aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
10-02-2020, 17h59

Prévias em Iowa e New Hampshire distorcem disputa eleitoral nos EUA

Estados são de maioria branca e irrelevantes politicamente
1

Kennedy Alencar
Concord, New Hampshire

O começo das prévias nos Estados Unidos causa distorção na corrida presidencial. Os dois primeiros Estados a fazerem as suas escolhas, Iowa e New Hampshire, são compostos por maioria branca e têm pouco peso nas convenções partidárias que indicam os candidatos. Dos 538 votos do Colégio Eleitoral, Iowa tem 6 votos. New Hampshire, apenas 4.

Numa comparação com o que acontece no Brasil, seria como fazer uma prévia ou pesquisa eleitoral num determinado Estado dominado por uma corrente política. É óbvio que o resultado será diferente de uma escolha ou pesquisa nacional.

Mas Iowa e New Hampshire criam fatos políticos, o que acaba influenciando o rumo da corrida _especialmente no Partido Democrata, que tem 11 postulantes.

Pete Buttigieg, ex-prefeito de South Bend (Indiana), e Bernie Sanders, senador por Vermont, saíram vencedores de Iowa. Buttigieg ficou ligeiramente na frente.

Em New Hampshire, as pesquisas mostram uma dianteira significativa para Sanders _28,8% na média das pesquisas, de acordo com o site Real Clear Politics. Buttigieg tem um bom desempenho, com 21,3% na média das pesquisas.

Em New Hampshire, 95% da população é de origem branca. O Estado leva apenas 4 votos para o Colégio Eleitoral e elege 24 delegados para a Convenção Nacional Democrata. Outros 9 superdelegados também representarão New Hampshire, mas só votarão se não houver um vitorioso no primeiro turno da convenção.

A economia do Estado é fortemente ancorada na indústria de equipamentos e no turismo. É o quinto menor Estado dos EUA _um pouco menor do que Alagoas e um pouco maior do que Sergipe. Foi a primeira das 13 colônias a declarar independência da Inglaterra em 1776. New Hampshire fica na região da Nova Inglaterra, no nordeste dos EUA. Faz divisa com o Canadá.

*

Disputa fragmentada

Sanders tem feito um discurso de forte apelo popular para os trabalhadores e a classe média baixa. Promete elevar o salário mínino para 15 dólares por hora _hoje o mínimo paga 7,25 dólares por hora. Há diferentes valores nos Estados.

O senador por Vermont, tido como socialista nos EUA (social-democrata, na verdade), defende anistia para dívidas estudantis, sistema universal de saúde e ambicioso programa contra a mudança climática.

Seus críticos dizem que, se escolhido pelo Partido Democrata, ele facilitará a reeleição do presidente Donald Trump. Sanders responde que está atraindo um eleitorado jovem que comparecerá às urnas num país em que o voto não é obrigatório.

Não parece café com leite para Trump.

O moderado Buttigieg promete um trumpismo sem Trump. Quer melhorar o sistema de saúde, mas manter a integração com os planos privados. Avalia que anistiar dívidas estudantis pune os mais pobres. Os estudantes universitários, diz, são destinados a obter mais renda.

O ex-prefeito de South Bend está incomodando a campanha do moderado Joe Biden, vice-presidente de Obama. Biden está se enfraquecendo em New Hampshire _perdeu a terceira posição para a senadora Amy Klobuchar (Minnesota) e está empatado em quarto com a senadora Elizabeth Warren (Massachusetts).

Ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg decidiu não participar das quatro primeiras prévias e vai concorrer diretamente na Superterça, quando haverá disputa em 14 Estados. Bilionário, Bloomberg está queimando muito dinheiro para tentar desbancar Biden e Buttigieg como o moderado capaz de vencer Trump.

Klobuchar também concorre nessa raia moderada. Warren está na ala esquerda democrata com Sanders. Ouça o comentário feito nesta segunda no “CBN Brasil”:

Comentários
1
  1. walter nobre disse:

    Kennedy, estas previas seriam perfeitas, se os democratas tivessem novidade, chegaram com empate técnicos, mostrando o desanimo dos eleitores; não há nada de novo para fazer frente aos republicanos.
    Os EUA neste instante, graças a dependência dos chineses, o TRup estará eleito por ter construído tal alicerce; deverá inclusive, conseguir verbas para a construção do muro da vergonha.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-02-18 11:06:14