aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
19-06-2015, 11h42

Maduro analisa medidas econômicas, mas teme “Caracazo”

Incidente com senadores brasileiros ocorre em hora de aproximação EUA-Venezuela
21

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O incidente com senadores brasileiros em Caracas ocorreu num momento em que estão em curso dois movimentos importantes no país vizinho: uma tentativa de reaproximação entre os Estados Unidos e a Venezuela e a possibilidade de o governo Nicolás Maduro adotar medidas duras na economia.

Na questão econômica, Maduro teme tomar medidas econômicas duras e gerar uma insurreição, a exemplo do que aconteceu com o então presidente Carlos Andrés Pérez em 1989. Na época, houve o chamado “Caracazo”, uma série de protestos na capital venezuelana.

Por isso, é ruim qualquer adição de instabilidade agora. Atrapalha em vez de ajudar, porque não há santos no governo nem na oposição venezuelana.

Nesse contexto, foi correta a reação do Ministério das Relações Exteriores às hostilidades contra uma missão de senadores de oposição do Brasil que foram à Venezuela tentar visitar presos políticos.

O Itamaraty reagiu na medida, com uma nota que cobrou explicações, condenou as hostilidades e mencionou a relação de amizade entre os dois países. Ou seja, não colocou fogo no circo.

Esse imbróglio aconteceu em hora ruim, porque o Brasil tem incentivado os EUA a conversar com a Venezuela e tem pressionado o governo Maduro a melhorar sua gestão econômica e a libertar ou julgar rapidamente presos políticos. Há um esforço da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) nesse sentido.

Ontem à tarde, a presidente Dilma Rousseff pediu explicações à diplomacia brasileira. Recebeu a informação de que, de fato, um venezuelano estava chegando ao país extraditado da Colômbia. Quem conhece Caracas sabe que o aeroporto fica longe da cidade e que o trânsito lá é infernal. No trajeto, havia ainda um acidente.

No entanto, há suspeitas de que aliados do governo Nicolas Maduro tenham colocado um grupo de manifestantes no meio do caminho da comitiva brasileira. As naturais dificuldades do trânsito teriam crescido devido ao fechamento de vias públicas. Isso tudo precisa ser apurado melhor.

Politicamente, o fracasso da visita dos senadores brasileiros fortalece a oposição interna na Venezuela, porque reforça críticas de crescente autoritarismo no país. E ajuda a oposição no Brasil a criar um embaraço para o governo Dilma, que tem boas relações com Maduro.

Comentários
21
  1. César disse:

    Assim como o governo da Presidente Dilma Rousseff, o Presidente Nicolás Maduro está fadado à cair. Entrarão para a história como governos corruptos, fracassados, impopulares e incompetentes. Que serviram para reafirmar ao mundo, que regimes de esquerda radical são insustentáveis.

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    O manifestantes que ontem hostilizaram a comitiva brasileira eram exatamente iguais aos nossos sindicalistas que recebem umas migalhas do governo para ir às ruas fazer vandalismo. São apenas desocupados profissionais .

    • carlos alberto gonçalves disse:

      Cara Maria Aparecida, você precisa conhecer melhor o movimento sindical brasileiro, primeiro não há hegemonia política no movimento sindical, dado o número excessivo de sindicatos e centrais sindicais, por exemplo, a Força Sindical apoiou e tem um Deputado Federal que vive ao lado do Aécio Néves e do Alckimim, segundo, o convido á conhecer a região do ABC onde há sindicatos fortes e representativos que além de fazer a luta sindical ainda é um forte ator propositivo no campo das políticas públicas. Que falinha preconceituosa hein…

  3. Prakki Satyamurty disse:

    Venezuela é um pais rico em petróleo e beleza feminina. Todavia, os regimes do Maduro e seu antecessor Chaves, regimes esquerdistas, levaram o país para atrás. A economia está um horror. Liberdade de expressão e democracia, nem precisa falar. Rezo para que Deus ilumine o povo do país para se livrar deste regime quanto antes.

  4. Reinon disse:

    Venezuela já deu perda total !! Meu os caras age igual aqui kkkkkk, quando é contra o couro come .

  5. João Henrique disse:

    Os desocupados senadores com fichas corridas de dar vergonha foram fazer o que na Venezuela? Aécio, um inepto, faltoso é envolvido em várias falcatruas, Caiado, envolvido com Carlinhos Cacheira e trabalho escravo, Cunha Lima já foi cassado e Aloysio Nunes 300 mil e Agripino Maia envolvido com a máfia do DETRAN.

    • Aparecido disse:

      Vc tem coragem de meter o pau nos Senadores,mas é verdade tudo safado.Somente o PT tem pessoas de Indole Insofismavel e correção com o dinheiro Publico.Nenhum presta nem eles nem os do PT e este Governo larapio.

    • Luiz disse:

      Excelente seu comentário, e tem mais, eu quero saber o que esses “políticos” foram lá fazer. Vocês são pagos para trabalhar aqui no Brasil (o que fazem muito mal) e não para visitar presos. Se querem visitar presos, aqui no Brasil há inúmeras opções. Vamos respeitar o povo do Brasil.

  6. Qual será o problema dos aposentados em aposentadoria com mulheres 85 e homens 95, pois todo aumento do salario para quem recebe acima do minimo é sempre diferente. Todo ano aquele aposentado com 10 minimo de referencia, já perde. Daqui 20 anos estará recebendo 01 salario minimo.

  7. Antonio disse:

    Os senadores foram gastar dinheiro do povo para se meter em assunto alheio. Falam em Democracia,
    aqui no brasil ontem tivemos um exemplo de que democracia é balela, picharam a calçada de Jô Soares com desejo de morte ao Jô, os democratas tucanos de Higienópolis.

  8. Edson Santiago disse:

    Fico imaginando o que passa na cabeça desses senadores BRASILEIROS em se submeter a visitar presos na VENEZUELA, é claro que todos nós sabemos ou imaginamos que é um jogo politico desses doentes mentais(liderados por: AÉCIO NEVES, ALOIZIO NUNES E JOSÉ AGRIPINO), no entanto acredito que isso significa mais um tiro pé nA loucura desse doente mental chamado Aécio Neves para concorrer novamente a presidência da república, enquanto esse louco fica bradando, e falando bobagem Alkmin corre por fora com serenidade e equilíbrio, claro que nas convenção o partido fará uma escolha por quem realmente tem os pés no chão a cabeça no lugar(que certamente não é esse irresponsável do Aécio).

  9. Moisés disse:

    Esses senadores não tem o que fazer?
    Tanto trabalho pra fazer aqui e eles vão fazer graça no país dos outros.
    Francamente…. Quem pagou isso? Eles mesmos ou nossos impostos?

  10. Eduardo disse:

    Gosto do blog do Kennedy porque ele é muito equilibrado e correto em seus comentários, sem paixões pra direita, nem pra esquerda.

  11. Infelizmente é o que estamos fadados a ver na América do Sul, em vários países de orientação esquerdista. Essas hostilidades mascaradas de movimentos sindicais de apoio ao governo para esconder o real propósito que é impedir que outros países mostrem ao mundo as verdadeiras intenções da esquerda, que é tirar de circulação tudo e todos que possam contrariar seus interesses de se perpetuarem no poder.

  12. Serj disse:

    Vergonha!!!Qualquer regime autoritário, seja de direta ou esquerda, deve ser extirpado!!!!
    Não entendo o por quê de torcer por acertos entre EUA e Venezuela, já que isto só vai dar sobrevida ao regime autoritário.

  13. Getulio disse:

    A Venezuela tem uma area de petroleo estimada em mais de 140 anos de produção os EUA tem muitas companhias por lá e sua extração baseada na “xisto” não tem todo esse potencial como alardeiam , precisam da Venezuela.
    Quanto ao Aecio dizem que não entrou por esquecer as panelas.

  14. NICOLINO DE CARVALHO FARRO disse:

    Estes são os parceiros aliados do PT, o pano de fundo deste partido, que se dizia dos trabalhadores e de esquerda, é tão somente para tapar a verdadeira ambição de se tornar governo, como assumiu, e implantar a corrupção contumaz, não há outro objetivo, se não roubar o erário público, ademais, governar somente a gestão fraudulenta…

  15. francisco passeri disse:

    Maduro é um retrato piorado de dona Dilma dois picaretas.

  16. Antenor disse:

    Seria muito estranho se essa comitiva de senadores brasileiros fosse bem recebida pelo regime extremista do Maduro. Foi tudo bem articulado pelo “ditador” ex-motorista de ônibus da Venezuela. Não seria mais digno, para a Venezuela, o “Podre” Maduro rejeitar, antes, a ida dessa comitiva ao seu país? A palhaçada foi “arranjar” um jeito para impedir que os senadores chegassem à prisão, onde se encontram presos os opositores do regime ditatorial desse sujeito asqueroso.
    Quando disseram que aqui, os militantes petistas agem igualzinho lá, é uma grande verdade. Não é atoa que Dona Dilma é “assim” com o podrão Maduro. Esperar uma reprimenda oficial brasileira ao venezuelano, é acreditar que o coelho da páscoa bota ovos, e ainda, de chocolate!!!

  17. César disse:

    No trajeto, ainda havia um acidente. A esquerda bolivariana do Presidente Nicolás Maduro, ainda estava no poder. Um enorme acidente!

  18. Marco Túlio Castro disse:

    Não estou a ver o Madruro a analizar alguma coisa. Me parece que ele tem uma capacidade analítica muito reduzida para este tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 12:46:55