aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
11-10-2018, 20h31

Ouçam as entrevistas de Bolsonaro e Haddad à CBN

Entrevistas ajudam a entender melhor cada candidato
18

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Queridos e queridas, hoje não vou fazer post escrito sobre as entrevistas de Bolsonaro e Haddad concedidas no início da noite ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”. Tem de ouvir. Vale a pena. Ajuda a entender melhor os dois candidatos. Agradeço aos colegas Roberto Nonato, Évelin Argenta, Gabriel Medina e Gustavo Boldrini pelo belo trabalho em equipe. Seguem as entrevistas:

Jair Bolsonaro (PSL)

Fernando Haddad (PT)

Comentários
18
  1. walter disse:

    Não tem mistério caro Kennedy, o Bolsonaro tenta confirmar suas intenções, desde o primeiro momento, mesmo antes do atentado; sempre foi firme, isto aguçou a ira, dos possíveis derrotados; criaram uma couraça, a favor do candidato; nosso Povo sabe votar, sempre foi assim; cometemos erros,foi o caso Erundina, mas o tato das pessoas, é inconfundível…reduzir o estado, gerando um decimo terceiro, para o Bolsa Família, nem lula pensou nisso…quanto ao haddad, tem dificuldades de nascimento, foi jogado nesta roubada, depois de ter sido derrotado primeiro Turno em SP, para prefeito; aceitou uma missão suicida, não consegue ser o lula; suas alterações recentes, de cores, e bandeiras, demonstram isso; mexer no programa de governo, é a pior parte, para conseguir apoio; não esta sendo fiel, ao Povo; transformou em circo, sua participação; o concorrente, foi agredido, esta em convalescença, querem ver o sangue do candidato? foi o pior da campanha até agora; não lograram êxito…

  2. Natália Gehringer Passos disse:

    Aí a gente vê a diferença do nível dos candidatos. Por isso que o primeiro não quer ir nos debates: não tem proposta, não tem conhecimento administrativo e não sabe nem o que fala.

  3. antonio maggi disse:

    O plano de governo do Sr.bolsonaro é acabar com a permanência do partido corrupto do PT.Simples e objetivo.

  4. Bom dia, mas nota-se, que as perguntas ao Haddad, são tendenciosas para atacar o deputado Bolsonaro, que me desculpe, a sinceridade, inclusive afirmando que “diversos” apoiadores, estão atacando eleitores do Haddad. Não procede a afirmação!

  5. Problemas, sempre tivemos e continuaremos a registrá-los. Comparando ambos os candidatos, vejo em Bolsonaro, um Candidato mais maduro e preparado para o momento que passamos. Para mim, será um grande desafio, ao Candidato e à Nação, apostar em suas propostas. Isso porque, em realizando as reformas, não serão feitas de forma parcial. Pelo histórico de redemocratização do País, 30anos, o modelo em vigor não nos deu boas experiências. Enfim, um recomeço. Todos, passam… Após o Bolsonaro, uma nova experiência, outros virão com uma readequação à nova proposta. Melhor, que continuar no erro. E que erros nos levaram ao atual Estado. Responsáveis? Observe Um e o Outro. quem faz parte do retrato do atual momento do País?

  6. José de Miro Mazzaro disse:

    As coisas começam a clarear. Bolsonaro diz que é doido confesso, pois foi vítima daquilo que prega: violência em todos os patamares e todo tipo de vítima.
    Haddad acerta na mosca: sem controle pessoal, Bolsonaro vai controlar quem ? Os filhinhos dele que são uma corja saídos ao pai? E generais chateados por não terem nenhuma guerra pra ganhar (ou perder).

  7. eleusa cavcalcante disse:

    em primeiro lugar obrigada pela oportunidade dada aos candidatos.
    Haddad mostrou-se muito bem preparado para o cargo. Ele tem equilíbrio, conteúdo, um bom programa que protege a nação e firmeza e educação para enfrentar divergências.
    É valente!! não se acovarda ao debate com seu oponente.
    Infeliz mente Bolsonaro não tem conteúdo. Ele não consegue sustentar uma discussão. Não apresentou programa de governo e delega isso para futuros ministros. Um deles banqueiro.
    Quem deseja o crescimento da democracia e um governo comprometido com o os interesses da sociedade brasileira deve vota em Haddad sem a menor dúvida.

  8. Anselmo Oliveira disse:

    Percebi claramente o despreparo de um candidato que quer a qualquer custo impor suas idéias retrogradas. Ainda bem que não estamos em um imperialismo, assim, se eleito (espero que não), não conseguirá por em prática sua vontade sinistra.

  9. jose disse:

    Desculpe-me, mas por não aguentar a hipocrisia daquele tal de Heleno, pergunte a ele “Por que a ONU solicitou a saída dele da força de Paz no Haiti”. Obrigado.
    Por que ele não aceitou ser vice de Bolsonaro, porque certamente ele iria ser colocado na linha de frente e teria que se explicar, revelações não esclarecidas até hoje.

  10. Anderson Guimaraes Mendonca disse:

    “Sou vítima daquilo que prego!” Já diz muito do candidato que não repudia a violência. É um despreparado e que quer governar no grito.

  11. Miguel Ângelo disse:

    Kennedy, não ligue para que Bolsonaristas falam. Você e Reinaldo Azevedo é o melhor do jornalismo brasileiro. Bolsonaro está perdido. Paulo Guedes longe da realidade de mercado e economia. Aposto que Bolsonaro/Paulo Guedes no primeiro ano fará confisco de bens da classe média, e média alta. Mês provável outubro/19. Motivos (diversos): O cálculo da perda do erário pela proposta de Bolsonaro é muito maior que hoje temos de déficit (147 bilhões). A reforma no IRRF é um Robin Hood às avessas. Quem recebe R$ 5 mil. Pagará R$ 1 mil pra Bolsonaro (97,77% a mais). Hoje paga-se R$ 505,64 (10,11%). Não existiu informação do que vai ser deduzido. Por isto, podemos afirmar, que quanto mais se ganha, a 20%, menos os milionários pagariam de IRRF (já que hoje a tabela os taxam a 27,5%). Isto já diz o viés de Bolsonaro pró milionário, contra a classe média, média alta. Que devia saber ler sobre a Ditadura e fazer cálculos. Então milionários estarão pagando menos. Menos recursos no erário-óbvio.

  12. Miguel Ângelo disse:

    Existe sim violência nas ações do Bolsonaro/Mourão, como existiu pelos Militares e o poder Judiciário na Ditadura. Sim, o Judiciário foi omisso em muitas coisas. Façam estudos de casos pela “Voz do Brasil”. E conte quantas vezes salvaram um brasileiro da crueldade da Ditadura. Esta violência embora não tenhamos Comunistas no Brasil (mesmo tendo partido assim denominado). E que hoje os maiores consumidores do Brasil, tenham sido socialistas, hoje super capitalistas. Tem evidências do que diz Bolsonaro, do que fazem Bolsonaristas, tanto para a Rússia, China, Índia, Países do Mercosul, que não tem porque achar graça nas mentiras que contamos aqui em muitos de nossos jornais. Putin não vai negociar com Bolsonaro. Ele não se honra nem indo ao debate na TV. Dizendo estratégia. Seria esta estratégia que usaria na BRICS. Formada pelos Países Socialistas, que consomem 35% dos nossos produtos. Sem eles. Com este IRRF. Em outubro/2019 voltados ao FMI, ou eles confiscam bens dos brasileiros.

  13. Miguel Ângelo disse:

    O brasileiro tem que começar a entender que a política não é via de mão única. Seja lá o que se fale do governo PT não foi ruim. Foi muito bom ficou ruim. Mas isto não seria possível sem que todos os outros envolvidos não fizessem parte. Muitos sairão de Brasília já este ano que vem. Eu gostaria que o Lula fizesse um pronunciamento saindo do PT, e que Gleisi convidassem todos os demais que estiveram envolvidos a saírem também. Mudaria a sigla para PTME. Partido dos trabalhadores e microempresários (que na verdade sustentam este País com maior participação – O Porco da história). Grande Empresários neste processo são galinhas. Cantam, batem asa, espalham o chão. Mas não se comprometem totalmente para melhora de nossas vidas. Estou errado? Revejam fatos na Lava Jato. Que são os prejudicados? Bolsonaro arruinará tudo que foi feito até agora. Nisto eu vou concordar com o Reinaldo Azevedo. Até mesmo o que Temer deixou. Que será sempre melhor do que virá. Acorde Brasil! Vote certo desta vez.

  14. PARABÉNS, ELEITOR BRASILEIRO, PELA FAXINA GERAL NO 1º TURNO - A LIÇÃO FOI LINDA! disse:

    O principal no primeiro turno foi o eleitor mostrar que não é alienado, que não aceita mais as velhas raposas especialistas na roubalheira, na governança na base do toma lá dá cá. A ladrãozada bem que se articulou para que o controle das eleições ficasse nas mãos das velhas lideranças políticas, controladoras da roubalheira: quebraram a cara! Escaparam alguns, como Renan, Jader Barbalho, que logo terão contas a acertar com a Lava Jato. Aécio e Gleisi covardemente não tiveram coragem para tentar a reeleição e fizeram da Câmara Federal o refúgio para manutenção do vergonhoso foro privilegiado. O povo deu a lição devida – aplicou uma faxina geral na Câmara e Senado. Dia 28 de outubro a limpeza se concretiza definitivamente, e teremos o início de um novo Brasil! Aí, o povo dará mais uma lição: unir-se-á para a construção de um país melhor, colocando DEUS, FAMÍLIA, BRASIL como os fundamentos de um país em cuja Bandeira Nacional está o lema: “ORDEM E PROGRESSO”!

  15. Miguel Ângelo disse:

    Kennedy, acho que merecemos ficar preocupados com Bolsonaro. Não comento Haddad aqui porque sei que com eles estamos mais próximos do Mercosul e BRICS. O que pode dar sustentabilidade a nossa economia para os próximos 4 anos. Agora se permitir, deixe algumas observações sobre o IRRF que projetei. Brasileiros, classe média, média alta (e assalariados). Pela dita salvação da redução do IRRF a 20%, e isenção para aqueles que recebem menos. Isto não é remédio para a economia é veneno. Você recebendo 5 mil, paga hoje R$ 505. Pagará com Bolsonaro – R$ 1000,00 (quase 100% de alíquota, antes 10%). Agora se salários de 100 mil, 1 milhão, 100 milhões, pagam hoje R$ 26.630, 274.130 e 27.499.130, respectivamente. Pagarão com Paulo Guedes (o Gênio criador de monstros), R$ 20.000, 20.000 e 20.000.000, respectivamente. Qual vai pagar R$ 7.579.891,92 de isenção aos milionários? Você classe pobre e média. Votem Haddad.

  16. Miguel Ângelo disse:

    Kennedy, acho que merecemos ficar preocupados com Bolsonaro. Não comento Haddad aqui porque sei que com eles estamos mais próximos do Mercosul e BRICS. O que pode dar sustentabilidade a nossa economia para os próximos 4 anos. Agora se permitir, deixe algumas observações sobre o IRRF que projetei. Brasileiros, classe média, média alta (e assalariados). Pela dita salvação da redução do IRRF a 20%, e isenção para aqueles que recebem menos. Isto não é remédio para a economia é veneno. Você recebendo 5 mil, paga hoje R$ 505. Pagará com Bolsonaro – R$ 1000 (quase 100% de alíquota, antes 10%). Agora se os salários de 100 mil, 1 milhão, 100 milhões, pagam hoje R$ 26.630, 274.130 e 27.499.130, respectivamente. E pagarão com Paulo Guedes (Criador de monstros), R$ 20.000, 200.000 e 20.000.000, respectivamente. Quem pagará R$ 7.579.891,92 de isenção aos milionários? Você classe pobre e média. Votem Haddad. Ou isto aí!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-10-15 07:08:37