aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
02-07-2015, 6h00

Prender para obter delação é abuso, diz Cardozo

Ministro diz ver com "extrema preocupação" sinais de intolerância no país
70

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, diz que “não se pode coagir para se obter delação [premiada]”. Falando em tese, o ministro afirma que, se um juiz prende para “obter a delação, isso tem um nome clássico: abuso de poder”. Cardozo afirma que não comenta especificamente as prisões da Lava Jato.

“Ouvi, inclusive, autoridades defendendo que a prisão possa ser um meio legítimo para obter delação premiada. Isto é um erro crasso”, diz o ministro. “Sempre que houver situações desta natureza, ou seja, prender para delatar, o Estado de Direito estará sendo profundamente violado. Por isso, cada caso é um caso. Tem de se analisar. Eu não vou entrar no mérito de decisões judiciais. Agora, se algum caso foi esta razão e não há outro motivo, o Estado de Direito foi violado.”

Cardozo afirma que a “delação voluntária tem que ser algo obtido não por coação, porque a coação pode induzir à mentira”. Ele diz que não se pode dar às delações “uma veracidade de prova definitiva”.

“Um delator, especialmente o delator que está preso, pode falar mentira, pode falar verdade ou falar meia-verdade. Pode selecionar contra aquele que vai atacar pra ver se consegue sair da prisão. Nós temos que olhar a delação premiada com muita cautela”, declara, ao comentar a reação da presidente Dilma Rousseff às reportagens que trouxeram trechos da delação de Ricardo Pessoa, presidente da UTC e acusado pelos investigadores de ser o coordenador de um cartel de empreiteiras.

Cardozo afirma que seria “ilegal” um ministro da Justiça querer controlar investigações da PF (Polícia Federal). “Investigação não pode ser orientada politicamente, mas a lei tem de ser respeitada quando ela é realizada.”

Ele revela que só soube de cobranças do PT a respeito do trabalho da Polícia Federal por meio da imprensa. O ministro declara que, ao verificar “alguns casos” de abuso da PF, mandou abrir investigações internas.

*

Intolerância no debate público

O ministro da Justiça diz ver “com extrema preocupação” os sinais de intolerância no debate público no Brasil: “Está sendo gerado um clima de ódio na sociedade brasileira, um clima de desrespeito ao que o outro pensa, que é uma coisa inaceitável em qualquer democracia moderna”. Para Cardozo, esse “clima de intolerância tem de ser combatido com vigor”.

*

‘Reduzir maioridade não diminuirá violência’

Cardozo diz que estudos mostram que a redução da maioridade penal não diminui a violência. Ele pondera que o tema está sendo discutido “num clima muito passional”. “Quando você trata jovens como adultos, a violência aumenta.”

“Os neurologistas demonstram claramente que, até uma certa idade, o córtex frontal da pessoa não está desenvolvido. Isso gera impulsos mais violentos diante de estímulos da realidade. O que justificaria tratamento diferente de uma pessoa que tem essa situação neurológica desenvolvida e pode, em tese, conter mais seus impulsos”, avalia o ministro da Justiça.

Na opinião do ministro, a prisão de jovens de 16 a 18 anos pode resultar em “alguém que vai sair piorado e vai praticar crimes mais violentos ou vai ser cooptado por organizações criminosas”.

Antes da votação de uma nova versão da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que reduz a maioridade penal, Cardozo já avaliava que exista “chance” de êxito do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O resultado, acredita, será “uma bomba-relógio para governos estaduais e também para o governo federal e para a sociedade brasileira”.

Cardozo afirma que o governo mantém o compromisso de promover alterações no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) para estender o tempo máximo de internação de três para oito anos nos casos de crimes violentos cometidos por menores de idade.

“Me parece razoável que se discuta uma elevação da internação, da privação da liberdade de um jovem que pratique um crime hediondo com uma situação de violência ou de grave ameaça. Me parece correto que seja assim”, diz, ressalvando que esses jovens devem ficar em alas separadas daqueles que tenham cometido outras infrações.

*

Oposição e parlamentarismo

Indagado se a oposição não repetia um comportamento do PT no governo FHC, o ministro responde: “Se houve momentos em que o PT agiu assim, agiu errado e aprendeu a não agir mais. Alguns parece que estão desaprendendo”.

Afirma que sempre defendeu o parlamentarismo, mas que esse sistema de governo não pode “ser uma resposta específica a uma crise política, nunca uma resposta a um momento conjuntural”.

A respeito das ações da oposição em relação ao governo, o ministro considera que os adversários políticos utilizam “uma bússola equivocada”.

A seguir, veja os dois vídeos com a íntegra da entrevista ao SBT, concedida na manhã de quarta-feira:

Parte 1

Parte 2

Comentários
70
  1. Marco Túlio Castro disse:

    Este Cardozo é o que ? Estão presos para não destruirem as provas como demonstram os bilhetes emitidos pelo Marcelo. Se eles estiverem soltos não vão largar a picadora de papel. e as teclas “Delete” dos computadores vão até ficar apagadas e gastas.
    O Cardozo está somente tentando responder às aspirações dos líderes petistas que já estão a “ver as avós pela greta.”
    Ele não demonstra convicção nenhuma no que diz porque ainda resta um pouco de brasilidade nele. Se assim não fosse teria já obedecido ao partido e impedido a Polícia Federal.

    • Antonio Santos disse:

      Oh zé esperto… destruir provas que eles tiveram bem mais tempo para fazer antes? kkkkkkkkk. Vc assiste outra coisa além do JN e lê algo além da Veja?

    • Claudio disse:

      Meu Deus..!!!! Um dito ministro da “Justiça” (?) vir a público para falar este tipo de asneira, é de ficar preocupado com a ética, isenção e o bom senso do dito cujo. Já perdeu a noção do que é certo e errado… assim como seus “companheiros”. Infelizmente o Brasil chegou a isso…

      • gilmar disse:

        Usei a resposta de outro pois esta bem objetiva, mesmo que seja e Veja ou JN não muda que estes empresarios em conjunto com os políticos que gente como colocou lá acabaram com os ganhos dos ultimos 20 anos, vc é ptista e como tal só preocupa consigo mesmo, va morar na Venezuela é a sua cara.

        ‘O objetiro da prisão não é a Delação. A prisão acontece por alguém ser suspeito e ao suspeito se dá o direito à Delação, um instrumento legal. A Delação fornece informações para investigações, não tendo poderes condenatórios e, se for mentirosa o delator não terá seus benefícios e ainda ficará sujeito a responder por sua mentira.’

    • Alfredo disse:

      Esse governo é uma piada… só com um governo do PT mesmo para um ministro da Justiça sair defendendo criminosos, para proteger o governo que está à beira do impeachment…

      Em qualquer país sério, a mera fala do ministro Cardoso seria motivo para impeachment.

  2. Azeredo disse:

    O objetiro da prisão não é a Delação. A prisão acontece por alguém ser suspeito e ao suspeito se dá o direito à Delação, um instrumento legal. A Delação fornece informações para investigações, não tendo poderes condenatórios e, se for mentirosa o delator não terá seus benefícios e ainda ficará sujeito a responder por sua mentira.

  3. Gustavo disse:

    Caro Kennedy,
    quem está bem equivocado é o nobre ministro. Não sei como uma pessoa com conhecimento de causa pode falar um absurdo destes. Vejamos:
    “Cardozo afirma que a “delação voluntária tem que ser algo obtido não por coação, porque a coação pode induzir à mentira”. Ele diz que não se pode dar às delações “uma veracidade de prova definitiva”.

    “Um delator, especialmente o delator que está preso, pode falar mentira, pode falar verdade ou falar meia-verdade. Pode selecionar contra aquele que vai atacar pra ver se consegue sair da prisão. Nós temos que olhar a delação premiada com muita cautela”, declara, ao comentar a reação da presidente Dilma Rousseff às reportagens que trouxeram trechos da delação de Ricardo Pessoa, presidente da UTC e acusado pelos investigadores de ser o coordenador de um cartel de empreiteiras.”

    A primeira análise mostra que quem não sabe o valor da delação premiada é ele e que, por exemplo, o Sr. Ricardo Pessoa só resolveu falar depois que foi para a prisão domiciliar.
    Por segundo, a justiça averigua se a deloação é ou não verdade, para depois o réu e delator receber o benefício. Se ele mentir a credibilidade do delator abalada leva à perda do benefício.
    A delação é sim um meio legítimo de se falar a verdade, meio esse que o partido da situação criminaliza, pois a verdade os incomoda. A presidente perdeu uma ótima chance de silenciar ao ser perguntada sobre delação. É uma pessoa sem o direito de comentar tal fato, pois o seu partido é fundamentado firmemente em mentira. Absolutamente suspeita para comentar algo desta natureza.
    A intolerância tem de ser grande mesmo diante de tamanho desconhecimento de causa. Haja paciência…

    • José Eduardo Pires Manara disse:

      Totalmente apoiado, Gustavo. O ministro parece desconhecer que as delações premiadas são passíveis de comprovação com provas reais, e caso não sejam comprovadas, o delator perde as vantagens auferidas com a sua delação. O fato é que a Lava Jato esta conseguindo fazer algo inédito neste pais que é colocar na cadeia poderosos corruptos. Só falta que o povo brasileiro, através de sua vontade soberana, force o nosso congresso a colocar corrupção como crime odiondo, não afiançável, e que esta corja apodreça no xilindró, e não depois de alguns meses de prisão sejam colocados em ” prisão domiciliar “, como no Mensalão pós Joaquim Barbosa, de triste memória. O dinheiro que estes canalhas desviam faz e muito falta para o povo, sedento de saúde, educação, transporte , segurança, etc…, e é inadmissível que eles fiquem impunes. Se o caminho para acabar com a impunidade é o da delação premiada, viva ela.

    • jairo disse:

      Gustavo sou policial , em nenhum momento não se pode prender ninguém sem provas, não se pode prender para descobrir algo…..primeiro se investiga !
      com os indícios nas mãos matérias, se intima a pessoa e colhe a sua declaração sobre os fatos apurados…… a historia que é para não apagar provas……isso esta errado , pois ninguém é obrigado perante a lei se auto acusar… agora se ele arrependeu ele confessa o crime…….as prisões temporárias são para flagrantes delitos, a preventiva e para quem ameaça testemunhas, e tenta impedir a justiça de trabalha, como dificultar acesso a documentos e ou a prova que a policia sabe existir.
      No direito Brasileiro como qualquer outro de qualquer democracia consolidada, a pessoa tem o direito de ampla defesa, mesmo eu sendo Juiz , promotor ou policias , nós não podemos obrigar ou provocar meios para que a pessoa colabore sobre pressão, como fragilizar através de prisão. Isso caracteriza tortura psicológica que se enquadra na lei da tortura. exemplos: são inúmeras pessoas presas por furtos, o delegado só poderá flagrar se tiver os elementos exigidos para tal, se ele forçar pode ser responsabilizado pelo os direitos constitucional, isso acontece sempre se ele erra.

      Existem regras e normas jurídicas que não podem serem quebradas, tudo leva a uma anulação no supremo……pois a lei é clara!
      Não estamos mais na idade media, onde as pessoas eram acusadas,e enquanto não assumisse a culpa que os juízes da época diziam que teria que assumirem, porque fulano ‘disse” E não acabava a tortura a sua prisão.
      o QUE FULANO DISSE OU FALOU, não é prova material, niguem pode ser preso porque alguém disse”fulano fez”, mas com as provas matérias, pois as de testemunhas sem provas matérias, são as prostitutas do processo.
      E ainda, se uma pessoa for inimiga de outra, as sua denuncia é vazia e viciada, pois em qualquer júri não prevalece testemunhas que é inimiga de outra.

      • Gustavo disse:

        Caro Sr. Jairo,
        agradeço sua explicação, pois não conheço leis tanto como o Sr. pois minha área de atuação é outra. Respeitando sua opinião na integralidade, porem, faço algumas ressalvas:
        Na Suiça estão presas pessoas envolvidas em corrupção, incluindo um compatriota nosso, nas mesmas condições e continua preso, sendo um país altamente desenvolvido. O Sr. como policial tem o dever de respeitar a lei e faze-la cumprir, partindo da premissa que a lei é justa. Estamos assistindo PECs que pretendem mudar a lei, não cabendo agora avaliar se certo ou errado, mas mostra que correções devem ser feitas na constituição para se chegar um ponto de equilibrio entre direitos e deveres. O Sr se lembra da antiga constituição anterior à 1988, onde vários casos de flagrante foram eliminados, restando apenas pouquíssimos. Infelizmente sou obrigado a admitir que a lei muitas vezes na sua aplicação é nota 10 em legalidade e nota 0 em moralidade. Essa última palavra está desaparecendo do dicionário cidadão. Já é considerada impropério(palavrão). Mesmo assim lhe agradeço seu nível de comprometimento com a lei, a forma democrática e respeitosa como estamos trocando nossas opiniões. Vejo no Sr. um patriota. muito obrigado pelas suas explicações.

    • Eliana disse:

      Parabéns Gustavo. Você disse tudo!!!

    • roberto tadeu braido devito disse:

      Concordo plenamente com o sr.Gustavo. “Cardozo afirma que a “delação voluntária tem que ser algo obtido não por coação, porque a coação pode induzir à mentira”.
      Sem as prisões como ferramenta poderíamos apelar para a moral cristã dos indiciados (não entendam como preconceito) e esperar que eles, de bom grado, confessem seus crimes.
      Alem disso acho infantil imaginar que alguem daria milhões de reais para uma campanha sem esperar ver seus interesses defendidos. Seria idealismo a motivação de todas as “doações”?

  4. pedro disse:

    ABUSO, é essa roubalheira sem fim que o PT faz.

  5. Marcio T disse:

    Pelo que entendi Sr Ministro, vc está defendendo o roubo que houve? exagero é prender alguém e condenar,um ladrão de galinha. Faça o o favor Sr Ministro peça demissão e vai dormir.

  6. Carlos Henrique Redkva disse:

    Abuso é ter de assistir um incompetente comentando aquilo que ele sequer conhece

  7. Luiz Henrique Auer disse:

    Abuso !!! entra na justiça pra soltar este pessoal e processe quem esta elaborando e executando…falar é fácil…quero ver fazer…meu pai que dizia…falar ate papagaio fala…quero ver fazer.

  8. Marcos disse:

    Fala-se muito em democracia, mas acredito que estamos muito longe ainda de uma democracia. O Brasil tem sim uma “democracia”.

  9. Hermógenes disse:

    Como teria sido bom que o Ministro da Justiça tivesse emitido sua opinião quando, em campanha, o Lula declarou: “Eles não sabem do que somos capazes para vencer esta eleição”!

  10. Francisco de Assis Cortez Gomes disse:

    Não apenas diante da Filosofia do Direito, de Hegel à atualidade, como na mais pura hermenêutica, e aqui me escoro em Hans Gadamer e seu monumental Verdade e Método, o Ministro da Justiça Cardozo põe seu ponto de vista de forma corretíssima, alinhado as melhores tese do bom direito, da boa jurisfilosofia. A propósito, vou mais além, a espetaculosidade, o forum circensis montado, as ações policiais desenvolvidas coram populo e os comentários nas redes sociais, inclusive no exterior, levando o país às raias do risível para não listar verbetes mais fortes porquanto inadequados ao nosso Brasil, depõem contra a jurisprudência, em última análise à filosofia do direito, a boa doutrina jurídica da nação. Em Direito não há espetáculo, não se tripudia sobre seres humanos, não há pelourinho, não há o talião já alijado pelo Divino Nazareno como diz Kelsen. O mínimo que se pede ao administrador do Direito é urbanidade, equilíbro e correição além, fica claro, o conhecimento hermenêutico e jurisprudencial.

    • Joaquim disse:

      Francisco, vejamos o que esta acontecendo neste exato momento da civilizada Europa, especificamente na Suíça: velhinhos, que no Brasil nem poderiam ser presos, estão presos sem condenação ( caso FIFA ). Por tanto para este tipo de crime ( corrupção ) é um procedimento comum. Pode não ser no Brasil, onde a cadeia é apenas para pobre e protista. Estas pessoas são poderosas, com grande poder politico e financeiro, que podem através deste poder comprar e alterar provas, este procedimento, criticado pelo Sr. Ministro, esta correto e tem se mostrado produtivo. Talvez ele esteja agindo em defesa do seu próprio partido, que esta atolado até o nariz neste lamação e pelo exposto até o momento deve ficar atolado até a raiz dos cabelos.
      Estas pessoas que estão presas tem o poder de contratar os melhores advogados, de comprar os melhores pareceres jurídicos e no entanto até o momento não conseguiram um simples habeas corpus.
      Também é importante desmentir a falta de provas, pois até o momento já foram devolvidos cerca de meio bilhão de reais, por tanto para min e para maior parte da população existem pelo menos meio bilhões de provas.

    • Gustavo disse:

      Texto nada mais que prolixo. Com todo o respeito, prefiro as máximas populares:
      Neste país a praxe sempre vence a inteligência;
      Cidadania – Para se ter, tem que ser. (propaganda do PT na gestão Lula)

    • Carlos Augusto F. Mota disse:

      Cara com todo o respeito, vc nada disse, além de, no popular, “encher linguiça” utilizando palavras rebuscadas para tentar disfarçar aquilo que vc não respondeu. A delação foi criada para se chegar mais rápidos aos culpados. A delação deve ser comprovada para se ter benefício. Obviamente a delação é um beneficio de quem é réu e não de quem não deve, se provada o delator ganha o benefício, senão o delatar sofrerá as consequências da lei, piorando sua situação… Não há o que se discutir quanto a isso, simples assim.

  11. Marcos Aurélio disse:

    Bom dia eu acho um absurdo é tanta corrupção, tanta roubalheira, tantos corruptos gozando de liberdade e tantos brasileiros sem o mínimos do básico de seus direitos. é um absurdo tanto corrupto legislando a seu próprio beneficio, o Senho ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo tem que apoiar a justiça não essa injustiça que esta acontecendo no brasil, você tem que apoiar os brasileiro, e não ficar olhando o seu próprio umbigo.

  12. João disse:

    Abuso de poder porque envolve interesses de seu partido. Leia a constituição, você não pode ser Ministro da Justiça e ser partidário do PT ao mesmo tempo. Você é Ministro da Justiça, vá para o espelho e fale mil vezes: Eu sou Ministro da Justiça do Brasil- Eu sou Ministro da Justiça do Brasil…..

  13. João disse:

    Este não é o mesmo que se reunião à portas fechadas com os empreiteiros indiciados, no começo das investigações? É só somar 2+2…

  14. Edésio Mesquita disse:

    Ponderações muito apropriadas do Ministro. Objetivo e sensato. Esse clima de “democratismo” vigente no Brasil nos últimos tempos, fere os princípios básicos da moderna democracia, apregoando o total desrespeito às diferenças de pensamento e de posição ideológica. Ninguém pode pensar diferente de mim. Sem um basta nesse processo, nossa sociedade caminha para o caos. Haja visto que o tem feito o Presidente da Câmara, Sr. Eduardo Cunha. Um cidadão com atitudes totalmente anti-democráticas. Um manipulador, que faz valer somente o que ele quer que seja. O governo precisa RE-AGIR. Há uma oposição maniqueísta e por vezes “burra” e manipuladora, veiculada pela mídia (parceiros fieis) que vende junto à opinião pública o que achar conveniente e lucrativo. ACIMA DOS INTERESSES INDIVIDUAIS DE QUEM QUER QUE SEJA ESTA A SOBERANIA E O BEM-ESTAR DO POVO. ESSE PRECISA SER RESPEITADO!

    • Gustavo disse:

      Caro Sr. Edésio,
      aí vai minha sugestão: o paciente está em estágio terminal. Manda-lo para a UTI não vai adiantar nada, acho que nem para dar “qualidade de morte”.

  15. Pasquale disse:

    Solução é mudar o governo,quem tem medo de delação é porque fez coisa errada.

  16. Riosney disse:

    Prender envolvidos em corrupção é “abuso”? Só no Brasil mesmo para se ter uma opinião dessas, tá tudo distorcido…

  17. João Carlos Borges Kuzze disse:

    Convenhamos, quem está com a bússola desnorteada é o governo, Sr. Ministro.
    Quanto à intolerância que o seu malabarismo retorico se refere, francamente, é insignificante diante da bandalheira que se tem conhecimento.
    Esse governo, além de incompetente e mentiroso, não merece o respeito da sociedade.

  18. Leonardo disse:

    Engraçado, os políticos + as empreiteiras roubam dinheiro público, e o MINISTRO DA JUSTIÇA, evoca o ESTADO DE DIREITO para defende-los. Se comporta como um advogado dos réus. Ta virando moda no Brasil bandidos se fazerem de vitimas, pior, agora tem o ministro da justiça para apoia-los.

  19. Sergio Ricardo disse:

    Esse ministro nada mais quer que a perpetuação no poder pela continuidade da impunidade. Simples assim. Qualquer coisa diferente disso é balela. O que é lamentável nessa história é ouvir isso exatamente da pessoa que deveria apoiar a ação de seus “comandados”.

  20. Francisco Beda disse:

    Gente falar de intolerância, contra esses pilantras é piada, intolerância é ver um governo que destina milhões ao transporte escolar, e nossas crianças sendo transportadas em paus de arara, pois o dinheiro é todo desviado e não acontece nada e continuam mandando dinheiro sem fiscalizar, e aumentando impostos para cobrir o rombo publico ta na hora de sermos intolerantes realmente com essa corja que administra esse pais !

  21. Marcos disse:

    O que se pode esperar dos asseclas de uma PresidentA que considera preferível manter a roubalheira, à descobrir os ladrões do nosso dinheiro?

    São estes miseráveis que destruíram o grande patrimônio e orgulho da PETROBRAS. Por causa DELES, milhares estão indo para a RUA, sem empregos, e MUITOS MAIS VIRÃO. Basta relacionar o “desinvestimento” aos contratos que a PETROBRAS vai, sumariamente, cancelar com as empresas. Tudo o que gira em torno da estatal (economia mista é só pra PTralhista) vai ser, sem dó nem piedade, despeçadado, para preservar o $$$ desviado em suas contas.

    Aliás, à época do PSDB, chamou-se ‘PRIVATIZAÇÃO’ a venda da Vale; na era PT, dá-se o nome de ‘DESINVESTIMENTO’… SERÁ O PT ‘TUCANANDO’ a privatização….?

    Bandidos, covardes, guerrilheiros corruptos e vendidos.
    Culpam militares por quebrar o país, e fazem o mesmo… São todos iguais!

  22. David Ferreira disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK eu não disse que eles não sabem a dimensão do cargo, isso que dá ter um apedeuta como líder, chefe, mentor, conselheiro, senhor e deus.

  23. pedro oliveira disse:

    Ministro da justiça falando todas essas bobagens ! esta mais para garoto de recados da corja que esta acuada e sem saída, parece que esta com medo de seguir o mesmo destino do vacari.

  24. Helio disse:

    Desta vez tenho concordar com ele, se não tem prova não deve prender ninguém, a impressão que dar é que eles não sabe o que faz ou faz porque alguém manda também sem prova, fica no mínimo ridículo.

  25. Antoniel Rocha Resende disse:

    Kennedy, quando você pergunta para o Ministro que um menor tem maturidade de escolher os governantes para parlamento e presidente, você percebeu que ele deu a mesma resposta que o celebro de um adolescente de 16 anos sabe o que é errado e certo, mas não consegue processar está informação, para escolher os Políticos ele processa quem pode ou não governar nosso país, porque não falou por exemplo aumentar a idade para votação, acho que seria uma boa ser obrigado a votar para quem for acima de 18 anos, desconversou também que o sistema prisional tem um déficit de 220 mil em vagas no sistema, o governo que ele apoia fez quantos presídios no Brasil?

  26. Ricardo Lima disse:

    Abuso Sr. ministro é o que o seu partido fez com a Petrobras, este partido infestado de corruptos. A delação premiada está autorizada por lei se é que o Sr não sabe. Vide a resposta que o
    Mistro Joaquim Barbosa deu à sua presidenta sobre delação, isto lhe será muito útil.

  27. Edison disse:

    A Lei só serve para os “outros” não é “sr.” ministro! Se está na Lei é para ser usado!!! Além do mais, faz parte da DELAÇÃO provar-se o que diz, se não, não vale para atenuar a pena! Se tais palavras viessem de pessoas comuns, até seria compreensível, mas vindo de alguém que se supõe entender do assunto (nem sei as qualificações pessoais deste “Sr.”…) é um absurdo!

  28. Rodolfo Reis disse:

    Logo vai chegar o dia em que os oprimidos zombarão deles dizendo: finalmente a
    justiça acertou as contas com vocês ! agora vocês vao ter o que merecem pela violência e pela exploração que praticaram. Coitados de vocês, que ficaram ricos praticando a maldade, tentando com a riqueza escapar dos perigos. Coitados de vocês que constroem impérios com dinheiro ganho desonestamente. Logo logo a glória deles será transformada em vergonha. Bebam o julgamento de DEUS contra vocês.

  29. Ruy Teixeira disse:

    Sou intolerante com um partido que acabou com a esperança de todos os Brasileiros. ” O DIA QUE A ESPERANÇA VENCEU O MEDO ” lembram disso.

    • Gustavo disse:

      É verdade, Sr. Ruy, é verdade. Obrigado por trazer à tona algo que já tinha me esquecido. Bela lembrança. Não se pode ter mente curta, muito bom mesmo. O pior é que eles mesmos aprovaram a lei da delação premiada e agora criticam… É de perder mesmo a esperança.

  30. Edvaldo disse:

    Ministro, intolerância é o que a presidenta acaba de fazer com o sr., bastou uma reunião antes da viagem e lá vem o sr. defender o indefensável, e outra coisa estão transformando a diminuição da maioridade penal em algo muito simplista e não é bem assim, o que o povo defende é a punição de crimes independente de idade, vejo que intolerância é meia duzia de gato pingado de bandidinho ser contra a maioria do povo brasileiro.

  31. Antonio Norberto disse:

    O Ministro deveria ter vergonha na cara e para de tentar fazer chantagem com o povo brasileiro, nunca se roubou tanto como no governo do PT, se as posições fossem invertidas o PT já teria feito o IMPEACHMENT da presidente Dilma, a sorte do PT é que a nossa oposição é fraca e com isso vai levando o barco furado de corrupção Brasil a fora, quando um Ministro da justiça vem a publico defender o indefensável é hora do povo brasileiro dar um basta.

  32. JOSE ANTONIO DE ARAUJO ANDRADE disse:

    A Operação Lava Jato, já se arrasta por um bom tempo, porque somente agora o Sr. Ministro se manifestou?

  33. Marcos Venicio Santos disse:

    Nestes 13 anos de desmandos PeTistas, estamos na realidade sendo governados por uma quadrilha, uma facção então o que esperar de todos os Ministros que assumiram esta pasta neste 13 anos? todos agiram como se fossem advogados ora do partido/quadrilha/facção ora do governante de plantão, pois desqualificar as prisões de quem cometeu crimes ao meu ver é que eles usam desta arma para se protegerem dos desmandos que eles cometeram.
    Portanto a muito simples, se todos eles não tivessem corrompido e se corromperam não haveria prisões, não haveria os roubos de bilhões que faltam na segurança (que aliás é a pasta deste estafeta) que faltam nos hospitais, que faltam nas escolas, o instrumento da delação premiada é lei e portanto se cumpra ministro, um PresidANTA que diz que não aceita o delator é tão criminosa quanto o delatante, aliás eLLa e seu LuLLadrão compraram PASADENA a troco de que? encherem as suas burras?, encherem os cofres partidários?, quanto é que perdemos nestes 13 anos com todas estas obras hiperfaturadas? e os ESTÁDIOS DE FUTEBOL DA COPA? ninguém se lembra mais né graças a DEUS, OPS para eles não é graças a DEUS NÉ….

  34. ZECA disse:

    Abuso, é roubar um país e querer sair de fininho.
    Alguém precisa por um fim nesta bandalheira.

  35. wagner farina disse:

    Ministro isso acontece em pais desenvolvido, quem não deve não(Temer).

  36. SÓSTHENES COSTA disse:

    O Ministro, com essa conversa do delator estar mentindo em sua delação, me faz lembrar a piada do Ventríluco, que ao falar com o moleque, que lhe foi mostrar os bichos da fazenda e eles falavam, e ao chegar perto da Cabrita, após o deslumbre do menino e neste momento o pavor, escutou do mesmo: “Moço, não acredita nesta cabrita pois ela é muito mentirosa!”.

  37. Glauco disse:

    Essa Lava Jato está revelando fortes indícios que a maior LAVADORA DE DINHEIRO SUJO do Brasil é o PT.

    PROPINAS transformadas em doações políticas-partidárias para o PT!!!

    Cadeia para todos os envolvidos! Todos, doa a quem doer!!!

    NÃO A CORRUPÇÃO!!!!!

  38. Luzio Garcia Junior disse:

    Não estou entendendo mais nada! A própria Presidenta dizer que não respeita delator! Disso se conclui que apenas os que realmente tem o rabo preso tem algo a temer dos tais delatores! Se não devo nada porque teria receio? Graças ao bom Deus criaram este instituto da delação premiada, escapa um mais pega uma boiada de bandidos, vagabundos e apropriadores do dinheiro publico. Precisamos ser respeitados como povo e como nação diante dos demais países.

  39. jorge mike disse:

    Lembro quando o Ministro Cardoso surgiu na política, eu achava que era um combatente em busca de justiça social e inimigo dos ladrões do dinheiro do povo. Hoje, infelizmente estamos vendo esse senhor defendendo todo o tipo de malfeitores, apenas porque escolheu o lado errado e insiste em não reavaliar sua posição e tem que avalizar coisas que ele mesmo condenava. Isso é o que o dinheiro e poder faz com as pessoas. Se lhe sobrou um tiquinho de dignidade, sai dessa Ministro…

  40. César disse:

    O Ministro da Justiça Eduardo Cardozo, deveria ter tido este sentimento de preocupação lá atrás, quando o ex-Presidente do seu partido, começou a plantar a intolerância. Naquela época, já dizia o ditado: Quem planta vento, colhe tempestade!

  41. Marcos disse:

    Caros,

    Nós Brasileiro somos todos cumplices dessa roubalheira que existe no Brasil, se cada um que esta reclamando que fulano ou ciclano roubou, tenho total certeza que cada um de vocês se estivesse no lugar dos políticos ou empreiteiro não teria feito diferente todos seriam corruptos, isso já vem desde o descobrimento do Brasil. Acho que devemos para de muita conversinha bonita todos os Brasileiro são corruptos de carteirinha.

  42. César disse:

    Se fosse verdade, que se preocupam com as crianças e adolescentes do Brasil, teriam feito creches e escolas, e não estádios para a Copa e Olimpíada.

  43. Reinaldo Oliveira disse:

    Ministro da Justiça é do Poder Judiciário, e não do Executivo, do PT. Mas tome cuidado, Sr. Ministro, porque se o senhor não conseguir parar com a investigação da Lava-jato, que está prendendo os saqueadores da Petrobras e do Brasil, mesmo com essas suas vergonhosas declarações o PT e Lula vão colocar outro no seu lugar.

  44. Izabel disse:

    Desculpe Sr. Ministro, foi seu próprio partido que incitou o ódio interclasse, interracial entre outras intolerâncias.
    Vocês são intolerantes com qualquer posicionamento contrário ao de vocês. Agora aguentem as consequências.

  45. VILMA disse:

    Quem está equivocado é o ministro, que está demonstrando que não deveria ocupar esse cargo. Estão prendendo por prevenção e não obstruir a justiça e destruir provas e na prisão se quiserem fazer delação e entregar o resto da quadrilha é melhor ainda.

  46. Eliana disse:

    “Isso” é que é o nosso ministro? Ele deveria é estar combatendo toda essa roubalheira onde todo povo brasileiro está sendo roubado e ele falando toda essa asneira. O povo precisa tomar uma atitude e fazer alguma coisa pra livrar o país de toda essa sujeira e de todo esse lixo que está deixando o país cada vez mais infectado e fedorento.

  47. João Alberto Afonso disse:

    Esse cidadão, sem qualquer cultura jurídica para ocupar o cargo de Ministro da Justiça, quer, na verdade, parar a investigações e, de consequência, evitar que a Justiça chegue aos chefes da quadrilha que saqueou o Brasil em proveito próprio. No caso, LULA e DILMA. Alias, Lula já está bem próximo de ser desmascarado, bastando observar as doações que sua fundação recebeu. Deveria se chamar AFUNDAÇÃO DO BRASIL.

  48. ostervaldo galdino disse:

    Eu queria ver, se esses presos que estão recebendo a delação premiada, estivessem acusando só os políticos da oposição, se ele tomaria esta mesma atitude.
    Este Cardozo é ministro da justiça ou do PT?
    Viva o Juiz Sérgio Moro! Que Deus o proteja, para que ele continue o seu trabalho que tanto nos orgulha!

  49. Aparecido disse:

    Não sei pq o Ministro da Justiça ,acha-se tão preocupado com a Delação Premiada.Pelo que o PT diz,suas Doações foram legais,registradas e dentro dos tramites.Não sei pq tanta celeuma.Obviamente assim sendo os “Delatores” estarão em maus lençois,Ministro.Ora serão tachados de “Mentirosos” e perderão o beneficio da “Dealção”.Simples assim.Agora pq será que o Ze Dirceu pedius Habeas Corpus.Sem sentido o Sr não acha,Ministro

  50. Lubiashi Bublanski disse:

    Até que enfim os brasileiros estão se tornando intolerantes: intolerantes quanto às mentiras dos políticos, intolerantes quanto à corrupção, intolerantes quanto à impunidade de adolescentes criminosos… Para esse paspalho MENTIROSO José Eduardo Cardozo, toda a corja do PT e os demais políticos (tão conhecidos e que herdam desde as capitanias hereditárias seus postos no cenário político nacional) deve ser um espanto assustador que o brasileiro esteja perdendo sua bovina tolerância.

  51. Kennedy .porque os deputados do PSDB uma parte porque O governo de São Paulo que é um homem serio não concorda. porque eles já que aprovaram a maioridade penal. porque exclui o trafico de droga! estram não .porque só o PT esta pagando o pato e os outros partidos ficam de fora.

  52. Felipe disse:

    PRENDER PARA OBTER DELAÇÃO É ABUSO?

    Já que estamos no estado democrático de direito,

    PROVE ESTA FRASE JURIDICAMENTE!

    Prove que está preso para obter delação.

    Algum momento os juízes impuseram a delação?

    O termo delação nem existe na LEI. É COLABORAÇÃO.

    Estão tentando DESMORALIZAR A OPERAÇÃO.

    Vamos apoiar a PF e os Juízes da operação!

  53. Marcus Rinaldi Tonelli [APcdu214] disse:

    Não sei como ainda há pessoas que acreditam no PT. É mole. Só Brasil com o PT e a argentina com Cristina. Na Venezuela, ainda o povo se salva, porque eles são forçado. Aqui e en los hermanos, dá-lhes sanduíche de “mortandela”. Mamãe sempre me ensinou que quem não deve não teme. Está temendo porque Cardozo? O fim do Pt está próximo, mas muito próximo mesmo. Sou Prof e sei da verdade histórica da ditadura. Vocês nunca me representaram nesse período, terrorista, assaltantes de banco e de dólares, assassinos de militares. Precisamos passar uma página a limpo nessa era de Ptismo, de pilhagem do bem público. Mãos limpas nesse vermelho.
    Parabéns Joaquim Barbosa, Moro, Polícia federal, a população de bem os agradece,
    Marcus

  54. Getulio disse:

    Denunciar Moro ao Humanrights não aconteceria nada; mas pode se pelo menso denuncia lo, por que não ,ele manda prender para obter confissões e ainda por cima grampear a propia cela a onde está o preso já demais, quer por que quer prender o Lula não importando os metodos que faça.
    Amanha é sexta feira nesse dia a Policia Federal sai com os mandatos expedido por ele , dizem que já estão atraz do Dirceu,sexta feira dia de preferido pelo Moro.

  55. Manusdei Aurich disse:

    Há muita catarata de besteiras, catapultas de asneiras em muitos comentários feitos ao pensamento democraticamente dispendido pelo competente ministro Cardozo. Chegam a citar nomes de “paladinos do Direito, intrépidos cavaleiros da justiça”! Estão mais para cavaleiros do apocalipse mas não passarão o Rubicão. A autoridade, caros escribas, é a antítese da liberdade e, certamente, são os mencionados paladinos. Liberdade é ar, é água, é ir e vir, é vida. Sem conhecimento profundo de hermeneutica e dos mais elementares princípios de filosofia do direito, a vida não será preservada. É o que está acontecendo: prendem-se os infelizes cidadãos, encarceram-nos e, sob vara, põem-nos diante da autoridade inquisitorial. Assim fizeram com Bruno, Savonarola, Galileu e tantos outros mais casos de macabra encenação. Os dois primeiros queimados vivos, e Galileu a perpétua prisão. Todos absolvidos pela História !
    Tem ainda o juiz Torquemada, o Tomaz, o toledano de veste púrpura que mandou mais de dois mil infelicitados à morte na fogueira. Será que repetirão a cena do medievo na ex-colônia, hoje o Brasil respeitado da Inclusão Social? No Passarán.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 20:27:45