aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
23-11-2015, 9h09

Pressão de Macri sobre Venezuela é útil a Dilma

Expectativa do Planalto é de boa relação com o presidente eleito da Argentina
23

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Na avaliação do governo Dilma, o presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri, é um moderado que precisará do Brasil para tirar o seu país da crise. Macri não tem maioria no Congresso e enfrenta graves problemas na economia.

Ou seja, vive situação bem parecida com a da presidente Dilma Rousseff. Por isso, a expectativa de Brasília é que, por pragmatismo, haverá um desejo de ajuda mútua.

Brasil e Argentina são os principais países do Mercosul. São grandes parceiros comerciais. Dilma tem simpatia pela presidente Cristina Kirchner e fez concessões importantes do ponto de vista econômico à Argentina. Tudo indica que haverá a mesma compreensão de Dilma em relação a Macri.

O mais provável é uma convivência harmoniosa, até porque os dois, Macri e Dilma, terão problemas maiores nas suas respectivas agendas domésticas. Como Dilma não é candidata à reeleição, essa mudança de vento na Argentina poderia se repetir no Brasil em 2018, mas a principal preocupação da presidente é chegar até lá, não com quem a sucederá.

*

Ponto de tensão

Certamente haverá tensão entre Brasil e Argentina por causa da Venezuela. Na campanha argentina, Macri afirmou que questionaria a presença venezuelana no Mercosul, sob a alegação de desrespeito à cláusula democrática.

A Venezuela se transformou numa grande dor de cabeça para o Brasil. Mas uma pressão de Macri sobre o governo de Nicolás Maduro pode ser útil a Dilma.

O governo brasileiro tem feito gestões nos bastidores para pressionar Maduro a mudar a sua relação com a oposição da Venezuela. Não é uma oposição fácil. Tem tradição golpista. Mas Maduro, na visão de Brasília, passou dos limites e virou um problema.

O Brasil advoga pela permanência da Venezuela do Mercosul porque o governo Maduro passará. A Venezuela é grande produtora de petróleo e é um mercado importante para exportação de bens e serviços do Brasil. Nesse contexto, uma pressão da Argentina sobre a Venezuela pode ser bem vista pelo Brasil nos bastidores.

*

Frigideira federal

Houve uma mudança de humor em relação à presença de Eduardo Cunha no comando da Câmara. A contestação a ele cresceu. Nesta semana, será possível medir se os partidos aceitarão que o peemedebista conduza os trabalhos ou se haverá, pelo menos da parte da oposição, uma obstrução parlamentar efetiva.

Cresce o desgaste de Cunha perante a opinião pública, mas o destino dele está nas mãos dos colegas. Esta semana mostrará se ele terá fôlego para jogar a luta pela manutenção da presidência da Câmara para o ano que vem.

A luta pelo mandato deverá ficar para 2016 no Conselho de Ética. Mas a batalha para permanecer na presidência da Câmara ficou mais difícil, porque uma parcela relevante da Casa não aceita mais o comando dele.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
23
  1. Ruy Teixeira disse:

    Não acredito que ela tenha gostado da vitória de Macri porque eles não tem o mesmo perfil ideológico.

    • walter disse:

      Caro Ruy Teixeira você tem razão, mas estamos falando de argentinos, sempre estão dispostos, a “amarrar o burro” aqui.
      A situação é difícil para os dois lados, não temos espaço para atende-lo; salvo se ele desamarrar os nos da cristina, contra o brasil; perdemos nossa relação comercial, por culpa de ambos…
      Caro Kennedy, a venezuela, jamais cumpriu qualquer acordo conosco; levou nosso dinheiro; nesta hora o Brasil deve fazer valer, os interesses comercias viáveis para o País; temos que reatar com a argentina, não temos escolhas, é isso ou nada…

    • guilherme disse:

      Caro KEKE, a sua dona não presta para nada. O novo governante anti comunista da Argentina não precisa dela para nada, pois a argentina pode agora se unir ao Bloco do Pacifico.

  2. Marco Túlio Castro disse:

    O governo Dilma avalia sempre mal as coisas. O Macri vai é dar uma banana bem grande para o mercosur e negociar diretamente com os Estados Unidos.
    Quem trabalha para pobre pede esmola para dois.
    O bolivarianismo e o Foro de São Paulo estão com os dias contados. Ou o Brasil começa a negociar com quem interessa ou vai virar 5º mundo de vez.
    Ter petroleo e ter outros recusrsos naturais já vimos que não adianta nada. E ideologia não enche barriga de ninguem.

    • Arnaldo Probo disse:

      Marco , Concordo integralmente ! Senti muita inveja dos Argentinos ontem !

    • Fernando disse:

      Prezado Marco Tulio…., corretíssimas as suas palavras, e pontos destacados, sendo o Foro de São Paulo particularmente, pois é daí que saíram atrocidades como invasão de refinaria da Petrobras, e olhos fechados para a “Democracia” Bolivariana, e boa parte das ações que se transformaram nas mazelas que enfrentamos nos dias de hoje. Espero muito que o povo Argentino, tenha se livrado deste mal e que sirva de exemplo para nós, brasileiros.

    • João disse:

      Caro Marco, sinceramente, espero que Buenos Aires realmente de uma banana para o Brasil, pois assim também daremos uma banana para eles, e a Argentina, que até agora foi o maior empecilho para fecharmos um acordo de livre comercio com a união européia, não terá justificativas para se queixar que o Brasil esteja fechando acordo fora do Mercosul. Torço para que o argentinos se livrem dessa corja de bolivarianistas, como os Kircheners, mas lá ainda sim será um país muito dividido. Enfim, vi com bons olhos a eleição de opositores na argentina, mas isso foi só um primeiro passo para que os mesmos saiam da situação deplorável em que se encontram. Espero que tenhamos tal discernimento para tomarmos essa mesma decisão em 2018.

  3. Arnaldo Probo disse:

    Tanto Argentina como Brasil estão em crise econômica causadas exclusivamente por má gestão continuada e corrupção descontrolada nos altos escalões do poder ! A solução do Macri , com certeza será a de austeridade com dinheiro dos contribuintes . Vai trazer os gastos públicos para a realidade e não aumentar impostos como aqui se propõe !

  4. mario machado disse:

    A presidente Kirchner governou por 12 anos, mais ou menos, a Argentina hoje em mãos do candidato de oposição. À dona Dilma, não deve preocupar quem a substituirá nos anos 2018 porque ela não está construindo um Brasil Novo mas, ao contrário, o destruiu levianamente abrindo lápso elástico ao tempo até que o vejamos caminhando nos trilhos normais da Democracia e de sua economia num crescendo muito mais lógico, dando emprego às vítimas desse negro e ameaçador período petista. Lógico que o país vizinho – a Venezuela – ficará e que Maduro, verde, muito verde ainda para ocupar a cadeira presidencial de seu país, passará, tarde demais, porém passará para o alívio de seu povo. Macri, novo ídolo do povo argentino, tenha postura de verdadeiro estadista e leve ao fórum do Mercosul a certeza de que Maduro alijado e a Venezuela afastada momentaneamente, será ponto de equilíbrio e de alívio ao sofrido povo venezuelano e aos planos de Macri – o atual presidente argentino – em relação ao Brasil.

  5. Marcos disse:

    Graças a Deus, a esquerda está sendo derrotada para alegria de nós brasileiros, argentinos, venezuelanos, bolivianos, equatorianos, cubanos, nicaraguenses, etc e tristeza de CUT, MST, MTST, UNE, UJS, FARC, EI e muitos jornalistas que trabalham “discretamente” para eles.

  6. antonio disse:

    Macri, se for esperto como parece, vai manter boas relações com o Brasil, mas certamente vai fazer o que o chile e outras nações já fizeram. Procurar blocos econômicos maiores, acordos menos ideológicos e mais pragmáticos. Se deus quiser esta eleição vai se tornar uma tendência e nós nos livraremos desses governos pseudo esquerdistas imcompetentes e corruptos.

    • Sidnei Santos Costa disse:

      “Governo corrupto da Esquerda”? Já viu a ditadura dos militares aqui? Já viu a situação econômica de SP nos últimos 21 anos? E as crises de água, do trensalão, da transparência e ética, dos fechamentos de escolas? E a crise de MG com o caso das barragens? Quem liberou a concessão da Samarco porque recebeu dinheiro da Vale, a sua acionista mor? Tudo isto é culpa da Direita representada por Aécio Golpista e Serra Vampiro do PSDB! E olha que nem citei os escândalos de corrupção do governo FHC, senão aqui seria umas 50 páginas de informações daquele período!

      • Dunha Sandal disse:

        Aécio Neves e PSDB de direita?

        Huah esse manja mesmo. Acho que não sabe nem o significado das siglas do partido, seria estranho se soubesse algo como posição ideológica e espectro político. Mais um cego.

  7. Carlos Alberto Pires da Silva disse:

    Enfim o tsunami vermelho na América do Sul está com os dias contados. Almejamos que o mesmo aconteça no Brasil com o fim dos esquerdopatas.

  8. Alberto disse:

    O ciclo bolivariano,populista,de esquerda e/ou assemelhado encontra-se em fase terminal e seus resultados não foram dos melhores.O mundo é globalizado e disso não se pode fugir.Todos interagindo com todos.Estado tutor é moribundo.Enquanto isso cidadão Cunha é livre,leve e solto,rsrsrs.

  9. antonio barbosa disse:

    É engraçado quando se perde e se ganha. Os esquerdopatas perderam e ficam dizendo que ganharam, que agora o Brasil e a Argentina vão conduzir os rumos da América Latina. Ora bolas. Vão plantar batatas, porque o trigo é argentino. Vocês acham mesmo que os argentinos vão olhar para o Brasil com os mesmos olhos? É muita ingenuidade. Agora eles vão dar o salto que necessitam para abandonar de vez este bloco falido chamado Mercosul e seus integrantes bolivarianos/comunistas que só pensam em se perpetuar no poder, vide Bolívia e Venezuela. Eles vão pular fora deste barco furado rapidinho e pouco importa se o Brasil fez ou não concessões para a “ditadorarizha derrotada”. Se fez foi porque quis. Quanto ao Cunha é degradante assistir um sujeito se agarrar com unhas e dentes ao cargo e ir escorregando devagarzinho como alguém que está num cipó em um barraco a beira do precipício. Cai logo e deixa o país em paz. Mas vê se cai e leva com você a camarilha que te defende por debaixo dos panos.

  10. Reinon disse:

    Adeus Mercosul ser acha que ele vai defender essas políticas econômica do atraso !! Vai procurar USA e outros

  11. Luciano Schwab disse:

    Olha o desespero dos direitistas, comemorando eleição na Argentina, o eterno país rival e arrogante.
    Primeiro lembrem-se que a direita nem partido tem aqui no Brasil, o guru de vocês, Olavão, mora lá nos Estados Unidos e recusa-se propagar a causa aqui no Brasil (grande patriota), o PSDB é originalmente de centro-esquerda e o DEM é minúsculo. O Bolsonaro et caterva só consegue voto com os Revoltados Online e os herdeiros da ditadura, que hoje são sócios do Donald Trump. Parem de ser patéticos.
    No Paraguai foi golpe, aqui não colou, na Argentina o povo vai reconhecer o erro daqui a 4 anos e eleger a esquerda fortalecida novamente.
    Chola mais, a América do Sul é VERMELHA!

  12. Pasquale disse:

    Economia do Brasil está morrendo por causa do PT, diz ‘Forbes’

    23/11/2015 10:20

  13. Stanislaw: O bolivarianismo está com os dias contados... disse:

    A América do Sul ganhará muito com a queda de Dilma, Lula, Maduro e outros de ideologias e incompetências idênticas… a saída da Kirchner é só o início…

  14. AlexRio disse:

    Não existe direita digna do nome no Brasil, apenas extrema-direita (Bolsonaro, Bíblias, Caiados e etc) sem qualquer chance de chegar ao poder pelo voto, justamente pelo extremismo doidivanas e boçal. O PSDB moralmente esfacelou-se (e não é exatamente “direita”, apenas um aliado ocasional dela) Portanto, independente de quem venha a ser governo no Brasil em 2018, Macri tem q ser pragmático porque sabe que as conjunturas politicas são diferentes.

    Ele tem dois anos para mostrar a que veio ao povo argentino. Se for pelo mesmo caminho conservador economico doidivanas do Carlos Meném que acabou com o pais, em quatro anos será um novo Sebastian Piñera, a experiencia conservadora chilena que não deu certo, foi chutado nas eleições seguintes e o país retornou à centro-esquerda.

  15. pedro oliveira disse:

    A pátria grande esta atrofiando!!!

  16. Janio Macris Silva disse:

    Em pleno século XXI não era para estarmos discutindo entre esquerda ou direita e sim entre Competentes e incompetentes.Infelizmente os paises ligados ao Foro de São Paulo não tem demonstrado competência em seus quadros de administração, isso é fato e não adianta tapar o sol com a peneira,os números estão aí para quem tem um minimo de bom senso.

Deixe uma resposta para Ruy Teixeira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-23 02:45:09