aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-05-2018, 20h55

Meirelles faz terrorismo eleitoral contra Bolsonaro, Marina e Ciro

Ex-ministro culpa adversários por alta do dólar
4

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ex-ministro da Fazenda e pré-candidato do MDB à Presidência, Henrique Meirelles, fez terrorismo eleitoral hoje ao dizer que propostas de Marina Silva, Jair Bolsonaro e Ciro Gomes seriam fatores internos que contribuíram para a alta do dólar em relação real. Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, Meirelles afirmou que ideias de Marina poderiam gerar crise econômica.

É preciso tomar cuidado com esse tipo de discurso, pois o governo não pode terceirizar responsabilidades que são suas. Afinal, na gestão Meirelles, não foi feita a prometida reforma da Previdência nem o planejado ajuste fiscal. Há ainda fatores externos que pesaram mais na recente subida da moeda norte-americana. O dólar terminou o dia cotado a R$ 3,66.

Na cerimônia para comemorar dois anos de governo, Meirelles deu declarações para polemizar com candidatos mais bem posicionados nas pesquisas. Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) estão num segundo pelotão, no cenário em que o ex-presidente Lula (PT) seria excluído da disputa.

Meirelles, que disputa com Alckmin no campo de centro-direita e direita, tenta entrar nesse pelotão. Essas declarações buscam fazer o ex-ministro da Fazenda crescer nas pesquisas, algo importante para o MDB decidir bancar sua candidatura e não fazer aliança com Alckmin, por exemplo. Por ora, jogando parado, Alckmin tem mais chance de ser o candidato a aglutinar forças de centro-direita e direita.

Ouça o comentário feito no “Jornal da CBN – 2ª Edição” a partir dos 8 minutos:

Comentários
4
  1. walter disse:

    O Meirelles caro Kennedy, não conseguiria ser marqueteiro, de tão óbvio; falta lhe sabedoria e estratégia neste quesito; esta cozinhando o galo, para ver se o temer desiste, para quem sabe, compor chapa, provavelmente com o Alkimin, um sonho de consumo, que já tem outros planos, mas não descarta o apoio do MDB no segundo turno, se chegar…temos o Rodrigo Maia na mesma situação, aguardando acenos do PSDB…ou seja, estes candidatos, são sobressalentes, aguardando novidades e recursos, para seguirem em campanhas para presidente, vice, ou governador dos seus estados…não haverá brilho nestas eleições, salvo se surgir um candidato surpreendente, novo mesmo; até aqui só temos o Bolsonaro; muito pouco, para uma transição de alta importância para todos…

  2. julio cesar paes disse:

    meirelles sabe que não tem chance nenhuma, ele seria um continuísmo de temer. então por que disputa ? a única explicação plausível seria “verba de campanha” para embolsar.
    os argumentos de meirelles pró campanha são pífio e inócuos.
    não tem carisma nenhum, é um velho que se acha “lindo” no espelho. não tem sabedoria apesar da idade, mas não passa de uma múmia velha, assim como temer é o dracula, e rodrigo maia o nhonho … caras pífios sem carisma nenhum voltados ao interesse próprio.

  3. David Dias disse:

    Porra o nosso Brasil brasileiro e nos os que nele vivemos estamos mal das pernas POIS DE TANTOS OPORTUNISTAS E O QUE É PIOR SEM QUALIFICAÇÕES PARA EXERCEREM NEM O CARGO DE PREFEITO LA EM CABROBÓ E QUEREM LOGO SER O CHEFE DA NAÇÃO, é UMA PENA POIS ACREDITO QUE O BRASIL NÃO MERECE TAL MALDADE, mas NAS DEMOCRACIA O POVO TEM O GOVERNO QUE ELEGE E O GOVERNO TEM O POVO QUE MERECE, saravá mis i fi saravá.

  4. Sebastiao Canabrava disse:

    Na ante-vespera do impeacheament,os analistas de plantao argumentavam que a subida do dolar era a possibilidade de Dilma afastar o impeacheament. E agora, analistas, qual a desculpa?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-24 12:29:12