aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-08-2015, 9h11

Oposição racha em relação a Temer substituir Dilma

Ala tucana ligada a Aécio está em minoria no campo dos que pregam queda da petista
60

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A oposição rachou em relação à possibilidade de um impeachment da presidente Dilma Rousseff que preserve o vice-presidente da República, Michel Temer, como eventual substituto da petista.

A ala ligada ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), que perdeu a eleição presidencial em outubro passado, é contra uma queda de Dilma que mantenha Temer na Presidência. Aécio e seus aliados interpretaram o apelo público feito por Temer na quarta-feira, quando ele pediu união para evitar a aprovação de projetos que aumentem despesas públicas, como uma forma de se oferecer para substituir Dilma no futuro.

Na leitura de setores da oposição e até do governo, o vice teria se posicionado assumir o poder na hipótese de que os desdobramentos da crise no Congresso reforcem a possibilidade de votar as contas do governo de 2014. Se elas forem rejeitadas, poderia ser viabilizado um caminho para a abertura de eventual processo de impeachment. Ou seja, a chamada saída TCU (Tribunal de Contas da União), que alçaria Temer ao Palácio do Planalto.

O vice nega ter feito movimento político para enfraquecer Dilma. Afirma que a avisou de que daria uma declaração forte. Diz que seu apelo para reunificação se dirigia à união dos aliados do governo na Câmara, que sinalizara na tarde de quarta em reunião com ele que aprovaria projetos da chamada “pauta bomba” (aquela que aumenta gastos públicos sem preocupação com a origem dos recursos).

Em reação à possibilidade de Temer ser preservado caso Dilma venha a deixar o poder, os líderes do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), e na Câmara, Carlos Sampaio (SP), defenderam ontem que os protestos marcados para o dia 16 de agosto preguem novas eleições.

Acontece que isso dependeria de uma decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que atingisse Dilma e Temer e que está longe de ser tomada. Portanto, esse caminho parece o mais improvável atualmente.

Na ala tucana ligada ao governador Geraldo Alckmin (SP) e ao senador José Serra (SP), há interesse numa solução que preserve Temer e mantenha o calendário eleitoral inalterado. Ou seja, nova eleição presidencial somente em 2018, mantendo a normalidade institucional e evitando atalhos já adotados no passado.

Alckmin fez ontem homenagem a Temer no Palácio dos Bandeirantes. Na parcela rebelada do PMDB, também existe desejo de preservação do vice-presidente. Setores empresariais atuam no mesmo sentido. Portanto, a posição defendida pela ala do PSDB ligada a Aécio está em minoria no campo dos que pregam a hipótese de saída de Dilma do poder. Daí o apelo aos manifestantes.

*

Dilma rejeita intriga sobre Temer

Hoje, é zero a hipótese de eventual renúncia da presidente Dilma Rousseff. Apesar da perda de popularidade, Dilma tem dito, como falou no programa de TV do PT, que sabe suportar pressão.

A presidente teve ontem reuniões separadas com Temer e com ministros petistas. Do vice, ouviu que ele não se apresentou como alternativa para substituí-la. Temer quis evitar intriga. Dos petistas, a presidente recebeu conselhos para ficar desconfiada em relação ao vice, mas ela acha que Temer é parceiro e tem agido com correção na crise.

Dilma está mais preocupada com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Como Cunha acelerou ações para desgastar o governo, Dilma agilizou a indicação de Rodrigo Janot para um novo mandato de dois anos como procurador-geral da República.

Só ontem, Cunha abriu três CPIs, excluiu o PT do comando dessas comissões e votou contas de governos passados. Assim, está abrindo caminho para apreciar no plenário da Câmara a eventual rejeição das contas de 2014 da presidente.

Nesse contexto, Dilma achou melhor indicar logo Janot, antes que o procurador-geral apresente a denúncia contra Cunha, que virá em breve. Avalia que esperar a denúncia para apontar Janot para a recondução poderia parecer uma troca política de favores.

Dilma conversou ontem com o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL). Pediu apoio a Renan para barrar projetos da chamada “pauta-bomba”, avisou que indicaria Janot para um novo mandato e que estava encaminhando ontem mesmo ao Senado a recondução.

Há uma aposta clara do governo de que a denúncia ao Supremo Tribunal Federal enfraquecerá Cunha, quem tem sido o líder que catalisa a rebelião na Câmara.

A presidente também cobrou que os demais ministros não deixem apenas a cargo de Temer a articulação política e busquem restabelecer pontes com deputados para recuperar uma base mínima na Câmara a fim de tentar evitar armadilhas de Cunha e superar a atual crise.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
60
  1. milton disse:

    É um verdadeiro absurdo o que estão fazendo com a Presidente Dilma. O PSDB parece aquele time que tomou um gol aos 45 do segundo tempo, e não admite derrota.

    Minha gente, é um governo de 4 anos, não se pode, depois de 6 meses querer acabar com todo o trabalho.
    Coloquem os responsáveis por esta bagunça, atrás das grades. Ponto final e a vida segue em frente.

    • Cleber Silva disse:

      Caro milton,
      Se o governo tivesse uma base sólida e séria isso nunca aconteceria, não existe golpe o que existe é um governo fragilizado por sua própria incompetência e roubalheira.
      Chegou a hora de pagar por isso pois o povo vem pagando a 12 anos essa má administração e esses anos de roubo do dinheiro público, já chega Fora PT.

      • Helio disse:

        Caro senhor, se a presidente sair, o que melhora no Brasil rápido, sairemos da crise economica que é mundial? só o PT rouba? só houve roubo nos ultimos 12 anos. É brincar com coisa séria, não vejo nenhum economista de credibilidade internacional dizer que as medidas estão erradas. E o FMI o senhor quer de volta? quer ver o Brasil sair com o chapeu na mão pedindo dinheiro emprestado e eles negando. Fala sério, vamos analisar as coisas mais profundas e não entrar no oba oba.

        • alws disse:

          A crise hoje é de credibilidade. A Dilma não tem discurso, não tem carisma, não tem liderança…Acabou se elegendo em cima dos votos da camada mais pobre, que hoje paga o pato pelo descontrole das finanças publicas (por favor esqueça essa desculpa esfarrapada de que o problema é externo…o problema é interno).

        • Carlos disse:

          Prezado, o que considero um absurdo é esse pensamento de “somente o PT roubou?”, na minha opinião devem sair todos os que estão envolvidos com a pilantragem instalada no país, veja a que absurdo chegamos, “Nesse contexto, Dilma achou melhor indicar logo Janot, antes que o procurador-geral apresente a denúncia contra Cunha, que virá em breve. Avalia que esperar a denúncia para apontar Janot para a recondução poderia parecer uma troca política de favores.”, um absurdo, o Brasil está parecendo um morro que é dominado pelo tráfico é bandido confrontando bandido, para irmos mais a fundo precisamos antes iniciar a descida não é verdade?, então se é pra inciar a mudança por ai, que assim seja.

        • GILMAR ANTONIO disse:

          É impressionante como as pessoas gostam de enganadas, na cara que o PT do Sr. Luiz Inácio Luladão da Silva a mais de 12 anos vem afundando o Brasil como nunca na história deste Pais e ainda tem pessoas que continuam defendendo esses bandidos. O POVO TEM O QUE MERECE.

          • Marcos disse:

            No mínimo, todos que condenam o PT, não conseguiram copetência alguma para progresso pessoal. Por isso criticam e sofrem, considerando a hipótese de que vão ganhar algo (cargo político) com o PSDB. Larga de sofrência e corra atrás de suas perdas para melhorar de vida. Não dependam de pol´tica partidária para viver infelizes.

      • walter disse:

        Bingo Cleber….este governo esta liquidado…gente como o milton, acreditam em “coelhinho da pascoa”…infelizmente a credibilidade da dilma, esta em cheque; nem o Tamer consegue conciliar, é grave
        O Kennedy sabe muito bem, que este jogo dos PMDBista, é um joguinho de cena…no fundo cada um quer levar mais vantagens enquanto puderem…todos querem cargos em todos os níveis…estão apostando no loteamento do governo antes do fim…
        Por isso articulam-se sobre o caixão da dilma; quem seria este candidato a presidente; naturalmente que o Temer, acha que merece mais…os três estão em dividas com a justiça…provavelmente, farão uma aliança com outros…

      • Antonio disse:

        Prezado Cleber, os que permanecem na base governista são os sérios e fortes que voce se refere. Os que debandaram estavam, não se sabe bem para que.

    • joão disse:

      São todos vagabundos e deveriam estar presos em cadeias, PT, PMDB, PSDB, DEM e o resto todo, apenas aparecem para assuntos que beneficiam eles mesmos e fazem articulações politicas depois para se defenderem do que aprontaram. São aproveitadores enquanto o povo brasileiro, paga, paga, e paga pelos erros destes comandantes. Meu apoio hoje e a substituição total destes vagabundos, para que isto possa acontecer não vamos anular mais de 50% dos votos ai teremos uma nova eleição com novos nomes indicados.

    • Eder Machado disse:

      Concordo, em partes com o Milton… Acho que deveriam colocar os responsáveis pela “bagunça” atrás das grades. Porém, nesta ideia, Dilma, Lula e muitos petistas iriam pra cadeia. Derrubaria o governo do mesmo jeito.

    • paulo disse:

      Absurdo é aquilo que a Dilma e o PT fazem e fizeram no poder.Em que país vc vive?Deve ser no da propaganda ptista.Deixar essa gente no poder mais 3 anos é condenar o país ao limbo e as pessoas à morte.

    • Robert disse:

      Não são apenas 6 meses de Governo. São 4 anos e 6 meses tempo mais que suficiente para mostrar algum tipo de capacidade administrativa. Culpar “crise externa” já está se tornando ridículo, afinal os outros “emergentes” apresentam resultados bem melhores. É mesmo uma mistura de populismo, demagogia, má administração, erros na priorização de objetivos, ou seja, um exemplo claro do que é não governo. E nem citamos ainda a corrupção.

    • Peri Salles disse:

      Sou apartidário porque desde que me conheço por gente, percebi que política neste país é sinônimo de safadeza, de mentiras, de obter vantagens em benefício próprio.
      Mas o Brasil vem afundando cada vez mais desde que o PT assumiu o controle. A corrupção explodiu. Os erros de gestão nos (des)governos Lula e Dilma causaram a ruína econômica do país. Estamos onde estamos, numa situação calamitosa, porque estamos colhendo os frutos da incompetência administrativa e da bandidagem do PT.
      Portanto é mais do que hora de expurgar esta verdadeira organização criminosa chamada PT do cenário político. O Brasil não aguenta mais.

    • Lula Magal disse:

      Verdade! Tanto que o psdb, que criou a releição e o fator previdenciário, , agora votou contra, para atingit o governo e aprova aumentos salariais que quando foi governo não apoiava. Eita partidozinho sem rumo esse psdb! O Aecio quer por que quer se vingar da derrota que sofreu nas urnas, mesmo que isso custe a democracia no Brasil. É muito espirito publico!

    • Que eu saiba a presidente esta no poder a 4 anos e seis meses. Qual absurdo? O absurdo e ela deixar ser envolvida pelo antigo presidente, que por traz quer voltar como salvador da pátria. Porque ele n~ao da apoio com toda sua maquina politica, para ajuda-la agora neste momento. Se ela cair, ele voltara com forca como injustiçados.

    • Xico disse:

      O problema é que a Petrobras está dando lucro acima das concorrentes estrangeiras. Tem muitos brasileiros representando as Petrofíferas como a Chevron. Ou não?

    • Eu disse:

      A Dilma tem que sair e o Michel também. Novas eleições já!

    • antonio lira disse:

      aye que enfim leio uma análise inteligente e realista, esse senador aécio e um golpista que não aceita derrotas, portanto, imagine esse senhor como presidente? ele quer impor sua vontade de poder em detrimento ao voto do povo.

    • Cristiano disse:

      Bando de alienados, golpistas, sem memória, querem comparar o país atualmente com a época anterior ao governo Lula, quando o país não tinha reservas, vivia uma crise muito pior que a atual, a qual envolve atualmente a estagnação dos mercados de consumo no mundo. O país hoje tem melhor distribuição de renda, a vida de todos melhorou, e querem derrubar na marra a presidente eleita democraticamente, na primeira estagnação econômica que aparece, o que é normal em qualquer país. E usam o argumento fulo de que o governo é corrupto, como se a corrupção no país tivesse surgido em 2002. Quero ver todos investigados!!! Não só o governo atual.Vergonha de ser brasileiro, povo sem cultura, sem respeito às instituições, mentalidade golpista de país subdesenvolvido dos que se acham esclarecidos por ter ensino superior. Alineados, que se realmente fossem esclarecidos como se dizem, entenderiam que tudo é um processo de desgaste sistemático do governo atual pela classe que anteriormente governava, a qual está querendo voltar a todo custo a ter o controle do poder. Luta de classes, e vcs classe média que se acha esclarecida, é mera massa de manobra: reflita se sua vida está pior agora do que em 2002. Aprendem a respeitar o resultado das urnas.

  2. thomaz disse:

    Bom dia Kennedy, gostaria de saber sua opniãi sobre o programa de televisão do pt.Pois ele me pareceu velho em função dos acontecimentos da última semana e também sobre seu ponto de vista sobre o comportamento do pt sobre os panelaços e posição do pt no programa de televisão…o partido já esta juntando os cacos para ver o que fazer com o que sobra…é o começo do fim ou recomeço encolhido do partido…abraço e aguardo sempre com curiosidade e admiração seus comentários….

  3. antonio barbosa disse:

    Parece que minhas análises vão se concretizando. Enquanto os petistas se preocupam em atacar o PSDB, o PMDB vai cozinhando Dilma em óleo brando. Quando eu dizia que os petistas ouviam a música, mas não sabiam quem tocava, agora creio estar claro. Cunha é o general de guerra de Temer e antes da batalha final ele, Cunha, vai azedar e muito o caldo petista. Os petistas são crianças no jogo político e foram manipulados enquanto interessou a ambas as partes. Depois dos escândalos estão tão solitários iguais aos canastrões quando cai o pano. E para não piorar mais ainda a situação econômica do Brasil, melhor com Temer do que ter o que temer.

  4. Ranulfo de Menezes disse:

    Neste momento de crise política e econômica, não seria bom para o país um impeachment, pois o que está ruim poderá ficar pior, principalmente com o Sr. Eduardo Cunha encabeçando as decisões, sendo um irresponsável com as contas públicas, ele como legislador devia saber como manda a LRF, para cada despesa tem que demonstrar receita, ora se está se fazendo um ajuste fiscal, deve ser previsível que não se tem caixa pra nova despesa.
    Devemos pensar no impeachment do Sr. Eduardo Cunha.

  5. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A democracia brasileira é muito frágil. Ao querer imitar o modelo americano, falta conteúdo ideológico. Os fundamentos da nação americana são inspirados no Iluminismo. Já os fundamentos da bananocracia brasileira são inspirados no obscurantismo e da Inquisição.

  6. Joaquim disse:

    Para min é urgente a saída desta senhora do governo. Um governo que já era ruim com dinheiro é impraticável sem o mesmo. Péssima administradora, sem o menor traquejo politico e com ideias econômicas herdados do Sr. Delfim Neto, qualquer ganho de credibilidade só se dará sem a figura dela.
    Até o seu super ministro Joaquim Levy já caiu em descredito.
    Qualquer um que entre e não seja ligado a esta turma, terá a capacidade de fazer um arranjo politico que lhe dê o minimo de governabilidade.
    Maior prova disto é o presidente Itamar Franco. Nada supera a simplicidade e a honestidade.

  7. Getulio disse:

    Se caso Dilma vier a cair em um “golpe paraguaio’ pode se dizer que somos mesmo uma republica das banas igual a maioria de los hermanos, tipos como Aecio,Cerra, Gilmar,Paulinho da força Cunha e mais alguns são o que de pior exitem em nosso meio politico.

    • César disse:

      Somos uma republica de bananas, e o povo desta republiqueta de bananas, é o culpado por ter eleito José Sarnei, Fernando Collor de Melo, Renan Calheiros, Paulo Maluf, Luís Inácio Lula da Silva, Fernando Haddad, Fernando Pimentel, Sibá Machado, José Guimarães, Aloizio Mercadante, Gleisi Hoffman, Edinho Silva, Dilma Rousseff, além dos famoso, jogadores de futebol e até palhaços. Bolsa isto, bolsa aquilo. Se venderam baratinho ao partido, a preço de banana. Elegeram está gente que não serve nem pra administrar uma quitanda, para administrar o país. Nunca antes neste país, houve uma reunião tão grande de políticos, com tamanha incomPTencia. O seu partido sempre consegue fazer mais. Até mesmo ser pior! E eu nem citei os que já foram condenados.

  8. Do berço esplêndido disse:

    Não posso concordar integralmente com seu artigo. Existe uma… certa falta de essência em relação à forma. Nestes dias não há sintonia entre o que os olhos e ouvidos captam e aquilo que o coração da população sente.

    Primeiro Temer como o vice: ele está dentro do seu papel. Está tentando preencher o vácuo deixado pela figura da presidência. Não se pode dizer que esteja errado em capitalizar isso, já que é a imagem dele que está sendo posta em jogo. O que se sente na verdade é que, na lógica, é claro que ambiciona o poder. Mesmo assumindo um governo quebrado ele teria, digamos assim, poder partidário sobre o legislativo. E não deixa de existir aí uma oportunidade política para ele e para seu partido.

    Segundo Temer assume como presidente: bem… já tivemos pmdbistas na presidência. Na época o lema era “tudo pelo social”. Deu no que deu. São conciliadores, exímios negociadores, extremamente hábeis no jogo político, tem carisma e seduzem as multidões. Mas em termos de eficiência e de trabalho prático, são um fracasso. E sou capaz de apostar que, se empossado, vai subir no tamanco e abandonar essa expressão de “pai da nação” bem depressa. Note-se que seu “pedido” de união conteve ameaças veladas. Houve o “se… então…”. Não há como negar, seu estilo seria o da mão pesada.

    Terceiro: novas eleições. É o desejo do PSDB. O interessante é que mentem quando dizem que não querem o impedimento. Querem, e muito, apenas não desejam ficar responsáveis por ele. Especialistas no papel do “amigo da onça”, acendem o busca-pé disfarçadamente e saem de cena. Sua especialidade é o trabalho subterrâneo, visto que seu DNA é mineiro (um trocadilho pertinente).

    Então vamos supor novas eleições: Quem seriam os candidatos? Quanto tempo levaria para organizar o pleito? Quem assumiria interinamente até lá? De quanto tempo seria o mandato? Quando seria a posse? Planos, planos, planos. Tudo muito lindo e maravilhoso mas… quem vai trabalhar com o caixa falido enquanto isso? E a economia, que precisa urgentemente de medidas. Quem vai corrigir as tolices petistas do Levy?

    O eleito: Aécio neste caso seria o mais provável. Vai querer começar a trabalhar com a mesa limpa. Novos tempos, novas ideias. Mas… quem pagará as contas enquanto os devaneios se materializam? É óbvio: haverá novo plano econômico. Já deu certo uma vez, por que não repetir o truque? Enfim, a casa está uma bagunça mesmo. O discurso até já existe; “voltamos para o mesmo quadro que tínhamos em…” e lá vamos nós outra vez.

    O plano: converter novamente a moeda em uma unidade padrão. Dividir o R$ por (1 elevado ao logaritmo da enésima parte do pí vezes ponto qualquer coisa virgula a sétima parte da deflação da velocidade do Bóson de Higgs a -40 graus Celsius) qualquer coisa desde que confunda o mercado, bagunçando o senso de valor de tudo para todos. E aí batizamos esta nova moeda com um nome abreviado, com três letrinhas pois abreviaturas com três letrinhas tem carisma e colam com facilidade. URV não pode ser, já foi usado. UPM ou unidade padrão monetária, que tal?

    Bom mas o que eu realmente quero dizer com tudo isso é há há um longo caminho a percorrer, independentemente do desdobramento desta crise política. Sairia mais barato se tivéssemos escolhido certo em 2003. Teria sido José Serra. Não é lá essas coisas mas com certeza teria sido muito melhor do que a petralhada. Então, na verdade, quem se importa com Temer nessa hora? Se for ele, que seja. Se for Aécio, já estamos vacinados. Se for Serra também. E se for Alkmin, já estamos acostumados com o velho pudim de chuchu. Contanto que o PT seja colocado de lado, definitivamente, qualquer paixão nos divertirá.

    E o mais importante: ficará para o mercado a percepção de ALGUMA COISA ÚTIL ESTÁ SENDO FEITA, mesmo que possa não dar tão certo. O mercado está farto de intriguinhas de Brasília. Aquilo mais parece um salão de cabeleireiro.

  9. Vando disse:

    Os políticos brasileiros até hoje não aprenderam a fazer política. Acham que prá governar é preciso estar no poder a qualquer custo. Olhe o exemplo dos EUA com Baraque Obama, nem parece que passaram por uma crise terrível há pouco tempo. Nem deu tempo do dolar se desvalorizar pois eles além de políticos são cidadãos americanos. Lá os partidos e políticos se unem em prol da nação. Aqui no Brasil qualquer sinal de crise já querem furar o olho um do outro. Acham que prá resolver crise precisa tomar o posto do outro. Se os partidos políticos se unissem, teríamos só os ajustes na economia pra fazer, mas os fura olho como Eduardo Cunha, Aécio Neves e o partidário Juiz Sergio Moro, só pensam em si mesmos e esquecem que são Brasil. O égo fala mais alto, dane-se o povo, não pensam como nação.

  10. CBarros disse:

    Vamos expulsar esse cara do condomínio? Vocês viram o carro que ele anda? Vocês viram como ele se veste. Ih! vocês não sabem dá maior ele atrasa o pagamento do condomínio?. Olha sei não, se esses roubos que acontecem aqui dentro não é culpa dele. É e a família? É toda de mulatos. Não brinca! Sério? Eu não falei? É melhor dá um jeito de expulsá-los do condomínio o quanto antes, você tem toda razão, vamos dar um jeitinho.
    Essa conversa representa o atual quadro de intolerancia da elite brasileira.

  11. Essa raposa velha está tramando alguma sacanagem.
    Não adianta trocar seis por meia dúzia.
    Do jeito que a sujeira ficou o certo seria trocar todo mundo.
    Novas eleições gerais e pronto.
    Sem chance dessa cambada se candidatar novamente.
    O quadro atual de nossa política só nos mostra sujeira, é senador ofendendo procurador da república e não acontece nada.
    Em 10 minutos no horário nobre só escutamos mentiras, não dá mais para aguentar isso.

  12. Pedro disse:

    Acredito que o Brasil possa melhorar com Temer, como substituro de Dilma, pois aumentaria a confiança dos investidores no País, já que Dilma é figura inserida, se não de modo direto, de modo indireto sim, com a divulgação de depoimento de delatores do lava-jato de que sua campanha recebeu dinheiro sujo através do Partido que representa. Aliás, foram mais de 5(cinco) milhões na campanha do PT, muito mais, muito mais….. mas do que sugere delator ter recebido o Presidente da Câmara, tudo dinheiro do Petróleo que poderia ser investido em aumento de salário de médicos brasileiros, em eduçação superior de qualidade, em esporte, entre outros. A falta de preparo de Dilma na condução da política e da economia é um outro fator que confirma que sua saída do governo se faz necessária e única esperança de que o Brasil possa melhorar. A democracia se faz com alternância de Poder, fator este fundamental e o PT e PSDB já deram sua contribuição.

    • Robert disse:

      Concordo. Apesar de não ser a melhor das soluções é hoje a mais razoável para tentar resgatar um mínimo de credibilidade ao Governo mantendo a ordem institucional. É mais do que claro e óbvio que os grandes empresários e investidores estão esperando que o PT seja afastado dos cofres para voltar a normalidade econômica do país.

    • antonio disse:

      Alternancia,concordo, mas para voltar o PSDB que no ultimo de seu governo a inflação chegou a 12,53%, taxa de desemprego em mais de 12%, não.

  13. disse:

    Acreditem nós brasileiros somos os donos do negócio, não devemos nos iludir com as acoeis deste Sr.Cunha. Gente vamos acordar será que ainda não ficou claro a todos nós, que para a turma Aécio perder não é aceitável querem o poder e só, querem que pobres sejam pobres, e ricos sejam ricos que é a corja dele, e é isso que incomoda as estes vermes. Sabemos que estamos em dificuldades junto com o nosso país, mais partir para guerra dando vitória a este grupo formado de capitalistas. Isso não. Vamos gente acordem.

  14. wagner santos disse:

    Ate parece que os que estão apedrejando querem algo melhor para a nação. Apenas estão visando seus próprios bolsos, ou alguém acredita no caráter desses políticos.

  15. Joao Pereira disse:

    o “impedimento” do Collor fez muito bem ao Brasil e a democracia, porque agora faria mal ao Pais ?

    • urubatam lemes cipriano disse:

      concordo contigo. como não estamos sob a égide de um sistema parlamentarista, que diga-se de passagem seria o melhor, neste altura dos acontecimentos, sou a favor da anulação das eleições e não que este ‘ CLONE DE BORIS KARLOF’ OU BELLA LUGOSSI, o M. tEMER ASSUMA UM GOVERNO QUE JÁ VEM MANCHADO DESDE O NASCEDOURO. eleições já!

    • Pasquale disse:

      Grande pergunta João.
      Só o PT é que não pode sair?
      Quase exterminando a Petrobras?
      Vcs querem o que????? virar uma Venezuela??????
      Falta pouco, se o PT continuar.
      Ou quero o direito de comprar, pelo menos papel higienico.

  16. Ronaldo Torres disse:

    Assino embaixo: “Não interessa à economia, à população, pelo potencial de desestabilização existente. Além disso, qualquer tentativa de impeachment significaria um desrespeito à ordem jurídica, colocando em risco um custoso processo de amadurecimento político que se seguiu à redemocratização e à Constituição de 1988.” (Luis Nassif, 07/08/2015

    • antonio disse:

      Concordo Ronaldo,pareçe que a eleição não acabou, isso é ruim para o pais,existe uma crise e todos são atingidos, menos a oposição que tenta com isso ganhos políticos, é hora de se unir para que o pais volte a crescer e evitar mais danos a população.

  17. JM disse:

    Saindo Dilma e ficando Temer é tirar o cão e deixar o capeta.

  18. Elaine disse:

    A grande mídia insiste nesta história de derrubar Dilma, nem o PSDB acredita mais nisso.
    Quem precisa deixar o poder é Cunha, esse sim é o senhor de todos os males do Congresso.
    A mídia vem com essa história no sentido claro de enfraquecer mais o Governo Dilma, mas não prevalecerão. Golpe nunca mais.

  19. carlos disse:

    Este não é um momento ideal pra declarar um processo de perda de mandato, o psdb precisa aprender a perder e a minizar esta imagem de que eles querem vender o “brasil”. Eles poderiam ter quebrado essa imagem na votação da terceirização ficando ao lado dos trabalhadores e não apenas dos empresários. Além disso estamos caminhando em direção a uma crise econômica irreversível, no entanto, o congresso que é pra defender o interesse do povo fica pensando nas próximas eleições ou em um mandato. Alguns deputados chegam até a dizer “o congresso não é responsável pelos erros do governo”. Sim, fica a pergunta e quem foi que aprovou esses erros do governo???? não foram vcs!

  20. Rogério Garay disse:

    Senhores !
    Independente de nossas posições ideológicas, não podemos esquecer que as eleições, ainda que por estreita margem e pequeno percentual de diferença, foi vencida pela Presidente Dilma por mais de três milhões de votos distantes dos votos do segundo colocado, que até 88% da apuração e desde a largada, já comemorava a vitória, uma vez que nosso universo eleitoral é imenso, deveria ter aguardado. Imagina a frustração… Mas a Constituição Federal precisa ser cumprida e vários setores articulam uma virada de mesa, lastreados por sobre as dificuldades econômicas e necessidade de ajuste fiscal. Fazem demagogia sobre a insatisfação popular. Se atropelarmos a constituição agora, isso poderá ser feito novamente no futuro, em qualquer governo que não satisfaça. Vamos virar uma republiqueta bananeira golpista, em que não haverá segurança legal para os mandatos, enfim uma esculhambação, coisa de democracia subdesenvolvida. A Oposição tem que esperar a sua hora, ou seu provável governo, se conseguido à revelia das regras constitucionais, também não terá futuro.

  21. Galego disse:

    Finalmente os governos Lulla/Dillma conseguiram fazer dos brasileiros futuros náufragos, em clima de “salvem-se quem puder”, onde cada um só pensa em se salvar mesmo pisando na cabeça do outro. O perigo é aparecer um populista carismático, bom orador, que prometa o paraiso, mas que só vai nos entregar o inferno, enquanto êle e seus seguidores receberão as benesses do céu. Só com o trabalho sério, honesto e ético, é que este país sairá da crise que os últimos governos nos empurraram.

  22. Nilson disse:

    A Dilma tem que sair, não tem condições políticas, técnicas e sequer capacidade de governar, a sua eleição foi baseada em mentiras e o povão acreditou por isto a elegeu. Basta ver sua impopularidade e principalmente no Nordeste, 66% de rejeição, ou seja quem a elegeu agora a rejeita.
    O Brasil não pode ficar à mêrce de uma figura inexpressiva e incompetente, o país precisa ser governado e neste momento a melhor saída é que ela renuncie e o Temer assuma apoiado por forças políticas representativas.
    O PT ruiu em cima da corrupção, da safadeza e das mentiras deslavadas.

  23. Nivaldo Santos disse:

    Diz o grande sábio Luiz Inácio Lula da Silva, isso é uma MOROLINHA agora esqueceu do que falou, PT, PMDB, PSDB e que estão pendurados lá são todos farinha do mesmo saco, bananas podre.

  24. Antenor disse:

    A fraqueza administrativa e a arrogância desse governo, em não admitir os seus próprios erros (quando os coloca sempre menores do que os de governos anteriores)faz com que haja repulsa popular e crescimento da impopularidade da mandatária. Isto é uma marca do partido que hoje comanda o Executivo Nacional.
    Deu para sentir isto no programa partidário de ontem, na televisão. Parecia que tudo que estamos vivendo não passava de uma simples ilusão e que a “crise” logo vai passar e que todos serão “felizes para sempre”. Conversa pra boi dormir!!!
    Essa retórica de enganação não convence mais a ninguém.
    O ator José de Abreu, até parece um fantoche aguardando a criação do “Ministério das Novelas” para assumir uma boquinha no governo; afinal, o que é mais um ministério quando já se tem 39?. Porque, só mesmo isto para entender tanto empenho em apoiar um partido e um governo totalmente desacreditado e ancoradouro de tanta corrupção! É muito difícil acreditar em qualquer promessa de quem mentiu tanto para chegar ao segundo mandato. É muito difícil acreditar em reordenamento econômico de quem já prometeu isto tantas vezes e só apresentou fracasso. O povo já não aguenta mais tantos desmandos e promessas infundadas. Chega de PT no governo. Já mostraram que são incompetentes e que não sabem lidar com situação adversa. Governar em tempos de prosperidade mundial, qualquer um sabe. Quero ver é em situação de escassez!

    • Pasquale disse:

      Brasileiros e brasileiras,vcs ainda perdem seu tempo em ouvir a Dilma?
      A última:Não vamos determinar uma meta,mas quando a meta for alcançada,dobraremos a meta.
      Se ela não bebeu antes de falar,alguem consegue me explicar…A tradução da Frase acima?
      É ela que governa o país? E vcs esperam que ela faça o que?
      Ela não sabe nem o que esta falando.

  25. Francisco de Assis Carvalho disse:

    A corrupção é algo abominável, mas, quando ela é praticada em grande escala por um grupo político que sempre levantou bandeiras importantes como a da democracia, da honestidade e dos direitos humanos, então, chegamos a um cenário de desconfiança de todo e qualquer agente político. Por outro lado, não podemos ser ignorantes a ponto de considerarmos esse linchamento do governo e de um único partido, veiculado através da TV, revistas e internet como algo natural. Há, certamente, setores interessadíssimos num eventual impeachment, ávidos por adquirir o poder, que têm manipulado o povo para derrubar o governo utilizando boataria e outros recursos desleais. Recursos que, aliás, o PT utilizou muito a seu favor e que agora os fazem agonizar em praça pública. Abramos nossos olhos aos interesses escusos dos corruptos que não aparecem e cujos esquemas podem ter raízes bem mais profundas…

  26. Ezenral Barreto disse:

    É lamentável que o voto no Brasil é obrigatório.
    A oposição sempre luta pelo fracasso da situação e o povo brasileiro sofre as consequências dos abutres que só pensam em devorar “a carniça” deixando a população sempre “roendo” o osso. O PSDB é especialista em devorar os recursos que melhora, ou, melhoraria as condições do povo. Agora, hoje, pousa de salvador da pátria. Ah, vê se manca tucanos carniceiros, vocês já afundaram o Brasil uma vez, sai pra lá satanás.

  27. Martin Moreci disse:

    De sua colaboração ao País junto Ministério Público Federal (MPF) – “Lava Jato” Defendendo o País e o Pouco de Vida que ainda existe nele, estaremos acreditando que a situação possa melhorar para todos (difuso e coletivo), caso contrário, estaremos passivos e ausentes na defesa de um mundo melhor. Dignidade humana TAMBÉM É TER uma Justiça eficiente e Transparente, com a defesa da LEI e a devida civilidade, quebrando esta barreira da impunidade que hoje existe as coisas tenderão a melhorar no País.. eNTRE NO SITE DO mINISTÉRIO pÚBLICO fEDERAL (LAVA JATO) e participe assinando a lista das 10 medidas a serem tomadas para conter ou inibir abusos que aí estão. Participe !

  28. Euclides M. de Oliveira disse:

    Olha minha gente. com a Dilma ou sem a Dilma, este pais não pode continuar do jeito que está…

  29. Getulio disse:

    Sinto muito pessoal mas ruim com Dilma pior sem ela, podem chorar e se lamentar na cama que é lugar quente, o Brasil vai se recuperar!
    A melhor opção ainda é manter Dilma e o PT no poder aos poucos a economia vai se fortalecer essa crise não exclusiva do Brasil varios outros paises passam por piores , o grande mal é o clima de pessimismo que em boa parte da midia associada a alguns setores mais conservadores da sociedade e alguns politicos de oposição fomentam diarimente noticias cada vez mais desanimadoras criando um mal estar no povão , Eduardo Cunha comportando se como um “homem bomba” pronto a explodir cumpre seu papel ao qual foi disignado Aecio Neves o eterno derrotado quer por que quer a queda de Dilma pensando ser o salvador da patria se imaginando no poder coisa que pelo visto nunca vai ser, ninguem com mum pouco de bom censo deve votar em alguem que pede golpe, se existe alguem que recebeu esse golpe foi o propio e das urans.

    • Pasquale disse:

      Sim Getúlio, então vamos fazer o seguinte:
      Eu não vou estabelecer uma meta,mas quando a meta for alcançada,eu vou dobrar a meta.
      Me responda o que quer dizer isso???????????
      Idiota eu não sou,burro a ponto de não entender uma frase tambem,então me explique?????
      O que seria? Falta de neuronios?

  30. Leonardo G. Cardoso disse:

    Senhores a constituição federal diz que :
    Se o presidente sofre um impeachment a ordem de sucessão seria essa: Em caso de impeachment o vice-presidente da República (Michel Temer) assumiria, caso ele não possa, viria o presidente da Câmara dos Deputados (Eduardo Cunha), depois o presidente do Senado Federal (Renan Calheiros) e por último o presidente do Supremo Tribunal Federal. Mas devo lembra-los que os dois Eduardo Cunha e Renan Calheiros também podem ser indiciados no caso do Lava a jato. Nesse caso quem seria presidente é o Presidente do Supremo (Ricardo Lewandowski).
    Mas não é isso que os políticos querem. Pois casos eles consigam eleger alguém do PSDB ou do PMDB eles poderiam indicar um novo procurado da república e paralisar todas as investigações. Assim como foi feito no Governo Fernando Henrique quando ele indicou para ministro da justiça Renan Calheiros. Mas é claro que isso é só especulação.

  31. André De Menezes disse:

    Em primeiro lugar não acho q entrando aécio,temer ou qualquer outro, vá mudar no curto prazo o país, o problema é profundo, está no congresso, está em nós mesmos, nós brasileiros somos um povo que gostamos de vantagens e facilidades, esse é o problema, Dilma e o Pt estão pagando não pelos roubos semente, pois todos sabiam q o PT roubava, como os outros partidos, mesmos assim votaram neles, ela está pagando por q mentiu, e por q cada um quer um pouco da fatia do bolo, mas como roubaram todo o bolo (corrupção) não tem mais o que comer e também pela imcompetência e ganância do PT. O PROBLEMA É QUE DISCUTIMOS COISAS PEQUENAS, ENQUANTO O BRASIL, QUE SOMOS NÓS E O QUE INTERESSA, ESTÁ SENDO DEIXADO EM SEGUNDO PLANO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-20 14:32:31