aki

cadastre-se aqui
aki
Política
04-09-2015, 9h29

Óbvia e forte, fala de Temer aumenta distanciamento de Dilma

Vice diz que baixa popularidade dificulta permanência no poder
32

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Embora óbvia e realista, a avaliação do vice-presidente da República, Michel Temer, aumentará o distanciamento em relação à presidente Dilma Rousseff. Na conjuntura, isso é pior para ela do que para ele.

Em evento ontem com empresários em São Paulo, Temer disse que Dilma dificilmente se manterá no poder até 2018 se continuar com baixa popularidade. Essa afirmação também dará gás aos peemedebistas que defendem uma ruptura com o governo, o que também é pior para Dilma do que para o PMDB.

Dita por alguém que pode substituir a titular em caso de saída do poder, a fala de Temer tem peso político forte. Ontem à noite, diante da repercussão da declaração, Temer disse ao blog que ele reconheceu uma realidade de dificuldade, mas também afirmou que a presidente havia tomado medidas para tentar resolver os problemas e que torcia para Dilma recuperar popularidade.

Ou seja, falou num contexto mais amplo e só teve destaque o trecho mais explosivo da fala. Em resumo, Temer tem ciência do estrago político da afirmação, mas os problemas da presidente são tão mais graves que será um erro ela dar ouvidos aos petistas que apontam uma conspiração de Temer. Essa conspiração ainda não se materializou.

Exemplo: o vice-presidente conversou com empresários e políticos sobre a ideia de propor um aumento de carga tributária emergencial de impostos que já existem, durante um ano ou um ano e meio, para ajudar o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a fechar as contas públicas. Enquanto o PT bate no ministro da Fazenda, o PMDB está claramente apoiando Levy.

Ontem, o ex-presidente Lula esteve novamente com a presidente e mais uma vez a aconselhou a melhorar a sua relação com o PMDB. Dilma não tem alternativa. Um presidente no Brasil não se elege com maioria para governar. Tem de fazer aliança. A única opção da presidente é o PMDB.

Não adianta brigar com a realidade. Quem tem 7% de popularidade não pode se comportar e governar como se tivesse 50% de ótimo/bom. Se Dilma brigar com a realidade, só reforçará a percepção de que será mesmo difícil permanecer no poder até o fim de 2018.

*

Os bastidores da crise entre o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e o Palácio do Planalto são semelhantes ao conflito entre Dilma e Temer. O problema cresceu por erros políticos da presidente, que brincou de enfraquecer ministro da Fazenda. Isso dá errado.

O governo começou a semana apresentando ao Congresso um Orçamento para 2016 com deficit primário de 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto), o que equivale a R$ 30,5 bilhões. Ontem, três dias depois, o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou que o governo perseguirá um superavit primário de 0,7% do PIB, o que dá cerca de R$ 42 bilhões.

Ou seja, para sair do deficit e chegar ao superavit primário são necessários mais de R$ 70 bilhões. Ora, só um governo errático age assim. Diz uma coisa num dia e muda no outro. Isso desorienta os agentes econômicos.

Levy ficou calado depois de se reunir ontem com Dilma porque que ver as palavras de apoio da presidente e do ministro da Casa Civil se transformarem em atos concretos para o país evitar a perda do grau de investimento, que é o selo internacional de bom pagador.

Mercadante falou em corte de despesas obrigatórias. Ora, isso só acontecerá com apoio do Congresso e com explicações convincentes para a sociedade.

Outra saída é aumentar impostos. A ideia de Temer, de elevar alíquota de tributos que já existem de forma emergencial, pode ser essa solução, mas também dependerá de suporte do Congresso e da sociedade.

Foram decisões da presidente meses atrás que fortaleceram Levy e Temer. Tentar enfraquecê-los recentemente foi um erro, que, se não for revertido, só vai piorar a vida de Dilma e do país.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
32
  1. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Temer também não tem cacife para suceder Dilma, é filme queimado, é mais do mesmo. Ninguém desse desgoverno tem moral nem credibilidade para assumir a missão de governar. Falta liderança !

    • walter disse:

      Cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão, não canso de te dar razão; o Temer, é o divisor de águas; do PMDB são “três Reis Magos”…
      Não trazem nada, VIERAM CARREGAR…a omissão do partido deles,a bagunça, vieram a tona…MESMO POR LINHAS TORTAS, O QUE SE SALVA, É O CUNHA, POR MOTIVOS E AMBIÇÕES OBVIAS…a dilma vai da Adeus!!!
      Caro Kennedy, nada de NOVO, o TEMER o LEVY, já estão de malas prontas; o LULA esta organizando uma retirada honrosa para ela…
      ELE ainda acha, que tem Filme para queimar; se a dilma não sair, será destituída, por varias acusações; chegarão a cavalo.

    • Joaquim disse:

      Maria, qualquer pessoa é melhor que esta mulher, não desmerecendo as mulheres. Até um boneco de posto de gasolina faz menos estrago que ela.
      Precisamos de mudança, esperança e credibilidade.
      Kennedy, deixa te informar o orçamento prevê um deficit de 31 bi, porém com receitas imaginárias de 30 bi ( venda de imoveis, concessões e outros ), por tanto na verdade temos um rombo de mais de 60 bi. Quem irá investir em um negocio no Brasil com um governo fraco e instável, será que a regra posta hoje irá valer amanhã?????

    • Aldo disse:

      Dila só continua a governar porque nao tem oposição – PSDB é um 0 a esquerda e tá rachado – sao paulo josse serra e minas gerais aecio……ESTAMOS NUMA NAU A DERIVA!!!

      • Getulio disse:

        No passado o parasita nas costas do PSDB de FHC o PFL que virou DEM que quase acabou, uma pena que não tenha se extinguido para o bem de muitos hoje temos o PMDB outro parasita só que de grandes proporções a lado do PT.
        Se Dilma tem 07% de popularidade acredito que Temer deve ter menos 0,7 %, 100 % por cento dos brasileiros sequer sabem quem ele é a não ser que o PIG o eleve a unanimidade nacional coisa dificilima, é sim um grande oportunista esse “Amigo vice presidente da Onça”.

  2. José Ricardo Praxedes disse:

    Dilma é uma DITADORA, não impota o que as alianças, sociedade está achando ou passando, o que importa são suas convicções DITATORIAIS, ela vem mentindo até hoje, com um objetivo simples e notório, se manter no PODER!! é isto basta para UM DITADOR!

  3. Mauricio Guerra disse:

    Se Temer assumisse pelo menos, destravaria o governo, tiraria o país do freio de mão, é a única saída paupável no momento, renuncia a Presidenta e Temer assume.

  4. ALEXANDRE disse:

    O apoio popular que a presidente precisava para o cargo que ocupa, ela já obteve nas urnas. A constituição não prevê obrigatoriedade de apoio no parlamento, portanto ela não corre risco de perder sua função de Presidente do Brasil.

  5. Essa raposa velha esta dando um jeito de sentar no trono.
    Para ele vale tudo, até afundar mais a crise politica para tirar vantagens pessoais.

  6. Edson Santiago disse:

    Votei na Dilma em todos os turnos dos dois mandatos e votaria novamente, desde que o adversário fosse algum candidato do PSDB, exceto Alckmin, no entanto fico imaginando o que se passa ma cabeça dela quando, mesmo percebendo o obvio(que seria se filiar ao PMDB) que é vender a alma ao diabo em pró do bem comum do pais, ela fica tentando colocar a ética pessoal acima da política, todo mundo sabe que na política não existe ética.

    • JJ disse:

      Onde você vê ética nos políticos do PT.
      Acorda! Nunca em tempo algum tivemos tanta corrupção.
      Querendo ou não, a melhor opção para o Brasil no momento é o PMDB q manterá Levy no comando das nossas finanças.

  7. Pasquale disse:

    Mercadante o que ele entende,apenas de ficar no PT.
    Mais nada,por isso o PT não consegue nada,as pessoas erradas nos lugares certos.
    Muita mediocridade,para se resolver um problema urgente.

  8. Genivaldo Santos disse:

    A vantagem para o pais se temer assumir, seria no contesto politico uma vez que o PMDB morde e a sopra entre governo e oposição, entretanto a sociedade deverá sim assumir o prejuízo causado pelo governo uma vez que a escolha foi da própria sociedade a escolha da permanência no governo, hoje vivemos em um nível de informação muito elevado , com vários canais de informação atingindo todas as camadas da sociedade, então não podemos justificar que fomos enganado por publicitários, a democracia e clara se o governo emana do povo os acertos ou erros voltam para o povo. Por outro lado se os empresário encheram os bolsos de dinheiro com as desonerações e com certeza deveram agora devolver o dinheiro a sociedade e ficar com os dividendo gerados por esse dinheiro, não votei com o governo atual, mas só contra a qualquer mecanismo que fira a democracia, devemos dar as mãos e encontra a saída juntos classe governamental, social e empresarial,

  9. João Alberto Afonso disse:

    O Michel Temer, embora político, sempre se mostrou uma pessoa ponderada e, sem dúvida, provido de muita cultura, sem prejuízo de que contra ele não pesa qualquer nódoa em relação ao seu proceder. Posto isso, os últimos acontecimentos mostram que a Dilma, em seu primeiro governo, colocou o País nessa lamentável situação que está e não tem qualquer condição a título de competência, para continuar no cargo, especialmente em face de rejeição quase unânime do Povo em relação a ela, especialmente porque mentiu de forma descarada em sua campanha. Em suas falas, além de usar um português castigo, mostra a pessoa arrogante que é. Por fim, já começa a ser provado que é uma das autoras do esquema de assalto aos cofres públicos e sua situação, tal qual a do Lula, ficará insustentável. E mais, se fosse o Joaquim Levy, pessoa do bem, pularia fora porque o boicote dos petistas a ele salta aos olhos.

  10. CBarros disse:

    Os denunciados na Lava jato, os que ainda serão, apostam no caos para se manterem livres das penas. Os cegos não percebem isso. Paira uma dúvida sobre essa figura forte do Temer. O tempo mostrará.

  11. Sérvulo Barros Bezerra disse:

    É difícil entender o jogo do poder, quando grande parte dos interessados capazes de organizar determinados setores para otimizar uma determinada gestão, se desentendem e não buscam um conjunto de alternativas prováveis para decidirem qual seria a melhor opção a ser definida para chegar a determinado objetivo que possa abranger em conjunto o sistema em questão. Nesta situação em que se encontra o Brasil, é quase impossível deixar de perceber que está faltando união ou habilidade palpável de saber operar com o jogo do poder em determinada fase de uma administração gerencial onde em sua maioria, trata-se provavelmente de interesses pessoais de disputa pelo mesmos objetivos. A Presidente DILMA, tem sim capacidade de desarticular este sistema de outros interesses gerados por concorrentes antes julgados amigos ou parceiros, que hoje se voltam contra ELA não lhe dando o suporte que deveria dar em grupo, mas acreditamos sim, ELA irá conduzir esse Brasil tão desejado, de forma que mais cedo ou mais tarde
    cabe a ELA manifestar interesse real de afastar aquelas pessoas que já foram influentes e ajudaram ELA a chegar aonde chegou, por inabilidade, incompetência ou interesse de ocuparem melhores posições no sistema em discussão. ELA TEM A NOSSA ADiMINRAÇÃO E O NOSSO DESEJO DE SUPERAR ESTA FASE TÃO DIFÍCIL e, se recandidatar-se em condições de VENCER, pois no O BRASIL TORCE QUE ISTO ACONTEÇA, vamos vê-la assumindo sua nova etapa com experiência e habilidade governamental, EU COMO BRASILEIRO QUE SOU, TORÇO QUE ELA TENHA NOVA fase DE GOVERNAR ESTE PAÍS TÃO DESEJADO POR MUITOS que não têm a capacidade que ELA tem de Presidir um PAÍS COMO O BRASIL. ELA fará parte do ROL de excelentes governantes da nossa História contemporânea. Acreditem é fato.

  12. Alberto disse:

    Na oftalmologia temos o descolamento de retina e no país o descolamento de Dilma.Simples assim.

  13. tiago disse:

    acho de uma graça dizer que a dilma não tem apoio ! ele não é unanimidade! mas já ta muito mais que 30% de regular e uns 15 de otimo e bom ! acho que o regular tem que ser levado em conta ! parem de torcer contra já estou de saco cheio ! não votei em dilma ! mas temer não teve votos ! todo dia é uma palhaçada ! não vou mais em protesto fu e cansei ! estes que estão convocando os protestos não me enganan mais ! tenho certeza vão se candidatar a alguma coisa ! fui em 3 protestos não vou mais ontem não fui aqui no rio ! vou curtir minha vida em 2018 vejo em quem vou votar, se até lá ela melhorar até voto nela ! mas vai ter que melhorar muito dilma !

    • César disse:

      Tiago. Eu sei que nós já estamos parecidos com a Venezuela, mas, ainda não somos a Venezuela. A Presidente Dilma, já está no segundo mandato. Não vai ter, um terceiro mandato. Ela governa como ditadora, mas o Brasil, não é uma ditadura. Apesar de vocês se esforçarem para que nós viremos uma. E quanto ao governo dela melhora… É mais fácil passar um camelo, pelo buraco da agulha!

  14. Pasquale disse:

    Dilma vai embora,para a sobrevivencia do país.
    O povo clama,vai abrir outra lojinha e não se aproxime da Petrobras.

  15. antonio barbosa disse:

    EI LÁ IÁ. TÔ FALANDO!!! O PT ouvia a música mas não sabia da onde vinha e muito menos quem tocava. Gradativamente o PMDB vai afundando Dilma em seu próprio poço de lodo. Lula que é muito mais esperto e traquejado pelas experiências sindicais e como presidente sabe que sem o PMDB a “vaca vai para o brejo” e vai levar junto o PT e toda camarilha de apadrinhados que estão nos cargos aparelhados do Estado. O fato é que o impeachment de Dilma já tem data e hora marcados, mas é como uma escultura, você tem de ir tirando os pedaços até que sobre apenas o que você deseja mostrar, e, neste caso, nada mais é do que a incapacidade de governabilidade de Dilma e do PT, aliados a toda roubalheira que está sendo explicitada na operação LAVA-JATO. É o fim do PT, felizmente para o Brasil.

  16. Jimbo disse:

    É impressionante a quantidade de falas, discursos, jantares, reuniões, declarações, rusgas, intrigas, mimos, vaidade, discordâncias, e naturalmente, de erros políticos e econômicos.

    Dilma insiste em atribuir o “nós” para as decisões e para os sacrifícios, sem setorizar quem ou o que representa “nós”. E de uma típica fala de sindicalista onde apenas se entende que haverá sacrifício porque ela não vai cortar despesas de governo. E não vai porque não quer. Na base do “tudo que podia ser feito já foi” vai enveredando pelo cainho do “me dá esse dinheiro aí”.

    Discordo radicalmente daqueles que associam a crise à fatores impessoais, indeterminados, vagamente descritos como sendo queda de preço de commodities ou contaminação da crise européia ou então da queda da bolsa da China.

    Esta crise tem nome, chama-se Crise por Incompetência de Dilma e de seu Partido. Foi criada artificialmente como consequência de medidas errôneas adotadas por um neófito na matéria econômica. Além de entender pouco sobre as consequências de suas medidas e propostas ele não consegue, como seu antecessor, alocar, mesmo que discretamente, ao governo e ao seu péssimo hábito de gastador inveterado, a responsabilidade de gastar menos. Levy é um puxa-saco, para resumir.

    E o que mais desgraçadamente me revolta é que não faltam indicadores para que se movimente toda a sociedade em busca da retirada destes PTs do poder. A fala de Temer, foi ao mesmo tempo uma ameaça e um aviso. Ameaça no sentido de que, como eu havia previsto, ele já prepara terreno para declarar que não vai afundar junto com o navio. E um aviso, invocando um resquício de responsabilidade que ainda reste nesses petistas para que possam ver que não será possível empurrar este gasto mal administrado para a sociedade.

    Se somos sempre “nós isto” e “nós aquilo”, então que se publique em jornal de ampla tiragem os detalhes deste maldito orçamento deficitário, peça de criação da filosofia petista. Queremos saber onde e com quem serão gastas as receitas da nação. Daí “nós” vamos decidir e sugerir o que deve ser cortado ou não. Que tal?

    E aposto que há, sim, cortes possíveis que não são feitos por escusos motivos políticos.

    Por que somos “nós” na hora de discursar mas “voces” na hora de cobrir o rombo. O assunto vem com perfume de democracia mas em sua essência é absolutamente ditadorial. Não quero pagar por desenvolvimento de infraestrutura no nordeste. Que andem em lombo de jégue. Tradicionalmente a miséria nordestina tem servido como desculpa para que lá se aloquem imensos recursos financeiros, sempre tendo Brasília como fiel depositária destes fundos. Ocorre que, do que é depositado via impostos, apenas uma parcela chega ao destino. Tem sido assim desde os tempo imemoriais da república.

    Há os que dizem que tanto a saída de Levy quanto a de Dilma iriam piorar nossa situação. Discordo absolutamente, plenamente, totalmente, radicalmente. E digo mais, nunca mais sairemos deste discurso de crise, porque tornou-se confortável para o governo. As promessa serão indefinidamente proteladas, 2016, 2017, 2020. Alíquotas majoradas não serão mais reduzidas. Impostos criados nunca mais serão eliminados.

    Não devemos cair em mais uma mentira do PT. Temos de jogar essa gente no fogo do inferno das manifestações, da queda de popularidade e das declarações de descontentamento, até descontaminarmos o país de sua pestilência.

    Mais, instituir penas severíssimas para políticos corruptos. Nada de regime semi aberto. Cadeia comum, no meio do povão, como “nós” temos.

  17. César disse:

    Não se preocupe Presidente Dilma. Vossa Excelência, não tem nada à “Temer”. O Vice-Presidente está cuidando da sua cadeira!

  18. César disse:

    Ontem o ex-Presidente Lula, se encontrou com a Presidente Dilma. Criador e criatura, conversaram sobre a importância da permanência do Ministro da Fazenda Joaquim Levy. Para ela ele diz que o Ministro é importante, já para os movimentos sociais, Lula mete o pau no ajuste. Um morde e assopra! Traição e mentiras! O modo petista de fazer política.

  19. José Pacheco disse:

    O Temer quer dizer que não está confortável continuar ele e a turma dele espoliar o Brasil com esse navio chacoalhando assim…

  20. Pasquale disse:

    O Lula viaja de jatinho, para lá e para cá.Uma pergunta,quem esta pagando o jatinho?

  21. Jorge Luiz dos Santos disse:

    Já era esperado. O PSDB alimenta o PMDB com aliança. Só não enxerga quem não quer…

    O Cunha fora colocado la pelo PSDB, justamente para atravancar.

    ( Quem recorda dias antes da eleição ? )…

  22. bjcorrea disse:

    O “titanic” tupiniquim está afundando e como tem com o que temer o Temer está pulando fora, tipo, vão-se os anéis e ficam os dedos; cobra criada.

  23. César disse:

    Proposta de solução para a crise. Presidente Dilma, privatize a Petrobrás e abra empresas de consultorias. Dá muito mais dinheiro!

  24. Pasquale disse:

    O Brasil agoniza,acabou a farsa e agora vamos colar o que sobrar.
    Petrobras serviu durante 13 anos,de vaca leiteira.
    A mulhuer sapiens falou em 2014, que estavamos em céu de Brigadeiro.
    Só resta chorar no dia de finados.
    7 de setembro.

  25. clestian disse:

    se michel temer assumir, quem sera o novo vice?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 22:47:49