aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
29-09-2013, 12h28

Petrobras quer ser majoritária em Libra

3

A Petrobras entrará no leilão do campo de Libra com apetite para ser dona majoritária. Por lei, a estatal brasileira já terá participação mínima de 30%. O objetivo é chegar a mais de 40%, numa parceria com outras empresas em que ela ficaria com a maior fatia de capital.

Para isso, nos bastidores, a Petrobras articula uma parceria com a China e com a empresa privada anglo-holandesa Shell.

A Petrobras não tem capital suficiente para bancar a compra de Libra nos termos em que deseja. Houve intensa articulação do governo federal para que capital chinês seja fornecido à estatal.

A Shell demonstrou interesse em participar desse consórcio. Se viabilizado, será fortíssimo candidato a ganhar o leilão, marcado para 23 de outubro.

Na avaliação da Petrobras, Libra é uma oportunidade de dar um salto semelhante ao do final dos anos 70, quando a estatal começou a explorar a bacia de Campos. Daí querer ser majoritária.

Os chineses topam capitalizar a Petrobras. Fundos de pensão públicos já foram chamados pelo governo a contribuir. O consórcio vencedor terá de pagar R$ 15 bilhões à União. Tudo indica que a Petrobras já tem a bolada garantida.

Comentários
3
  1. antonio gomes disse:

    Tomara que tudo dê certo, que assim seja, que a Petrobrás vença nesse grupo em que será majoritária! E viva os chineses! hahahahahahahaha

  2. Fabio disse:

    A Petrobras não precisa ter “capital” para bancar a compra da bacia de Libra. Basta o governo fazer um decreto, como aliás o Lula já tinha feito, de que a área do pré-sal é 100% nacional. Com a Petrobrás sob o comando de toda a bacia, existem várias engenharias financeiras para viabilizar a exploração do campo pela Petrobras, BNDES, Caixa e no limite a Petrobrás limitar a exploração de alguma área para que outras empresas.
    NÃO AO LEILÃO DO PRÉ-SAL!

  3. Minha filha vem a 17 amos se preparando para trabalhar na Petrobras, mais com o maior capital Brasileiro. Então não queremos Leilão internacional, para não acontecer o houve com a Bolívia, que fomos expulsos( PÉ NA BUNDA). Temos uma boa mão de obra brasileira pronta para tocar esse grande Empreendimento Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 16:53:44