aki

cadastre-se aqui
aki
Política
10-09-2015, 9h07

PMDB e setores do PT querem derrubar Mercadante

Dilma precisa acabar com dubiedade na equipe econômica
34

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A perda do grau de investimento na avaliação da Standard & Poor’s deverá ter, pelo menos, dois efeitos políticos importantes.

O primeiro é transformar Aloizio Mercadante no principal alvo do PMDB e de setores do PT, que vão pressionar a presidente Dilma Rousseff a tirá-lo da Casa Civil na reforma ministerial e administrativa.

O segundo: pressionar Dilma a encerrar a dubiedade na equipe econômica, reforçando a posição do ministro Joaquim Levy em detrimento da visão de Mercadante (Casa Civil) e Nelson Barbosa (Planejamento).

Peemedebistas e petistas apontam Mercadante como o responsável pela tentativa de tirar poder do vice-presidente, Michel Temer, e como o principal adversário de Levy, influenciando a presidente a fraquejar na defesa do ministro da Fazenda.

Inúmeras vezes, o ex-presidente Lula aconselhou Dilma a substituir Mercadante por Jaques Wagner, hoje ministro da Defesa. O argumento de Lula é que Mercadante e Dilma são dois economistas que pensam parecido. Seria necessário na Casa Civil alguém distinto da presidente, como Dilma era diferente de Lula. A presidente tem audiência marcada hoje com Mercadante, que virou o ministro mais próximo dela. Os dois estabeleceram uma forte relação de confiança.

Mas o cenário político e econômico mudou. O conselho de Lula ganhará reforço político do PMDB e de setores do PT numa hora de maior enfraquecimento do governo.

Em julho, quando Dilma reduziu a meta de superavit primário de 2015 para 0,15%, ela derrotou Levy no debate interno do governo e deu a vitória a Mercadante e Barbosa.

Em agosto, a presidente obteve um pequeno fôlego após manifestações menores do que em março, apoio de empresários de peso e da denúncia ao Supremo Tribunal Federal contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Mas Dilma e Mercadante jogaram para tentar tirar poder de Temer. O envio do orçamento de 2016 com deficit de R$ 30 bilhões foi outra derrota de Levy e vitória de Mercadante e Barbosa.

É incrível que o governo tenha sido surpreendido pela perda do grau de investimento e que Barbosa tenha admitido isso ontem. Levy alertou o governo diversas vezes. Deu um aviso especial na semana passada. Mas Dilma acreditou que tinha tempo ainda para manter o grau de investimento, o que revela o tamanho da cegueira política e econômica do atual governo.

É fato que integrantes do mercado financeiro também avaliavam que o rebaixamento não aconteceria agora, mas Levy insistia em mostrar a Dilma o risco de isso acontecer. Isso é outro fato.

Agora, o único caminho que restou à presidente é misturar corte de gastos com aumento de tributos. Não será fácil, mas já deveria ter tentado fazer  isso com mais competência, sem açodamento.

O Congresso também terá de assumir sua cota de responsabilidade, porque andou votando projetos da chamada “pauta-bomba” e tem a sua parcela de culpa pela deterioração da política fiscal do país. Mas a responsabilidade maior é do governo Dilma, cujos erros econômicos levaram o país à crise em que se encontra hoje. A oposição também precisa ajudar, não tocando fogo no país que pode vir a administrar.

É hora de responsabilidade de todo o meio político, mas são urgentes atos concretos da presidente para encerrar a dubiedade na equipe econômica e realizar uma reforma ministerial e administrativa a fim de tentar um novo recomeço.

O governo subiu no telhado. Se Dilma continuar errando tanto, corre o risco de cair por um impeachment baseado em razões políticas, ainda que falte um motivo jurídico. A realidade é essa.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
34
  1. Joaquim disse:

    Só acredito em uma melhora com a saída desta corja de sindicalistas que governa o Brasil. É só ver o caso do seguro defeso ( bolsa pesca ) é a total certeza da impunidade e da inoperância do governo.

    • Inides disse:

      Joaquim, você tocou num ponto crucial. Esse seguro defeso é um gargalo pequeno, mas tem vazão como os outros. Eu conheço um cara que é herdeiro único de um alemão, mora em São Mateus- ES e recebe esse seguro. Eu o conheço a muito e ele é proprietário da herança do pai e não é pouca coisa. O Pai era dono das 2 maiores salas de Cinema de lá, além de muitos outro imóveis, mas mesmo assim recebe o seguro. Assim também é no Bolsa Família e tudo que se diz SOCIAL. Se for investigar descobrirão um rombo bem grande. Conheço proprietária de imóveis e dona de salão, restaurante, mas mesmo assim recebe a bolsa família.
      Qualquer ação DITA SOCIAL, tem erros gravíssimos.
      É preciso mudar logo, ou perderemos nossa dignidade!

      • Joaquim disse:

        É isto ai Inides, o brasileiro tem em seu sangue uma parcela de “GERSON”, alguns tem raros traços e outro tem 100% . Porém todos nós ( estou me incluindo ) tem um pouco de “GERSON”. Por isto estes programas sociais tem que ter um controle muito grande. Que tal criar um delação premiada, um premio em dinheiro para quem denunciar um destes GERSONs. Outra coisa é o voto distrital, eles ( políticos ) nem discutem, sabe por que? É simples é péssimo para eles.

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Mercadante é o menor dos problemas, ele é inexpressivo, nunca fez diferença. O que falta é liderança em todos os níveis dos três poderes. A contaminação é geral, o aparelhamento está em toda parte e só uma medida radical poderá sanear o país. A manter essa situação, seremos uma grande Venezuela, esquerdista e miserável!

    • walter disse:

      Cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão, este sujeito é nefasto; eminência parda sabe…ele tem a confiança da dilma, parte para afrontar o lula e sua trupe radical; não vale o que come…
      É evidente, que é “o sujo falando do mal lavado”; mas o mercadante com o poder que tem, com o AVAL da dilma, causa muito mais estragos que o previsto; por exemplo: o LEVY, É UM BONECO DE OLINDA”, muito em função de não ter cacife junto ao conjunto Petista, que não querem mudar NADA, eles querem o CAOS; este é o principio do fim, para nos tornarmos uma cuba…
      O Kennedy não acredita que o governo tenha sido surpreendido, com a nota de risco; trata-se de mais um “probleminha” para eles; querem manter as aparências, em função do conjunto da obra…não fossem os escândalos sucessivos a dilma não ligava.

  3. Infelizmente o povo não ler e estuda sobre economia e política e vejo que a senhora Dilma e Lula também não fazem.

    Esse partido colocou bolsa família para comprara os pobres e FIES para agradar a classe D e C e em ano de eleições mesmo com todas as contas públicas ruins eles elevaram esses investimentos com o único objetivo de perpetuar no poder. Isso é pior que qualquer golpe. Brincar com os sonhos de brasileiros com o único objetivo de ter o poder para sempre. Qual ditadura do mundo foi pior que essa?

    Vejo manifestantes ganhando dinheiro para ir as ruas em função do pró PT isso já seria o suficiente para banir esse partido do Brasil.

    Hoje vejo o povo pedindo a volta dos militares olha o ponto de desespero que o povo chegou!

    Nem na época de inflação á 85% ao mês vi o povo clamando por isso.

    Figueiredo que estava certo. O povo sentiria saudades da ditadura. Isso porque ele via esses que se dizem perseguidos com Dilma, Lula, Brizola, Dirceu e outros com o único objetivo de poder e dinheiro. Toda essa conversa de fazer um Brasil melhor era mentira assim como a campanha da Dilma foi o estelionato eleitoral.

    O povo foi as ruas por R$ 0,20 e não vai as ruas pelo maior furto já feito a uma nação.

    Lamentável isso.

    • César disse:

      Kleber.Não foi o povo que foi para s ruas reclamar o aumento de $0,20 no preço dos transportes. O movimento que iniciou tudo, era um movimento da esquerda aloprada, que queria continuar mamando de graça no estado brasileiro. Foi um movimento montado pelos estudantes aparelhados da UNE, ligados ao PT, para prejudicar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O tiro saiu pela culatra e se voltou contra o Prefeito de São Paulo Fernando Haddad e contra a Presidente Dilma Rousseff. E acabou se tornando um movimento contra a Copa do Mundo FIFA! Cadê o movimento agora? Aonde foram parar os indignados com os aumentos de $0,20 centavos? 15% no gás de cozinha, aumento nos combustíveis, aumento nas tarifas de energia… Cadê eles?

  4. Pasquale disse:

    Receita urgente e necessária:CORTAR CORTAR E FINALMENTE CORTAR.
    Porque lá fora o tempo não para,como o PT pensa.
    Se continuar com essa missa,coisa pior pode acontecer.
    Mas tem menos de um ano,que a mulher sapiens falou que estavamos em céu de Brigadeiro

  5. E.Silva disse:

    Outro que a Dilma tem que tirar rapidinho é o da justiça.
    O cara é um tucano enrustido.

  6. Santos disse:

    Dizer que foram “surpreendidos” com a perda de grau de investimento, coisa que todos que são minimamente informados já tinham certeza, só confirma 2 coisas sobre o governo: continua cada vez MAIS incompetente e mentiroso. Enquanto isso, a população QUE TRABALHA, fica cada vez mais atolada na crise.

  7. César disse:

    Será que agora a Presidente Dilma Rousseff, consegue enxergar? Ou será que, como disse o líder do MST João Pedro Stédile, a Presidente Dilma Rousseff, sofre de burrice? Perder o grau de investimento, não foi surpresa para ninguém. Era obvio!

  8. César disse:

    Presidente Dilma Rousseff, não é só o Ministro da casa civil que deve cair. É todo o seu governo! Por favor Presidente Dilma Rousseff, pule logo do telhado.

    • Concordo com você que eu não concordo é o aumento de impostos,que querem esses economistas
      para quem tem dinheiro sobrando(Banqueiros,Políticos e Empresários) não tem problema e a população
      onde fica,cade o dinheiro da lava jato ,cade o corte de ministérios,cade o dinheiro roubado pelo
      coronel do senado Renan Calheiros que tem processo fazem 2 anos no supremo e ninguém resolve o
      impostometro na paulista ja passa de 1 trilhão de reais,e os cara querem aumentar mais.
      Por isso que os EUA é a potencia que é ,o Brasil nunca passara de um paíszinho de 5º categoria.

  9. Rafael disse:

    Eu gostaria de saber quem governa o Brasil??

  10. Paulo disse:

    A culpa é do Mercadante? boa essa. Quem nomeou o Mantega para Ministro? resposta: Lula. Quem nomeou TODOS os diretores da Petrobras presos? Lula. Quem inventou esta conversa mole que tem que gastar, gastar e gastar para fazer o PIB crescer? Lula. Quem inventou Dilma, a tal “mãe do PAC? Lula. Ora, agora é fácil colocar a culpa no Mercadante, no Cunha, nas forças do universo, nos Ets, etc.,etc., etc. Se tem um culpado nesta tragédia anunciada é o senhor Luiz Inácio Lula da Silva. Mercadante é só um pobre coitado, assim como Dilma.

  11. ArquivoX disse:

    É moço não dá mesmo pra defender o indefensável, esse é um eminente pardo que já a muito serve de capacho e se mantem nas cercanias não por méritos mas por subserviência que até agora serviu, não serve mais é descartado, companheirada seletiva essa né, será o próximo delator, veremos qual o tamanho da indignação…

  12. Rafael disse:

    ah sim!!! Quando vão acabar com o bolsa família que, em alguns municípios, chegam a beneficiar 90% (isso mesmo, 90%) da população??? Detalhe curioso: quanto é realmente pago ninguém sabe dizer… Moro nele!!!

  13. Cleber Silva disse:

    Se o Chapolin Colorado não fosse vermelho juro que iria pedir a sua ajuda mais pela cor é capaz de piorar ainda mais.

  14. LUIZ ANDRE disse:

    Parabéns por essa sensata e correta avaliação ! Acontece que ela vai continuar insistindo na tal da NME que não deu certo e não vai dar certo e nos e que vamos pagar caro pela teimosia dessa LOUCA !!! Ela é arrogante prepotente é burra e vc Kennedy sabe disso pois já teve mt próximo dela durante a entrevista no palácio do planalto , lembra ? Vc apertou perguntou e ela sempre escorregou !

  15. Alberto disse:

    O bi-presidencialismo parlamentarista bolivariano governamental indo a pique.Agora a orquestra dos 7% apoiadores/militantes,como no Titanic, tocará até o naufrágio total.

  16. Sargento Garcia disse:

    Seria, mas não vai ser. A análise é brilhante, porém falta o componente que desequilibra a mistura, prejudicando a conclusão. É que estamos no Brasil e nossa cultura política é formada por políticos profissionais e não resulta em uma mistura homogênea. Água, areia e óleo, é assim.

    Sob a ótica petista Levy é um empregado novo, um calouro. Já Mercadante e Barbosa são veteranos testados no fogo das oposições. E apostaria que até opinaram decisivamente na indicação do Levy para o cargo de ministro. Seguindo o mantra Lulista de que o pobre é que faz o país andar, Levy está porque trabalhou (ou trabalha) para um banco de pobre, que é um dos mais bem sucedidos do país. Ele não é muito técnico, mas é diplomado e coisa e tal.

    Porém uma coisa que jamais se verá é o Levy dando porradas na mesa. O máximo que ele fará, se descontente, é pedir o boné. Isto depois de autorizado pelo patrão Trabuco. Ele até participa de reuniões e da cautelosas entrevistas sobre medidas impopulares, mas na hora de decidir como será batido o martelo eu aposto que ele não está na sala. Se até o Mantega andava um passo atrás na comitiva, imagine o pequeno Levy. Recomendar ele pode, mas se ficar rebelde, desce na 1a estação. Esse é o ministro, repito, na ótica petista do poder.

    Ainda nesta linha, o PMDB, para o PT, existe apenas para dar apoio, ponto final. Estão aí para agir como facilitadores e para segurar as buchas ocasionais nas casas parlamentares. Para isso receberam cargos, que é como são remunerados estes que são considerados tal como jagunços. Vamos aliviar um pouco: Digamos que são tal como… os samurais, função que aliás não estão cumprindo a contento. Temer talvez, embora vez por outra tenha tentado roer a corda.

    O interessante é saber que a estrutura hierárquica do PT segue os princípios de uma estrutura hierárquica militar. Há os comandantes, tenentes, sargentos, e assim por diante. Lula seria uma espécie de general reformado. Lutou suas batalhas e contra Serra finalmente venceu e conquistou o poder, mas ultimamente parece que suas opiniões já não são mais tão bem-vindas, tanto que Dilma deu-lhe um… chega prá lá. Mas ele continua coaxando, e alto.

    Neste cenário, eu presumo que no exato momento eles estejam muitíssimo menos preocupados com o rebaixamento da nota brasileira no mercado financeiro e muitíssimo mais preocupados em como irão manipular com este fato a opinião pública e a dos parlamentares. Consigo até imaginá-los enquanto conspiram de que forma vão aumentar a tributação, naturalmente sem conhecimento das causas econômicas da majoração. Se, e digo se, Levyzinho estiver na sala, imagino-o acompanhando a reunião, com seus óculos de burocrata, olhando para um que fala, olhando para outro que responde, sem dizer palavra, como quem acompanha atento a uma partida de tênis. Talvez até possa balbuciar alguma advertência mas receio que esta se tornará em fumaça. No final prevalecerá a decisão dos comandantes da seita.

    E é por isso que nada mais funciona. Porque as consequências que temos são resultado de uma ignorância conjunta, compartilhada e coesa.

    Os americanos cansaram de esperar por essa lenga-lenga e nos classificaram como país especulativo. Normal. É isso mesmo que somos. Até que esperaram demais. E muitos dirão que estou errado mas presumo que esperaram que Dilma caísse fora do planalto. Como perceberam que a situação política gosmenta vai-se prolongar indefinidamente, tomaram a decisão. Os investidores de fato, já tinham ido, mas ainda restavam os fundos de pensão, que agora são obrigados a aplicar o dinheiro dos pensionistas em outro lugar para não sejam processados legalmente no seu próprio país em caso de calote.

    Mas como diz o general petista Pixuléco, quem vai salvar a pátria são os pobres. Então podemos ficar despreocupados, porque pobre por aqui é o que não falta.

    • antonio barbosa disse:

      Excelente artigo. Dá até para imaginar a reunião das “antas” com Levy e sua cara de bobo da corte. Dilma não saíra porque são milhares de cargos apadrinhados nos ministérios e estatais e são essa corja que impede Dilma de renunciar. Se ela o fizer eles vão tachá-la de traidora. Ela terá de ser impedida na marra para o Brasil sobreviver antes que nos tornemos uma Venezuela. E Lula é apenas um zumbi político, o que ele fala não se escreve. Pobre dos hermanos, não merecem esse sujeito em seu território dando apoio para a populista que destruiu a Argentina.

  17. Se fosse só ele estaria bom demais.
    Infelizmente tem um monte que tem que serem eliminados e outros simplesmente trocar por pessoas mais competentes
    Isso só será possível se não forem indicados por este partido infectado de vagabundos e bandidos.

  18. Fabio Meirelles disse:

    Quem manda nessas tais agencias?
    Os bancos.
    Quem manda no Levy?
    Os bancos.
    O que o governo tem que fazer de acordo com o Levy?
    Encher os bancos de dinheiro e cortar gastos com programas sociais.
    Entenderam a logica.

  19. Gustavo disse:

    Caro Kennedy,
    quantas vezes foi dito que o problema, lá no âmago da questão, é a teimosia, o orgulho, de não querer admitir que tem que mandar os milhares de cargos comissionados na mão de petistas, e assim desmanchar os 39 ministérios? Não sei por que ainda vê-se ideias obcecadas por manter “vida-boa” para esses comissionados. A reforma fiscal é do tamanho de 120 bilhões, e os 39 ministérios custam, com verbas e salários, custam 411 bilhões, segundo meios de comunicação… Até quando vão teimar que o modelo de dominio petista acabou, não serve mais nem para o Brasil, e pra minha surpresa, nem para o proprio partido? Quando deverão eles serem humilhados? Só falta o Mercadante ser o ministro da defesa… Teve educação militar mas cuspiu no prato!!!!!

  20. ricardo disse:

    os ratos tem este hábito mesmo:
    quando em perigo sacrificam os mais moribundos!rsrsrs

  21. Pedro Muda disse:

    Uma mediocridade política e intelectual feito esse Mercadante não tem lugar no primeiro escalão de governo nenhum.

    Recordando: o Governo tem maioria no Congresso, de forma que ou é co-responsável pela aprovação das “pautas-bomba” ou não é mais governo.

  22. Pasquale disse:

    O meu $$ esse governo não vai ver mais.Podem fazer o que quiserem.

  23. Terezinha Celia Esteves Peres disse:

    E o balaio de gatos cada dia mais cheio.Existe em todos um desespero total por poder, ganância e vaidade.O Brasil e o povo brasileiro é o que menos conta. E não há luz no fim do túnel. Há tempos atrás (quando o Lula foi eleito) alguém me disse:- Você vai ver o que o PT vai fazer com o Brasil! Estou vendo com muita tristeza. O Brasil e o povo brasileiro não merecem isso.

  24. Antonio W. Carvalho disse:

    Esta agência já levou uma pesada multa em fevereiro por falsear informações. É curioso notar um rebaixamento da qualidade de pagador do Brasil, em contraponto a Reservas Cambiais de US$ 368,2 bilhões, dívida externa de US$ 343,2 bilhões, volta do balanço positivo entre saída e entrada de capitais estrangeiros e crescimento do saldo da balança comercial (US$ 2,68 bilhões em agosto). Tratam-se de dados oficiais do Banco Central do Brasil. O que pensar?

    • Joaquim disse:

      Antônio, é muito simples.
      Deficit em 2014 de 7% do PIB, superavit de 2015 previsto 1,2 PIB ( já rebaixado pela digníssima para 0,15% ) realizado até o momento negativo, orçamento 2016 com um rombo de 0,5 do PIB. Sem contar que 2013 e 2012 só fecharam no azul, com a contabilidade criativa e receitas extraordinárias. Um refis por ano.
      Lembra do campo de Libra, o tesouro emprestou para o BNDES, que emprestou para a Petrobras, que pagou o tesouro, que contabilizou como superavit, operação digna de filme de terror.
      Acredito que você não tem um comercio, por que se tivesse jamais venderia para este sujeito.

  25. NETO DE PRESO POLÍTICO disse:

    O que esperar de uma Presidente e Economista, que dentre as suas informações curriculares consta um falso mestrado em economia, jamais concluído na UNICAMP?
    Taí o resultado:
    – desemprego;
    – corrupção generalizada;
    – retorno da inflação;
    – compra superfaturada de refinaria;
    – estado falimentar da Petrobras, Eletrobras…
    – contabilidade criativa;
    – muita mentira;
    – falta de credibilidade administrativa;
    – aparelhamento institucional;
    – redução do grau de investimento…
    Minha vó sempre falou, que não podemos gastar o que não temos. E olha que a vovó nem o primeiro grau tinha, porém, era sábia e não era mentirosa.

  26. Edmundo Hochmann disse:

    Dila e Mercadante dois economistas ?? Isso é piada ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 07:27:51