aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-05-2017, 8h36

PSDB dá ultimato, mas não tem nome para derrubar Temer

Tucanos não chegam a consenso para suceder presidente, que resiste
19

KENNEDY ALENCAR
RIO DE JANEIRO

Apesar do ultimato do PSDB para o presidente Michel Temer avalizar o nome de um eventual sucessor, não surgiu até agora alguém que reúna consenso para substituir o peemedebista no Palácio do Planalto. Todas as possibilidades aventadas apresentaram prós e contras.

Quando Dilma caiu no ano passado, estava claro que o poder caminharia para Temer. A substituição de Dilma por ele foi construída durante meses de articulação e ganhou forte impulso quando o marqueteiro João Santana foi preso em fevereiro passado.

Naquele mês, Temer teve duas conversas decisivas com o ministro do STF Gilmar Mendes e com o senador José Serra, do PSDB, que avaliaram que Dilma estava perdida politicamente e que Temer deveria se preparar para eventualmente substituí-la. A queda da presidente só aconteceu meses depois.

Em 17 de abril, a Câmara aprovou a abertura do processo de impeachment. Em 12 de maio, o Senado decidiu afastar a presidente. Temer é um político com mais habilidade do que Dilma e acostumado ao jogo congressual.

Desde a delação de Joesley Batista, que explodiu na semana passada, não surgiu no meio político, sobretudo entre as forças do atual governo, um nome que tenha angariado o apoio que Temer obteve para suceder Dilma. Esse é um ponto importante da crise. Sem esse nome, Temer ganha tempo para buscar ajuda de políticos e empresários e tentar votar as reformas da Previdência e trabalhista.

As mudanças trabalhistas têm boa chance de passar no Senado devido à pressão empresarial. O Senado é uma casa mais madura do que a Câmara, onde crises ecoam com mais força. O quórum para aprovar a reforma trabalhista é mais fácil de ser obtido, pois se trata de maioria simples dos presentes.

Há compromisso do presidente em editar uma medida provisória para invalidar pontos aprovados pelos deputados que os senadores consideram inadequados. Logo, há possibilidade dessa reforma sair.

Já a reforma da Previdência é mais difícil. Exige quórum de três quintos na Câmara e sofre mais resistência popular. Mas uma eventual concessão do presidente pode pavimentar uma aprovação. Se evitar paralisia no Congresso, Temer ganha fôlego para enfrentar a crise política e os desafios jurídicos no Supremo Tribunal Federal e no Ministério Público Federal, como uma eventual delação do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures.

Noutra frente de batalha, o PSDB quer organizar o desembarque, achando um possível sucessor de Temer, para abandonar o governo e forçar o presidente a aceitar uma eventual decisão negativa no TSE no início de junho.

O presidente do partido, o senador Tasso Jereissati (CE), foi claro ontem ao dizer que o PSDB vai esperar até o julgamento do dia 6 e que decidirá o que fará em conjunto com Temer. Trocando em miúdos: se houver a cassação da chapa Dilma-Temer, o PSDB ouviria o atual presidente para escolher um sucessor por via indireta. Claramente se trata de um ultimato, porque, se o PSDB deixar o governo, haverá efeito dominó na base de apoio no Congresso e maior perda de apoio empresarial.

Auxiliares de Temer dizem que não será tarefa fácil vencer o julgamento, mas podem conseguir adiá-lo e ganhar tempo precioso. O presidente pode ainda recorrer ao Supremo Tribunal Federal em caso de derrota no TSE.

Logo, há potencial para que a crise se arraste. Temer está em situação difícil, mas ainda resiste. E o PSDB tem de combinar com ele a saída. Não parece que será fácil, até porque parcela da sociedade continuará a defender diretas já, resistindo à saída via pleito indireto no Congresso.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
19
  1. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Estão subestimando a capacidade de resistência de Temer, ele é jurista, constitucionalista e dos bons… A OAB deveria contribuir para o combate à criminalidade, mas não quer perder a clientela !

    • walter disse:

      Cara Maria Aparecida, mas nem com reza braba, esta difícil o temer se segurar como presidente; admite ter recebido o meliante a noite pela porta dos fundo…se fosse o beira mar”, seria menos incriminador para ele, em seguida, seu “homi de confiança” foi pegar a grana, e não tem como negar, e não vai quer se incriminar…estão falando em Tasso Jereissati, Fhc…enfim o temer admite sair, “mas quer sair por cima”; estão tentando um relaxamento a favor dele no supremo; aliás, a intenção é, facilitar também ao lula…querem um fantoche, que nos empurrará até 2018, se de fato governar…a velharada tentará prevalecer; tem uma quebra de braço, estão tentando o Rodrigo Maia, mas os insatisfeitos que não é pouco…vamos torcer, para que surja algum nome, sem lava jato, nesta peleja.

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Querido amigo Walter
        O tempo é o senhor da razão. Não me oponho à tua lógica que é muito coerente mas… os bastidores da política têm razões que a própria razão desconhece. Aguarde e te surpreenderás !

        • walter disse:

          Cara Maria Aparecida, sei que estão tentando um bem bolado, um acordão; pode levar um Nelson Jobin, no minimo p/ o ministério da “justiça”, com o FHC que esta devendo, não tem mais gás, para conduzir o país, como o temer, que já esta ultrapassado; Tasso Jereissati safenado…depois do Aécio e o Serra, metidos nestas negociatas, porque estes caras…nada me surpreenderá, já que o lula continua opinando, e tenta sobreviver através de alguns indignos, que só querem transitar o poder, para outros sem vergonhas, que estarão em suas mãos, como certos suspeitos, com luciano Huk, que tem índicos com o Cabral por exemplo…Tudo o que queremos, e disso tenho certeza, é o melhor para o brasil…infelizmente, não podemos nos iludir; quem enganou uma vez, vai enganar sempre…coitadinho do Itamar Franco, acreditou no FHC, jamais teve chances reais de ser presidente da republica de fato…estamos no meio das cobras velhacas…

        • Sheila disse:

          é desse jeito mesmo minha cara.Cada vez mais me envergonho de nossa politica …cada momento uma surpresa.

    • Humberto Guimarães disse:

      Aguardar, que nada! Dependendo do movimento popular, as coisas podem tomar um rumo que não seja somente relacionado com os bastidores da política, mas também com a força das mobilizações nas ruas.
      Domingo, começando às 11 horas, em Copacabana (RJ), emendando pela tarde inteira, vários artistas de renome estarão fazendo shows em prol de termos eleições diretas já (que para serem ideais deveriam ser gerais). Deve haver grande participação popular que se somará as que já aconteceram e a outras no futuro próximo.
      Ficar só aguardando significa considerar que nada mais há a fazer e que não se pode influir no que os deputados e senadores pretendem decidir. Uma atitude passiva deste tipo permite no máximo que fiquemos apostando se o que os parlamentares vão fazer vai ser isto ou aquilo e aguardando para ver se estávamos certos ou não.
      Indo para as ruas exigir, podemos influir nas decisões dos parlamentares.

  2. Está tão deteriorado a classe política que fica difícil até para escolher um substituto. Se bem que está difícil de achar um substituto porque eles querem alguém que tenha força política e ao mesmo tempo sirva aos interesses da maioria dos próprios políticos. Vejo que o eleitor vai ter muita dificuldade em votar na próxima se o STF não apressar e transformar em réu todos esses delatados e que estão na lista do ministro Fachin.

  3. Joaquim disse:

    O pior Kennedy é que toda hora estamos vendo boatos de os ministros do STF, como foi feito no impedimento da Dilma, estão querendo entortar a constituição, para beneficiar politico ladrão. Entendo que a nossa população, da qual me incluo apesar de não ter votado na reeleição do Lula, deu o aval para o aumento da corrupção e da mentira, reelegendo o papai do mensalão e o presidente que nunca sabia de nada, porém isto não é mais aceito e cabe ao judiciário dar o exemplo. Espero que os ministro não queiram manchar o pouco de moral que ainda lhe restam ( ganha com o ministro Joaquim ), com este tipo de ação.

  4. Jonas disse:

    Na verdade o PSDB golpista e anti-povo já anunciou que vai continuar no governo corrupto que ajudou a colocar no poder via golpe de estado. Só vão desembarcar logo antes de Temer cair.
    Isso mostra o quanto o PSDB é hipócrita. Como a pauta é a destruição dos direitos trabalhistas e da aposentadoria do povo, que é defendida pela elite escravocrata, aí tentam segurar o governo até que a barbaridade seja aprovada no senado. O “combate à corrupção” que se dane, só valia quando o assunto era derrubar a Dilma.
    TODOS os atos do governo golpista não tem validade e tem que ser anulados pelo próximo governo legítimo.

  5. Jonas disse:

    Ou seja, o governo é o PSDB. Afinal não foi por isso que o PSDB deu um golpe de estado? Para conseguir o poder indiretamente via golpe já que perderam nas urnas?
    É absurdo ainda ver jornalista falando do PSDB como se fosse parte da solução quando é claramente a causa do caos que vive o brasil.

  6. Sheila disse:

    Temer está em situação difícil, mas ainda resiste(kennedy)…. é claro que ele vai resistir não quer passar por julgamentos como um cidadão comum.

  7. Marcelo Silvestre disse:

    O PSDB se esquece que uma vez que abandone o governo, terá 30 dias para negociar nomes. Vai ter tempo suficiente. Isso é o mais importante, a certeza da sucessão. Se continuar apoiando Temer, irá seguí-lo até o final do mandato e será a morte política do partido perante os eleitores, uma vez que seguiu de mãos dadas com bandidos até o final. Entrará para a história!

  8. ANDRE disse:

    Estão se esquecendo de combinar com os russos, no caso o povo. As pessoas estão querendo a saída do presidente, imagine se aceitarão que o mesmo leve esta reforma adiante. Nas condições atuais se tentarem levar isto adiante, o Brasil pode entrar num convulsão social, talvez nunca vista antes. Por mais cara de pau que sejam os deputados, não acredito que terão coragem de após as denuncias contra o presidente, mante-lo no poder e ainda aprovar as suas reformas. O preço nas urnas pode ser caro, muito caro.

  9. DÚVIDA CRUEL: EXPLODIR OU IMPLODIR? disse:

    E com tanto jogo político a cambada ainda tem a cara de pau de dizer que está preocupada com a situação econômica do país! Uma solução, mesmo sendo utópica, dá um segundo de prazer: explodir ou implodir, literalmente, (cruel dúvida qual das duas formas deixaria menos poluição) toda a classe política e governantes, e começar o país do zero. Ah, não poderiam ficar de fora os “disenterias verbais e decrepitudes morais” do Judiciário!

  10. Marco disse:

    Já passou da hora do povo se manifestar para o impeachment do sr. presidente Michel.
    TEMER, não é presidente é um verbo.
    conforme Aurélio: 1 Ter temor, medo ou receio de: Temia o cansaço, o sofrimento e a humilhação. “Não temais o ridículo” (Rui Barbosa). Temer de alguma coisa. vpr e vint 2 Sentir temor; assustar-se: “Temem-se do castigo” (Odorico Mendes, ap Laudelino Freire). “Vendo, porém, que o vento era forte, temeu” (Pedro, andando sobre o mar) (Evangelho segundo São Mateus, 14, 30 – tradução do Padre Matos Soares). vtd 3 Reverenciar, venerar: Temer a Deus (objeto direto preposicionado, como em Amar a Deus). Fazer-se temer: proceder de maneira que os outros temam. Não temer Deus nem o diabo: não ser capaz de sentir remorsos; ser excessivamente mau. Temer-se de alguém ou de alguma coisa: recear que sobrevenha algum dano ou mal, por causa de uma pessoa ou coisa.

  11. RUY ALIPIO FRANCISCO disse:

    Cara Maria Aparecida Ramos, a OAB acerta sim quando combate a corrupção de um presidente que recebe um delinquente de madrugada e sem registro para tratar de assuntos criminosos, isto é combater sim a criminalidade.

  12. Amalia Oliveira disse:

    Quando eu era criança, o Brasil era o País do futuro. Futuro que nunca chegou. Tínhamos tanto orgulho de ser brasileiros! Quanta decepção! Envelheci e vi o Brasil jogado para as cobras….
    Enquanto isso os donos do Brasil vão permanecendo no poder.
    Falta patriotismo, honestidade, vergonha na cara, caráter…. É…..nossa crise, realmente, é de caráter.

  13. mano disse:

    prezados: Maria Tinhorão! o que é isso companheira! a Sra. quer anular a delação da JBS, pedir a extradição do Joesley, destituir o procurador geral, soltar Eduardo Cunha, prender Lula, aprovar a reforma da previdência e trabalhista, e condecorar Temer? Vá devagar com o andor!

  14. Esse nosso pais está cada vez mais difícil, com toda essa sujeira ainda tem esses que acobertam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 18:22:17