aki

cadastre-se aqui
aki
Política
24-06-2015, 9h22

Odebrecht e Andrade testam solidez das provas da Lava Jato

38

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

A nova fase da Operação Lava Jato vai testar a solidez da investigação e a resistência de duas empresas que tiveram mais tempo para se preparar para essa batalha.

A exemplo da Odebrecht, a Andrade Gutierrez também publicou anúncio nos jornais para se defender das acusações. Ambas afirmaram que não haveria provas para justificar a prisão de seus executivos.

É uma ação mais agressiva em comparação com as demais empresas acusadas, sobretudo da Odebrecht, que divulgou nota em um tom mais duro do que a Andrade Gutierrez. As duas empresas são as maiores empreiteiras do país.

Logo após a operação policial na sexta-feira passada, surgiram na imprensa previsões de que a República poderia cair. Essas previsões foram feitas com base em queixas que os executivos faziam antes da prisão. Nos últimos dias, todos os sinais são de que esses executivos vão tentar evitar a delação premiada. Por ora, a República continua de pé.

É importante notar que essas empresas tiveram sete meses, desde a primeira prisão de executivos de outras empreiteiras, para traçar uma estratégia para a situação em que estão hoje. Ou seja, discutiram o cenário de possível prisão, debateram isso com seus advogados e tiveram tempo para estabelecer uma estratégia.

A demissão de Alexandrino Alencar, diretor da Odebrecht, mostra que se trata de um gesto calculado para tentar derrubar juridicamente argumentos que justifiquem as prisões temporária, no caso dele, ou preventiva, no caso de outros. Se o executivo não trabalha mais na empresa, em tese, não teria mais poder de corromper e diminuiria sua capacidade de destruir provas na companhia.

*

Num gesto de humildade, a presidente Dilma Rousseff evitou o confronto direto com o ex-presidente Lula. Reagiu às críticas dele ao governo e ao PT sem adicionar gasolina na fogueira. Ela afirmou: “Todos têm o direito de fazer críticas, principalmente o presidente Lula”. Dilma lembrou aos jornalistas que ele também era muito criticado quando governava. A presidente acertou. A última coisa de que ela precisa agora é de uma briga com Lula.

As falas mais duras de Lula ocorreram numa reunião com religiosos na semana passada. Foram feitas de forma reservada, mas vazaram para o jornal “O Globo”. As críticas diziam que Dilma e ele, Lula, estavam no volume morto. O PT estaria abaixo do volume morto. Neste momento, é uma boa imagem.

Há uma interpretação de que Lula tenta se descolar do governo e de Dilma. Alguns falam até em descolamento do PT. É uma avaliação que parece ingênua, porque não há como Lula se desligar de Dilma, do governo nem do PT. É subestimar Lula imaginar que ele pensa assim, inclusive porque suas falas foram feitas também em tom de autocrítica

Ele foi o principal cabo eleitoral dela em duas eleições presidenciais. Foi decisivo para a vitória no segundo turno apertado do ano passado. Está cumprindo um roteiro que já havia traçado. Apoiaria a reeleição da presidente e, em caso de vitória, ficaria mais livre para fazer críticas no segundo mandato.

Lula é o maior líder político do PT e está tentando influenciar os rumos do governo e do partido porque sabe que o fracasso de Dilma será o fracasso dele numa eventual candidatura em 2018. Os destinos de Lula e Dilma estão ligados.

É cedo para avaliações definitivas sobre 2018 e sobre o fim do governo Dilma, apesar de hoje parecer bastante provável uma alternância de poder e também bastante difícil superar obstáculos na economia e na política. Mas, no Brasil, três anos e meio são uma eternidade.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
38
  1. Daniel disse:

    Boa análise Kennedy. Não tinha pensando nisso. Os cara tiverem tempo para montar uma defesa solida.
    Eu quero mais é que abram o bico e entreguem o cabeça do negocio.
    Uma coisa me encomoda muito na lava jato. Nada de politico preso.
    Os caras conseguem prender os presidentes das maiores construtoras do Brasil mas não prendem um deputado.
    O foro previlegiado deve ser extinto.

    • Marcelo Albuquerque disse:

      Simples : a lava jato não tem interesse em prender políticos, salvo 3 : Lula, Dilma e Dirceu. O resto é o resto. Se for do PSDB então, nem pensar.

      Mais um juiz que ajuda a desmoralizar a luta contra a corrupção, fazendo da justiça instrumento de poder contra alvos específicos.

      • César disse:

        Todos tem o direito de ter a sua própria opinião é a sua própria maneira de enxergar os fatos. Quem controla o dinheiro público federal? Quem controla as empresas estatais investigadas? Quem foram os Presidentes da República de 2002 para cá? Quem tem o poder de indicar os cargos nas empresas estatais? Por que tanto segredo, no BNDES? Por que mudar o e status nos documentos do Itamaraty? Seletivo é o juiz ou o seu juízo?

    • aloisio disse:

      Concordo plenamente com o termino dessa palhaçada que é esse foro previlegiado. Acho isso mais uma safadeza na politica. Eles fazem um punhado de M e depois não podem ser presos. Tem muita coisa pra mudar na politica mas isso com certeza é o maior absurdo de todos.

    • josias favacho disse:

      cara, faz um esforço e tenta pensar o seguinte cenário: os empresários, como vc deseja, “abrem o bico” e o moro consegue prender o lula. tá, e daí? o que vc acha que vai acontecer? o mais provável é que em 2018 se eleja um salvador da pátria (???), daí os empresários continuem empresariando, os políticos politicando, os ladrões roubando e os otários felizes, achando que com o lula preso acabam-se as mazelas do nosso brasil. inocente… pensa, pensa…

      • Daniel disse:

        Sem utopias meu caro…
        Não existe uma formula rapida para resolver o problema da corrupção. Isso é cultural.
        Estou falando de bandido na cadeia.
        Estão cheio de provas contra emprenteiras e contra politicos. Só vemos donos de empreitas na cadeia. Ta errado!

    • adilson almeida disse:

      É um erro achar que existe um cabeça na política.Os políticos são ¨funcionários¨desses empresários,que são os verdadeiros cabeças sim, e não o contrário.Afinal que os financiam de forma legal e ilegal são os empresários, que apos eleitos apresentam a conta.

    • walter disse:

      Perfeita sua abordagem Kennedy; caro Daniel acreditamos nesta frente jurídica, para a defesa deles…mas não estamos lidando com um juiz que “blefa”; não se arriscaria a prender tubarões…
      Acredito que o supremo, acompanha de perto; para impedir, qualquer excesso, já que as pressões, são terríveis, mas o alicerce do Sergio Moro, é profundo, esta fazendo tudo como se deve.
      Precisamos considerar a colaboração Americana no processo; certamente, surgirão novidades; não podem esconder Bilhões, que transitaram entre contas, no mundo; terão que fazer acordos.

    • Alberto disse:

      Caro Daniel, não é hora de prender políticos. Acertadamente, o juiz Sérgio Moro não prendeu nenhum político ao escândalo, pois se o fizesse, toda a investigação iria para o STF. E, você sabe muito bem o que aconteceria!

    • Stanlislaw p/Daniel: "Pois é, Daniel... é a 'sagrada área política blindada' e sua escudada tropa de choque"! disse:

      Defesa através de declaração de inocência, publicação na mídia, fala de advogado etc têm sido os primeiros atos de todo suspeito, indiciado, réu, desde que começaram a eclodir as roubalheiras envolvendo governo e altos empresários.
      No Mensalão foi assim, em outros escândalos de corrupção idem. Não poderia ser diferente no Petrolão.
      Só que tudo tem limite.
      No julgamento do Mensalão os réus pertencentes à “sagrada área política blindada” dançaram menos, porque foi montada uma tropa de choque para protegê-los.
      E é natural que quando se quer proteger uma “sagrada área política blindada”, é necessário que outros fiquem com a carga excedente proveniente da blindagem.
      No Mensalão, o Marcos Valério que não pertencia à “sagrada área política blindada”, está condenado a quase 40 anos de cadeia – e quando quis voltar atrás e fazer a delação premiada, a tropa de choque não permitiu mais (ferraria toda a “sagrada área política blindada”!).
      Com certeza os empresários e diretores das empresas envolvidas no Petrolão estão enxergando muito bem isso!
      Quem estiver com ânimo de ser um novo “Marcos Valério”, Pizzolato etc, azar.
      Quem não estiver mais a fim de ficar blindando político safado, ladrão, extorsionário de empresário, com certeza vai falar.
      Vai analisar bem se vale a pena sacrificar-se, penalizar toda a família com um sofrimento cruel, em prol de políticos safados, com projetos de poder a qualquer custo, insensíveis a tudo e a todos por seus objetivos mesquinhos.
      Ninguém tem dúvida de que os advogados são os melhores, porém também ninguém deve ter dúvida de que não são deuses – e semideuses são mais homens do que deuses.
      E se são homens, não podem fazer milagres.
      E sem milagres e sem pertencerem à ““sagrada área política blindada”, com certeza serão novos “Marcos Valérios”!
      E, como pimenta no “…” dos outros é refresco, ninguém vai querer ser “Marcos Valério!”.

      • tobias disse:

        Caro colega, acho que o Marcos Valério merece o lugar onde está, pois cobrou para assumir a culpa e não foi barato não pagamos ao safado R$ 200mil é pouco?!acho que não! Outra coisa é que a maioria conta com apoio dos novos ministros que vão por panos quentes em cima, o STF na minha opinião é carta marcada para esses executivos e gente do PT que vão anular as delações premiadas que ora estão sendo colhidas pelo Juiz Sérgio Moro, até porque os advogados sempre inventam coisas como apela máxima que destruir não é destruir sic rasgar não é rasgar e por ai vai, o gênio desta falas já foi né…..

    • Manoel Santos disse:

      O problema não é o foro privilegiado, o problema é a investigação privilegiada, a lava jato e o propio juiz Moro, perderam sua moral quando deixaram de investigar Aecio, e Sergio Guerra (ex presidente do PSDB ) citados pelo delator, e de investigar o proprio PSDB quando o delator afirmou que a corrupão vem desde FHC, sem nos esquecer que o próprio P Roberto Costa foi admitido na petrobras nos tempos de FHC. Assim sendo ninguem quer acabar com a corrupção mas apenas usar a lava jato politicamente. Se é para acabar com a corrupção que se investigue todos, todos os envolvidos e citados, não me peçam para ser ingenuo

    • Mariana sanchez disse:

      Daniel, vc não quer o cabeça vc quer que ele entregue Lula ou Dilma o que nunca vai acontecer( ambos tiveram seu sigilos fiscais, telefonicos e bancarios quebrados, suas vidas foram totalmente revistadas, se tivesse algo já teriam achado, por razões politicas não podem falar que eles são inocentes e que não acharam nada e mantem essa dúvida apenas por razões politicas ) agora o cabeça é facil saber os delatores já falaram que essa corrupção começou no governo FHC, quando quiserem descobrir é só ir no começo, mas os tucanos temem o que ? quem não deve não teme

  2. juan carlo disse:

    Não sei se torço pelo País e pela Justiça Federal, ou se fico a favor, desta vez, de estejam errados. Imagina o que será de nosso País quando estes homens abrirem a boca. Quem irá nos governar? Aquele diabolista assumido Michel Temer?- o nome tem tudo a ver TEMERoso, há de se temer mesmo num (des) governo destes. Enfim, seja o que Deus quiser. E lá vem o CHIP para nos controlar

  3. Fabio Meirelles disse:

    Provas?
    O Moro não precisa de provas, esse sujeito agi na ilegalidade e se acha o “deus justiceiro” do Brasil.
    Moro é uma vergonha dentro do mundo juridico.

    • César disse:

      Orgulho são o ex-Presidente Lula, a Presidente Dilma, o ministro Barroso, José Dirceu, José Genoíno com o seu punho fechado, Ângela Guadagnin com a sua dancinha da absolvição.

    • RAMILTON SANTOS DA SILVA disse:

      Boa tarde. Meu caro Fábio, não consigo compreender como algumas pessoas trilham um raciocínio como o seu, de que os políticos e governantes sejam de qual partido for, envolvidos em todo tipo de corrupção e acordos inescrupulosos para manter-se no poder, são mais confiáveis do que um Juiz Federal com anos de profissão. É simplesmente absurdo a forma como vcs defendem a manutenção de pseudo direitos aos que cometem crimes contra o Estado, atacando aqueles que, no exercício da profissão expoem-se a riscos que nem temos total idéia, como foi o caso do Joaquim Barbosa e agora do Mouro. Reflita em quem está colocando suas expectativas.

  4. Armando Pinto disse:

    “Se o executivo não trabalha mais na empresa, em tese, não teria mais poder de corromper e diminuiria sua capacidade de destruir provas na companhia”. Alexandrino quer enganar quem? A PF? O juiz Sergio Moro? Essa demissão arranjada não engana ninguém ele pode destruir algumas provas sim! Deve continuar preso. A PF já declarou que Marcelo Odebrecht será indiciado após os depoimentos, no decorrer dessa semana não vai falar nada, mas na próxima se insistir em assinar o acordo de delação premiada, o pai dele vai quebrar o sigilo decretado por Dilma, afinal nenhum pai deseja para o filho o destino de Marcos Valério. É apenas uma questão de tempo, Brahma será preso e se for comprovado o envolvimento da presidenta, ela não vai cumprir o mandato, mas a república continuará de pé. O Brasil é muito maior que a organização criminosa do PT.

  5. João Alberto Afonso disse:

    Caro Kennedy:- A mascara do LULA já caiu, sendo o bastante observar o aumento do PANELAÇO quando ele começou a falar no recente programa do PT. Portanto, PT, Lula e Dilma, chafurcados mais mais tenebrosa roubalheira dos cofres públicos, estão mortos e só falta enterrar. Por fim, a grana que recebeu para sua fundação e passeios pelo mundo, dão sinal bem claro de que a “casa caiu” e, caso esses executivos abram a boca, cadeia nele e um grande pontapé no traseiro da Dilma e sua pedaladas.

  6. Reinon disse:

    Sei …Uma vergonha tudo dominado.

  7. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Esses fatos têm duas vertentes, é obrigatório lembrar que a propina é uma exigência institucional por parte do agente público, quase uma extorsão, sem a qual não o empreiteiro não consegue nenhuma obra pública neste país.

  8. Moacir Yabiko disse:

    É isso aí. Nós elegemos uns políticos desejosos de poder e dinheiro, mais dinheiro do que poder, e devido a isso ficam se aproveitando dos executivos das empreiteiras para tomar o nosso suado dinheiro para aprovar as obras para determinadas empreiteiras, as que dão maiores valores para serem indicados para as construções das obras. Na minha opinião deveríamos escolher melhor os nossos candidatos para as eleições e também acabar com os privilégios dos políticos e voltar a época dos Homens Bons que não tinham salário nem, apartamentos e escritórios, para exercer sua função.

  9. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    O atual discurso do ex presidente contrasta com o discurso do congresso do PT em Salvador na semana passada. Para cada platéia um discurso dissimuladamente manipulador e de conteúdo defensivo.

  10. Ricardo disse:

    O problema é que esse juiz tem pouquíssimas provas. Ela baseia as prisões somente em delações premiadas, que na verdade não são provas, são somente indícios. Corremos ainda o risco da União ser processadas por esses empresários, por prisão arbitrária. A não ser que o investigado confesse, a delação premiada só serve para que se investigue o que foi dito, se não achar provas, não serve para nada.

    • César disse:

      Prove que ele não tem provas! Muitos dos presos, tiveram os seus Habeas corpus negados por outros juízes. É preciso argumentos melhores para defende-los.

      • p/Cesar: POLÍTICO LADRÃO NÃO DEVERIA TER FORO NEM CADEIA PRIVILEGIADA E SIM PRISÃO PERPÉTUA! disse:

        Quem sabe chegaremos na área política, no criador da frase “EU NÃO SABIA DE NADA”!
        A Polícia Federal,o Ministério Público Federal, o juiz Sergio Moro estão fazendo suas partes.
        O grande perigo é tudo morrer nas mãos da tropa de choque do STF, portanto a PF e o MPF têm que trabalhar com muito cuidado, porque lá eles vão querer achar pena em casca de ovo para proteger a ladrãozada corrupta do governo corrupto.
        É uma pena, mas infelizmente a maioria do povo teme que tudo acabe em pizza, para a ladrãozada da área política, como aconteceu com o Mensalão, porque não não dá para confiar na justiça do STF.
        É triste a gente ter que admitir que ali há influência política, e o governo montou ali uma verdadeira tropa de choque para defender seus interesses.
        Joaquim Barbosa foi um herói que resistiu até onde deu.
        Deveria acabar essa sacanagem de foro privilegiado, pois deveria ser o contrário: ladrão de cofre público não deveria ter mais regalias e sim ser punido com mais rigor!
        E ministro do STF não deveria ser “escolhido” por presidente, e sim por um grupo especial de juízes, que avaliariam o candidato à vaga, dentro de critérios pré-estabelecidos.
        Foi uma vergonha o que aconteceu ali no julgamento do Mensalão, onde só foram punidos exemplarmente os da área econômica, ficando os políticos com penas amenas, irrisórias, vergonhosas!

        • César disse:

          Tem toda razão! Eu também acho que enquanto o Poder Judiciário estiver vinculado aos Poderes Executivo e Legislativo, não teremos justiça. Temos que continuar nos manifestando à favor da separação total dos três poderes. E os auditores do TCU e tribunais de contas estaduais e municipais também devem ser separados e vinculados ao ministério público e a receita federal. E impedidos de terem parentes de políticos ou apadrinhados por eles em seus quadros. Uma faxina geral!

  11. Getulio disse:

    A abordagem “distorcida” da Operação Lava Jato pelos meios de comunicação tem intenções políticas e as prisões preventivas, como as dos executivos da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, na sexta-feira (19), em muitos casos não se justificam. Para o jurista Dalmo Dallari, especializado em Direito Constitucional, “em última análise, a intenção é atingir o Lula, porque Lula já está sendo visto como provável candidato à sucessão da Dilma”.

    • César disse:

      Não robozinho! A intenção é se chegar aos culpados, logo…Tem gente se entregando sozinho, dizendo por ai, que será o próximo alvo. A consciência é algo terrível!

  12. Eduardo disse:

    Li e observei os comentários, não sei o que essas pessoas fazem ou são, porém, podemos tomar por base desses comentários, as críticas à políticos e até do Juiz Moro. Contanto, não nos incluímos nessas críticas, queremos ter um bom emprego, dinheiro no bolso, um bom carro, uma boa casa, enfim tudo de bom, mas nos esquecemos da cultura, principalmente a política de dever do bom brasileiro. Acho sim, que tudo isso só irá mudar, somente depois que o nosso povo mudar, reagir, cobrar, divulgar, impedir, dar exemplo, enfim, ser patriota e não, alienado.

  13. Franco disse:

    Casa caindo, ratos fugindo, tudo vai pelo melhor. Finalmente vão botar empreiteiro no xilindró? Pago pra ver. Mas caso veja, pago com prazer e ficarei satisfeitíssimo. Sinal de que ALGUMA COISA, mesmo que diminuta, está mudando nessa bodega. O Brasil não tem Estado, nunca teve, desde Cabral. E piorou com a Família Real, aquele bando de covardes que fugiram da terrinha para vir confiscar as riquezas da colônia in loco. O que esse país tem são várias, diversas, distintas e diferentes máfias oficiais que atendem pelo nome genérico de “governo”, todas com os rabinhos muito bem presos pela lei do silêncio, a famosa Omertà: “Se vc botar no meu, eu arregaço o seu, capisce? Vc tem um dossiê sobre mim, eu tenho uma biblioteca sobre vc, então vamos deixar isso pra lá, ok?”. Toninho Malvadeza era mestre neste tipo sutil de negociação. Maluf, idem. Sarnento vem se esquivando com galhardia deste tipo de estocada nos últimos 50 anos: esgrimista-mor de Banânia. Assim como centenas de outros peixes menores. É assim que funciona nesse país. E a máfia dos empreiteiros sempre foi a mais poderosa. O Dr Paulo deveria ganhar uma cátedra de livre-docência sobre isso na POLI-USP onde se formou, verdadeiro doutor honoris causa que é na matéria. Seria um curso verdadeiramente prático sobre como fazer negócios no Brasil. Isso sim é conhecimento que agrega valor. Agrega bilhões. O resto é teoria. Com tantos bilhões circulando por diversos bolsos durante décadas o BR tem essa infra-estrutura pífia, digna da África, mas com preço belga. Quero mais que os empreiteiros sujem todo mundo, não vai escapar um, nem destro, nem canhoto, nem maneta. São TODOS podres desde as capitanias. Não chorem demais pelo PT, ele não vai cair sozinho, ele é o sócio júnior no esquema. Tem muito sócio pleno e sênior da marucataia em todos os outros partidos. Se cair pra um, vai cair pra todos, é assim quando alguém quebra o silêncio. De repente, todo mundo se surpreende com o elefante morto e putrefato no meio da sala. Como se não estivesse apodrecendo ali há anos. Quem sabe o ar até melhora.

  14. ricardo disse:

    Tudo que li acima tem sua verdade, apenas ainda penso como Brasileiro que esta história prendendo a,b,c, e os demais “chefões” mada muda, porque a justiça é a mesma, a politica continua a mesma, a imprensa “rede globo” a mesma, o povo o mesmo, então o que fazer com este Brasil? ou uma profunda revolução ou nada muda até daqui 20 anos. país de M…. por todos nós, que lemos isso tudo e que nada faz de concreto para mudar o rumo deste país.

  15. Antonio Fernandes Da Silva disse:

    É lastimável ler comentários que sugiram saídas estratégicas ou as apoiem, a aqueles que “DELIBERADA E INTENCIONALMENTE, FRAUDARAM E ROUBARAM TODO O POVO BRASILEIRO, DIAGNOSTICADOS COMO O MAIOR ESCANDALO DE CORRUPÇÃO DA HISTORIA DO BRASIL”!!!
    Só pode ter origem de “UM VERDADEIRO NÉSCIO E NEÓFITO PETISTA”!!!

  16. luis antonio disse:

    Nas próximas eleiçoes, por favor anulem os seus votos, até fazerem uma reforma politica
    que acabe com toda essa farsa e corrupção que virou a nossa “politica”…

  17. Reinon disse:

    A solidez da Odebrecht é igual canjica …

  18. Oscar Kohl disse:

    Todo mundo sabe que a origem das propinas que acontecem nas prefeituras, governos estaduais e federal, a toda hora, é a doação de empresas para a campanha eleitoral. Não existe compromisso do candidato com o eleitor e sim com quem financiou sua campanha. A oportunidade para mudar isso perdeu-se na reforma política porque deram, inclusive nas redes sociais, todo apoio a Cunha só pelo prazer de derrotar o PT. E continua ele a fazer o que bem entende na sua caminhada para ser candidato a presidente.Tá cheio de escorpião pedindo carona pra sapo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 19:48:31