aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Economia
13-01-2014, 9h37

Medidas econômicas e abuso contra rolezinho

Superávit primário factível e corte de gastos relevante são estudados por Dilma
5

Comentário no “Jornal da CBN” traz bastidores sobre o governo preparar meta de superávit primário factível, em torno de 1,8% do PIB (Produto Interno Bruto). Na parte final, avaliação sobre abusos da Justiça e da Polícia Militar de São Paulo. Confira!

Comentários
5
  1. Olga Holtz disse:

    O PT depois de financiar, com verbas públicas, o MST e outros organismos que promovem a destruição de fazendas produtivas e unidades da Embrapa, bem como a invasão e depredação de órgãos públicos, agora estimula gangues urbanas a invadir, roubar e depredar shoppings, sob o pretexto da necessidade de abrir espaço para o pobres e para a nova classe média. Que vergonha !!!!! Quer tomar o governo de SP a qualquer preço.

  2. Renato de Souza disse:

    Olga Holtz, a santa.

    • Pedro disse:

      Renato, ela é a santa, Santa Ignorância ou talvez melhor, Santa Coxinha dos Preconceitos Atados. kkkkkk Tem gente que só rindo mesmo , aliás, rindo não, só gargalhando deles mesmo!!!! Protegei-nos desses maléficos que pensam que o mundo está à venda no Shopping Cidade Jardim e que só eles podem compra-lo, porque se julgam donos do mundo!!! Olga, vai dar um rolezinho, vai garota, que você ta precisando arejar um pouco essa cabecinha!!!!

  3. Eduardo Patriota Gusmão Soares disse:

    Caramba… mas de onde essas pessoas como a Olga tiram essas ideias?? PT financiando pessoas para irem ao SHOPPING depredar o patrimônio? Não… sério… longe de ser um petista mas… leia de novo: “PT estimula gangues a invadir, roubar e depredar shoppings”. Você REALMENTE acredita no que está falando?

  4. Cristiano Reame disse:

    A questão dos “rolezinhos” deve ser tratada com toda a seriedade, pois trata diretamente da propriedade privada, do qual o shopping é uma. Tem donos, acionistas, metas… Cada shopping tem realmente o direito de proibir ou liberar esses movimentos, do qual sou contra.
    Já fui a shopping com roupa velha e chinelo, e nunca fui discriminado. Fazer arruaça, correr, gritar, e alguns casos furtar, deve realmente ser combatido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-12-03 10:31:00