aki

cadastre-se aqui
aki
Política
11-04-2015, 21h47

Pessimismo econômico indica longo inverno para Dilma

7

Postado por: ISABELA HORTA

Os números gerais da pesquisa Datafolha divulgada neste sábado revelam pessimismo dos entrevistados em relação à economia, o que sinaliza uma longa temporada de baixa popularidade para a presidente Dilma Rousseff. Um longo inverno político se avizinha.

A pesquisa mostrou que o índice de aprovação do governo se estabilizou, mas ainda continua num nível muito baixo. Para 63%, Dilma deveria sofrer um processo de impeachment. E 75% são a favor das manifestações contra o governo.

Mas o grande apoio a um processo de impedimento da presidente esbarra na falta de provas para levar adiante essa iniciativa. Hoje, 64% avaliam que a presidente não vai ser afastada, diz o Datafolha.

O governo espera que os protestos deste domingo sejam mais fracos do que os de 15 de março, porque há uma menor mobilização nas redes sociais contra a presidente.

Mas o Datafolha mostra que a insatisfação dos eleitores continua alta. Logo, é prudente aguardar o número de pessoas nas ruas neste domingo para avaliar melhor os efeitos políticos.

*

Obama e Raúl fazem história

Os discurso dos presidentes Barack Obama (EUA) e Raúl Castro (Cuba) na cúpula no Panamá abrem espaço para uma maior integração política e econômica entre os países das três Américas. Isso é importante num mundo em que há grandes blocos comerciais e políticos.

Nos dois últimos anos do seu mandato, Obama está tentando melhorar a sua fotografia histórica. E, neste sábado, foi dado mais um passo na reaproximação entre Estados Unidos e Cuba.

Outro tema importante: a presidente Dilma finalmente acertou uma visita a Washington, que ocorrerá em 30 de junho.

O encontro de Obama com Dilma faz parte de uma estratégia de reaproximação entre os dois países. Em 2013, um ex-técnico da CIA revelou que a presidente era alvo de espionagem do governo americano, o que gerou uma crise diplomática.

A visita de Dilma a Washington em 30 de junho deixará esse episódio para trás e poderá ajudar o Brasil a exportar mais para os Estados Unidos.

*

Confira o comentário:

Comentários
7
  1. Cláudio Antônio disse:

    Kennedy, veja, os 64% que acham que ela não será afastada, não significa que não a querem fora, apenas acreditam que ela não vai jogar o chapéu e que os políticos brasileiros não tem “moral” para tira-la. Há de se entender, que uma parcela do País acordou e está muito insatisfeita com Dilma, com o PT, com os políticos e até com a mídia. Queremos uma mudança drástica, radical, jamais vista no País…queremos mudar nossa democracia e representatividade e isso nem a mídia entende…é injusto estudar em escola pública, se matar de ralar, ter emprego de salário entre 3.000 a 4.000 reais e pagar de 600,00 a 700,00 reais só de IR. Não posso pagar por suar a camisa. Quero Dilma fora sim e disso não abro mão…eu e outros 75% da população…somos maioria…não nos importa o que diz a lei, se pode ou não pode, se precisa de provas e aprovas, este governo já não nos representa mais e pronto…nós pagamos a conta e queremos cobrar excelência.

  2. Meu querido Kennedy não estava mais com vontade de fazer mais comentário ,mais hoje vir uma coisa que mim deixou triste. uma entidade como OAB juntar com um monte de desocupado para falar de ética e pedir transparência sobre o dinheiro público ,Eu como cidadã Brasileira quero que essa repartição que se acha acima de todo mundo .preste conta para onde vai o dinheiro que eles cobram dos alunos ;que são obrigados a fazerem as três provas pagando 300 reais por cada prova .durante o ano .pois não acredito que 90% dos alunos que não conseguem passar nesta prova são burros. outra coisa que eles ficarem contra a nomeação do Ministro que para mim é um grande Homem .não se envolve com politicagem .só porque foi o partido do pt que escolhe . outros ministro também foram escolhido por outros partidos e nem por isso são pessoas desonesta merecem o nosso respeito.,não concordo com muitas coisa que o ministro Levy esta tentando fazer mais tentar derrubar a presidenta Dilma é absurdo .ela foi a única presidenta que teve coragem para fazer o que esta fazendo. peço que ela só não mexa com as viúvas .o resto o mundo lá fora esta em crise.ela segurou até agora.vamos dar um voto de confiança.querem transformar o Brasil em um País em um campo de guerra.que Deus nós proteja um abraço. Lourdes

  3. César disse:

    A volta da era glacial! Desemprego aumentando, preços disparando, tarifas em elevação, inflação ganhando da caderneta de poupança, taxa Selic subindo mês após mês, juros do cartão de credito e do cheque especial impagáveis. Economia parada, Polícia Federal a todo vapor. A corrupção não sai do noticiário, todos os dias tem um novo escândalo milionário ou bilionário. Não se vê nenhuma atitude por parte do governo federal, para conter gastos cortando despesas, apenas cortando investimentos, paralisando obras e causando mais desemprego. Quando ela faz alguma declaração, as pessoas ficam ainda mais enfurecidas, pois tudo o que diz soa como mais mentiras e enganações. Blindar o tesoureiro do Partido dos trabalhadores e ter indultado o condenado da justiça José Genoino, reforça a idéia e a imagem de conivente com os criminosos, que se tem dela e do PT. Popularidade baixa e em queda.

  4. César disse:

    Vai se encontrar com o Presidente Americano Barack Obama e critica as sanções impostas à Venezuela. Sempre na contra mão do bom senso.

  5. jose maria disse:

    reforma política já.

  6. Marco Túlio Castro disse:

    A baixa popularidade dela vai ser longa, mas vai ser só até ela morrer. Depois a gente esquece.

    Ops, esquece nada os livros de história vão continuar a lembrar o pior presidente da republica que já desgovernou o Brasil.

  7. David Ferreira disse:

    Sendo esse o quadro que se avizinha, o que dizer sobre as palavras dessa senhora no exterior. Alucinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 21:17:16