aki

cadastre-se aqui
aki
Política
02-12-2016, 13h04

Padilha diz que Ferreira pode ser mantido no comando da Vale

Ministro afirma que governo busca "solução de mercado no devido tempo"
6

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, negou que o governo Temer possa usar a presidência da Vale como “moeda do jogo político”. Segundo ele, entre as opções para comandar a companhia privada, está a eventual “recondução do presidente Murilo Ferreira”.

Padilha disse que o governo tem conversado com os acionistas públicos e privados da Vale e que a orientação do presidente Michel Temer é “não fazer interverência política” e encontrar “uma solução de mercado no devido tempo”.

O blog apurou que Padilha desejava que o PSDB fizesse uma indicação para o comando da Vale. Publicamente, ele descarta tal solução.

Comentários
6
  1. Marco Túlio Castro disse:

    Dilma e PT forçaram a mudança do comando da Vale que na época era a 2ª maior mineradora do mundo. Ninguém na época disse nada!
    Agora o PSDB não pode não é mesmo ?
    Dois pesos duas medidas.
    Em tempo, acho nojento governo interferir em empresa privada.

    • Gustavo Parrela disse:

      Marco Túlio o PSDB e o seu plano de governo, leia-se, neoliberalismo e privatização, foram derrotados na urna, lembra? Querem impor a guela abaixo uma agenda já derrotada e rejeitada pelos brasileiros. Em tempo, derrotado nas urnas,invocam a tradição e o conservadorismo colonial do Brasil, quer seja, Repúbiqueta das Bananas do Brasil. Cuba ou Miami? Não, o mundo é grande.

  2. walter disse:

    Kennedy, se o ministro Padilha, esta legislando as vontades do PSDB; que mal pergunte, a mudança de comando da Vale, considerando que já esta nas mãos do PSDB;mudaria OK de fato…
    Outra bagunça anunciada, é a pressão encima do Meirelles; se conhecemos o PSDB, já esta querendo indicar alguém…estão querendo ressuscitar o Armínio Fraga…posso estar exagerando, mas o PSDB,já esta pegando as chaves do Planalto…Muito possivelmente,na virada do ANO com as delações em curso, a serem deflagradas,teremos novas caras, devidamente calculadas.

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Moral da história: lançaram um balão de ensaio para ver como repercutia na opinião pública e no meio empresarial… não emplacou, recuaram.
    Coisa de amador !

  4. joao dias disse:

    Seria absurdo usar uma importante empresa, para fazer o jogo político de grupo A ou B. Os exemplos do passado recente e remoto . nos mostram claramente que bilhões de reais foram desviados para fins escusos e enriquecimento pessoal. O Povo não suporta mais ver
    inerte que bilhões de reais de empresas estatais, inclusive os Bancos, facilitar emprestimos que previamente se sabe , terminarão lançados na Rubrica de Creditos Incobraveis. E suportar tambem a carga tributária elevada, para beneficiar renuncias fiscais, sem comprovado beneficio economico e social, bem como privilegios para os sonegadores de impostos retidos dos consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-13 18:54:29