aki

cadastre-se aqui
aki
Política
21-04-2014, 9h50

Oposição aposta no tema da corrupção, mas economia é o debate

18

No “Jornal da CBN”, há análise sobre o impacto de acusações de corrupção na campanha eleitoral de 2014. Será a quarta eleição em que adversários do PT pretendem fazer do tema um ponto central do debate. Em três eleições, estratégia não deu certo. A economia será decisiva mais uma vez. Para vencer, governo e oposição terão de dizer, em detalhes, o que pretendem fazer na economia. Exemplos: custo de trazer inflação para o centro da meta, que política de reajuste o salário mínimo terá e como bancos públicos atuarão no financiamento das empresas, agricultura e casas populares.

Comentários
18
  1. Roberto disse:

    Mais uma vez, uma oposição, sem programa de governo, tenta ganhar a eleição na base do “somos menos piores que eles”, mas não mostra um programa que convença ao eleitor o que seu governo fará pelo nosso país. Ao contrário, o Aécio brada que irá tomar “medidas impopulares”, como reduzir o salário mínimo e tirar direitos trabalhistas…
    É assim que querem ganhar eleição????

  2. ED disse:

    Vai se dar mal, pois, se os governos petistas de lula a dilma mantiveram-se no poder permitindo a corrupção, esta vem de longa data, principalmente no governo do fhc. Como será que ele conseguiu mudar a constituição para se reeleger? quantos votos de parlamentares ele comprou dando início ao mensalão? Acrescente a tudo isto a corrupção que sempre imperou em São Paulo, curral eleitoral do psdb de maluf e outros cancros mais da política nacional.Só partidaristas não enxergam estas coisas.

  3. Pasquale disse:

    O Gabrielli é de que partido? O cara não alivia a Dilma de sua responsabilidade hehehe.
    “Primeiro eles te ignoram, depois riem de você, depois brigam, e então você vence.”
    ―Mahatma Gandhi

    • Nuno disse:

      Pasquale, o Gabrielli é do PT, aquele partido QUE MESMO CONTRARIANDO ALGUNS PETISTAS, fizeram CPIs inclusive aquela do mensalão do congresso. Muito ao contrario do PSDB, um partido que SEGUE AS ORIENTAÇÕES de alguns de seus membros E NÃO DEIXA FAZER CPIs, como a do trensalão e a do mensalão mineiro. E você sabe de qual partido é o Genro do FHC, David Zylbersztajn, que vendeu metade da petrobras?

  4. Jacy disse:

    esta foi as palavras de Eduardo Campos contra Dilma;Muito Arrogante e mau carater sem conduta e postura politica e Vale tudo menos propostas;Leia:Como é dúbio este coronel,até romper mamava com cargos em todos os níveis do governo.Hoje a presidente é do mal, hoje ele cospe no prato que comeu. Quando foi para eleger a mãe para o TCU, usou todos artifícios nada republicano. De novo ele não tem nada, é uma verdadeira ave de rapina.

  5. Antonio Adalmir Fernandes disse:

    Caso a oposição pretenda levar a famigerada corrupção ao debate na próxima campanha eleitoral, deverá ter competência não somente para explicar com detalhes o que é realmente essa forma cruel de irregularidade criminosa com recursos públicos. Ele deve mostrar, de forma pedagógica, os casos concretos e esmiuçar os fatos, dizendo como eles acontecem, para que a sociedade possa entender a perversidade dessa prática nos orçamentos públicos, principalmente explicitando que o desvio de verbas públicas causa, consequentemente, a falta de aplicação em construção de hospitais, escolas, creches, melhorias nas estradas, no saneamento básico, na infraestrutura do país etc. Nem precisa apontar os corruptos, porque esses o país inteiro já sabe onde costumam se filiarem, para fazerem carreira profissional no mundo do crime da corrupção, normalmente se beneficiando das influências próprias do poder, que abre as portas para as negociatas, as negociatas e o fisiologismo, que são os instrumentos fundamentais para que os corruptos exerçam a sua maléfica atuação política. Convém frisar que aqueles que suscitarem o tema da corrupção para o debate político precisam mostrar à sociedade a sua ficha pregressa de homem público, onde conste o passado de lisura e honestidade no que diz respeito a administração de recursos públicos. Não basta acusar os atos de corrupção e improbidade administrativa, se não tiver condições de provar, com elementos probantes, a lisura que o cidadão é obrigado a carregar no currículo, sem o que ele poderá ser ridicularizado, a exemplo de importante partido que justificou o escandaloso esquema do mensalão com a prática de outro igualmente abominável mensalão mineiro, como se um erro fosse capaz de justificar práticas piores e mais graves, ante seu gigantesco efeito maléfico. É evidente o político competente deve atentar para os principais problemas pelos quais o país atravessa, sendo de se destacar a necessidade de urgentes reformas estruturais do Estado, que passa por processo de estagnação justamente em razão do anacronismo das estruturas fundamentais da administração pública, que são os pilares de sustentação capazes de viabilizar o desenvolvimento do país. Não adiante os candidatos à Presidência ficarem remoendo questões como aborto, privatização, governo passado e coisas de somenos importância, quando a nação exige urgentes reformas previdenciária, tributária, econômico, política, trabalhista, de infraestrutura etc., com mecanismo indispensável ao crescimento socioeconômico da nação. O país já teve gigantesco prejuízo por acreditar em quem procura construir seu programa de trabalho com base tão somente comparando realizações do passado e gerenciando programas ineficientes de assistência social, quando as questões essenciais sequer são pensadas. O país não pode mais ficar à mercê de lero-lero infrutífero e contraproducente, que não leva a absolutamente nada, a não ser ao subdesenvolvimento como vem mostrando os pífios desempenhos da economia nacional, conforme mostra o Produto Interno Bruto – PIB, que não decola devido o empirismo das medidas econômicas em execução, pelo governo que se encontra totalmente preocupado com as espúrias alianças partidárias, como forma de se fortalecer na campanha da reeleição e de continuar no poder, que é seu único projeto político, em detrimentos dos objetivos nacionais. A sociedade precisa avaliar, com urgência os homens públicos que realmente pensam no país e na população, com base exatamente no que já foi implementado em proveito das elevadas cargas tributárias que são impostas, de maneira impiedosa pelo Estado, que não presta, por força da sua competência constitucional, os serviços públicos de qualidade. Não há dúvida de que a continuidade administrativa do país, na forma prejudicial ao interesse público como vem sendo a gestão pública, que não investe em projetos de impacto, como meio de forçar o desenvolvimento da nação, apenas se confirmará o retrocesso para o país, que terá a certeza que nada será feito para a reformulação e modernização das suas estruturas. Acorda, Brasil!

  6. Francisco disse:

    Esta oposição é mesmo o fim da picada. Apostar em corrupção é como tentar tapar o sol com peneira porque as maiores corrupções estão do lado deles. É só falar em investigá-los e vem logo aquele trololó de sempre: é retaliação, vai dar em pizza e outras lorotas e o pior é que a grande midia, enrolada com eles, faz tudo para ajudar. Em suma, esses caras não enganam mais ninguem. Aliás Kennedy, onde está escondido o digníssimo ex-senador Azeredo? Informa pra gente.

  7. DURVAL CREPALDI disse:

    RECEBI UM E-MAIL CALUNIOSO ONDE A SENADORA MARIA RITA DO PT ENTROU COM UM PROJETO (apoiado pela maioria dos senadores) PARA PAGAMENTO DE R$ 2.000,00 PARA GAROTAS DE PROGRAMA.
    QUAL NÃO FOI MINHA SURPRESA AO VER QUE NÃO EXISTE SEQUER A SENADORA, MUITO MENOS O PROJETO. SE A OPOSIÇÃO PENSA VENCER A SITUAÇÃO COM CALÚNIAS, PODE DESISTIR. SOU PSOL, ADVERSÁRIO DO PT MAS SINCERAMENTE, CALÚNIAS MOSTRA APENAS FRAQUEZA E MAU CARATISMO.

  8. Couto disse:

    Está difícil para a oposição. Porque nas campanhas anteriores o tapete não havia sido levantado, e os seus integrantes posavam de puros. Agora, com o caso do metrô paulista, o envolvimento do Yussef com os tucanos (Amaury Jr está ansioso para ser convocado numa CPI) e o mensalão mineiro, será difícil o sujo falar do mal lavado. Neste item haverá empate. E na comparação das realizações dos dois últimos governos com os anteriores a balança penderá muito mais para Dilma.

  9. ricardo disse:

    como?

    Pois se apurar a oposicao foi esta sendo muito mais corrupta!

  10. Geraldo Gomes Pires disse:

    ECONOMIA ,COM ENORMES CORRUPÇÕES ,NADA ,VAI FUNCIONAR ,ESTAREMOS FADADOS A ATINGIR O FUNDO DO POÇO .E TEMOS QUE ABRIR OS OLHOS PARA UMA REFORMA TRIBUTÁRIA ,POIS NÃO PODEMOS MAIS CONVIVER A PAGAR TANTOS IMPOSTOS .

  11. maria disse:

    A diferença entre Lula e FHC é que Lula após 08 anos de governo fez o seu sucessor………….Esses tucanos são bons de bico porque de trabalho, estão com a lama no pescoço e ainda querem falar em moralidade !

    O STF é o mesmo tribunal que anos atrás absolveu de todas as acusações um ex-presidente que foi retirado do poder pelo povo e pelo congresso através de impechment . Sendo assim vamos eleger o Collor presidente, mais uma vez, afinal segundo o STF ele foi injustiçado

  12. maria disse:

    O verdadeiro pai do Plano Real chama-se Itamar Franco esse era o presidente na época e foi quem estabilizou a moeda acabando com a inflação, pois FHC após 08 anos de governo deixou para seu sucessor 12,53 % de inflação por isso chega a ser hilário quando o PSDB hoje reclama da inflação de 6,0 % a mesma coisa acontece com os juros, que hoje é de 11% e o PSDB após 08 anos deixaram um juros selic de 24,90% (esses índices são oficiais se alguém duvida pesquisa no Google)

  13. maria disse:

    Lula e Dilma são sinônimos de distribuição de renda, tiraram alguns milhões da miséria absoluta, bolsa família, cota para negros, nunca antes na história do país tantos pobres ingressaram nas universidades, pagamento da dívida externa. inflação na meta, desemprego baixo, risco país baixo, mas agora eles, os mesmos que nada fizeram quando estiveram no governo por 08 anos, querem voltar, na marra, para isso tem que pintar todos do PT como corruptos como se eles fossem sempre santos apesar de viverem jogando sujeira debaixo do tapete, cadê a CPI do metrô em São Paulo?

  14. maria disse:

    Moro no Estado de São Paulo governado pelo PSDB outro dia passando numa avenida importante da cidade, avistei umas 10 viaturas, um exército de policiais, armados com metralhadoras e calibre 12, pensei, ingenuamente, agora os bandidos estão ferrados e assim que me pararam, acendi a luz interna, abri as janelas do veículo mas para minha decepção quando o policial se aproximou, me multou porque eu estava sem cinto, não verificou mais nada e mandou-me seguir. Este é o PSDB para combater o crime não tem policiais mas para multar e arrecadar para isso tem policiais suficientes para armar todo tipo de circo .

  15. maria disse:

    O que vc acha da polícia do Estado de São Paulo ? Acha que o crime está diminuindo ? Vc se sente seguro ? E a saúde ? Tem hospital na sua cidade ? quantos vc viu ser construído nesses 19 anos de governo do PSDB ? e a Educação ? Se vc tem filhos é fácil achar vagas nas escolas do Estado ? Da qualidade das escolas melhor nem falar ! E o salário dos professores em São Paulo ? Até quando serão dos mais baixos do país? E a qualidade das nossa estradas ? Ano de eleição começa a operação tapa buraco, apesar do IPVA pago em São Paulo ser um dos mais caros. O Estado mais rico do país vive uma vergpnha em todos os sentidos. Quando o povo vai as ruas pedir mudanças o PSDB tem a cara de pau de disser que querem a troca da Dilma mas o que o povo quer é a troca dessas aves que pensam que vão levar no bico, mas a máscara caiu! Eles não pensam no povo!
    Aqui no estado de São Paulo várias pessoas, apesar de pagarem impostos, altíssimos, estão sem água, torneiras secas, e muitas outras estão rezando para chover, porque o PSDB, em 19 anos, e a SABESP não investiram um centavo no sistema de captação e tratamento de água, uma vergonha, 19 anos de PSDB temos que organizar mais protestos, e enfrentar essa polícia do Alckmin que só serve para multar no trânsito e reprimir manifestações na porrada

  16. Pasquale disse:

    Maria,
    Bolsa Família: o fiasco tratado como sucesso

    Nos últimos 10 anos, de cada 100 famílias atendidas pelo programa 88 continuam na faixa da miséria e da pobreza extrema. Os dados são do próprio governo.

  17. Gesiel disse:

    A APOSIÇÃO numero 1, representada pelo PSDB do Aecio e do Alckmin, JA MOSTROU QUE NÃO TEM FORÇAS PARA FALAR DE CORRUPÇÃO. O Serra TENTOU por duas vezes falar sobre corrupção e se calou, quando a Dilma perguntou sobre o PAULO PRETO e quando o Haddad perguntou sobre o mensalão Mineiro. O Aecio INICIOU A SUA PRE-CAMPANHA, falando de corrupção do PT, e SE CALOU quando o Lula o desafiou a fazerem um choque de gestão para mostrar ao povo, quem era mais corrupto, entre o PT e o PSDB. E provalvemente se o Alckmin for falar de corrupção, vai se calar quando for questionado sobre o trensalão, ou sobre a corrupção na prefeitura durante os mandatos do Serra e do Kassab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-20 14:14:02