aki

cadastre-se aqui
aki
Política
24-03-2016, 21h43

Mudar meta fiscal reforça ação pró-impeachment

Mercado aposta na queda da presidente; medida confessa incapacidade
27

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Ao propor a segunda mudança da meta fiscal de 2016 em menos de três meses e bem no momento da batalha do impeachment, o governo toma uma atitude que deverá reforçar os argumentos pela saída da presidente Dilma Rousseff do poder.

O governo alega que a arrecadação de tributos caiu muito, no que tem razão. E afirma que precisa de uma autorização para um deficit orçamentário de cerca de R$ 100 bilhões a fim de evitar uma recessão mais profunda. Há controvérsias sobre a eficácia, já que resultará em mais perda de confiança dos agentes econômicos.

A proposta desagradará empresários e o mercado financeiro. Ela deverá reduzir ainda mais o apoio das empresas ao governo e dará mais gás aos defensores do impeachment, que passariam a argumentar que a presidente confessa não ter capacidade de recuperar a economia brasileira.

O mercado financeiro está apostando no impeachment. E recebeu mais munição para dobrar o lance.

*

Front externo

A entrevista presidencial a veículos estrangeiros é uma estratégia para tentar obter uma pressão externa sobre o Congresso. O governo espera manifestações da comunidade internacional contra o impeachment.

Ao enfatizar que vai lutar na Justiça, a presidente admite indiretamente que é cada vez mais difícil reunir votos na Câmara dos Deputados para tentar barrar a sua queda. Resta a aposta numa arriscada estratégia jurídica para sustentar que ela não cometeu crime de responsabilidade e que seria um golpe o eventual impeachment.

Assista aos temas do “SBT Brasil’:

Comentários
27
  1. Alvaro Souza disse:

    As crises política e econômica vão se aprofundando a cada semana, e o governo assina seu atestado de incapacidade de supera-las. Até quando vão ficar propondo medidas enganadoras? O Mercado não pode mais aceitar essas embromadas que tornam a recuperação cada vez mais difícil. O Brasil está cada vez mais desacreditado tanto no mercado interno quanto no externo. É necessário aproveitar a oportunidade de passar o país a limpo.

  2. J K disse:

    Acabei de escrever no seu texto anterior que se ninguém mexesse uma palha contra a presidente o governo não faria o sucessor em 2018. O conserto da economia precisa de medidas que esse governo não poderia tomar por serem incoerentes com suas propostas. PDVs em empresas publicas, por ex, controle de gastos, etc.
    Resta ficarem na espreita esperando o vacilo do governo para darem o bote. Quanto mais o risco de a oposição ser atingida por delações, mais eles tendem a apressar o processo. Dá pra concluir que saindo a Dilma e o próximo se enquadrando , nada sofreram e o,passado será esquecido, exceto o do pt.

  3. O Juiz Sergio Moro está na lista de personalidades mais influentes do mundo da revista Fortune. Boa Pascoa “Excelência”!
    Já Lula e Dilma, não querem ganhar ovos de pascoa este ano. Se contentariam se ganhassem barrinhas de Prestigio. Que inveja do Juiz!
    Judas terá descanso nesta Pascoa. O povo quer malhar figuras que não tem prestigio.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  4. A Capitã do Titanic petista já pode começar a pensar o que fará no pós naufrágio do governo. Afundou a legenda e todo o projeto de perpetuação no poder que tinham planejado. Não sobrou nada!
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  5. walter nobre disse:

    Caro Kennedy, com o lula oficialmente, dando as ordens; suas intenções, em estourar negativamente o orçamento do ano, antecipadamente, não levará a qualquer beneficio, a não ser o prejuízo sem precedentes; “nunca antes visto”; tudo por capricho e promoção pessoal.
    O País esta nas mãos, de dois “malucos desesperados, e mais de DUZENTOS MILHÕES DE DEPENDENTES, COM AS MÃOS ATADAS, POR TEREM UM CONGRESSO, E UMA OPOSIÇÃO DE HIPÓCRITAS…
    Precisamos do impeachment, imediatamente; não podemos mais aguardar, mais um rombo trilhardário; este falsos profetas, já deram o que tinham que dar; fuja LULA fula”!!!
    A História vai condena-los, a dilma quer sensacionalizar sua posição, como fez maduro e outros DITADORES…”se for fato, o lula pretende fugir; isso é o que fica; quero ver os “canalhas” que estão evitando sua prisão, o que vão dizer; o tamanho do problema, só será conhecido fielmente, com a queda da “doidiwana”; teremos muitas surpresas desagradáveis…

  6. Mustavo Gaia disse:

    Será que ela vai jogar com efeito suspensivo, “quinem” no campeonato carioca?
    Fica chato, hein, presidente no cargo por força de liminar do STF.

  7. Antenor disse:

    Bateu o desespero e, no desespero, a cabeça não pensa, as palavras são confusas e o caminho se perde. A cada lance uma nova confusão. O jeito é repetir, como insanos: “não vai ter golpe. … Não vai ter golpe “. Já era! Facilita as coisas e renuncia, para o bem de nós todos.

  8. JNA disse:

    DEMOCRACIA DE VIDRO

    O GOLPE JÁ ACONTECEU JÁ ESTAMOS DENTRO DELE, RESTA-NOS AGORA SABERMOS COMO SAIR.
    A SOLUÇÃO TALVÉS SEJA SIMPLES; GARRAFAS DE CERVEJAS, GASOLINA E FÓSORO, IDIGNAÇÃO E O MÍNIMO DE ESFORÇO FÍSICO.
    SERIA O CASO DE REBAIXAR NERO PARA STATUS DE BOM MOCINHO
    POR MUITO MENOS A BASTILHA CAIU. MUITOS BACANAS PEDIRÃO A GUILHOTINA PARA AMENIZAR SUA DOR
    QUEM VIVER VERÁ

  9. Evandro Pereira disse:

    Não tenho partido Político, acredito que a Presidenta Dilma, está como um piloto em pânico que no momento não consegue usar os instrumento para conduzir a aeronave no ar, nos passageiros estamos preocupado, mesmo ela vendo a aeronave rapidamente perder altitude, ela diz que não sai de forma alguma da cadeira, do piloto, o pior é esta mesma aeronave tem três copilotos, que tem investigados, com isso não nos passam segurança se em caso de necessidade, os mesmos estarão aptos a conduzir esta aeronave, evitando que a mesma toque no chão em queda.

  10. ALCINDO disse:

    É PRECISO SE SABER O QUE É MELHOR : MUDAR A META FISCAL OU RETIRAR ESSES 100 BILHÕES DAS RESERVAS INTERNACIONAIS QUE – EU POR EXEMPLO – NÃO COMPREENDO O PORQUÊ DE NÃO USAR.QUALQUER PESSOA OU EMPRESA QUE TENHA UMA POUPANÇA, USA QUANDO PRECISA, E POR QUE NÃO USAR UMA PEQUENA PARTE DAS RESERVAS. TEM “DIZEM” 370 BILHÕES DE DOLLARES DE RESERVAS, USANDO 25 JÁ SERIAM OS 100 BILHÕES DE REAIS QUE O GOVERNO PRECISA, E NÃO SERIA TANTO ASSIM, ACHO ATÉ QUE DEVERIA USAR UNS 50 A 70 BILHÕES DE DOLLARES E DEIXAR LÁ 300. ORA, ISSO DARIA UMA OXIGENAÇÃO INCRÍVEL NA ECONOMIA. 70 BILHÕES DE DOLLARES SERIAM 400 BILHÕES DE REAIS QUE ACABARIA COM TODA ESSA GRITARIA ALARMISTA DOS JORNAIS DAS TVS.ENFIM NÃO SOU ECONOMISTA POR ISSO SÓ POSSO APRECIAR O QUE ACONTECE.EM SITUAÇÃO SEMELHANTE A BORDO EU USARIA PORQUE DE NAVIO EU ENTENDO E NÃO IRIA NAUFRAGAR COM UM RECURSO DESSES À DISPOSIÇÃO. DEPOIS DE TUDO ACALMADO COMO O LULA E VAI FAZER MESMO COMO MINISTRO, VOLTARÍAMOS A POUPAR NAS RESERVAS COMO JÁ FOI FEITO.

  11. Reinon disse:

    Não tem ninguém normal no governo !! Mais um cheque em branco, Dilma formanda em economia e não entende da bagaceira.

  12. Charles de Gol disse:

    Esta tentativa de vitimização da presidente pode acabar dando um resultado contrário. Não existe apenas o risco de fuga de capitais, em virtude da constatação da total perda de controle sobre o executivo no país, mas também pode ser que as pressões venham no sentido de recomendar uma renúncia em prol do restabelecimento da economia e da ordem pública. Uma atitude ridícula, que só tende a agravar o quadro. Mais preocupante ainda é a insistência em puxar o ex-presidente para dentro do governo. Isto é a confissão da incapacidade. É a presidente passando publicamente o recibo de que não consegue mesmo dominar a situação. E é claro que nos somos apenas nós que percebemos isto. Quem está no exterior também vê, através da mídia de lá, esta mistura de circo com hospício.

  13. Juliano Roberto disse:

    A Dilma só dá tiro no pé. Ela deve pensar que a imprensa estrangeira é como os blogs chapa-branca com que ela pode contar aqui. O “The Economist”, por exemplo, aponta as idiotices que fazemos no Brasil há vários anos. E o mercado financeiro, sim, trabalha apenas com o cenário de impeachment. Não só ele, como também os empresários brasileiros e os empreendedores individuais, que não enxergam outra possibilidade de voltar a investir sem a queda desse desgoverno.

  14. Aparecido disse:

    Caro Keneddy.Gostaria de saber da Presidenta o que significa pra ela a palavra “Governar”.Ela não deve saber o significado.Talvez pra ela isto signifique,Nomear apadrinhados e militantes ptista para com porem o Governo e mamarem em suas “Tetas”.
    O PT desde que assumiu,teve no Governo Lula algum credito,mas agora estamos vendo sim a que ele veio.
    Quando a tal “Marolinha” do Lula se transformou num “Tsunami”, constatamos a total ineficiencia de seu Governo.
    Tenho dito que se o Governo do PT fosse uma empresa,ja teriam pedido sua “Falencia” há muito tempo.
    Agora mais um rombo nas contas publicas.
    Lamentável PT no Governo ,pior do que o do FHC

  15. Romanelli disse:

    Caro kennedy, a esta altura, s/sustentação jurídica qq motivo é motivo pro “GOLPE”
    .
    Tomar Cibalena reforça; andar c/pés descalços tb, assim como usar calcinha bege ou beber leite c/manga
    .]
    FATO econômico: por força do “mercado” o Estado brasileiro pagou desnecessários R$ 500 bi de juros em 2015, 20 vezes, veja bem, 20 x o BOLSA FAMÍLIA
    .
    FATO econômico embora não se noticie: independente da SELIC, passado o choque das tarifas, preços e câmbio represados, a INFLAÇÃO começou a ceder e as contas externas entraram nos eixos
    .
    FATO econômico q poucos admitem: quem atrapalhou o governo em 2015 foi o LEGISLATIVO e em 2016 o Judiciário
    .
    FATO econômico: o país precisa DESINDEXAR contratos, preços administrados, benefícios e salários ..desvincular receitas ..precisa aumentar a carga (DILMA desonerou R$400 bi), baixar juros e estimular a atividade via crédito, e reformar a previdência
    .
    Fora ainda contar c/as EMPREITEIRAS e a Petrobras pra nos devolverem 3,0 % de PIB perdidos

  16. ferretti disse:

    Acredito que a Dilma deve cair pois utilizou os recursos de maneira incorreta porem, colocar aquele vice no lugar dela é absurdo. O Temer parece um oportunista, alias o PMDB é um partido oportunista, em cima do muro. Não tem legitimidade para tomar as ações necessárias para a volta do crescimento que, alias poucos deles estão pensando. Político só pensa em se eleger, se manter no cargo, e como ganhar dinheiro. Deveriamos ter novas eleições concorrendo com candidatos comprometidos com o Brasil (parece utopia !!!!)

  17. mario machado disse:

    Não é de agora que a atual ocupante do Palácio do Planalto tem demonstrado sua incapacidade de mexer as pedras desse tabuleiro de xadrez tupiniquim. Para ser sincero, mais uma vez afirmo não ser apenas culpa sua; a sua, inquestionável, se deve a não ter se negado a assumir tamanho compromisso a um capricho de segundas intenções de seu guru Lula da Silva – o ex que continua a dar dores de cabeça à Nação. O seu dedo, íntegro, deixa a sua digital impressa aos atos promanados por Dilma Rousseff, a que se acredita não ser fraca e isenta de culpas passadas, a curta e a longa data. Em agonia lenta de governança, ela apela às comunidades alienígenas ao seu socorro urgente antes do desfecho final, que tem pernas longas de fundista campeão. E, dessa maneira, ela só piora a situação interna do país e a sua. Como temos paciência bastante, esperemos os desfechos finais que tomam perfis de tragédia saltimbanco.

  18. Juliano Lucas disse:

    Terrível este “golpe branco”, quanto sangue desperdiçado na nossa América Latina. Como essa luta política, egoísta, das elites conservadoras,manipuladoras, políticos que só pensam em seus interesses, está prejudicando nossa pátria e nossos vizinhos. Aonde está o dinheiro da esquerda brasileira? No sítio de Atibaia, no triplex do Guarujá ou na Vieira Souto, nas offshore ao redor do mundo. A sociedade, manipulada não consegue distinguir informação de mentiras como aconteceu na Alemanha durante o domínio nazista. A diferença tem haver com a sofisticação adquirida por esta elite dominante.

  19. paulada disse:

    Não tem este papo de que “seria um golpe”, pois é golpe mesmo. Num país onde um ministro do SFT (que foi nomeado pela oposição e que fala em seu nome) almoça junto com o presidente da Câmara (que preside o golpe) e que o vice presidente, que é aliado de primeira hora da oposição (que perdeu as eleições pela 4ª vez) e que também tem ligação direta com o presidente da câmara, não existem outro termo melhor para o que está acontecendo, é golpe mesmo. O que eles todos tem em comum? Não tem voto da maioria para eleger um presidente e por isso, além de boicotarem as votações importantes para o país, jogam para a mídia que o país passa por um mal momento somente por causa do governo. E atribuído a isso, setores da mídia compram esta idéia porque tem conluio com mesmos, então tá formado o golpe.

  20. Boaventura Figueredo Gloria disse:

    Ooo Kennedy, quando foi que o mercado apostou a favor do governo ? .

  21. Antenor disse:

    Bateu o desespero! Quando bate o desespero, a cabeça não pensa, as palavras são confusas e o caminho se perde. A cada novo lance, mais embaraço e confusão se produz. As argumentações já não têm mais efeitos, aí passam a repetir, como insanos: “Não vai ter golpe…Não vai ter golpe…não vai ter golpe”. Passado o impacto da afirmação insana, vem o FIM. E o fim será o impeachment Legal e baseado em fatos previstos na Lei.

  22. Paulo disse:

    Já vai tarde !

  23. Alberto disse:

    Manifestações externas? Só se for dos “cunpanherus” bolivarianos vizinhos.O restante do mundo não tá nem aí para a choradeira petista.Antes chamaram-nos de anão diplomático e agora,certamente,de chorão diplomático.O pedido de mudança da meta fiscal comprova mais uma vez a incapacidade total do (des)governo.Contudo,o negócio é GOLPE,rsrsrsrs.

  24. Elaine disse:

    Caro Kennedy, você é economista também?
    Uma pergunta: O que significa “mercado” para você?
    O mercado financeiro sempre lucrou nos governos petistas, portanto, não tem porque eles ficarem torcendo pela queda da Dilma, não é mesmo?
    Como pensar em superávit primário, com um país em recessão?
    Existem os programas sociais, certo? OK, o governo ilegítimo (sem voto popular) cortará boa parte desses programas em nome do tal ajuste e do superávit.
    Uma parcela da sociedade nunca aceitou essa história de bolsa família, minha casa, minha vida, etc. Assim sendo, o governo ilegítimo, governará apenas para 1% da população brasileira.
    QUEM VIVER, VERÁ.

    • Pode repetir por favor?
      O mercado financeiro sempre lucrou nos governos petistas.
      Mais uma vez! Pausado.
      O__M_E_R_C_A_D_O__F_I_N_A_N_C_E_I_R_O__S_E_M_P_R_E__L_U_C_R_O_U__N_O_S__G_O_V_E_R_N_O_S__P_E_T_I_S_T_A_S.
      Vocês não eram contra os bancos? Não eram contra os volumosos lucros dos bancos? Não era a Marina que ira governar para os bancos? Agora admitem que foram bons para os bancos? Admitem que os juros só favorecem os bancos? Que o PT governa para os bancos?
      Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 12:23:17