aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-09-2016, 9h23

Ministro da Justiça fala o que não podia e não devia

Moraes deixa Temer mal; Lava Jato prende Palocci, próximo a Lula
38

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Na reta final do primeiro turno das eleições municipais, a nova fase da Lava Jato, a Omertà, gera um impacto eleitoral fortemente negativo para o PT. Os candidatos petistas, que já estão em dificuldade nas pesquisas por causa da crise do partido e da Lava Jato, sofrerão ainda mais.

É questionável colocar em ação na semana da eleição uma operação desse tipo, porque já é sabido faz tempo que o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci é investigado pela Lava Jato. Deve haver alguma urgência para justificar essa ação a seis dias do primeiro turno. Se não houver urgência, renderá polêmica política.

Há outro aspecto importante. Palocci foi a principal figura econômica do governo Lula. Ele implementou uma política de responsabilidade fiscal que abriu espaço no orçamento para os mais pobres e deu margem econômica ao então presidente Lula para atravessar a crise internacional de 2008 e 2009.

No início do governo Dilma, Palocci chefiou a Casa Civil por indicação de Lula. Era uma forma de conter os arroubos intervencionistas de Dilma. A queda de Palocci permitiu que Dilma cometesse todos os erros possíveis na economia e quebrasse o Brasil. Na época, ele caiu logo no começo do governo por suspeitas em relação a consultorias privadas que o deixaram milionário.

É grave que dois ex-ministros da Fazenda do PT estejam na mira dos investigadores. Pesam contra Palocci acusações de tráfico de influência para suposto benefício da Odebrecht. É também uma figura próxima do ex-presidente Lula. De acordo com integrantes da Lava Jato, investigar Palocci é uma forma de investigar indiretamente Lula. Será preciso conhecer as justificativas da prisão hoje para avaliar melhor o impacto específico das acusações contra o ex-ministro.

*

Inacreditável

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, anunciou ontem em evento em Ribeirão Preto (SP), onde participava da campanha eleitoral de um tucano, que haveria nova fase da Lava Jato nesta semana. Depois, em nota, o Ministério da Justiça divulgou que não se tratou de informação privilegiada, mas de “força de expressão”, já que estariam ocorrendo novas fases todas as semanas.

No melhor cenário para o ministro da Justiça, ele elevou o boquirrotismo dos ministros do governo Temer ao seu mais alto grau de irresponsabilidade. Se for verdade que não tinha informação privilegiada, falou o que não devia e o que não podia por ser ministro da Justiça e chefe administrativo da Polícia Federal.

Fazer isso em plena campanha eleitoral é falta grave para um ministro de Estado, porque permitirá a suspeita de uso da Polícia Federal como polícia política e não uma força judiciária ou de Estado.

Quando era secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes incomodou a cúpula da Polícia Civil e delegados por querer dar entrevistas em caso rumorosos e de impacto na opinião pública. Adorava holofotes. A linha de ação da PM paulista, truculenta, teve um apoiador em Alexandre de Moraes.

No pior cenário para o ministro da Justiça, ele tinha uma informação privilegiada sobre um adversário político. Usou num dia de campanha para um colega do PSDB, Duarte Nogueira, candidato a prefeito de Ribeirão Preto, terra onde Palocci fez carreira política. E depois deu uma desculpa esfarrapada.

Assim, ele deixa mal o presidente Michel Temer, que tem de administrar mais uma trapalhada, num cenário, ou uma infração da lei, noutro cenário. Foi grave a atitude do ministro da Justiça. Não vai acontecer nada? O governo vai sustentar que foram coincidência e força de expressão? Difícil.

Nos dois cenários, o melhor e o pior para Moraes, ele presta um desserviço à Lava Jato e mostra despreparo para o cargo. É importante reiterar: o problema de Temer não é a comunicação. O problema são os ministros.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
38
  1. Fabio disse:

    Lava Jato= Partido Politico dos Tucanos
    Veja bem, o ministro tucano anunciou que a lava jato iria agir em Ribeirão Preto

    • Joaquim José da Silva Xavier disse:

      seja de que lado for, ou por qual partido tenha simpatia ou antipatia, é notório: ESSA É A PIOR EQUIPE MINISTERIAL DESDE A REDEMOCRATIZAÇÃO . . .
      com exceção de Meirelles todos, sem exceção, ou estão enrolados em casos de corrupção, ou são incompetentes/despreparados!!!

    • walter disse:

      Caro Fabio, este é o grande problema atualmente…tentar manter aparências; neste caso, o ministro Alexandre de Morais, não deve “dourar a pílula”; deve ter uma postura firme e transparente…deve zelar para o bem do Brasil e sua segurança como um todo; não me lembro de muita lisura do PT enquanto governo…se o ministro, nas suas colocações, não pode ser sub-julgado como se o PT fosse concorrente em Ribeirão Preto…kkk.
      Brilhante Kennedy, seus comentários sobre os ministros, e de quebra sobre o prisioneiro Palocci;serão todos condenados, só queremos saber, quem vai entregar O CHEFE OU CHEFES…

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Walter caro colega, lembrando que o Palocci foi prefeito de Ribeirão Preto e protagonizou o famoso caso do “caseiro da república de Ribeirão”.

    • Roney disse:

      O população o teatro político que esta acontecendo tudo e movido por interesses assim os delegados da Policia Federal e o próprio Juiz Sergio Moro tem interesses, sejam quais forem, uma promoção, a visibilidade, que nunca tiveram, ou ate mesmo dinheiro, pois é isso que movimenta todos os seres humanos, assim não poupam nada, prisões desnecessárias, alias amigos, não e so na lava jato que se faz prisões desnecessárias, a todo minuto um cidadão de bem esta sendo preso mesmo inocente, assim quando vemos as arbitrariedades que estão acontecendo pense que amanha pode ser um você, um filho seu, seu marido ou sua mulher, sem ter o direito de defesa, alias o que estão fazendo a policia federal e o Juiz Sergio Moro faz é condenação sumaria, promover o linchamento publico de varias pessoas.
      O jogo e político e eles vem favorecendo aqueles que lhe dão guarida e por inúmeros interesses, alguém duvida disso, a historia provará o que estou falando, por que as instituições são políticas.Amanha é voce

  2. Stanislaw. disse:

    Não entendo uma coisa: o Ministro da Justiça não comanda a Polícia Federal, e por isso não tem que estar a par de tudo o que ela faz? Se for assim, seria normal o ministro saber do que a PF está fazendo ou vai fazer, do contrário seria um ministro “de araque”! O que pode ser questionável é o
    ato dele divulgar com antecedência qualquer operação sigilosa que a PF irá fazer!
    Quanto à prisão, que pena que não foi prisão preventiva! Demorou tanto tempo para ainda ser “temporária”?

    • Wellington Alves disse:

      A PF tem autonomia. Responde na teoria o Ministro da Justiça. Vide o José Eduardo Cardoso que não interferia quando começou a Lava-Jato.

    • Roberto disse:

      O desespero para defender esse (des)governo leva a isso: o sujeito posta besteira e mostra o grau de desinformação. O ministro da Justiça cometeu crime previsto no artigo 325 do Código Penal: a violação de sigilo funcional. Se o procurador-geral da República Rodrigo Janot quer preservar a Lava Jato, tem a obrigação de pedir investigação de Moraes ao Supremo Tribunal Federal.

  3. Waldemar disse:

    Meu caro Kennedy, fica dificil não fazer algum timo de comentário, pois o número de meliantes do PT na mira da PF para serem presos é tão grande que vai acabar faltando cadeia para todos!

    • Edi Rocha disse:

      O problema é o seguinte: O que esperar de um ministro da justiça que manda na lava-jato e que é inimigo do PT? Que prenda gente do PT, oras. Esse é o problema da declaração dele, póe a imparcialidade da lava-jato em dúvida. Ele tinha informações privilegiadas sim, não acredita quem quiser, mas o cara falou ontem e aconteceu hoje, e disse que lembrariam dele quando ocorresse. Quer mais?
      Considero esse o fato mais grave que aconteceu na operação lava-jato até hoje, porque tudo vira dúvida. Não dá mais para descartar que há uma perseguição. Tanto que apresentar provas não está tão necessário para prisões ultimamente.

  4. Maurício Freitas disse:

    Kennedy, discordo do seu comentário sobre o momento no qual a prisão de Palloci foi feita. Defendo o prazo legal que a justiça tem para decidir se prende ou não. Se prendesse antes, queria atingir Lula, se prender agora quer prejudicar as eleições. É esquisito o juiz Moro intimar uma testemunha de defesa de Cláudia Cruz – o deputado Hugo Mota – e ele dizer que só ir entre 20 de outubro e 10 de novembro. E assim? A justiça não pode ficar subordinada a este tipo de coisa. É lamentável ver o PT chegar a esta situação. José Dirceu declarou publicamente que o “Este partido não rouba e nem deixa roubar” e o que a gente está vendo é muita gente implicada com desvios. A morte do PT não foi encomendada… foi suicídio.

  5. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Essas questões são de menor importância quando comparadas com problemas gigantescos como o famigerado imposto sindical, fonte da maioria dos males e financiador do terrorismo de esquerda que aflige esse sofrido país.

  6. Mauro disse:

    Qual o problema do ministro da pasta onde está a pasta da PF, falar sobre a PF? Nenhum problema e isso denota que muitas pessoas deturpam, interpretam para o mal e em verdade, por motivos escuros e escusos, querem ver o circo pegar fogo, criando caos onde se tenta impor a ordem. Péssimo Brasil, onde pessoas não tem coragem de assumir um lado e fingem que são neutras. Triste.
    A prisão de Palloci só expoe cada vez mais o propósito criminoso e quadrilheiro do PT, pois implantou uma cleptocracia para manter o poder e dele usufrui-lo.
    Não é possivel que ainda existam pessoas que apoiem o partido que detinha o poder e que não sejam capazes de enxergar que a maioria de seus mais destacados membros não passam de meros criminosos, que usaram de todos os métodos e meios para espoliar os cofres públicos e com isso enriquecer ilicitamente e poder cometer delitos e mais delitos, perpetuando-se no poder.

  7. moises morera disse:

    vaum prender os tucanos que roubaraum o metro a merenda,23 milhoes para o serra enada,so prendem o pt cuidado o tiro pode sair pela culatara

  8. Wellington Alves disse:

    “O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, anunciou ontem em evento em Ribeirão Preto (SP), onde participava da campanha eleitoral de um tucano, que haveria nova fase da Lava Jato nesta semana. Depois, em nota, o Ministério da Justiça divulgou que não se tratou de informação privilegiada, mas de “força de expressão”, já que estariam ocorrendo novas fases todas as semanas.”
    Os roubos do Palocci são injustificáveis. Mas essa Lava-Jato já virou marmelada. Tontos os que acreditavam que a Dilma era o começo.

  9. Bolivar Santos disse:

    Este ministro bandido está interferindo sim nas eleições. Temos um governo ilegítimo, fraco, golpista e reacionário. Se nós brasileiros não agirmos logo, poderemos ter períodos piores que os da ditadura militar. Temos que tirar essa corja do governo, se não pelo voto, pela reação das ruas. Greves, paralisações e outros tipos de manifestação serão importantes, porém é perigoso pois o atual governo não exitará em paralisar manifestações através da força armada e subordinada a ele.

    • Mauro disse:

      Por um acaso voce já esqueceu de uma tal presidenta que mentiu e que cometeu um crime para ser reeleita?
      Onde está a prova ou algum indício de que o Alexandre de Morais é criminoso? Com que fatos ou provas voce faz essa acusação?
      O que o Brasil sabe, é que J.Dirceu, Genoino, Vaccari e tantos outros já foram condenados e comprovadamente são criminosos……e eles são do PT!

  10. Alberto disse:

    Tesoureiros em cana,agora Ministros da Fazenda e,proximamente, Presidentes da República.A orcrim dos últimos anos sendo desmantelada e colocada na cadeia,KKKKKKKKKKKKKKK.

    • nelson caldas silva disse:

      Àqueles que promoveram o maior rombo no erário público em todas as histórias das nações, amaldiçoados sejam. Meu profundo desprezo e o desejo que apodreçam nas prisões… levando seus defensores também!!!!!!!!!!!!!

  11. jair disse:

    PARABÉNS PELOS COMENTÁRIOS SEMPRE LÚCIDOS E ATUALIZADOS.

  12. Pasquale disse:

    Vai sobrar alguém,solto? Que coisa!!!

  13. Giordano disse:

    O ministro não falou nenhuma besteira. A prisão de dois dos principais componentes do PT tem um único objetivo: provar a culpa de Lula. Simples assim. Para o Moro e sua rapaziada a corrupção na Petrobras parece só pertencer a um partido, a um líder e a um tipo de ideologia – por mais que eles “neguem” sua própria ideologia. Eu já sabia disso desde da “condução coercitiva” do Lula. Basta rever as matérias da época e perceber que a fina flor do conservadorismo fanático estava a esperar por Lula em Curitiba. Além disso, o mesmo Moro que se apresenta rigoroso agora faltou com o rigor na operação que apurou a corrupção no Banestado em que o atual prefeito de Aracaju-SE estava metido até os cabelos. O dois pesos duas medidas criado pelo STF quando julgou o mensalão do PT está criando esse sentimento que as instituições do país não funcionam – o que para mim já era uma verdade absoluta a muito tempo.

  14. Roberto disse:

    Só fico pensando, qdo a Dilma era presidente e Temer era o vice o Lula vivia dizendo para a Dilma colocar o Meireles como ministro e agora o Temer coloca , será que…. ou estou com paranoia rsrsrsr
    Será que tem algum político honesto?

  15. É Lamentável que o Sr. Ministro da Justiça Esteve em Ribeirão Preto – SP., na Campanha do candidato PSDB e hoje pela manha a LAVA JATO prende PALOCCI, mas não prendem envolvidos empreitaras , políticos desde a construção da Capital do País, ou seja, Brasília – Distrito Federal, passando pelo regime militar, Governo SARNEY pelo PMDB, COLLOR pelo PRN, ITMAR FRANCO – PMDB, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO pelo PSDB, em seus dois mandatos, onde o renomado Jornalista PAULO FARNCIS, em 1995/1996, denunciou casos de corrupção estarrecedores envolvendo a Petrobras, posteriormente o jornalista AMAURI RIBEIRO JUNIOR, autor do livro a privataria tucana e pelo jornalista PAULO HENRIQUE AMORIM no conversa afiada. Por que será que os senhores procuradores da República, o Juiz Sergio Moro, o Supremo Tribunal Federal só perseguem integrantes do PT. Que Aberração !

  16. mano disse:

    Entendo que a lava jato está indo além de uma operação necessária para evitar que os crimes de corrupção fiquem impunes. A lava jato está com características de uma medida emergencial tipo estado de exceção, ou seja, uma situação oposta ao estado de direito, que suspende temporariamente por tempo indeterminado direitos e garantias constitucionais. A informação antecipada do atual ministro da justiça em comício do PSDB sobre operação relacionada a lava jato sugere participação ativa do ¨Ministério da Justiça” neste processo e com o objetivo de atingir um único partido político. A prisão do ex-ministro Guido Mantega já sugeria características de estado de exceção.

  17. Luis disse:

    Uma pergunta, que o juiz Sergio Mouro deve saber responder: Porque não foi decretada a prisão da esposa do Cunha? Ela também não pode trabalhar na destruição das provas? Ela também não pode interferir nas investigações estando livre? Ela não representa risco a investigação? Acho que o judiciário entra em descredito, quando deixa o seu fundamento principal, o julgamento justo e legal, e começa a ser utilizado para alimentar o ego de estrelas, sedentas de holofotes. Quanto ao Alexandre Moraes, é truculento e nunca teve apreço pela democracia, inventa casos para aparecer.

  18. Luiz Carlos disse:

    O LUGAR DO PT É EM CURITIBA, NA CADEIA…ANTES, DEPOIS OU DURANTE AS ELEIÇÕES…E O PMDB TAMBÉM…SÓ QUE ELES VAO TER QUE ESPERAR AS PROXIMAS ELEIÇÕES PARA IR TODOS PARA A CANA, RENAN, TEMER, JUCA E COMPANHIA…

  19. Antonio disse:

    Caro Kennedy. Irretocável seu comentário. É ridículo este comportamento de um ministro de Estado. Claramente é boca de urna. Este sujeito, um dos incentivadores dos espancadores de estudantes e professores, quando funcionário do governo do PSDB de SP, de Geraldo Alckmin, só pode mesmo ser ministro de um governo golpista e usurpador. Complementando,não se vê mais certos delegados, que adoravam holofotes. Porque será? Caiu a “crista”?

  20. Glauber C disse:

    O artigo termina assim: É importante reiterar: o problema de Temer não é a comunicação.
    Jurava que depois viria a frase:
    “É importante reiterar: o problema de Temer não é a comunicação.” É a constituição. rs.

  21. marco tulio castro disse:

    Vou contar um segredo de estado pra voces Sexta Feira, mais tardar segunda vai ter operação da PF e mais petistas serão presos.
    Alguma novidade ?
    Vamos nos ater no que importa. Porque o Paloffi foi pro xilindró ?

  22. mano disse:

    vamos nos ater ao que importa: Por que Eduardo Cunha ainda não foi para o xilindró?

  23. Cícero Costa disse:

    Esta é mais uma prova de que a operação ‘lava jato’ se transformou em operação ‘boca de urna’.

    Muito se falou aqui na fala criminosa do sr. Ministro da Justiça, mas nada se disse sobre a prisão efetuada e, a meu ver, desnecessária e de duvidosa legalidade. Antonio Palocci é investigado e monitorado pela PF há mais de 2 anos e, só agora, às vésperas das eleições, a uma semana do pleito, é que o Moro e seus pupilos resolvem prendê-lo. Ora, me poupem! Claro que a intenção é a de prejudicar o PT. Alguém duvida???!!!

  24. Romanelli disse:

    o tiroteio em Leme ..sequestro do Abílio ..os aloprados ..prisão de ex ministros ..claro que é uso político ..e a MÍDIA sabe, mas não faz nada, nem diante do arbítrio (como o foram a febre aftosa, o caos aéreo, o mensalão como “paradigma e ineditismo de corrupção” etc
    .
    e pensar que teve analista da MÍDIA que disse que “nossas instituições” estavam de pé e em pleno funcionamento ..orra ..imagine se não tivessem ?! ..e vai saber o que estes analistas consideram como “pleno funcionamento” , né mesmo ?!

  25. QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA! disse:

    Que Lula sempre foi o comandante, todo mundo sabia, só precisava ser provado, e isso a Lava Jato está fazendo.
    Escolheu um “poste” para eleger, exatamente para poder continuar comandando tudo.
    A nação inteira viu várias vezes o “poste” sair de Brasília para vir se aconselhar com o comandante!
    O mesmo se deu com os dois “sub-comandantes, lugares tenente”, seja lá que nomes sejam: primeiro Dirceu, mesmo fora do governo, continuou sub-comandando.
    Palocci a mesma coisa, mesmo fora do governo, continuou mandando em muita coisa.
    É muito semelhante aos do crime comum, que continuam mandando, mesmo presos!”
    Coisas de quadrilhas!

Deixe uma resposta para marco tulio castro Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-12-07 07:36:41