aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Economia
16-05-2016, 22h00

Meirelles deve anunciar amanhã Ilan Goldfajn no Banco Central

Economista Mansueto de Almeida deverá comandar secretaria extraordinária
4

KENNEDY ALENCAR
BRASILIA

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deve anunciar amanhã de manhã que Ilan Goldfajn, economista-chefe do Itaú Unibanco, será o novo presidente do Banco Central. Hoje, Meirelles fechou os nomes de sua equipe com o presidente interino, Michel Temer.

O economista Mansueto de Almeida deverá chefiar uma secretária extraordinária para cuidar das contas públicas. Carlos Hamilton irá para a Secretaria de Política Econômica. Marcelo Caetano é o nome para a secretaria que tratará da reforma da Previdência.

Comentários
4
  1. Esta é a equipe que realmente interessa. A equipe econômica é a que vai definir o futuro deste governo.

  2. walter disse:

    Realmente caro Kennedy, esta correria, trás mais ansiedade do que soluções plausíveis; não importa mesmo quem será presidente do Banco Central, tudo indica, que terá a interferência direta do governo; não haverá independência, o que seria o ideal, o Meirelles sabe…
    Precisamos mais do que nunca, medidas positivas rápidas; esta ansiedade da sociedade como um todo, não importa o credo, deve-se, a necessidade de sabermos até onde chegou o Rombo.
    Seria interessante, que o Temer fizesse uma visita rápida ao Macri na Argentina; encontrar soluções semelhantes de nossos hermanos; as medidas serão duras, não tem jeito…
    O tamanho do Rombo, deve ser definido imediatamente; esta presidente do BNDES, como já tem experiência lá, deve fazer um levantamento preliminar, para sabermos a quantas andam o banco.Certamente a casa esta bagunçada, isto não se tem duvidas.

  3. Romanelli disse:

    Seja lá quem for, o que JAMAIS pode vingar é a independência desta autarquia chamada BC
    .
    O executivo, numa economia cartelizada e indexada, estruturalmente fragilizada como a brasileira, SEMPRE encontrou poucos instrumentos pra lidar com seus desafios na área econômica, notadamente o equilíbrio entre crescimento e inflação
    .
    A saúde duma economia depende do emprego de inúmeras ferramentas, assim como a atividade do mecânico não se fixa só na chave de fenda ..deixar uma delas, significativa, porém não unica, desgarrada e ao sabor do dito mercado que, a HISTORIA comprova, nada mais são do que meia duzia de JAGUNÇOS financeiros, seria o pior do pior que poderia acontencer à Nação Brasileira.
    .
    Ademais, como sabemos, o BRASIL não é os EUA ..o REAL não é o dólar ..nossa economia não responde bem às ditas forças concorrenciais de mercado..PIOR, sequer a nossa economia obedece a muitos preceitos descritos na academia que, quando, explicam muito bem a realidade dos desenvolvidos
    .

  4. renata deso disse:

    Graças a deus o país irá melhorar, chega de gente que não sabe nada governando o país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-12-03 10:13:19