aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
21-07-2016, 23h13

Preocupação com terror é maior do que governo admite

Jogos são oportunidade para Temer ter fato positivo em meio a crises
1

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O governo federal tem uma preocupação maior do que admite publicamente a respeito de um eventual atentado terrorista nos Jogos Olímpicos. Há dois discursos.

Um voltado para o público, mais tranquilizador, a fim de não estimular pânico na população. Hoje, o governo usou claramente a Operação Hashtag para tentar mostrar capacidade de ação preventiva.

Mas o discurso é outro _mais preocupado com uma extensa fronteira terrestre que é fácil de ser penetrada e com o desafio de cuidar da segurança do maior evento do planeta. É correto não assustar a população, mas também não pode ser subestimado o risco de atentados.

Os ministros da Justiça, Alexandre de Moraes, e da Defesa, Raul Jungmann, bateram cabeça hoje. Deram informações desencontradas. O juiz federal que cuida do caso, Marcos Josegrei da Silva, defendeu as prisões de 10 suspeitos, mas disse que eles não poderiam ser chamados de terroristas.

Portanto, o governo deve mais explicações sobre a gravidade da ameaça descoberta pela Polícia Federal.

*

Agenda positiva ou negativa?

A Olimpíada é uma oportunidade para o presidente interino, Michel Temer, ter um fato positivo em meio a duas crises, uma política e outra econômica.

Os jogos foram conquistados pelo Rio de Janeiro durante o governo Lula, em 2009. Os preparativos de infraestrutura foram todos feitos durante a gestão Dilma. Ficou com Temer a responsabilidade pela segurança do evento.

Se os Jogos Olímpicos repetirem o sucesso de organização e segurança da Copa do Mundo de 2014, haverá uma repercussão positiva para a imagem do Brasil e para quem ocupa o poder.

Assista aos temas de hoje no “SBT Brasil”:

Comentários
1
  1. Atilio disse:

    O problema é se estes terrorista se associar ao crime organizado, que parece ter mais recursos e estar mais equipados e organizados, que os da policias do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-15 10:09:13