aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Política
24-09-2015, 22h22

PMDB faz jogo duplo e emperra reforma ministerial

19

Postado por: ISABELA HORTA

O PMDB, que faz jogo duplo diante da crise do governo Dilma Rousseff, emperrou a reforma ministerial.

Enquanto negocia cargos com o governo, o partido levou ao ar nesta quinta-feira um programa partidário cheio de recados nas entrelinhas. Com críticas indiretas ao PT, a propaganda apresenta o PMDB como alternativa para governar o país.

Os peemedebistas apostam em dois cenários. Se a presidente continuar no poder enfraquecida, tentarão aumentar seu espaço no governo, ocupando ministérios mais fortes, como a pasta da Saúde.

Se crescer a possibilidade de impeachment de Dilma, o PMDB quer deixar claro desde já para a opinião pública que fará um governo de modo diferente do PT.

Em meio a esse jogo político do principal partido aliado, a presidente adiou mais uma vez o anúncio da reforma ministerial.

O maior problema está na negociação com o PMDB. Há muitos candidatos a ministro e menos cargos no governo, já que Dilma prometeu cortar 10 pastas.

A presidente negociou diretamente com os líderes das bancadas do PMDB da Câmara e do Senado, mas deixou em segundo plano acordos com outros políticos do partido. A articulação deu errado.

Dilma precisa realizar uma reforma ministerial para assegurar 260 votos na Câmara a fim de barrar eventuais votações sobre o impeachment. Para tanto, precisará negociar com o PMDB até a semana que vem.

*

Confira os temas do “SBT Brasil” desta quinta-feira:

Comentários
19
  1. César disse:

    A chamada da matéria deveria ser, “Dilma promete mais uma vez o que não tem e o que não pode, para ganhar votos”.

  2. César disse:

    Dilma Rousseff engana mais uma vez os que nela acreditam. Uma vez mentirosa, sempre mentirosa! Promete e não cumpre. Portanto nenhuma novidade.

  3. César disse:

    Os governos do PT alimentaram todas as serpentes venenosas que agora cercam a Presidente Dilma Rousseff. Buscam mais alimento para a sua fome insaciável e estão com as presas cheias de veneno. Se ela não tiver como alimentá-las, se não tiver mais nada para oferecer, poderá ser devorada viva. É a lei da selva! Deveriam ter escolhido companhias mais domesticáveis. Deveriam saber que roedores e serpentes não podem ser amigos.

  4. Reinon disse:

    PMDB mostrou os dentes !!

  5. Elaine disse:

    Não posso acreditar no que ando lendo ultimamente, tem gente subestimando a inteligência da presidente.
    Vocês acham que Lula seria tão imbecil de colocar alguém despreparado e sem visão de longo prazo para o cargo mais alto do país?
    Vocês precisam estudar um pouco de economia, até o maior economista brasileiro de todos os tempos, no caso, Celso Furtado, quando assumiu um ministério, o seu plano fracassou e fracassou feio.
    É absolutamente normal os países viverem períodos de crise.
    Espere daqui uns anos…A Dilma será lembrada na história, como uma presidente REVOLUCIONÁRIA.Simples assim.

    • César disse:

      É justamente este o problema Elaine. A presidente Dilma ainda pensa que está em 1964 e que ainda é uma guerrilheira. Pensa que está causando uma revolução! E do alto de seu cavalo branco, vai sacar uma mandioca da bainha, ergue-la e gritar, “se é para o bem da nação diga que fico”! Como se pudesse fazer algum bem à nação, como se tivesse aprovação maior do que um digito. Apenas uns míseros 7% da população brasileira, ainda não reprovam o seu governo. Cada um com a sua loucura! Estará nas paginas negras da história! Como apoiadora de governos ditatoriais, iguais ou piores àqueles, que ela dizia combater.

  6. César disse:

    Se a Presidente Dilma Rousseff precisa de 260 votos para se manter no poder, é só dar de presente 260 Ministérios para 260 Ministros e as vitórias nas votações estarão garantidas. É só criar mais alguns impostos que os novos ministros cabem no orçamento. O povo paga! O povo aceita tudo no país do faz de conta. Afinal, quem cala, consente! A compra de apoio parlamentar não tem limites mesmo. Parlamentares Book Rosa, que se vendem e não estão nem ai para o país, estão a espera de um convite para serem “Ministros”. Dá status e poder! A única exigência para ser “ministro” é que o candidato deve ser político ou ser apadrinhado por um. Técnicos e especialistas nas áreas estão descartados! Mesmo em um país falido e carente por políticas sérias e por resultados. Anotem os nomes dos vendidos filhos da Pu…blicação no Diário Oficial e guardem bem até as próximas eleições.

  7. Heleno Barroso disse:

    Tudo isso ocasionado pelo PSDB mau perdedor que permanentemente sabota o governo dela. Golpistas querem arruinar o país.

    • Oseias disse:

      Ah se o PSDB tivesse essa força toda. Já teria empurrado essa incompetente ladeira abaixo. Está faltando homem para dizer que esse governo é criminoso e retirá-lo do poder. Precisamos redesenhar novamente o País do nosso futuro.

  8. mario machado disse:

    FALANDO AO SR. KENNEDY

    Senhor Kennedy:

    Antes de quaisquer outros assuntos, desejo declinar meus sinceros agradecimentos pelo espaço democrático aberto por V.Sa. aos seus seguidores. Ao contrário de outros blogs, de jornalistas de renome, este “blogdokennedy.com.br é o mais popular e o que melhor estende mão aos cidadãos sem vozes. Esclarecido este ponto, vamos ao que interessa.
    O PMDB em minha humilde opinião não faz jogo duplo. Sempre se apresentou um partido “em cima do muro”. A todo governo, ele se acha inserido e, contudo, jamais apresentou candidato ao cargo mais importante de nossa política. Ainda não vi o PMDB ser partido de oposição. Agora, seus afiliados, fazendo “beicinho”, olham de modo ganancioso às chances que se apresentam a um momento de intensa pressão social, política e econômica no nosso país, oferecidas por um governo acéfalo. Não bastasse ser “aliado” pretende, agora, revestir-se de poder relativo? E que modo de governar será esse diferente dos demais? Só se governa de uma maneira: enquadrado ao círculo das possibilidades positivas de nossa economia sem “reinventar” ou tergiversar aos caminhos únicos de governo, ou seja: com o povo, para o povo, responsabilidade e justiça. Os sobejos à parte dessa linha de conduta não devem influenciar mentes preparadas ao comando de uma Nação. Se tal acontecer, essas mentes demonstrarão plena e total incompetência. Não devem ser governo. Um governo sério e aliados não devem ser transformado a um balcão de negociações. A meu ver, essa prática descaracteriza quaisquer governos pondo em cheque-mate a República e a linha íntegra que deva ter o líder que tem o leme do país às mãos. E que elas estejam sempre limpas e a Nação no rumo certo a uma liderança, se não apenas regional, de condições internacionais.

  9. Fabio disse:

    Dilma não manda mais nada, é fantoche, uma boneca nas mãos do PMDB.

    • César disse:

      Nas mãos do PMDB não. Nas mãos do “Lula”! Que a tem terceirizado ao PMDB. Quem se encontrou com o Senador Renan Calheiros e fechou acordos? Lula! Quem se encontrou com o Vice Presidente Michel Temer e ofereceu mais? Lula! Quem falou que é melhor dar mais ao PMDB do que perder o governo? Lula! Quem tem se encontrado com as lideranças das bases sociais e traçado a estratégia de atacar ao Ministro Levy e poupar a Presidente Dilma? Lula! Isto sim é “golpe”. Golpe baixo! Terceirizar o governo e leiloar cargos para não cair.

  10. Douglas disse:

    Dificil saber qual dos dois e mais podre. PT ou PMDB. Mais com certeza ganham disparados como os mais lixos da historia..

  11. antonio carlos disse:

    A solução é simples. crie mais 10 ministérios, e venda ao PMDB ou quem mais tiver cacife para comprar. Ninguém espera mesmo nada muito inteligente partindo da “presidenta”. Ela só deve transferir para algum assistente a função de fazer as contas de somar e dividir para que não haja mais um engano em seu governo.

  12. Alvaro disse:

    Poxa.. e isso não é corrupção? Oferecer cargos a fim de angariar votos é tão diferente de oferecer um mensalao?? É isso que “não entendo”.. só governa quem promete cargos, ministérios, diretorias… pra quê querem tanto cargo e poder? Para administrar melhor o Brasil, né? #sqn!!

    Não venho aqui culpar o PT por isso, afinal esse modelo de política existe a muito tempo e pelo visto vai continuar.. Como votar na Marina como alternativa, se ela só governará oferecendo poder ao PMDB?? Seria esse governo dela, livre da corrupçao? Havendo a oferta de cargos por apoio politico, os interesses individuais (ou partidarios) sempre prevalecerão sobre o interesse do eleitor… porque este assunto é sempre tratado de modo tão natural? este “jogo político” nada mais é do que a raiz de todo fracasso da nossa política… precisamos combater esse modelo, mas realmente não vejo como, pois infelizmente o “exército” inimigo já dominou as trincheiras faz tempo.. como entrar nesse campo de batalha armado apenas com paus e pedras, enquanto o inimigo (sim, são nossos inimigos!) ataca de fuzil, tanque e bomba?? Aproveito para agradecer aos ministros do supremo que votaram pelo fim das doações para campanha.. um pequeno passo, mas importante para combater esses walking deads de terno e gravata.

  13. César disse:

    Ué! Não eram contra as terceirizações? E ainda tem petista achando, que ganharam as eleições. KKKK. Tenho que rir para não chorar. Tamanho o desgoverno.

  14. Alberto disse:

    ” É hora de deixar o estrelismo de lado ” foi a abertura do programa eleitoral do PMDB.Precisa explicar mais alguma coisa? Óbvio que não. Muitos outros recados foram passados,inclusive um que dizia “brasileiro não deve pagar a conta por erros”. Mas,de toda forma,alguns “çabios” em economia,supra-sumos em futurologia,manipulados pelo rameirão de costume,não perceberam que esse (des)governo está de joelhos e ficando a sua própria sorte. O tempo dirá,simples assim.

  15. Zé Colmeia disse:

    Veja-se, como é possível que uma coisa tão simples como aglutinar (por que cortar mesmo não vai) ministérios se transforma em um problema inegociável, insolúvel? Não é o fim da picada isso? É o que dá colocar mulher na presidência. Essa fulana é incapaz de impor respeito, mesmo com toda a arrogância que lhe é peculiar não consegue mostrar a que veio.

    Isto me lembra uma casa de família numerosa e que possui grande quantidade de animais de estimação. A casa está uma bagunça, pia suja, roupa para ser lavada, lixo para tirar, comida para fazer, roupa para passar, chão para ser varrido, brinquedos espalhados por toda a parte, crianças brigando, cães mascando chinelos, gatos defecando atrás do sofá, cortinas rasgadas, paredes grafitadas, chicletes grudados no teto, marido bêbado dormindo na espreguiçadeira do quintal, contas atrasadas, vizinhos aborrecidos com a barulheira, visitas do conselho tutelar, bilhetes da professora pedindo comparecimento dos pais…

    E a dona da casa quanto não está passeando, vai para o salão de cabeleireiro.

  16. Stanislaw: COBRA TEM QUE SER MATADA NO NINHO! disse:

    Creio que qualquer grupo político que substitua o que está aí no poder será melhor para o Brasil, em termos de se criar uma nova confiança, mesmo que tal grupo seja o PMDB – logicamente sem o PT.
    A imagem do PT como o governo mais corrupto já visto no país jamais será apagada, principalmente pela situação econômica em que colocou o país.
    O PMDB não deve cometer o erro que a oposição cometeu quando estourou o Mensalão – deixando a frase “Eu num sabia di nada” ser aceita como salvo conduto do verdadeiro chefe do Mensalão, Petrolão etc etc etc.
    “Cobra tem que se matar no ninho” – diz o ditado antigo e verdadeiro.
    Não foi feito isso no Mensalão – aí está a consequência – um país atolado num mar de lama!
    A oposição sozinha não tem condições de matar a cobra – por incrível que possa parecer, justamente o principal aliado do PT tem condições de fazer isso, junto com a oposição.
    Mas, pelo país, vale tudo, inclusive perdoar o PMDB por ter permanecido tanto tempo aliado ao que de pior se viu nos últimos anos em se tratando de políticos!
    Já está passando da hora do PMDB dar o golpe de misericórdia, matando a cobra já!
    Se o PMDB continuar aceitando propinas através de ministérios e não matar logo a cobra, poderá repetir o erro que a oposição cometeu na época do Mensalão: e a cobra voltar a morder, em 2018!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-23 17:07:33