aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
08-11-2016, 18h40

Mercado financeiro global diminui temor de “risco Trump”

Capital internacional aposta em vitória de Hillary nos EUA
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A reação positiva do mercado financeiro global ao longo desta terça reflete uma aposta na vitória da democrata Hillary Clinton na eleição americana. Ao longo do dia, o mercado financeiro mundial diminuiu a sua preocupação com o “risco Trump”.

Claro que é preciso aguardar os resultados das urnas, mas as simulações dos resultados indicam vitória de Hillary, algo desejado pelos investidores internacionais, pela maioria dos líderes mundiais e também pelo governo brasileiro. O presidente Michel Temer, por exemplo, torce pela democrata.

*

Temor de protestos de rua

O presidente Michel Temer subiu o tom em relação aos estudantes porque está preocupado que o movimento de ocupação de escolas e universidades dê gás a novas manifestações de rua contra o governo dele.

Em evento nesta terça em Brasília na CNI (Confederação Nacional da Indústria), Temer disse que estudantes não sabem o que seria uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), numa referência ao projeto que cria nova regra orçamentária e que está tramitando no Senado.

O presidente resolveu fazer um debate mais duro, na linha que já foi adotada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. É uma disputa para conquistar apoio da opinião pública numa hora em que o governo tem uma agenda legislativa difícil no Congresso e na qual há apreensão em relação às revelações que surgirão com as delações da Odebrecht.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
5
  1. Mauro disse:

    Os democratas venceram nos ultimos anos nos EUA. Prometeram muito e não entregaram nada. Alguma semelhança com os ultimos governos no Brasil?
    Trump ganhou! Quem perdeu, iremos saber alí no futuro próximo!

    • walter disse:

      Exatamente caro mauro; com a vitória do Trump, quem perdeu inicialmente, foi o mercado financeiro; apostaram na Hillary!!!
      Fico espantado com as opiniões; teremos e devemos, assumir um caminho mais conservador; a esquerda fez questão de mostrar, como acabar com qualquer economia, em 13 anos,por total incapacidade.Os institutos de pesquisas, são um capitulo a parte; o Datafolha, e o Ibope, entre outros, estão morrendo de inveja, dos pesquisadores de lá; são tão incompetentes quanto os nossos…kkk…o Trump fará diferença,fazendo mudanças; no mundo todo, a tal classe média, só perdeu,e os ricos, segundo pesquisa, ficaram mais ricos; está aí os argumentos do Trump para vencer, mexeu neste “nervo”, não deu outra; seu trabalho de convencimento, foi extraordinário, mas o POVO ajudou.

  2. joao dias disse:

    A vitória de Trump não pode ser considerada surpresa, para ninguem. Afinal, as pesquisas indicavam empate técnico entre os candidatos. Surpresa realmente foi a unanimidade da imprensa americana, televisiva e impressa, com posição definida a favor de Hillary, sofrer estrondosa derrota. É uma demonstração cabal de que o Povo americano estava realmente com vontade de mudança, mesmo não considerando os candidatos ideais , para governar a mais importante Nação do Mundo. O que fica caracterizado é esse desejo de mudança que é Universal. A sociedade está cobrando, com mais eficiencia, a honestidade, a competencia e seriedade na aplicaçao correta dos recursos público, elegendo as verdadeiras prioridades. A vitória de Trump fará com que os governantes do mundo inteiro, sejam mais competentes e menos lenientes. O mundo não está mais vangloriando um PIB elevado, com concentração mais elevada ainda, das riquezas. O Brasil, em especial, é um grande concentrador de riquezas.

  3. Mauro disse:

    Me perdoem os incrédulos e não tenho pretensoes de ser um futurólogo ou catastrofista, mas certas coisas estão atingindo um limite perigoso e que em tempos idos causaram coisas que o Brasil demorou muitos anos para superar.
    A invasão com depredação, da Assembléia Legislativa no Rio, faz a memória retroceder a uns 50 anos e pensar que o direito de manifestação que alguns creem é ilimitado, pode não ser tão elástico assim. Brincar com fogo dá queimadura e tem muita gente pagando para ver e depois não adianta reclamar das consequências, pois se elas vierem podem não ser agradaveis para quem não sabe que democracia é algo que dá direitos, mas tambem dá deveres e um deles é saber se manifestar, mas respeitando os poderes estabelecidos e não confrontando de maneira irresponsável e sem limites.
    Existe sempre um lado que tem o poder, e outros que acham que tem o poder. Pensem nisso!

Deixe uma resposta para Mauro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-31 07:43:53