aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
17-09-2013, 16h31

Na ONU, Dilma vai propor internet sem controle estatal

3

A presidente Dilma Rousseff vai apresentar à ONU (Organizações das Nações Unidas) uma proposta de governança para a internet sem controle estatal. Mas Dilma não insistirá na ideia de que todo o conteúdo de um país fique armazenado em seu território devido à inviabilidade prática disso.

A proposta será apresentada na semana que vem, no tradicional discurso brasileiro na abertura da Assembleia Geral da ONU. O modelo em discussão no Brasil servirá de exemplo.

Traduzindo: criar um comitê gestor com participação estatal minoritária no qual a maioria seja composta pela academia (universidades), empresas e entidades de pesquisa.

Dilma argumentará que uma internet sob controle estatal favorece a espionagem e a vigilância dos cidadãos. Em certos países, há censura e controle explícito de conteúdo.

*

Em relação ao armazenamento de dados, Dilma discute uma regra para o marco civil no Brasil na qual todos os dados da União, Estados e municípios fiquem fisicamente em território nacional. A presidente tem sido convencida de que não faz sentido cobrar isso de empresas internacionais instaladas no país.

*

No discurso na ONU, Dilma deverá usar palavras duras para se referir à espionagem americana a respeito dela e da Petrobras. É provável que volte a se reunir com Obama para falar do tema.

Roberto Stuckert Filho/PR

Roberto Stuckert Filho/PR

 

Comentários
3
  1. Cristian Dutra disse:

    Mas quais empresas? Essas empresas teriam acesso aos dados armazenados, como já acontece hoje, por sinal?
    O problema do uso estatal dos dados para a maioria das pessoas, hoje em dia, é consideravelmente menor em relação ao uso das informações armazenadas nos bancos de dados virtuais pela iniciativa privada, que usa dados para fins comerciais dos mais variados, legalmente ou não.
    Não vejo com bons olhos essa iniciativa da presidenta. E olha nem toco na hipótese de ao dar força para as empresas nesses comitês, se comprometer a neutralidade da rede.

  2. tacio.rocha@gmail.com disse:

    Quando a Dilma fala em Internet sem controle estatal, ela se refere ao controle dos Estados Unidos. O que ela quer propor é um internet brasileira com controle do PT. Antes disso, ela vai fazer o 0800-Reacionario, para que a elite burguesa e rancorosa seja denunciada.

  3. Victor Rodrigues disse:

    Que bom que alguém já disse a ela que essa idéia de obrigar empresas a hospedar dados fisicamente no Brasil não fazia sentido nenhum.

Deixe uma resposta para tacio.rocha@gmail.com Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-27 17:07:58