aki

cadastre-se aqui
aki
Política
11-10-2016, 9h05

PT adota discurso fiscal hipócrita e contraditório

Partido perde oportunidade de fazer oposição inteligente à PEC do Teto
37

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

No debate sobre a PEC do Teto, o PT adotou um discurso hipócrita e contraditório com as medidas de ajuste econômico que implementou no governo Lula e que tentou aprovar na administração Dilma. Foi interessante acompanhar a sessão de discussão e votação ontem na Câmara.

Integrantes do centrão, do PSDB e do DEM que votaram a favor de pautas-bomba em 2015 passaram a adotar um discurso de responsabilidade fiscal. Petistas que defenderam reformas no governo Lula e o ajuste fiscal proposto por Joaquim Levy e Nelson Barbosa, ex-ministros da Fazenda de Dilma, abraçaram teses corporativistas e inconsequentes do ponto de vista fiscal.

O PT perdeu a oportunidade de fazer uma oposição mais inteligente à PEC (Proposta de Emenda Constitucional) do Teto _medida aprovada em primeiro turno ontem na Câmara que cria uma regra orçamentária para limitar o crescimento dos gastos públicos.

Os petistas poderiam ter tentado reduzir o prazo de revisão da PEC de dez para sete anos. Havia espaço para negociar isso até pouco tempo atrás. Poderiam ter defendido mecanismos que dessem ganhos reais às áreas da saúde e da educação, caso viesse a ocorrer uma recuperação econômica que gerasse um PIB (Produto Interno Bruto) relevante e superavit primários significativos.

Críticos da PEC mostraram planilhas que indicam perda de recursos para áreas sociais no futuro, como se fosse possível continuar a aumentar os gastos públicos. São projeções sobre uma riqueza que não existirá se a dívida pública continuar a crescer no atual ritmo. Equivale ao sujeito fazer planos de gastos para o futuro acreditando que ganhará na loteria.

Os petistas defendem um governo Dilma que não existiu. Não foi um governo de esquerda nem uma administração competente. Foi a gestão responsável pela atual crise fiscal.

A PEC do Teto é dura, mas não há outra opção no curto e médio prazo. Provavelmente será revista em dez anos ou até antes, se a economia melhorar significativamente. Mas a PEC do Teto é o que o Brasil, infelizmente, tem pra hoje. É o que país pode fazer diante do desastre econômico produzido por Dilma e pelo PT, que se negam a realizar uma autocrítica dos erros que os levaram a perder o poder.

Nessa toada, o PT vai continuar a encolher politicamente.

*

Governo se fortalece

O principal efeito político da aprovação da PEC do Teto é fortalecer o governo Temer, mostrando que a atual administração tem uma articulação eficiente no Congresso e capaz de aprovar outros temas espinhosos, como a reforma da Previdência.

O placar de 366 deputados federais a favor da criação da nova regra orçamentária ficou na faixa mais otimista prevista pelo governo, entre 360 e 380 votos. Essa demonstração de força política deve ter um efeito positivo sobre as expectativas econômicas.

Também deve ajudar os agentes econômicos a recuperar a confiança. Foi a primeira medida de impacto que o governo Temer entregou ao mercado financeiro e aos empresários. Era uma providência cobrada. Na sequência, outra medida importante será a reforma da Previdência. É bastante provável que seja realizada e que fixe a idade mínima de aposentadoria em 65 anos.

Ainda haverá mais um turno de votação na Câmara e outros dois no Senado para que a PEC do Teto entre em vigor a partir do ano que vem. O placar de ontem na Câmara sugere que a aprovação acontecerá.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
37
  1. Pasquale disse:

    Parabéns Kennedy

    • walter disse:

      Exatamente caro Pasquale, e Kennedy; custo a acreditar, que o PT foi um partido; não há coerência,. e nem inteligência…
      Estão a deriva, foram os causadores da catástrofe, e “se fazem de morto”; poderiam se aliar, a critérios mais inteligentes, mesmo que fugissem a realidade proposta, mas preferem a mediocridade…
      Se alguém preguntar porque, é muito simples; continuam com o velho discurso, como se estivessem no comando do País…melhor, como se dessem as cartas; ou seja, não “desmamaram ainda”, falta lucidez.

  2. Oposição responsável? Com o PT? Só pode ser piada de mal gosto, eles sempre jogaram contra o Brasil, sempre se preocuparam apenas com seus interesses mesquinhos e eleitoreiros, eles destruíram o país, agora que surge alguém com o interesse real de tentar melhorar as finanças públicas vemos estes demagogos gritando como se eles não fossem responsáveis pelo caos que hoje vivemos, a história já começou cobrar a fatura destes boçais, chega de sermos governados por corporações e sindicatos que não produzem nada, mas geram um peso enorme nas costas do país e não nos deixam avançar. Que o PT, PSOL, Rede, PCdoB, e toda a esquerda voltem para o limbo, de onde nunca deveriam ter saído.

  3. Edmar Alves disse:

    Não concordo que essa medida seja a única saída para o momento! Dentro do perfil desse governo Temeroso pode até ser, mas se fossemos um país serio que buscasse realmente a progressão democrática e pensasse no seu povo como um todo seria bem diferente! Têm varias outras medidas que poderiam ser implantadas para que se efetivasse de fato uma real economia de gastos públicos, mas principalmente democratização de investimentos e progressão ao remanejar melhor esses gastos de maneira a termos um retorno no futuro. Mas essa conta e atitude ai é só para a massa ver e gringo TER mais ainda! Pq não corte gastos de enormes salários (funcionarismo público) e aposentadorias especiais, corte gastos da velha e eterna elite que sempre viveu nas costas desses estudantes e doentes que estão perdendo recursos, aumente os impostos de quem ganha mais como é a logica do mundo,mas aqui é justamente o inverso, ainda corte gastos com publicidade para fazer lavagem cerebral na população, principalmente da TV!

    • Edmar Alves disse:

      Principalmente porque não fazem a auditoria da divida publica?
      Nenhuma organização do mundo consegue ou conseguirá arrecadar mais que os gastos com juros que o Brasil paga atualmente! Pode congelar todos os gastos do governo que ele morrerá “lutando”….ainda mais formando “vaquinhas de presépio”….

  4. rodrigo disse:

    PT é contra a Pec do teto porque com ela não conseguirão praticar mais o populismo e gastando dinheiro público com a irresponsabilidade que foi nesses ultimos 13 anos

  5. Rodrigo Branda Viriato disse:

    Prezado Kennedy, excelente análise. No entanto, se é que a limitação dos gastos é imperativa, a forma como ela será feita não é. Assim, cabem ajustes à PEC. É uma pena que em meio a tanta disputa ideológica uma discussão técnica mais racional não seja feita em torno da PEC.

  6. Mario disse:

    Caro Kennedy, você é um dos poucos jornalistas verdadeiramente independentes do Brasil, sem rabo preso com partido ou patrão. Por isso me espantou a facilidade com que você comprou o discurso do governo sobre a importância dessa PEC. Que a economia está em frangalhos ninguém discorda. Que é preciso de um ajuste amargo, menos ainda. Mas ESSE ajuste? Nenhum país em desenvolvimento pode fazer uma reforma dessa magnitude sem pensar em estratégias distributivas, em taxação de heranças e fortunas, em uma reforma fiscal progressiva e justa… Tínhamos uma chance de ouro nas mãos, a possibilidade de um ajuste real e eficaz, que saneasse as contas e ao mesmo tempo corrigisse as distorções que contribuem para a nossa infame desigualdade. Perdemos. Agora teremos que rezar para, num futuro próximo, a PEC ser revista por DOIS TERÇOS de congressistas, que terão que se bater contra a força e os interesses dos rentistas. Isso enquanto nossos idosos morrem na fila do SUS… Triste país!

    • marcio cabral disse:

      Meu Caro, o (des)governo petista teve 13 anos para resolver o “problema dos idosos na fila do sus”. Em 13 anos reduziu os investimentos em educação e saúde, porque estava ocupando construindo portos em outros países, estádios inúteis e lavando dinheiro. O estrago é tão grande que não se sabe direito por se começa para consertar. Chega de hipocrisia amigo.

  7. Paulo Miguel disse:

    Concordo que o PT e parte da oposição perdeu a oportunidade de fazer uma oposição inteligente a PEC 241, mas discordo quando você afirma que “a PEC de Teto é o que tem pra hoje”. Mudanças possíveis citadas por você mesmo mostram que a PEC aprovada poderia ser MUITO diferente. Além disso, a falta de debate sobre o assunto mantém a toada impositiva do governo Temer.

    Por fim, falha grande parte da oposição, falha ainda mais o governo.

  8. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    discordo Kennedy, a base eleitoral do PT é o movimento estudandil, sindicatos, servidores públicos! e esse pessoal todo está contra a PEC!!! portanto se o PT não combater, perde mais essa parcela da sociedade, e ai some do mapa de vez!!!

    talvez, uma oposição feroz a essa PEC, seja justamente a salvação eleitoral do partido para 2018 . . .
    o PT precisava de conselhos quando estava no governo, na oposição não! oposição sabem fazer como ninguém . . .

  9. Milton Moura disse:

    Graças a Deus que temos um
    governo pegando o rumo e agindo com responsabilidade a favor da nação. Portanto, se o “PT” não quer o sucesso do nosso país, “Fóra esses tranqueiras”

  10. Romanelli disse:

    tem razão ..perderam a oportunidade de serem o que os outros nunca foram com eles ..éticos e responsáveis ..coerentes
    .
    Fato – ao aumentar o déficit de 70 pra 170 o governo golpista tratou de estocar um pouco de gordura nos ditos limites
    .
    Fato – a mídia MENTE ao tratar a divida BRUTA como explosiva. A começar do fato de q ali tem US$ 370 bi na forma de reservas cambias que deveriam ser abatidas ..o mesmo fazem com a Petrobrás que teve boa parte da sua bancarrota devida ao preço do petróleo que chegou a cair 70%
    .
    fato – aqui no BRASIL é fácil segurar a esquerda corporativa e patrimonialista ..basta travar gastos e/ou eliminar impostos que serviram tão bem À DIREITA raivosa qdo no poder ..difícil mesmo é segurar a direita que a todo momento se pede de privatização e concessão, gerando-nos invariavelmente monopólio e ABUSO de poder econômica recheado de falácias ..fora concentração de renda, claro

  11. Alberto disse:

    Ao pt-partido terminal o repouso eterno.Requiem aeternan.

  12. Silva disse:

    Prezado Kennedy

    Acompanho o seu trabalho pelo portal e vejo muitos comentários/análises a favor e contra está PEC. O fato que é ela é polêmica. A PEC é uma boa medida para os interesses de mercado e investidores.

    A minha pergunta é acerca da sua visão sobre o impacto da PEC na saúde. Como atender a demanda crescente da saúde (envelhecimento da população = aumento custo saúde por pessoa) que é indiferente a inflação ou a condição econômica do país.

    Não vejo soluções apenas com a melhor gestão, como alega o governo. O governo Dilma, fora as questões de corrupção e a queda da arrecadação pela desvalorização das commodities, gastou mal o dinheiro que tinha.

    Mas todas as medidas econômicas propostas pelo governo (PEC: teto, educação, terceirização) são medidas que induzem a maior restrição social, com pouco impacto a classe média alta e empresariado.

    Por que o governo não apresenta propostas de tributação de dividendos, heranças e grandes fortunas, ou a volta da CPMF ?

  13. JOSELITO ARAUJO DE OLIVEIRA disse:

    Me desculpe senhor blogueiro, mas você é mais um daqueles que acha e o povo deve sempre pagar a conta. Tem muitas outras opções sim. Por exemplo: fechar o SENADO FEDERAL E REDUZIR O NÚMERO DE DEPUTADOS FEDERAIS; Acabar com aposentadorias e pensões de políticos, política não é profissão; Acabar com as mordomias e os altos salários nos três poderes, que nada ajudam o Brasil; acabar com os contratos bilionário feitos com as mídias para esconderem a verdade da política nacional. Meu caro BLOGUEIRO o problema do nosso país é a CORRUPÇÃO na política, na justiça e, principalmente no jornalismo, que faz o povo de idiota. Para que o povo não se volte contra a malandragem, a mídia dividiu o povo brasileiro em ESQUERDA e DIREITA, assim, enquanto a gente se debate defendendo o lado que vocês nos induziram a aceitar, vocês fazem a farra e riem da nossa ignorância.

  14. Santos disse:

    Ótimo comentário, porém vc vai atrair a raivinha do partido que nada vê, nada sabe e jamais aceita qualquer crítica, pois são “santos” ilibados e sem defeitos. Quanto a PEC, é realmente imperfeita, mas é algum começo para sairmos do caos em que estamos. Espero que muitas outras medidas sejam tomadas, principalmente o fim dos privilégios de uma minoria que sempre se beneficiou as custas do sacrifício da imensa maioria, sendo que para isso acontecer a população terá que participar ativamente pressionando nossas ‘excelências” de todos os poderes a tomarem medidas que nos levem, finalmente, a termos saúde, educação e segurança de qualidade e para todos, que é e sempre foi, obrigação de estados sérios e bem governados, ao contrário do Brasil, onde o governo se mete em tudo e não entrega nada.

  15. Mauro disse:

    PT…algum dia que não vai demorar a chegar, poucos lembrarão que isso existiu e que disse que governava um pais, mas que na realidade roubou e destroçou esse pais!
    O governo Tmer mostro como se lida com deputados, ou seja com dialogo, diferente da surda-muda ditadora que estava no Planalto e que se negava a ouvir os parlamentares e isso é fato pois até petistas reclamavam disso.
    Hipocrisia…esquerda é seu sobrenome, pois ser do contra é o que move gente que sabe que não pode mais defender uma ideologia morta, enterrada e mais do que podre e então é contra, para ser contra e nada mais. Querem por fogo no circo, apesar da surra gigantesca nas ultimas eleiçoes, mas o dia deles está contado e já no primeiro dia de 2019, estarão minusculos e sem voz, se Deus quiser…e ele há de querer!

  16. Paulo Ayres disse:

    Há uma diferença brutal entre as propostas de reforma propostas pelo governo Dilma e a atual. Congelar gastos sociais por 20 anos?? Falar em “discurso de responsabilidade fiscal” para bancadas do pmdb e principalmente do psdb?! Qual foi o discurso do aécio ao perder a eleição? Agir única e exclusivamente para paralizar o governo. O mundo está passando pela maior crise do capital dos últimos 80 anos desde 2008 que afetou praticamente todos os países. O governo cometeu seus erros, por exemplo, isoneração fiscal na ordem de 850 bilhões de 2010 a 2014 para os empresários, sem regras de reciprocidade, como por exemplo, não demissões. Soma-se a isso a campanha negativa da mídia e a paralisia da Petrobras e das empreiteiras, responsáveis por aprox. 25% do PIB.

  17. ANDRE disse:

    Acho que devemos ficar atentos e ter cuidado com as “verdades absolutas” que são alardeadas pelo governo e seus papagaios de pirata. Dizer “Mas a PEC do Teto é o que o Brasil, infelizmente, tem pra hoje” soa contraditório quando o prezado jornalista diz o que o PT poderia ter feita uma oposição consciente e conseguir melhoras no texto. Não entendo também “Foi a primeira medida de impacto que o governo Temer entregou ao mercado financeiro”, ora bolas, a câmara está legislando para defender os interesses da sociedade brasileira como um todo, ou para agradar aos financistas do mercado financeiro internacional? Pode parecer repetitivo, mas volto a insistir, se olharmos a trajetória de crescimento das despesas do governo nos últimos vinte anos, veremos que não houve a tão apregoada irresponsabilidade fiscal, houve sim uma irresponsabilidade com as taxas de juros, que levaram ao endividamento do governo e que ajuda os bancos a terem grandes lucros, mesmo neste momento de crise.

  18. herivelto disse:

    PT, PT, PT, PT, PT, PT, PT, PT…
    Só sabem falar que o PT isso e que o PT aquilo.
    Pelo jeito, entrar no Congresso é como entrar na cadeia: ou você se adequa às regras ou está morto. O PT fez e estava fazendo tudo certo. Tinha que dar o pulo do gato, mas foram imaturos e não souberam administrar os golpistas. O erro do PT foi deixar o golpe acontecer. Se já sabiam que era um, deveriam ter barrado. E mais: independentemente do PT isso ou do PT aquilo outro, nada ia e nada vai parar esses políticos ladrões que o país elegeu, claro, enganando população mais simples. O PT continua crescendo e irá se transformar num verdadeiro monstro, capaz de assustar o mundo neo-liberal.

  19. DIRETO AO ASSUNTO: ISSO É UMA VERGONHA... É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO! disse:

    PRESIDENTE TEMER: O que não vi até agora é nem governo, nem nenhum político da situação, nem da oposição, exigir que se “prove” que realmente a Previdência é deficitária.
    Todo mundo fala, mas não vi ainda uma auditoria provando, por A + B = TANTO DE DEFICIT.
    E, em se provando o deficit, mostrar, na base do A+B= Deficitária, onde ela começou a se tornar deficitária, os motivos etc etc etc.
    E, nessa busca “do porquê” mostrar se houve desvios de dinheiro da Previdência para outros setores, para bolsos etc etc etc.
    E, em se chegando à conclusão de que o deficit é motivado por desvios, providenciar os ressarcimentos devidos, DOA A QUEM DOER: ASSIM NO MESMO MODELITO DA LAVA JATO – DINHEIRO DE VOLTA E CADEIA!
    Presidente Temer, não se preocupe com reeleição, o senhor já tem 75 anos de idade, não precisa mais disso, coloque como prioridade número 1 passar esse país a limpo!

  20. ANDRE disse:

    Mas quanto a hipocrisia, concordo com você, ilustre jornalista. Ela não diferencia, esquerda e nem direita, está presente e institucionalizada na alma de nossos políticos, os posicionamentos e as ideias sempre flutuantes de acordo pra onde sopra o vento. Aqueles que eram contra, enquanto oposição, agora estão totalmente comprometidos e eram desde de criancinhas, aqueles que enquanto governo, propunham coisas parecidas, hoje as abominam completamente. O que vemos hoje é reflexo de tudo isto: uma fragmentação partidária não vista em nenhum lugar do mundo; Uma infidelidade partidária do mesmo tamanho; Um desapreço total a lealdade com país e aqueles que os elegeram; O PMDB COMO O MAIOR PARTIDO DO PAIS.

  21. Pasquale disse:

    11/10/2016
    Temer lembrou que o governo quer criar uma regra única de aposentadoria no país, incluindo os setores público e privado. “Não vai haver mais distinção na previdência geral e a pública. Nós temos de igualar isso e isso é um ponto já definido”, afirmou.

  22. Ray Magno disse:

    Concordo em gênero, número e grau com o Joselito.
    .
    E por falar nisso, aproveitando a Lava-Jato, por que não cortar as aposentadorias vitalícias de ex-presidentes da Petrobras e seus staffs, pois não são pouca coisa.
    .
    Mas a PEC tinha mesmo de ser revista. Como arrumar a casa sem começar a cortar gastos?
    .
    Além disso, quanto mais dinheiro largado sem uma administração realista mais o buraco aumenta. Já dizia meu avô: só podemos dar um passo até onde as pernas alcançam.
    .
    Estamos cansados de ouvir sobre má gestões, desvios e roubos em todos os setores de administração pública.
    .
    Resta agora seguir o dinheiro até onde ele for e punir quando sumir na calada da noite, senão é chover no molhado.

  23. Enio Jauar disse:

    Caro Kennedy,Pouco importa se responsável ou não a atitude do PT.A verdade que o teto dos gastos PEC (241) , é apenas fachada… É a política do FMI introduzida novamente no Brasil e na america latina ( vide Argentina ),Meireles e equipe econômica (muitos deles trabalharam p/ FMI)com o claro intenção de barrar a política de transferência de renda. Que para eles é “populista”, nunca soube o que significa isso… Existe política sem população, Kennedy? O erro do PT foi se utilizar de esquemas do PSDB e PMDB para se manter no poder , visto que, a esquerda dificilmente teria maioria para fazer sua política de inclusão. E a esquerda ainda sofre medo dos militares e setores do mercado financeiro. Cedeu muito para os mais ricos e pouco para os mais pobres.E este pouco e mais a política de protagonismo externo, foi considerado absurdo por setores econômicos, não satisfeitos Também com a política de valorização do salário mínimo. E se proveitaram da classe media ,para barrar o processo.

  24. MORO NA DINAMARCA TENHO CIDADANIA DINAMARQUESA QUANDO VENHO DE FERIAS VEJO QUE O BRASIL TEM UM CANCER ESSES PARTIDOS ESSES POLITICOS PILANTRA NAO EXISTE IDEOLOGIA NENHUMA AI EXISTE CARA DE PAU E ROUBALHEIRA E HIPOCRISIA NA DINAMARCA ESTAMOS MIL ANOS LUZ DO BRASIL ESSE ANO RECEBI DE SALRIOS 22 MILREAIS MAIS VOU RECEBER EM DEZEMBRO MAIS 9 MIL REAIS SO DE AUMENTO DA ECONOMIA DINAMARQUESA QUE CRESCEU 1,5 OU SEJA NAO VOLTO PRA MORAR AI NEM QUE ME PAGUE NIVEL DE CRIMES 000000000000000000000000000000000000000 NA DINAMARCA

  25. Luiz Gustavo disse:

    Com a aprovação da PEC 241, o populismo político está com os dias contados para os próximos 20 anos, pelo menos! Temos uma Constituição Federal com direitos sociais SUECOS e orçamento de PAÍS AFRICANO! Não tem como pagar a conta de tantos direitos sociais com ideologia! É economia estúpidos!!!

  26. sergio disse:

    Você está de brincadeira! Só pode ser! Vai levar ao caos social!

  27. Denis Pra;ça disse:

    É absurdo tentar justificar uma PEC que pretende jogar todo aumento de receita resultante do crescimento no serviço da dívida com base no endividamento do país. Existem no mundo 40 países com relação dívida/PIB pior que a brasileira. Muitos deles são países de primeiro mundo. Nenhum cogitou medida semelhante.

  28. PREVIDÊNCIA TEM QUE SER IGUAL PARA TODOS - PARABÉNS, PRESIDENTE TEMER, CONSTITUCIONALISTA RESPEITÁVEL! disse:

    PEC DOS GASTOS, NOTA MIL!
    PREVIDÊNCIA IGUAL PARA TODOS, ACABANDO COM OS PRIVILÉGIOS, NOTA MIL!
    AFINAL TODOS TÊM QUE SER IGUAIS, É HORA DE UM PRESIDENTE ENTRAR PARA A HISTÓRIA, DE VERDADE, NÃO COMO LÍDER POPULISTA CORRUPTO E LADRÃO, MAS COMO UM CONSTITUCIONALISTA QUE SABE QUE A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA É CLARA NO PRINCÍPIO DE QUE “TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI” (ISSO ENGLOBA TUDO, TANTO QUANTO A DIREITOS QUANTO A DEVERES).
    A PREVIDÊNCIA TEM QUE SER ÚNICA, IGUAL PARA TODOS: QUEM QUISER VALORES MAIORES, OUTROS PRIVILÉGIOS, TEM TODO O “DIREITO” DE PAGAR UMA “PREVIDÊNCIA PRIVADA”, QUE VIRÁ A SER ACRESCENTADA, NO FUTURO, À GARANTIDA PELO ESTADO!
    PARABÉNS, PRESIDENTE TEMER!

  29. José Vidigal disse:

    Dizer que a PEC 241 é a única opção do momento é um disparate. Como assim? Somente para sinalizar para o “DEUS” mercado. Se fosse um limitador como o crescimento do PIB seria até aceitável. Imagine que o país cresça 4% a.a., o que não é nada de extraordinário para um país como o Brasil, em 20 anos as receitas mais que dobrariam em termos reais e as despesas congeladas também em termos reais. Para quê? Para continuar pagando juros estratosféricos, que já poderiam ter abaixado com o arrefecimento da inflação provocado pela recessão que passamos. Enquanto isso gerações futuras serão sacrificadas por essa medida ignóbil. Isso sim, não vamos recuperar jamais, duas décadas perdidas. Fala sério Sr. KennedY Alencar!!!

  30. Giordano Mochel disse:

    Legal. Mas no lucro bancário ninguém mexe.

    • p/Giordano Mochel. disse:

      Mexer no lucro bancário é algo muito importante sim, mas tudo tem seu momento.
      É claro que é necessário, em primeiro lugar, conter os gastos, pois do contrário como alguém se arriscaria a investir aqui?
      Qualquer família “responsável” que se vê inadimplente, a primeira coisa que faz é “cortar gastos”!
      Uma família irresponsável, mesmo se vendo inadimplente, continua a gastar irresponsavelmente, igual estava fazendo o governo do projeto criminoso de poder!
      A primeira atitude do governo Temer está correta – sinaliza à nação e ao mundo que há intenção de ser um governo responsável, que honra com seus compromissos. Para isso é preciso sim conter gastos e uma reforma da Previdência (que acabe com os privilégios e dentro do princípio de que todos os brasileiros são “iguais”, em direitos e deveres).
      Em seguida, sim, chamar outros setores a também contribuír com cota de sacrifício – e com certeza o setor financeiro e bancário terão que ser “EXEMPLO”

  31. Leandro Alves disse:

    Pt e outros aliados são só oportunistas, na tentativa de se erguer por meios sujos como de fato sempre foi, no entanto, se consideram este o único meio, porque também não abaixam os salários absurdamente alto dos congressistas? Que ultrapassam os limites da soberba e ganância;o povo vai pagar por causa de um governo falido de 13 anos, mas também não olham para o autos impostos que pagamos e ainda tem que ver votação a bem próprio para aumento dos seus salários, ok chegará o dia aqui se planta aqui se colhe quem não colhe aqui vai pagar mais alto
    por sua soberba ganância.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-04-20 01:33:36