dos produtos e isso se aplica a todos, ou acha que quando se faz promoção o produto é vendido com prejuízo?? quando o povo julga um produto barato compra sem precisar.

  19. Marcos disse:

    Eles fizeram as lambanças e agora vem com um “remédio amargo” para nós. Eu continuo sugerindo o renúncia.

  20. Eduardo disse:

    Ela deve se afastar de todos os acusados de corrupção para tentar se preservar. Creio que o ex será preso.

  21. Alberto disse:

    A presença da ausência e a ausência da presença. Tanto faz como tanto fez. Assim é a terra brasilis ,a do bi-presidencialismo.Mesmo com o andar da carruagem há uma grande diferença entre ver e enxergar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-01-17 11:03:08