aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
01-11-2014, 10h34

‘Pedidos de auditoria e impeachment trazem insegurança à democracia’

Reforma política é herança de protestos de 2013, diz professor da UFRJ
47

ISABELA HORTA
Brasília

francisco carlos teixeira da silva

Francisco Carlos Teixeira diz que o pedido de auditoria especial das eleições feito pelo PSDB ao TSE é um “desperdício à democracia brasileira”. Professor de História Contemporânea da UFRJ, ele avalia que a medida “dá a alguns militantes a impressão de que foram lesados e que a democracia brasileira não tem validade”. Para Teixeira, a ação dos tucanos e o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff feito por internautas “criam uma situação de tremenda insegurança para os cidadãos brasileiros”.

Perguntado sobre o impacto das manifestações de 2013 no cenário eleitoral, Teixeira afirma que a “resposta imediata” foi a primeira proposta da presidente Dilma Rousseff após ter sido reeleita. “No entendimento da Dilma, e supõe-se do PT, o que é urgente e que seria elemento capaz de impulsionar todas as outras reformas seria a reforma política, algo que foi evidentemente solicitado de forma muito intensa nas ruas em junho e julho.”

Na avaliação do professor, a lei da Ficha Limpa foi “um grande sucesso”. “Brasília é o maior exemplo do que pode acontecer se a legislação for levada com seriedade. E, neste sentido, ela [a Ficha Limpa] é fundamental pela origem do próprio processo da lei, que foi através de mobilização popular.”

Teixeira afirma que é  “preocupante” a votação expressiva que alguns candidatos de “extrema-direita, beirando o fascismo” receberam na eleição. Ele avalia que a nova composição do Congresso Nacional é a mais conservadora e a mais fragmentada desde a democratização do Brasil.

Para o historiador, as manifestações de discriminação contra nordestinos sempre ocorreram. A novidade maior, segundo ele, “é que nós estamos tomando conhecimento público de que o Brasil é preconceituoso”.

Confira a entrevista:

Essa foi a primeira eleição depois das manifestações de junho e julho de 2013. Também foi a primeira vez que a Lei da Ficha Limpa foi aplicada em eleições gerais. Como esses fatores influenciaram o cenário eleitoral?

Sem dúvida nenhuma, houve um impacto. Um impacto diluído entre as três campanhas, embora Marina Silva tenha tentado ao máximo possível se apresentar como herdeira das jornadas de junho e julho, dos movimentos sociais, em torno daquilo que ela chamou de “nova política”. Entretanto, ela não conseguiu galvanizar sozinha esse processo. Ele acabou sendo apropriado por cada uma das campanhas de forma diferenciada. No resultado geral, parece que a resposta imediata veio com a primeira proposta da Dilma reeleita, que é a reforma política. No entendimento da Dilma, e supõe-se do PT, o que é urgente e que seria elemento capaz de impulsionar todas as outras reformas seria a reforma política, algo que foi evidentemente solicitado de forma muito intensa nas ruas em junho e julho.

A Ficha Limpa teve impacto. É só ver a situação de Brasília. Eu acho que Brasília é o maior exemplo do que pode acontecer se a legislação for levada com seriedade. E, nesse sentido, ela é fundamental pela origem do próprio processo da lei, que foi através de mobilização popular. É uma proposta que não nasceu no Congresso, não nasceu nos meios políticos, mas nos meios populares. Então, nesse sentido, é um grande sucesso, um grande aperfeiçoamento da democracia.

Na nova composição do Congresso, houve um aumento de parlamentares ligados a segmentos mais conservadores – militares, religiosos, policiais e ruralistas.  Neste ano, partidos de extrema-direita ganharam espaço em toda União Europeia. Podemos traçar alguma relação entre o resultado das eleições em países europeus e no Brasil?

Em primeiro lugar, de fato, o Congresso é mais conservador e mais fragmentado do que qualquer Congresso eleito desde a democratização do país. Esse é, sem dúvida nenhuma, o mais conservador e o mais fragmentado. Negociar com ele é extremamente difícil. A resposta já veio, inclusive logo nas 24 horas depois da eleição na recusa do projeto de conselhos populares, que é considerado uma forma de democratização da sociedade brasileira. Quer dizer, não é nem o Congresso que vai chegar. É o resto do Congresso passado, mas já impulsionado por essa votação que os setores conservadores receberam, ele já agiu prontamente contra um projeto bastante popular, que era o dos conselhos.

A segunda coisa é que, dentro dessa votação conservadora normal, por exemplo, que elegeu membros do PP, do PSDB, do DEM etc., apareceram alguns candidatos com uma votação expressiva que são de extrema-direita, muitas vezes beirando ao fascismo. Isso, sem dúvida nenhuma, é preocupante. Principalmente o fato de eles terem alcançado uma imensa votação em cidades como o Rio de Janeiro.

O DEM perdeu três representantes no Senado e vinte e um na Câmara dos Deputados. Já o PSDB manteve o número de dez senadores e ganhou mais um deputado. E o candidato tucano ao Palácio do Planalto, Aécio Neves, obteve o maior número de votos em um segundo turno nos últimos 12 anos. Qual será a situação dos principais partidos da oposição nos próximos quatro anos?

O PSDB respondeu através da figura do senador Aloysio Nunes Ferreira, que afinal de contas foi candidato a vice-presidente derrotado, quando falou que iria fazer uma oposição ferrenha e intransigente ao governo Dilma. Então, podemos contar, sem dúvida nenhuma, com isso. Os demais partidos, tendo o DEM à frente, eles estão pensando em uma estratégia bastante inteligente, que é a fusão. É possível que esses partidos acabem formando um grande partido de direita através dos mecanismos de fusão. Isso vamos ter que ver um pouco porque, nas condições que se encontram agora, o DEM e outros partidos dessas escalas não têm força para influir no processo político de forma decisiva. Mas, se eles partirem para uma fusão, inclusive uma fusão com o PSDB formando um partido com uma nova maioria, isso mudaria o cenário político brasileiro de forma muito aguda.

Como o senhor avalia as manifestações na internet de discriminação contra nordestinos e até os pedidos de separação de estados que deram maioria de votos a Aécio?

Na verdade, nós sempre tivemos essas manifestações. Sempre tivemos isso, tanto que “baiano” em São Paulo e “paraíba” no Rio de Janeiro são usados como expressões ofensivas ou que diminuem de uma forma ou de outra as populações do Nordeste. A coisa nova é que isso se tornou público. O que era falado em círculos privados, graças às novas mídias, pode se tornar público e, por isso, ele é ofensivo. Claro, eu conversando com uma pessoa dizer que uma feia e outra não é feia é uma coisa. Agora, quando eu vou para o espaço público, utilizo uma mídia pública e faço isso, eu estou perante um caso de preconceito ou mesmo de racismo. Então, a novidade maior não é que o Brasil seja preconceituoso. A novidade maior é que nós estamos tomando conhecimento público de que o Brasil é preconceituoso.

O que acha de o PSDB ter pedido auditoria especial ao TSE do processo eletrônico de votação e contagem?

Esse é um desperdício. É um desperdício à democracia brasileira. As pessoas que já começaram a pedir impeachment ou as pessoas que estão encaminhando esse pedido de auditoria criam uma situação de tremenda insegurança para os cidadãos brasileiros. E dá a alguns militantes, inclusive aos militantes da oposição, a impressão de que eles foram lesados e de que a democracia brasileira não tem validade. Isso é um profundo desperdício à democracia no Brasil. Seria importante perguntar ao PSDB se ele acha que houve fraude na eleição em primeiro turno do governador de São Paulo, pondo São Paulo na situação catastrófica que está nesse momento.

Comentários
47
  1. Fabrício José Barbosa disse:

    O sistema de votação eletrônica no Brasil é extremamente duvidoso porque não permite auditoria por qualquer cidadão devendo este ser especialista em informática e ser filiado a partido político. Justamente por isso é que o sistema eletrônico foi vetado pelas Cortes Superiores dos países mais desenvolvidos porque não permite esta transparência total.

    • Frederico Gosling disse:

      Pena é o único sentimento que vocês geram nos vencedores, acordem para a realidade, coisa mais duvidosa que a vitória do Alkimim em São Paulo não existe, é o Estado mais violento, com maior dívida, sem água há algum tempo, com corrupção gritante em todos os setores do Governos, e vocês acharam a reeleição normal, NADA MAIS ANORMAL. A Virada do Aécio, patrocinada pela Mídia Nacional sobre a Marina, vocês não conseguiram ver nas entrelinhas nenhum resquício de golpe, é muito estranho o senso de normalidade destes membros do PSDB, o Vice de Aécio tem 14 processos, vocês sabiam? Tudo certo, tudo ok quando se trata do PSDB, tudo errado tudo contestável, quando se trata do PT, são dois pesos e duas medidas, aqui nas Minas Gerais, o pau que Bate em Francisco, também bate em Chico. Vamos tentar nos unir, até porque que habita São Paulo ou é Nordestino ou imigrante ilegal, Paulista, são Poucos.

      • Pasquale disse:

        Revistas, como jornais, gozam de uma mamata fiscal que você não encontra em países socialmente avançados: não pagam imposto sobre o papel em que são impressos.
        É o chamado “papel imune”.
        O “papel imune” é apenas uma das imensas facilidades que o Estado vem dando, a décadas, às grandes empresas de jornalismo – SEMPRE COM DINHEIRO PÚBLICO.
        Naturalmente, seria muito melhor para a sociedade que o imposto não recolhido na compra de papel terminasse em escolas, hospitais, portos – e não na conta dos barões da mídia.
        A verdade é que não existe motivo nenhum para a manutenção de mais esta mamata para as empresas de mídia.
        A mídia brasileira precisa de um choque de capitalismo – e o primeiro passo é serem obrigadas a andar SEM AS MULETAS DO DINHEIRO PÚBLICO.

      • Paulo Cesar Diderot disse:

        GOLDMAN: NÃO SUSTENTAMOS QUE HOUVE FRAUDE NA URNA
        O tucano Alberto Goldman, ex-governador de São Paulo, sinaliza que foi um erro a petição apresentada pelo deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) para questionar o sistema das urnas eletrônicas.
        “Não sustentamos que houve fraude”, diz Goldman. Além de rechaçada por diversos ministros do TSE, a petição foi considerada um “desserviço à democracia”.

    • Ricardo andrade disse:

      Caro Sr.
      Evidente que o resultado das eleições motivou a tais comentarios pois o seu candidato perdeu.
      vendo de outro ponto de vista o congresso sempre foi balcão de negócios e o PT para viabilizar algumas reformas comprou votos.
      O povo do nordeste sempre foi usado e esquecido pelo sul e sudeste do Brasil (lembra daquele candidado a presidencia Sr.Mario Covas que falou “ o nordeste não tem que produzir nada tem que comprar produtos fabricados por nos).
      Nos estamos acostumados com a seca da nossa região agora a seca da sua região foi pela falta de gerenciamento do governo estadual do PSDB

    • walter.nobre disse:

      CARO, VC TEM TODA A RAZÃO..O BRASIL CONTRATOU A SMARTMATIC, EMPRESA DE “VENEZUELANOS ESPERTOS”, PARA A APURAÇÃO DAS ELEIÇÕES; NÃO HÁ COMO, NÃO IMAGINARMOS A MANIPULAÇÃO.
      SÓ O PETISMO, PODE AFIRMAR HJ, QUE A SOLICITAÇÃO DE AUDITORIA, OU SEJA A RECONTAGEM, ENFRAQUECEM A DEMOCRACIA.
      ELES DEVERIAM SER ORIGINAIS…FOSSE O CONTRÁRIO, QUEM DELES, PODE AFIRMAR, QUE NÃO FARIAM O MESMO…CARAS DE PAU!!!
      INFELIZMENTE, O PETISMO, NÃO SABE O QUE O LULA QUER; OS QUE SABEM, QUE A VONTADE DE SUS LIDERES, É UMA IMITAÇÃO DA VENEZUELA CUBA E ARGENTINA…PASSARMOS FOME CALADO!!!
      IMPRESSIONA, A IGNORÂNCIA COLETIVA; NINGUÉM PARA PARA PENSAR, QUE ESTAMOS SENDO SUFOCADOS…DINHEIRO DESVIADO; FAZER PORTO EM CUBA, É O CUMULO DO ABUSO; PENSEM”!!!!!

  2. vladimir veiga disse:

    antes de querer de qualquer forma o poder pense que tem familia e com este conflito pode ser gerado uma guerra e eles podem e vao fazer parte desta arrogância de poder sera que isto significa muito ou a familia e mais importante se querem tanto por que nao se uno para juntos melhorar nossa patria

    • sidnei disse:

      discordo se gerar guerra que venha temos que mostrar que nao somos o povo frouxo e covarde que pessoas como vc acha .nao podemos compactuar com ladroes e exploradores de nosso pais , respeito tua opniao

  3. willians disse:

    Não votei nessa quadrilha de ladrões que se aparelhou das instituições do país, a fim de manter no poder…Entretanto, discordo veemente de qualquer manobra pra se ganhar no tapetão! Democracia é isso: leva quem tiver mais votos! Ganha a maioria! Urnas eletrônicas e sistemas de informática são invioláveis? Não! Mas os próprios resultados das eleições, por exemplo em dois estados importantes como de SP e PR demonstram que não houve intervenção nos votos, afinal, os candidatos a governo pelo PT tomaram uma senhora lavada nesses estados.

    • Perácio Alves Toledo disse:

      Não seja tão ingenuo caro Willians; não meteram a mão nas
      urnas em SP porque sabiam que aqui estavamos de olhos abertos,
      mas em Estados pró PT, fica-se imaginando do que eles foram
      capaz. Aliás o Lula declarou para quem quizesse houvir `eles
      não sabe do que nós seremos capazes´, caso as perspectivas da
      eleição ficasse contra eles. Está cheio de denuncias na Internet de que urnas já apontavam boa quantidade de votos antes de iniciada a votação. Porque o TSE não apura isso ?
      Como o covarde TSE tem medo do PT, o jeito é forçar uma situação. Ou reconta ou vamos brigar pelo Impeachment.
      Quanto ao dito preconceito latente, isso é mais gozação do que verdade. Sinão viveriamos em guerra por aqui e vc não
      vê os cidadãos sulistas brigando com nordestinos. Estamos em paz. Paz que o maluco LULA ameaçou ao discursar dizendo
      que nós eramos contra os nordestinos, contra a bolsa familia, etc. Como um ex-presidente pode praticar tal
      crime e ficar tudo por isso mesmo. Se um candidato diz isso
      é aceitavel como arma para ganhar votos, mas ele não era candidato, mas usou o microfone pago pelo povo para criar a
      cizânia entre seu povo.Isso pode sr. Willians ? Pode um
      homem `suspeitissimo´ de comandar uma trupe de sindicalis-
      tas em ações que envergonharam-nos durante todos esses ultimos anos com escandalos quase que diários, em assaltos
      aos cofres públicos e que nossa Justiça parece vendada para a gravidade do que ocorreu no referido periodo. Os poucos condenados já estão em vias de serem soltos. Será
      que, pelo menos o nossos dinheiro foi recuperado ?

      • Asteriosvaldo Sacristolimotério de Sousa disse:

        Caramba!!!!!!! Paulista é inteligente demais, lá o PT não se cria.
        A única fraude lá foi na eleição do Hadadd, mas é porque naquele dia alguns estavam engarrafados na Imigrantes e os outros estavam distraídos.

      • Antonio Carlos disse:

        Prezados eleitores conscientes que votaram na Dilma, não percam mais tempo com esses alucinados, totalmente contaminados por uma Mídia Golpista.
        O nosso País vai muito bem, infinitamente melhor do que quando esteve na mão dos entreguistas.
        Corrupção, com o congresso que nós temos, sempre existiu e era muito pior. Maior exemplo disso foi o FHC em 1985, ter nomeado o Paulo Roberto Costa, que é funcionário de carreira da Petrobras desde 1979, Gerente Geral do poderoso departamento de Exploração & Produção do Sul, responsável pelas Bacias de Santos e Pelotas. Nos anos seguintes, sempre sob gestão tucana, Costa foi beneficiado por várias indicações políticas internas da Petrobrás. Foi DIRETOR, por exemplo, da GASPETRO DE 1997 A 2000.
        Agora, antes ninguém investigava nada e a Mídia, aliada dos Ladrões, ficava caladinha.
        O Mundo que está em crise, vide situação da Alemanha, Japão, Itália, França, Espanha, etc., nos considera uma potência econômica.
        Não vamos mais dar plateia para esses bobos influenciados, que se acham inteligentes, mas não são. Que se acham superiores porque repetem o que aqueles jornalistas cheios de pose e engomados repetem, que se estiverem falando de NY, então, aí a crença é total. “Como pode alguém mentir falando de NY?”
        São arrogantes, preconceituosos, desrespeitosos e se encaixam perfeitamente como representantes da típica Ditadura de Direita, aquela que condena sem provas exatamente porque é autoritária e se julga superior.
        Nós vencemos, o BRASIL VENCEU, passamos por uma tentativa de um grave Golpe, que só não foi consumado porque a maior parte da população não permitiu.
        Como eu já havia dito em outro comentário anterior, a Elite Econômica e aqueles que os acham mais importantes que o País, votaram no Aécio, mas aqueles que necessitam e a Elite Cultural, indiscutivelmente votou contra. É assim em qualquer lugar do Mundo, temos uma caracterização bem definida da Direita e da Esquerda.
        As pessoas têm que parar de torcer contra, de forma infantil. Isso se prova facilmente com a seguinte pergunta: (Respondam com sinceridade)
        Todos que são contra o governo e comentam aqui gostariam que nos próximos 4 anos o Brasil crescesse 8% ao ano, que a inflação fosse de 0,5% a.a., que a taxa de desemprego fosse de 1% a.a., que o nosso PIB fosse multiplicado por 5, que o saldo da nossa balança comercial fosse de U$20 trilhões a.a., etc?
        Com certeza a resposta é não, porque na realidade os críticos alucinados querem torcer contra, que se dane o Brasil.

        • Pasquale disse:

          Não posso discordar, apesar de ter votado no Aécio.
          De fato, depois de termos ultrapassado o processo eleitoral, embora o meu candidato não tenha sido a Dilma, o Brasil venceu. Venceu porque mostrou ao Mundo que estamos em plena democracia.
          Quanto a pergunta, torço a favor e para que a Dilma faça um bom governo.

      • Paulo Cesar Diderot disse:

        SP é um curral eleitoral.

        E currais eleitorais só sobrevivem com o controle da mídia, como provam os Sarney, ACM, os Alves e Maias, o Jereissati.

        Os tucanos de São Paulo não precisam ser donos de nada.

        A Mídia Hegemônica Golpista está às ordens …

        (E eles se acham tão inteligentes …….)

      • Asteriosvaldo Sacristolimotério de Sousa disse:

        São Paulo não pode esperar.
        Um de seus deputados federais exigiu a recontagem de votos – o que o TSE considerou uma farsa …
        Um Golpe provisoriamente frustrado.
        Um de seus ministros no Supremo articula com a liderança derrotada e ressentida na Câmara uma PEC da Bengala. – outro Golpe.
        Na mídia impune, o PiG não descansa.
        O PiG não aguenta 4 anos de Dilma, com ou sem a “Ley de Médios” …
        Sem o Banco do Brasil e o BNDES, a Globo não sobrevive a mais quatro anos.
        A única saída é o Golpe – com ou sem a Patricia Poeta, nova “entretenedora” da Globo …
        São Paulo própria não aguenta mais quatro anos de expansão acelerada do Rio, do Nordeste, Norte e Centro-Oeste.
        A questão de São Paulo é a perda de poder econômico e, portanto político.
        São Paulo não teve candidato a Presidente …
        (Quer dizer, se não considerarmos o cerrista Eduardo Jorge e seus congêneres com e sem bigodes …)
        Por isso, São Paulo reage.
        É a única locomotiva parada.
        Basta ir ao Rio.
        Passar quarenta e oito horas.
        E comparar o volume de obras no Rio com o de São Paulo.
        A modernização.
        A criação de espaços urbanos de lazer e cultura.
        A multiplicação de meios de transporte de massa.
        A recuperação de áreas degradadas.
        São Paulo não pode ir ao Rio.
        São Paulo não pode sair de São Paulo.
        Por isso, São Paulo quer sair do Brasil.

  4. Gilmar Matos disse:

    Descordo que pedidos de auditoria e impeachment possam gerar insegurança à democracia. Muito pelo contrário, servem para atestar que nossa democracia não é corrompível. Se por um lado a auditoria serve para verificar se houve falhas, erros ou alterações, a mesma serve também para POLIR e dar credibilidade ao sistema atual. Usemos aqui o velho jargão: QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME. Já ao pedido de impeachment, desde que comprovados os argumentos e que eles sejam válidos para tal pedido é um direito também estabelecido no processo democrático.

  5. Jose Fortuna disse:

    O partido Político, PSDB está a serviço dos Illuminatis, que querem implantar a “Nova Ordem Mundial”. Então quanto pior melhor para Eles. O FHC e seus comparsas já entregaram o Brasil para eles de mão beijada. Doaram nossas riquezas. Faliram o Brasil 3 vezes. Os integrantes do PSDB deveriam estar era atrás das grades e não na tribuna.

    • HENRIQUE disse:

      Nao exagera, vc esta parecendo ativista do PT. Como e de seu conhecimento o pais ja vivia quebrado desde a epoca do fim do militarismo.E o FHC apenas deu continuidade economica aos governos anteriores com uma diferenca, conseguiu estabilidade economica e diminuiu a inflacao, e o PT somente deu continuidade ao que ja havia sido feito mantendo a estabilidade economico e fazendo distrinuicao de renda aos mais nessecitados. Francamente para de ler livro de ficcao…

  6. acho que não e ainda teremos a certeza da lisura do processo.

  7. José disse:

    Discordo absolutamente, é um contra-senso imaginar que a possibilidade de requerer uma auditoria no sistema eleitoral e, caso comprovado o envolvimento da Presidente no maior sistema de desvio de verba já desmascarado, requerer seu impeachment, sejam ofensivos à democracia… muito pelo contrário, reforça o direito do cidadão de exigir um sistema eleitoral transparente e correto e de um presidente honesto, isso é o mínimo dentro de uma democracia, e essas são armas para garanti-la, caso contrário, ai sim estaríamos em uma situação de extrema falta de democracia, uma situação em que QUESTIONAR se torna ofensivo, DESAFIAR se torna quase um crime, isso sim eu chamaria de crime contra a democracia. Esse tipo de defesa chega a ser uma ofensa à capacidade das pessoas pensarem. Desperdício de democracia é ser conformado.

  8. Renato disse:

    Mandar $$ para Cuba, apoiar a ditadura da Venezuela, pagar mais por algo que está estipulado em contrato, superfaturar pode. Neste País 6 trabalham, 20 usufruem. Isso não leva a lugar nenhum.

  9. Já que uma parte desse Partido pediu recontagem dos votos da Presidente o partido da Marina Silva também poderia pedir em relação a virada do AÉCIO .sobre ela .eu acho que é perda de tempo.mais como DEUS é justo pode o tiro sair pela lateral . vamos rezar muito .e pedir que a policia federal fique de olho nestes agitadores eles querem transformar o Brasil em guerra . em vezes de ficarem infiltrando ódio vamos infiltrar amor e rezar para chover . esse deputado que que perdeu as eleições esta com dó de cotovelo .e jogando um contra o outro. São Paulo é um estado que sempre colheu todo mundo é um povo feliz . cuidado com esses agitadores .quem sabe não é um terrorista infiltrando ódio .o Brasil sempre foi um País onde todo mundo gostaria de morar. morei alguns meses nos estados Unidos e via a felicidade dos americanos quando falavam do Brasil. pois eles achavam que nós acolhemos todas as nações sem descriminações .depois da derrota do Aécio . os seus aliados estão transformando o país em uma batalha de guerra. outra coisa a falta de água não é cupa de ninguém é fim das épocas .quem manda chuva é Deus. vejo os meus vizinhos Paulistas de Itu iguais os nordestinos sofridos na época das secas. vamos nos unirmos e pedi a Deus misericórdia .

    • Josiane disse:

      Concordo com teu comentário, até agora não engoli esta “virada” de Aécio em relação a Marina Silva, aquelas pesquisa de última hora praticamente induziu o povo que votaria em Marina para votar em Aécio ou …. Eu, mesmo Marina apoiando o candidato tucano, votei na Dilma, fui indecisa entre anular, votar branco ou em Dilma até na hora de votar, cheguei até apertar 45 corrigi e apertei o 13 com muita pesar e tristeza. Corrupção por corrupção deixe como está, ressalto que nunca votei antes no PT na minha vida, sou contra muitas coisas que ele defende, mas nesta eleição mudança para melhor só tinha uma opção Marina, agora fica esse chororô, este senador só ganhou estes votos porque queríamos o PT fora do poder. Não culpe o povo nordestino,não tínhamos opção. Esta eleição ficou entre Mão Preta x Mão Branca (Mão no petróleo X Mão (usem a imaginação ou pergunte a MG) La drõe$ X Fan farrõe$), ou ele ganhou no estado dele Minas Gerais? Meu marido é Pernambucano, e não recebemos e nunca recebemos o Bolsa família. Votei no PSDB desde os meus 16 anos, mas neste senador não voto nem pagando. Aceite a derrota e coloque um candidato melhor para 2018, se Marina tivesse ido ao segundo turno teria vencido as eleições pois era bem vista em ambas as classes sociais, agora ficaram focando em casamento gay, o próprio Aécio disse que Marina era uma aventura, no segundo turno beijou as mãos de Marina, então deixem de frescura, porque não conquistou os votos nulos, brancos e as abstenções?
      Só para os revoltosos preconceituosos, moro a 4 anos em PE e aqui tem água, nem eu mesmo acredito quando falo com minha família que continua em SP. Resumindo esta eleição foi uma pouca vergonha, principalmente a Campanha eleitoral na TV, mas quando o jogo sujo foi com Marina, diziam que ela estava se fazendo de vítima agora aguente mais 4 anos de estrela vermelha.

  10. mario disse:

    o que trás insegurança é discurso da presidante ao lado da foto de um genocida, lenin, nao é heroi nacional.

    a esquerda quebrou, e o seu barco está afundando.

    boa sorte, vai precisar

  11. Ana disse:

    Democracia também dá direito de reivindicar auditoria das eleições em caso de suspeita. Quem não deve não teme. Quanto ao Impeachment todo presidente de empresa privada ou governamental é responsável pelo o que ocorre na sua gestão.

  12. Ana disse:

    Pedido de auditoria das urnar tambem faz parte da democracia. Impeachment tambám faz parte. Agora é ditadura???

  13. João T. Costa disse:

    Quem se lembra dos primórdios da Globonews? O Francisco Teixeira não deixava barato na competição com Emir Sader e Maria Aparecida Aquino para saber quem dizia os maiores disparates. E a entrevista acima mostra que ele não perdeu a forma.
    P.S. acho que houve um erro de transcrição na última resposta. Deve ser “desserviço” e não “desperdício”. Mas vai saber.

  14. José Luiz disse:

    Quando propuseram o impeachment de Collor ninguém falou em “desperdício” da democracia. Por que agora, com as dúvidas que pairam sobre as urnas eletrônicas, sobre a capacidade do governo em gerir a nação e com os contínuos escândalos um impeachment deve ser taxado de tal forma?

  15. Frederico Gosling disse:

    Realmente é uma pergunta que não quer calar, o PSDB acha que a Eleição para Governador de São Paulo, foi normal, não foi fraudada, olhem bem, São Paulo é o Estado mais violento do Brasil, água em São Paulo não existe há algum tempo, é um dos Estados mais endividados do Brasil, o que há de roubo no Governo Estadual é uma loucura, seria até difícil listar todos eles, são muitos e ainda assim o PSDB ganhou o Governo Estadual, o PSDB não acha que houve maracutaia para eleger o Alkimim, pimenta nos olhos dos outros é refresco. A Dilma tinha que radicalizar, doa a quem doer, começar um levantamento desde o primeiro Governo FHC, punir a todos que o merecerem, sejam de que partido forem, mas não como o Mensalão onde apenas o PT foi punido, o Mensalão Mineiro foi para debaixo do tapete. Então veríamos quanto lixo por debaixo desta sigla PSDB., embora os outros não sejam santos.

  16. Edson Costa disse:

    Pois bem professor, sendo a base da democracia o voto, portanto, a Justiça Eleitoral, como se pode falar desperdício, afinal os princípios foram afrontados, a transparência, licitude, imediatismo.Que presepada foi esta de deixar 23 técnicos isolados com os resultados ??? Cabe sim auditoria, querendo, será fácil realiza-la. Cada Tribunal Regional Eleitoral, de posse da mídia, refaz, e, mais, querendo, cada Juiz da Zona Eleitoral, faz a apuração, depois passa ao TRE que totaliza e só depois envia ao TSE. Tudo acompanhado por Juizes, Promootes, Delegados, Advogados, etc. Veja aí: “Código Eleitoral Lei nº 4.317, de 15/07/1965.
    Art. 313. Deixar o juiz e os membros da junta de expedir o boletim de apuração imediatamente após a apuração de cada urna e antes de passar à subsequente, sob qualquer pretexto e ainda que dispensada a expedição pelos fiscais, delegados ou candidatos presentes”.

  17. Justiça disse:

    Já duvido até que Áecio tenha perdido em Minas, talvez tenha sido uma arma para atacá-lo. Com o PT e Lula tudo é provável. A Dilma disse que iria ”investigar’ a corrupção na Petrobras’, mas é a PF e MPF que irão investigá-la. PT acha engana a todos.

  18. José Roberto disse:

    Tem dedo dos EUA nesta conspiração contra o governo de Dilma, acorda brasileiros e brasileiras, lembrem-se, que esta mesma corja é que vendeu tudo que era publico a preços de banana, olha SP, sem água, pegaram o lucro da SABESP e colocaram no bolso dos acionista, não fez investimentos, para abastecer SP, ai agora as pessoas estão no caus sem água, isso é administração PSDB é isso que o povo quer, se não houver chuva logo em SP é perigoso!
    Nós somos membros dos brics, nosso soja é exportado diretamente para a China e Índia, suino e bovinos vai para Russia e frango para o Oriente Médio, não pedimos mais pinico aos EUA e Inglaterra e etc., estão desconformados com as aquisições bélicas feitas ultimamente pelo BRASIL, ai lhes falo vamos permanecer unidos cada estado da Federação, cada pessoa, do Sul ao Norte, do Leste ao Oeste, somos todos brasileiros e devemos estar unidos, apoiando nosso governo, para que nenhum país, seja quem for, coloque o bico aqui.

  19. Cleyton Saraiva disse:

    A dúvida é a mãe de todo o conhecimento. A incerteza sobre a lisura das urnas eletrônicas e o próprio processo eleitoral não surgiu de forma espontânea ou desarrazoada, pelo contrário, há diversos relatos advindos de diversas regiões do país, inclusive registrados no dia do pleito, sobre anomalias na votação, ‘panes’ que beneficiavam a candidata da situação, entre outras. Quanto ao suposto processo de impeachment da presidenta, é público e notório que a administração lulopetista está repleta de elementos que incriminam diversos órgãos e pessoas do alto escalão do governo, incluindo a própria chefe do executivo. Uma investigação a fundo que leve a um processo desta natureza,é portanto, mais do que possível, é necessária.

  20. Ailton Apolonio dos Santos disse:

    Não existe ameaça a democracia. Existe ameaça a ditadura petista.

  21. kleber disse:

    Meu caro Kenedy por muito menos o Collor saiu da presidência. Ele e seu grupo desviaram aproximadamente 19 milhões de reais e o PT mais de 10 bilhões e ainda são reeleitos Metade da população brasileira não aceita a presidente. Recontagem de votos e abertura de impeachment faz parte da democracia. Dizer que e golpe e esta fragilizando o processo democrático isto e demagogia

  22. Arnaldo Amado Ferreira Neto disse:

    Desperdício a Democracia Brasileira é a TOTAL FALTA DE CONTROLE DO ATO DE VOTAÇÃO QUE CADA CIDADÃO DEVERIA TER. Afinal de contas somos obrigados a votar e não temos nenhum controle se somos nós mesmo que estamos votando. Neste sistema eletrônico de votação o presidente da mesa digita o seu número do título de eleitor para abrir a urna; entramos para votar e na tela não existe nenhum identificação sua (RG, ou CPF e muito menos o número do seu título). Não se imprime nenhum comprovante que votamos, e isso poderia ser usado para re-contagem de votos em casos de suspeita de fraude. Desperdício a Democracia Brasileira é usar o meu dinheiro, o seu dinheiro Kennedy Alencar e Francisco Carlos Teixeira, que pagamos impostos (40% de nossa renda anual) para sustentar o TSE. O povo já está cansado, desde o mais pobre ao mais rico, com o DESPERDÍCIO A DEMOCRACIA BRASILEIRA que é o uso transparente das nossas instituições…

  23. Sidneyc disse:

    Não sei se é democrático ou não os pedidos de auditoria e impeachment, o que eu quero saber, diante de tudo o que acontece no setor elétrico e na Petrobras, áreas aonde a Presidenta reeleita é a principal estratégica e gestora nos últimos 12 anos, qual a responsabilidade dela. Nenhuma? É só incompetência? E muito democrático foi divulgar dois dias depois das eleições que o pais não irá cumprir a meta de superávit primário, fato negado durante a campanha e aumentar a taxa de juros, que aliás já é a maior do mundo. Só esses dois fatos já seriam motivo para impeachment em um país sério.

  24. EDVALDO SAMPIAO disse:

    “Cada povo tem o governo que merece” Alkimim para os paulistas.
    ” Cada povo tem o governo que merece? ” Dilma para o Brasil?.
    É assim que devemos ver as coisas? e ainda estamos discutindo democracia?
    ainda não aprendemos com os erros passados?
    até quando tu? Povo, servira como massa de simples manobra?

  25. Deduler disse:

    Kennedy. Acho que esse povo não tem noção nenhuma do que é ser um país no regime Militar, se soubessem não estavam pedindo esta aberração. O Brasil é um país democrático ao ponto de permitir que desocupados e drogados como Lobão fale da chefe da nação. No militarismo esses desocupados ficariam caladinhos engolindo o choro na marra. Olha tenho certeza que esse povo que fazem essa passeata não tem nenhum compromisso com trabalho, fumam todas, bebem todas e trabalham pouco e ainda reclamam que esta ruim. Tem um ditado que cabe muito bem nesse caso. “QUEM NUNCA PROVOU DO AMARGO NÃO AGRADECE O DOCE”. Deviam é dar um jeito dessa cambada toda trabalhar um pouco. Avisa a eles que um servicinho não faz mal nenhum.

  26. J K disse:

    O voto é obrigatório, mas a punição para ausentes risível: R$ 3,00, um bus.
    Comecem alterando esse valor: R$ 300,00 de multa para AUSÊNCIA.
    Se o eleitor está na sua cidade, vota onde está cadastrado.
    Se está em outra cidade e nãopode se deslocar até sua base então deve procurar uma seçao eleitoral e INSERIR seu voto no sistema. O mesário usaria o titulo ou mesmo o cpf para identificar o eleitor e a urna emitiria um cupom impresso como prova de comparecimento (devia ser para todos), com os dados do eleitor mas NÃO O CONTEÚDO DO VOTO. Caberia ainda ao mesário tirar foto do comparecente e armazenar Isso reduziria drasticamente a abstenção e a possibilidade de fraude.
    Até prá entrar em prédio tem que tirar foto, ninguém iria reclamar.

  27. Juvencio disse:

    Tanto o impedimento do chefe do executivo quanto o pedido de auditoria na apuração dos votos , são dispositivos perfeitamente previstos na lei e do estado de direito. O sistema de votação eletronico pode ser seguro do ponto de vista tecnológico ,mas é bom não esquecer que é alimentado por pessoas e aí reside a vulnerabilidade do mesmo. O que dizer de um eleitor que conseguiu se cadastrar biometricamente em 16 secções eleitorais distintas? Esse sistema é a nossa segunda jabuticaba . Se fosse mesmo seguro os países industrializados o teriam adotado.

  28. ALEXANDRE BRASILEIRO disse:

    Entraram com este pedido esdrúxulo sabendo que ele vai ser rejeitado pelo TSE. Vão depois alegar que o TSE foi aparelhado pelo PT. O objetivo é criar instabilidade institucional. Fomentar a propaganda golpista na imprensa e nas redes sociais para preparar o impeachment. Já estão pregando abertamente um golpe militar, como se viu na manifestação de ontem em São Paulo. Estão apostando que podem transformar em uma massa significativa, os 1500 que, segundo a impressa, compareceram à manifestação.

  29. Deduler disse:

    Segundo a imprensa foram mil e quinhentas pessoas. O que significa isso entre duzentos milhões de Brasileiros? Nada, o mesmo que um copo d’água no oceano. Portanto essa passeata é tão desnecessária e tão insignificante quanto a vida do idealizador dessa palhaçada. Vai embora Lobão, se for por falta de adeus… Tchau e não volta mais.

  30. Marcos disse:

    A democracia urge por transparência. É necessário fazer uma cruzada para que o voto impresso acompanhe o voto eletrônico nas próximas eleições. Isso é legítimo e extremante democrático. O que materializa o voto como prova é o papel. A tecnologia veio primeiramente para agilizar o processo, e não para torná-lo impossível ou muito complexo de se auditar. As pessoas, os eleitores e os partidos têm de contar com um sistema de simples conferência como sempre foi e não ter de serem técnicos especializados em algoritmos e técnicas de criptografia. A tecnologia envolvida não interessa. O importante é garantir que o que entra é o mesmo que sai na hora do voto. E isso tem de estar bem claro para o eleitor. E só o voto no papel pode fazer isso de forma clara e positiva. A tecnologia pode sim acompanhar a forma convencional de se votar como sempre uma eleição em qualquer parte do mundo. Por que tanta resistência do STE e STF? O sistema eleitoral tem de evoluir e se aperfeiçoar para sempre garantir legitimidade, transparência e confiabilidade coisas que o sistema atual não demonstra. Este sistema já foi rejeitado em várias partes do mundo como um sistema falível. É necessário que os poderes constituídos demonstrem para a sociedade independência e autonomia para resgatar o sentimento de tranquilidade para sociedade. Não importa qual partido vença a eleição, desde que seja pela vontade dos eleitores de forma honesta, limpa e transparente.

  31. Mario disse:

    Para quem acredita nas urnas eletrônicas “brasileiras”, não deixe de assistir no youtube o documentário hacking democracy legendado. Coloca uma pá de cal nas “nossas” urnas eletrônicas.

  32. Dieter disse:

    Tenha dó… Quem realmente acredita que não fomos roubados? Pq não mudam de fórmula? Eletrônico + Urnas? Ao votar, imprime-se um papel que se deposita na urna? Desse modo pode-se fazer uma real auditoria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-08-11 19:11:47