aki

cadastre-se aqui
aki
Política
17-01-2018, 8h21

Nomeação técnica não é panaceia para estatais

Sob pressão, Temer afasta vice-presidentes da Caixa
9

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Após recomendações e alertas do Banco Central e do Ministério Público, o presidente Michel Temer decidiu afastar quatro vice-presidentes da Caixa Econômica Federal pelo prazo de 15 dias, a fim de que deem explicações sobre acusações de irregularidades.

Ao mesmo tempo, auxiliares do presidente afirmam que ele abrirá mão de indicar os vice-presidentes da Caixa e repassará essa atribuição ao Conselho de Administração do banco.

Essa última decisão pode ajudar a combater irregularidades indiretamente, porque cria mais um filtro contra indicações políticas interessadas em obter vantagens indevidas no banco. No entanto, não resolve o problema da corrupção.

Basta lembrar que, na Petrobras, é o Conselho de Administração que indica os diretores. Nas investigações da Lava Jato, todos os diretores acusados de corrupção eram funcionários de carreira _aliás, de longa carreira em áreas técnicas.

Escolher funcionários de carreira não é garantia de lisura se o apadrinhamento político interessado na corrupção continuar a prevalecer. Um político ser indicado para diretor da Petrobras ou vice-presidente da Caixa não é necessariamente pior do que nomear um técnico.

A solução é melhorar as regras de governança. Tornar os processos decisórios mais transparentes. Tomar decisões de forma colegiada na maioria dos casos. Reforçar controles internos e externos.

O problema não está na política. Está na intenção de políticos e partidos que desejam apadrinhar técnicos ou políticos para obter vantagens indevidas nas empresas estatais.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”, que também abordou a novela jurídica a respeito da indicação de Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho:

Comentários
9
  1. walter disse:

    Kennedy, o temer quer nos convencer que esta no comando de fato do governo; estes casos dos diretores da caixa, é um escândalo…já deveria ter tomado uma atitude, Afastando sumariamente estes pesos mortos, esta situação pode respingar na “reforma” da previdência; outra situação insólita; deveria providenciar outra indicação no lugar da Brasil, já que o tempo caminha contra o governo; não importa nesta altura, a solução parcial da previdência, deve acabar com a sangria; quem não consegue entender, como funciona a economia, não tem a profundidade suficiente para compreender o tamanho do Rombo, e o tamanho do desemprego, que esta providencia vai evitar…

    • Sebastiao Augusto Canabrava disse:

      Sr Walter, o trabalhador de verdade (o que o Sr prova que nao e’), quer que o contrato seja cumprido. Nao se pode mudar a regra do jogo, com o jogo em andamento. Qualquer alteracao tem que ser para quem esta’ entrando no sistema. Nao e’ justo que, por exemplo, um trabalhador apos contribuir mais de 30 anos, este ja’ com mais de 50 anos, tenha esta “alteracao contratual” (sem anuencia dele) o obrigando a contribuir por mais tempo e ainda ter uma reducao na sua aposentadoria, quando a mesma for concedida.
      E ainda pior, vendo que, para algumas categorias, esta “alteracao contratual” nao sera’ aplicada.
      Nenhum trabalhador como o minimo de inteligencia aceitaria uma condicao destas. Por isto que afirmo que o Sr nao e’ trabalhador. O Sr atua como o PTB que se diz trabalhista, mas trabalha contra o trabalhador.

  2. Analista Alpha disse:

    Faltou mencionar uma solução, talvez a mais importante e duradoura.

    Educação. Educar melhor cada cidadão, cada filho, cada neto, bisneto. Educar e dar exemplo, ensinar como ser um cidadão honesto, ético, respeitoso.
    Mostrar com ações dignas como ser um cidadão, com atitudes éticas e respeitosas.
    Uma nação só estará livre dos corruptos, quando a Educação impedir que um cidadão cometa atitudes desonestas, antiéticas, desrespeitosas, porque sentirá vergonha, porque sentirá asco, porque não conseguira agir diferente.
    E essa solução, no fundo, é a mais barata, não requer leis, não requer congresso, não requer governo, requer apenas cidadãos de bem.

  3. MARCOS GARCIA disse:

    É esse fanfarrão que quer fazer a reforma da previdência?? Quem realmente trabalha tá frito!!!

  4. Edi Rocha disse:

    Isso está fora dos comentários feitos por Kennedy, mas gostaria de saber qual a razão de Aldemir Bendine estar preso até hoje pela lava-jato (ele prestou depoimento esta semana).
    .
    Quais são as provas apresentadas? Supondo que algo de relevante contra ele, ainda assim é para aguardar preso por quê? A lava-jato tem uma lei própria pra si? (prende primeiro, processa depois)
    .
    Ele foi o pioneiro na recuperação da Petrobras que estava sem conseguir fechar seu balanço e ninguém mais queria assumir o pepino. Hoje a empresa continua batendo recordes de produção (como divulgado recentemente).
    .
    Como é que fica a situação de uma pessoa (no caso dele, bem conhecida) depois de absolvida por falta de provas, se já foi tão exposto e humilhado?
    .
    Fica a impressão que a justiça parou de trabalhar, além de estar trabalhando errado.
    .
    Não é só o caso Lula que importa.

    • p/Edi Rocha. disse:

      Segundo consta, Edi Rocha, Aldemir Bendine é suspeito de ter recebido “3 milhões de reais” de propina, do grupo Odebrecht. Você acha exagero estar preso preventivamente, alguém que foi para a Petrobras com o intuito de “colocar a casa em ordem” e se torna suspeito de tal crime? Eu lhe garanto que o juiz que decretou a prisão preventiva e os desembargadores que analisaram o caso e lhe negaram a liberdade, encontraram “fortes” indícios de sua culpa! Você acha que os caras seriam tão loucos assim? Por exemplo, alguém está lhe acusando, ou a mim, por algum crime do qual não há a mínima possibilidade de sermos culpados? A PF, o MPF bateram em nossas casas, de repente, para nos prender, acusando-nos de termos cometido algum crime, sem um mínimo de elementos comprobatórios de nossa culpa? Isso não existe e se por acaso acontecer, é “zebra”!

  5. PETROBRAS, BNDES, CAIXA ECONÔMICA... ONDE NÃO HAVERÁ O DOMÍNIO DA LADRÂOZADA DA POLÍTICA? disse:

    Isso na Caixa Econômica é só mais uma vergonha protagonizada pelas quadrilhas de bandidos de altíssima periculosidade, travestidas de partidos políticos! Partidos políticos compostos por bandidos travestidos de “representantes do povo”, que exigem cargos nas estatais, para dar apoio ao Presidente da República. Por que essas quadrilhas querem tais cargos nas estatais? Simplesmente para roubar! Essa é a verdade nua e crua! Colocam em cargos técnicos quem nada entende da função, só tem que saber roubar! Até quando vamos aceitar isso? Governo de coalisão entre bandidos? E ainda há quem critique a Lava Jato, os que têm se empenhado para escancarar tudo isso à nação que, estupefata, indignada, revoltada, assiste a tudo isso. O que podemos fazer para cessar tudo isso? Pelo menos duas coisas, de imediato: apoiar a Lava Jato em suas ações, doa a quem doer e, nas próximas eleições, não votar em nenhum candidato que, sequer, seja “SUSPEITO” de estar envolvido em corrupção!

  6. "É PRECISO MANTER ISSO AÍ, VIU"? disse:

    O Temer corrupto do “É PRECISO MANTER ISSO AÍ, VIU”? (ACONSELHANDO O BANDIDO JOESLEY A CONTINUAR PAGANDO PROPINA AO BANDIDO EDUARDO CUNHA, PRESO, PARA QUE SE MANTIVESSE “CALADO”), só demitiu os quatro vice-presidentes da Caixa Econômica Federal, porque se viu na iminência de “ser responsabilizado civilmente”! Não fosse isso, estariam mantidos em seus cargos. O Executivo está cheio de suspeitos, investigados, pela justiça. Ele próprio, será investigado após o término do foro privilegiado que o protege. É a velha história: “se gritar pega ladrão, não sobra um, irmão”!

  7. RAPOSA NÃO PODE TOMAR CONTA DE GALINHEIRO! É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO, DOA A QUEM DOER! VIVA A LAVA JATO! disse:

    Presidente da República que troca cargos em estatais por apoio parlamentar, é corrupto. Se todos os presidentes sempre fizeram isso, então é preciso haver uma maneira disso ser coibido, afinal ninguém é eleito para promover esse tipo de ação. Se a safadeza existe entre o Legislativo e Executivo, tem que haver autonomia do Judiciário para intervir, sem “autorização” de nenhum dos dois envolvidos; o mesmo se houver safadeza entre Judiciário e Executivo, o Legislativo ter autonomia para intervir; o mesmo se houver safadeza entre Judiciário e Legislativo, o Executivo ter autonomia para intervir! Isso é independência verdadeira entre os poderes, não essa safadeza atual, quando o próprio poder tem que dar “autorização” para punir seus membros! RAPOSA NÃO PODE NUNCA TOMAR CONTA DE GALINHEIRO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 07:14:34