aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
22-01-2019, 22h16

Plateia de Davos desaprova discurso raso de Bolsonaro

Presidente desperdiçou palco internacional
15

Kennedy Alencar
São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro fez um discurso raso e simplista em Davos. A fala curta, de apenas 6 minutos e 31 segundos, não foi bem recebida pela plateia.

Bolsonaro deu o recado econômico desejado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Também citou Sergio Moro, ministro da Justiça, seu avalista ético e moral perante a comunidade internacional.

O economista Robert Shiller, prêmio Nobel de 2013 e um dos presentes na sessão de abertura do Fórum Econômico Mundial, reagiu assim: “Ele me dá medo. O Brasil é um grande país e merece alguém melhor”.

Ben Marlow, editor do jornal conservador britânico “The Telegraph”, escreveu que era “justo dizer que Bolsonaro não correspondeu às expectativas”. Considerou que o discurso do brasileiro não teve vida, mas chavões. Afirmou que acredita que Bolsonaro não será convidado tão cedo a voltar ao palco suíço.

Brian Winter, editor-chefe da revista “Americas Quartely”, recebeu mensagens de pessoas que viram Bolsonaro ao vivo em Davos. “Desastre”, constrangimento geral”, “realmente bizarro” foram algumas expressões que chegaram a Winter.

Enfim, o presidente brasileiro desperdiçou uma oportunidade internacional devido ao discurso fraco.

Para efeito de comparação, Lula discursou durante 17 minutos e 47 segundos em 2007. Dilma falou durante 33 minutos e 8 segundos no ano de 2014. Basta assistir aos discursos no YouTube para ver a diferença em relação a Bolsonaro.

*

Só piora

No Brasil, o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) continuou a alimentar a crise que enfraquece o governo do pai. Surgiram novos elementos para tirar crédito da versão de Flávio Bolsonaro sobre sua vida financeira e apareceram ligações com milicianos.

Fabrício Queiroz tentou matar no peito, responsabilizando-se pela indicação de duas parentes de um miliciano para o gabinete do deputado estadual. O vice-presidente, Hamilton Mourão, diz que o imbróglio não tem nada a ver com o governo. Isso não é fato.

Jair e Flávio Bolsonaro não deram explicações convincentes até o momento. O empréstimo de Jair Bolsonaro a Fabrício Queiroz soa cada vez mais frágil. As justificativas de Flávio Bolsonaro vão caindo uma após a outra.

*

Isolamento na periferia

O diretor-executivo do Instituto Escolhas, Sergio Leitão, deu entrevista esclarecedora sobre pontos fracos do maior programa habitacional da história do Brasil, o “Minha Casa, Minha Vida”. Vale ouvir suas opiniões a partir dos 12 minutos e 41 segundos no áudio no fim deste post.

*

Amadorismo diplomático

A decisão da Arábia Saudita de diminuir importações de frango do Brasil tem pinta de retaliação à ideia do governo Bolsonaro de mudar a sede da nossa embaixada em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

É isso que dá errar na política externa, que deveria levar em conta os efeitos políticos e econômicos de discursos amadores a fim de evitar prejuízos ao Brasil.

Ouça abaixo:

Comentários
15
  1. Sebastiao Canabrava disse:

    E ainda encontramos gente que defende este presidente despreparado, o tal mi(n)to.
    Ai’ fica facil chama-los de tolos.
    Nao e’ mesmo, Sr Walter?

    • FABIO disse:

      “Bolsomico” e seus filhos (sem esquecer dos “associados”) estão mostrando a que vieram, porém compraram uma briga que não tem chance de ganhar com a Globo, acho que se ajoelharem logo perante à familia Marinho continuarão como fantoches, caso contrário o plano “B” de Mourão está a espreita.

    • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

      O Walter defende o que é justo e digno ! Nunca defendeu presidiários, terroristas, assaltantes de bancos nem corruptos !

      • Alberto disse:

        Certíssimo cara sra/srta Ramos Tinhorão.É fato que há uma grande diferença entre ver e enxergar.Cumprimentos.

      • walter disse:

        Infelizmente cara Maria Aparecida, certos comentários lulísticos, chegam a beira, da total falta de conhecimento, e boa fé; criticar um presidente com menos de um mês, em convalescença; vem se expondo, sem condições físicas ideais, para governar plenamente, com mais disposição…pois bem, os problemas herdados, são terrivelmente graves, tentar desconstruir este abismo, é no mínimo insano e tendencioso; equipara se a defesa, da Venezuela…devemos defender nosso País, em primeiro lugar, não importa o governo…aguardar coerência deste presidente em exercício, acreditar que podemos esperar acertos; 50% de benefícios em quatro anos, fará muito bem, a todos os brasileiros; ficaremos atentos aos elogios, da oposição, que também deve esperar um Brasil melhor..

    • luiz alves moraes disse:

      ao caro amigo sebastiap canabrava meus agradecimentos pois alguma alma piedosa precisa urgente acordar este exemplo classico de bolsominion do walter

  2. […] Fonte: Plateia de Davos desaprova discurso raso de Bolsonaro | Blog do Kennedy […]

    • walter disse:

      vamos entender o seguinte caro Kennedy, a plateia de Davos, pretende “comprar” com “segurança”, estávamos ali, para vender nossas expectativas de crescimento, e mudanças, pela nova Administração; agiu com presteza, e serenidade o presidente, passando o compromisso detalhado ao Paulo Guedes, que foi muito bem por sinal; nosso Ministro da Justiça, que dispensa apresentação, aprovado e admirado lá fora, com ótimo posicionamento; não tínhamos que detalhar Nada, ninguém faz isto de fato…a decisão da Arábia, em diminuir a importação de frangos, vale pesquisar, são alto suficientes internamente, hj em dia…sobre o Flavio, o presidente, deixou claro hj, que o governo não defende o errado de ninguém, se comprovado qualquer irregularidade, terá que pagar…teremos o presidente, no último discurso, esta fazendo bem feito, o papel que lhe cabe, no ponto de vista, do mercado financeiro, estão otimistas; devemos atingir ainda este mês os 100 mil pontos, como nunca antes, com um menos de um mês…

      • walter disse:

        Em tempo caro Kennedy, somos um país continental, com excelentes possibilidades, e soberania; foi detectado pela comitiva do presidente, a intenção de causarem, em seu último discurso…por decisão em conjunto com sua equipe, fizeram muito bem, em abortar a ultima fala; este País não precisa de Fóruns tendenciosos, para fazer negócios com o Mundo civilizado…reconhecer um novo Governo, levando em conta toda as dificuldades, este presidente, ainda em convalescença fez, um enorme sacrifício, para comparecer nesta conferencia; respeitar nosso País, com eleições democráticas, é o mínimo que se esperava, diante do conjunto da obra; estarão sempre a disposição do diálogo, com transparência e boa fé de todos..

        • Miguel Ângelo disse:

          Se atualize pelo amor de Deus. Existem informações que na Argentina será aberta uma usina nuclear com capital russo. Após Bolsonaro insultar os socialistas, que hoje gastam mais em nosso País, que qualquer outro país que se diz capitalista. E deixar claro que é incompetente como sua equipe para lidar com seus países vizinhos. Esta tal soberania que você diz que o Brasil tem, onde só temos gordos e preguiçosos a frente das FFAAs, onde nunca fomos a guerra contra ninguém que estive maior poderio bélico. Quem vai conter a favor de nosso País uma invasão pelo seu território se o alvo fosse o Brasil? Ninguém seu Walter, ninguém seu Bolsonaro. Acordem brasileiro, virar as costas e falar besteiras dos países vizinhos, com longas extensões de terras com o Brasil é enterrar de vez esta dita Soberania que não existe. Já que Bolsonaro nos colocou de novo como quintal americano. E fora da BRICS.

  3. Wellington Alves disse:

    A Classe média imbecil elegeu esse traste por pura vingança. Passaremos vergonha por 4 anos (eu acredito que seguirá os passos do Collor e cairá antes) com esse embuste, essa pedra no meio da sala.

    • Aloisio de Arruda Camargo Sampaio disse:

      Classe média da qual você faz parte e muito atuante !

      • Miguel Ângelo disse:

        Só se for atuante em pagar as contas dos milionários e dar esmolas aos miseráveis. Seu mito está direcionando para você uma guerra. Quanto mais cedo esta praga for extirpada do mundo, não do Brasil. Mais o Mundo continuará no caminho de dias melhores. A classe média, qual faço parte, não apoia Bolsonaro, isto é ilusão tua. Nos governos anteriores estávamos ganhando mais, mesmo com a crise. Agora, a maioria vai ter seu capital encolhido devido a tributação pelas pontas. Afinal, não adianta diminuir o IR, tirando 27,5%, quando você reduz a maioria daqueles que ganham para pagar 27,5%, e paguem eles 22,5%, com menos despesas para compensar: saúde, educação etc. Logo, não importa o que eles dizem para Davos, para jornalistas. Aguardem o IRRF em 2020. E você vê se valerá a pena defender estes Bolsonaros Comunistas – já que nunca ganharam dinheiro com seu patrimônio legalmente.

  4. Miguel Ângelo disse:

    Não podemos exigir que do cacto brote rosas. Bolsonaro é uma invenção dos filhos via mídia social. Como já dito pelo Mundo, e não só no Brasil: é um homem médio, representante político com história de falta de tato com as mulheres, amigos políticos, oposição, e que em 20 anos na política – como acontecerá com seus filhos – muito pouco ou nada produziu. Seu discurso simples, não merece nota 7,5 como alguns jornais deram. Um 6, e talvez no máximo 5. Recheio de chavões e achismos. Nada de concreto, nada que realmente possa dizer que fará. Que Reformas aprovará Bolsonaro, se ficar provado que os recursos movimentados pelo Queiroz, seus Filhos, sua Esposa, estão vinculados a sua eleição, a sonegação, a corrupção, a ligação com milicianos? Acho que o Mito ficou até no crédito. Poderia ter sido bem pior. Para o Brasil é claro. A Arábia Saudita nem começou a retaliar. Este foi só um recado, de quem compra em qualquer lugar no mundo se quiser. Quanto a Davos, Kennedy resumiu tudo no texto.

  5. Mariza disse:

    O Lula viveu no caminhão de som, o discurso deve ter sido bom. O da Dilma deve ter sido um Bolero de Ravel, falou, falou, falou… e não saiu do lugar, o do Bolsonaro foi fraco, não pelo conteúdo mas ele é péssimo orador. Talvez o conteúdo até tenha sido suficiente.

Deixe uma resposta para walter Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-10-14 15:07:42