aki

cadastre-se aqui
aki
Política
03-06-2015, 8h00

PT e PSDB deveriam se unir contra redução da maioridade

Lula e FHC poderiam interromper campeonato de corrupção
113

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O risco de retrocesso político, econômico e social vem se materializando no governo Dilma Rousseff. Um novo centrão político, capitaneado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), tem tirado proveito da fragilidade da presidente Dilma Rousseff a fim de implementar uma agenda conservadora.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também tem se esforçado mais para impor derrotas ao governo do que em se reinventar como neodireitista, figurino que o deixa desconfortável. Mas é inegável que, no campeonato de vitórias sobre Dilma, o presidente da Câmara está na dianteira.

Com um ou outro gol de mão, como na manobra para incluir o financiamento privado na Constituição, Cunha tem obtido vitórias exercendo com gosto o seu poder na Câmara. É um político de direita que tem agido com sucesso e competência na defesa de suas bandeiras.

A aliança com legendas nanicas para derrubar o fim das coligações proporcionais merece críticas, porque acabar com essa carona que os pequenos partidos pegam em siglas maiores teria sido um avanço. No entanto, aconteceu um acordo político na Câmara entre forças que fizeram concessões para votar algo que consideravam importante para a própria sobrevivência. É a política como ela é.

No debate sobre a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, Cunha está jogando dentro das regras. Há uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) em tramitação na Câmara.

Não seria fácil, mas a melhor chance de derrotar essa medida dependeria de uma aliança entre o PT e o PSDB para criar um grupo político na Câmara que dificultasse a aprovação da PEC. Aprovar uma emenda constitucional não é tarefa fácil.

São necessários 60% dos 513 deputados e dos 81 senadores em dois turnos de votação em cada uma das duas Casas do Congresso. Isso equivale ao apoio de 308 deputados e de 49 senadores.

Na Câmara, o PT tem hoje 63 deputados. O PSDB soma 53. PSB, PDT, PPS, PV, PSOL e PC do B, partidos que, em tese, poderiam se unir contra a redução da maioridade penal, possuem juntos 87 parlamentares. Esse grupo atingiria 203 deputados. Sobrariam ainda 310 deputados.

Claro que haveria defecções no grupo de 203 deputados, mas governo poderia trabalhar o suporte de parlamentares do PSD, do Pros e até de legendas mais conservadoras, desde que tivesse algo minimamente sensato a oferecer em troca. Isso dificultaria bastante a aprovação de uma emenda constitucional.

Uma saída efetiva pode ser a proposta do governador de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin, de deixar a maioridade em 18 anos, mas alterar o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Alckmin já sugeriu a ideia de aumentar o tempo de internação do menor para até oito anos, sob o crivo de uma avaliação jurídica e psicológica, naqueles casos em que ocorram crimes hediondos. Esses menores violentos também ficariam em instalações físicas separadas dos demais.

Especialistas defendem o ECA. O Unicef também. É fato que o Brasil precisa cuidar melhor da sua infância e adolescência. Mas, se não houver um freio a esse centrão conservador, a vida dos jovens, sobretudo dos mais pobres, vai piorar no país.

*

O PT e o PSDB poderiam interromper temporariamente esse insano campeonato de quem seria o mais corrupto. É um equívoco, mas entrou no modo operacional de tucanos e petistas disputar quem joga mais sujeira para debaixo do tapete.

No entanto, brigas de foice à parte, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso poderiam deixar picuinhas de lado e dedicar parte do seu tempo a estimular uma linha de ação mínima para manter conquistas de suas administrações ou evitar que ocorram retrocessos que ambos impediram de materializar ao seu tempo.

Dilma Rousseff, Michel Temer, Aécio Neves e Geraldo Alckmin, entre outros, também poderiam dar uma ajuda.

Comentários
113
  1. Luis Carlos disse:

    Uma coisa passa pela minha cabeça, por que ser conservador é errado? Mais de 80% dos brasileiros é conservador (isto uma estatística conservadora… rsss)! A pauta da maioria não deve ser considerada?
    E por falar em pauta, aproveito para lançar uma pauta, pensando em engenharia reversa: a quem interessa tanto que NÃO se reduza a maioridade penal? Considerando o que tem sido feito pela educação no país, certamente não é de interesse dos governantes e dos não conservadores.

    • Carlos N Mendes disse:

      “Conservador” é um politiquismo correto que pode ser substituído, em qualquer frase onde o termo foi empregado em artigo político, pela palavra “egoísta”. Perceba que conservador, no Brasil, é sempre empregado para defender o modus segregacional atual – 0,1% com uma fortuna igual aos 50% mais pobres, brancos mandando, negros obedecendo, meritocracia no discurso mas apadrinhamento na prática, enfim, o bolo é meu e você não vai ver nem as migalhas. Sim, ser conservador é errado, pois para coneço de conversa, ser conservador é abraçar a utopia de engessar o mundo.

    • Ricardo Lins disse:

      E você acha que é coincidência que 80% dos brasileiros seriam conservadores como você diz ( e eu concordo ) e o país entrou no século 21 com uma das maiores desigualdades sociais do planeta depois de 500 anos de seu descobrimento ???

    • Leandro Ramos Benfatti disse:

      Tbm quero saber Luis Carlos o por quê de tanta gente ser contra a redução da maioridade penal. Será que essas pessoas são da turma dos “direitos humanos”?

      • Getulio disse:

        Acredito que sim os direitos humanos não querem a redução por que vai atingir em cheio a classe mais pobre o numero de presos vai duplicar nas cadeias vai faltar espaço a sorte do Pizzolato foi ter cidadania italiana deve ser isso tambem que os juizes de lá que não o deixam vir para as prisões brasileiras, lamento mas sou favoravel a redução da maioridade em crimes graves cometidos por menores chega de impunidade.

      • Joaquim disse:

        Contra dados não há argumentos, OK.
        Conforme entrevista da Juizá do menor de BH, são 10.000 menores infratores por mês na cidade. Como os menores só podem ficar presos provisoriamente por mais de 5 dias, pois se os menos ficarem mais o juiz responsável responde criminalmente ( só mesmo no Brasil ), na pratica o menor fica preso apenas 5 dias e eles sabem disto.
        Isto é uma epidemia 10.000/mês, cometendo todo tipo de crime e ficando preso no máximo 5 dias.Por tanto segundo a sua ótica devemos defender este tipo de impunidade.
        Como podem defender uma situação assim, será que acham que estes criminosos são todos pessoas ingenuas, como os politicamente corretos podem justificar algo assim.
        É a lei agindo contra o cidadão de bem. Temos a policia pedindo por mudanças, temos a justiça pedindo por mudanças, temos o cidadão de bem pedindo por mudanças e uma minoria de “entendidos”, fazendo lobby contra. Como diria um certo comentarista ” Isto é uma vergonha”.

        • Ricardo JC disse:

          De fato, contra dados não há argumento. No Brasil, 98% dos crimes são cometidos por maiores de 18 anos, ou seja, você pensar que vai resolver o problema da criminalidade no país atacando os 2% de menores infratores é brincadeira. Pior ainda quando se analisa as taxas de reincidência. Cerca de 70% dos ex-presidiários, no Brasil, voltam a cometer crimes, enquanto que apenas cerca de 20% de menores infratores que passam por instituições corretivas voltam a cometer infrações quando são soltos. Faça as contas de quantos bandidos você vai criar ao mandar os atuais “menores infratores” para as prisões brasileiras, que são verdadeiras escolas do crime. Use os 10.000 que você utilizou como exemplo…

          • elcio disse:

            Se a maioria dos que cometem crimes são maiores de 18 anos, pelo menos há leis para puni-los. se os menores são menos re
            incidentes, não seria porque eles se tornam depois maiores e passam para a estatistica como maiores? acho um absurdo quem defende a tese de que só os pobres seriam prejudicados com a diminuição da maioridade penal, estes defensores são os maiores intolerantes, pois colocam todos os pobres como criminosos. Isto é um preconceito contra o pobre, negro ou branco, que apesar de sua baixa condição economica, trabalha, estuda e não comete crime algum, seja hediondo ou não. Se apenas um menor criminoso for punido, já me considero um avanço para mostrar aos jovens que não cometem crimes que eles estão no caminho certo.

          • Joaquim disse:

            Ricardo, você esta partindo do pressuposto que estes menores, com a possibilidade de ficarem presos continuaram no crime. Por tanto no seu pressuposto não há o que fazer com estas pessoas. Seria melhor elimina-los?

    • Comentauro Costta disse:

      Brasileiro não é conservador nada!!!! É ignorante e tem problema para separar e organizar números (dados convenientes). A grande maioria dos brasileiros em todas as camadas da sociedade e profissões são ignorantes somente “amigos” de alguém que sabe alguma coisa e os ajudam. É amigo até que se sentem melhores do que quem lhes ajudou. Ai mordem a mão amiga ou matam a galinha que lhes da o ovo com corrupção para se manter na boas vida. Isto vale ainda mais para políticos e funcionários públicos.

    • JARBAS PEDRO disse:

      O conservadorismo não é o posicionamento que interessa à maioria do POVO BRASILEIRO, O CONSERVADORISMO PRESSUPÕE MANTER AS COISAS NO SEU STATUS QUO, e que não podemos querer que os direitos a EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA AO AMBIENTE SUSTENTÁVEL POSSA SER DE 30% DA POPULAÇÃO E 70% DA POPULAÇÃO VIVA A MARGEM DE TUDO E DE TODOS.

    • Dickson Medeiros disse:

      Bravíssimo comentário de Luis Carlos, sobre o comentário maniqueísta deste jornalista, ou seja, ser conservador ou de direita é errado, o certo seria a esquerda? Aliás, tão atrasado nesta pós-modernidade é a ideia que todo cidadão que tenha ideia diferente do “chamam” de esquerda é necessariamente de direita. Cunha pode até não ser flor que se cheire diante das dúvidas de sua honestidade política nas suas eleições, porém, fala ao Brasil o que a MAIORIA dos brasileiros quer ver. Mas neste país, os coitadinhos da minoria querem mandar na maioria e não querem a DEMOCRACIA. Sigamos portanto a democracia, que vença a maioria, simplesmente. Mas como diz o papa, é curioso a contradição destes hipócritas, pois querem proteger um “menor” de 16 anos, MAS AO MESMO TEMPO SÃO A FAVOR de matar um indefeso FETO de poucos meses. É o que a Bíblia fala do espírito do anticristo, qual seja, chamam o bem de mal e o mal de bem. Haja maniqueísmo.

    • eduardo disse:

      90% querem a redução da maioridade, então os deputados estão seguindo o que o povo quer.é isso que a gente deseja

  2. José Valente disse:

    Devem ser respeitadas as vontades da população brasileira… Isso significa que a maioridade penal deveria ser aos 16 anos e não mais aos 18 anos… Não interessa a opinião de fulano ou siclano…A vontade da maioria é o que conta

    • ana cristina disse:

      eu concordo, o adolescente pode votar decidir a vida de mais de 200,m de brasileiro então pode pode responde com 16 anos.

    • Leandro Ramos Benfatti disse:

      Bravo, bravíssimo!!! 🙂 😉

    • Eduardo Dias disse:

      a vontade da maioria elegeu este governo que está acabando com o país, democracia sem estudo cria o que temos no Brasil atual

    • Décio Gil disse:

      A maioria também é contra os impostos….

    • RENATO CRUZ HERNANDES disse:

      Se o poder emana do povo, a opinião do povo deve ser respeitada e nada mais justo do que levar o assunto ao referendo popular. Qualquer coisa fora disso,é golpe contra o povo que tem direito de se manifestar e não ficar a mercê de alguns pseudo intelectuais que moram em condominio fechado, andar cercados de seguranças e de carro brindado.

    • Djalma E. S. disse:

      Trabalho na educação na periferia da grande São Paulo e olha amigos a falta de responsabilidade dos tutores dos menores é estupida em sua grande maioria. o interessante é não pede um RG de menor na caixa de uma lotérica, porem se o menor ganha um premio quem recebe são os pais. Nas rebeliões das casas de recuperação, la estão os pais dias a fundo chorando, o numero pequeno de pais que vão nas reuniões as vezes não sabem as salas, o ano de frequência tão pouco o nome do professor. Hora , não sou tão a favor de quem defenda a redução da maioridade penal, porém acredito que se deva dividir esta decisão entre os pais, os professores em greve a tanto tempo(prejudicando somente os menores ainda não infratores), e o governo no tocante a segurança, a construção de novas escolas e na qualidade de alguns profissionais educadores.

  3. Renato disse:

    Infelizmente, a esquerda está vazia de propostas. Não é só aqui – no mundo, essas idéias de crescimento da economia e da sociedade escorados no Estado já foram derrotadas pelos fatos.
    O curioso é que a Esquerda – como bem se vê neste blog – se coloca numa posição de bússola moral, como se apenas (E APENAS) suas idéias significassem progresso, como se todas as outras devessem ser desprezadas ou, como preferem, eliminadas.

    Sim, esquerdistas não sabem negociar. Aliás, está no coração da teoria marxista a idéia de guerra de classes. Para haver guerra, tem que haver o que chamam de “consciência de classes”, um eufemismo para “pensamento único”. Fora desse “pensamento único”, é o nada, ou pior, é o inimigo e que tem que ser destruído. A mentalidade esquerdopata tem muito mais a ver com pensamento religioso (ruim) do que com pensamento político.

    Aprendam a conviver com o pensamento da diversidade. Aprendam a negociar.
    Viva o Congresso Nacional!

    • Iurislai disse:

      Caro Renato, por falar de esquerda x direita, grande exemplo bem atualizado de direita são os “velhões” ou “velhacos” da FIFA, e olha que espalhados por diversos continentes. Tem até um “jovenzinho” brasileiro, remanescente da gloriosa ditadura que está “de férias” na Suiça, quem sabe com término numa prisão qualquer nos EUA.

      • César disse:

        E bons exemplos da esquerda são os progressistas, Fidel Castro e seu irmão, Hugo Chaves e o seu sucessor Nicolas Maduro , o ditador Norte Coreano Kim Jong-un, o Presidente Russo Vladmir Putin herdeiro dos pensamentos de Vladmir Stalin. E se for para indicar condenados, nem precisamos ir até a Suíça, temos aqui mesmo os Josés para nos servirem de exemplo, José Rainha, José Genoíno, José Dirceu, todos vindos da época da ditadura.

    • GILBERTO DOS SANTOS disse:

      Como assim viva o Congresso? No comentário do Kennedy ele acabou de dizer que os congressistas estão se aproveitando da situação para emplacar derrota ao governo; na realidade estão emplacando derrota ao povo brasileiro, pois da mesma forma que a diminuição da maior idade penal e consenso entre o povo, financiamento privado, principalmente de pessoa jurídica, a candidato, também não tem a aprovação do povo, pois todos sabemos que é através destes “financiamentos” que começa a corrupção; portanto, todos com raríssima exceção trabalha sem visar o bem do país e sim seus próprios interesses. Outro mecanismos que deveria acabar, pois também, fomenta a corrupção é a tal das emendas parlamentares; ou legisla ou executa…

      • Cícero Lopes disse:

        É Gilberto. Você definiu muito bem a posição do Congresso. Ele é completamente fisiológico e corporativo. A saída é povo ir prá rua com pauta definida, e se não atendida, mostrar que eles são empregados do povo, e não senhores feudais como se comportam.

    • Mário disse:

      É amigo, mas ao que vejo o outro lado também não sabe negociar. Impõe, por puro revanchismo, medidas que não conduzem o país ao progresso. Deveriam aplaudir o que há de certo, de proveitoso e exemplificar suas ideias com clareza; assim, talvez, conseguisse reverter suas derrotas em 2018.
      O CUNHA faz coisas que sinceramente…
      O AÉCIO briga.
      O RENAN me parece não saber mais para onde vai correr.
      Por este motivo é que defendo: ZERO NELES!

    • Marcelo Hemmer disse:

      Caro Renato,

      Gostaria que nos revelasse em quais locais do mundo a ideia de desenvolvimento econômico a partir da intervenção estatal foi “derrotada pelos fatos”. A história econômica mundial nos mostra exatamente o oposto: os EUA, Inglaterra, Japão, Alemanha, França, dentre outros, somente alcançaram padrões de desenvolvimento inclusivo, com melhoria das condições sociais e econômicas, por meio do Estado. A defesa do livre mercado se revelou concentradora de riquezas e de mercado, promovendo o que se chamou de “ascensão do capital monopolista”. É importante também superar esta falsa dicotomia “marxistas X liberais” como se somente estas duas correntes existissem no mundo. Penso que a socialdemocracia e o trabalhismo de matriz inglesa tem muito a contribuir com experiências exitosas que fugiram ao simplismo reducionista de que: ou você é um liberal-capitalista ou você é um marxista (logo, comunista). Não estamos mais na guerra fria. Esse discurso ficou no passado.

  4. Na realidade o problema grave dos políticos no Brasil é que quando se elegem, esquecem de seus compromissos com o povo, a coisa fica pessoal, esquece que representam e trabalham para o povo, as picuinhas pessoais passam a ser mais valiosas, o poder passa a ser disputado. Esquecem que todas as matérias em discussão nos 3 poderes é em prol do povo, para o povo, e não para si. Um grande exemplo é a discussão da redução da maioridade, vê-se que o povo em sua maioria quer, mas os políticos não, quem detêm o poder maior? politico ou a nação? O interesse do povo é ignorado, pois o poder é fascinante, brilha os olhos da corrupção, da mentira, do crime, das pessoas más, ex: Sr Lula, Sr Geraldo Alckmim, Sr Fernando Henrique, quem roubou mais? quem sacrificou mais o povo? quem tem moral para falar do outro? Ainda falam separar o público do privado, olha quem fala. Aprioridade para esses casa de pau, é tirar proveito, roubar a pátria amada, não mais na calada da noite, mais sim na cara dura em qualquer horário. Sugestão, assim como o programa mais médico, porque não o programa de mais decência, mais politico honestos, mais justiça, mais segurança, mais educação. Será que iremos também precisar importar esse profissionais????

  5. Francisco Miranda disse:

    Bom dia Kennedy.
    Os dois,Lula e Fernando Henrique, precisam começar a dar exemplo de ética, caráter e amor ao próximo. Isto infelizmente eles não têm. Nem eles nem político em geral.Não adianta falar uma coisa e fazer outra.

  6. Cláudia Stefani disse:

    Primeiro Breno Altman, agora Kennedy Alencar dando prêmio de “político do ano” para uma das criaturas mais nefastas já surgidas na política brasileira e cujas “vitórias” não passam de extorsões obtidas sabe-se lá por quais vias e com quais intenções.
    “Gol de mão”? Foi uma ilegalidade! Até o ministro Marco Aurélio já se manifestou sobre isso.

  7. Sergio disse:

    Kennedy acompanho sempre seus comentários, por sinal ótimos e coerentes, mas nesse caso da redução da maioridade penal, não tem jeito, temos que fazer. Não temos hoje nenhum programa social ou vontade política para inserir esses jovens, e não é justo uma sociedade pagar com suas vidas.
    O problema é pontual e necessita sim de tolerância zero. Muitos deles vão pensar duas vezes antes de praticar um crime e claro muitas vidas de inocentes serão salvas.
    É muito comodo, para mim para você e outros tantos, que não tivemos um parente próximo atingido por essa violência, pensar assim. Porém se um filho perdesse a vida brutalmente, eu não me conformaria, não sei você.

    • Carlos N Mendes disse:

      Eu concordo plenamente contigo, desde que esse neopunitismo juvenil valha para o seu filho classe média e o meu, se por acaso eles forem flagrados puxando um fumo ou arrombando um carro. Vai ser muito educativo para essa molecada de 14 anos de Moema e Ipanema conviver 2 meses com o alto comoando do PCC ou a nata da fuzilaria carioca. E sem direito a banhinho.

      • Adriano disse:

        Mas, se ele estiver “puxando um fumo” ou “arrombando um carro”, só vai assinar o TCO, independente da classe social.

        A lei é só para crimes hediondos: homicídio majorado, latrocínio, estupro, estupro de vunerável, extorsão, extorsão mediante sequestro, genocídio, epidemia com morte generalizada, induzimento de vunerável à prostituiçao.

        Além desses, temos os equiparados a hediondos: terrorismo, tráfico ilícito de entorpecentes (na categoria de mentor intelectual, organizador, controlador.

        PS. Sou engenheiro, estudei minha vida toda em escola pública, passei no vestibular na época que não existia cota, minha mãe era professora de primário, meu pai era aposentado ganhava 1 salário mínimo. Mesmo com 5 anos de expericencia, estou desempregado a 2 anos, fazendo bico de eletricista e estudando para concursos da área jurídica e policial. Forte abraço.

      • José dos Santos Pereira disse:

        Até que enfim alguem fez um comentario logico.

    • Gustavo disse:

      Concordo com sua opinião. Não tem ninguem alí eleito por sua propria vontade, mas sim pela vontade cidadã dos eleitores. Pois bem, tem que ser feita a vontade da maioria. Redução da maioridade para 16 anos ainda está pouco. Quanto à distribuição de premios tanto para FHC ou Lula, vamos fazer o seguinte: escória é algo que serve para se jogar fora, não tem mais proveito.

    • silvio disse:

      É isso, vamos deixar de puritanismo e partirmos para a realidade, o ECA já não tem efeito para essa sociedade essa molecada tá precisando de limites que os pais não dão ou que não conseguem controla-los ,portanto leis severas neles antes que formem o PCM (Primeiro Comando da MOLECADA). Gostaram da sigla, pois é comecem a pensar nisso para você ou outros pais não terem que chorar depois.

  8. Lucio disse:

    Kennedy, não embarque no populismo cínico dos escroques que usam esse tema apenas para “tentar” manter a parte da população que é seu gado eleitoral ainda no curral.
    Como disseram os leitores anteriores, e com quem concordo plenamente. Porque só o pensamento de esquerda é certo? Mas não são eles os maiores apregoadores da diversidade de ideias e pensamento? Porque os “filhos” do gado eleitoral têm o direito de cometer crimes? Porque a “direita reacionária” dos “coxinhas” da “elite branca e opressora”, e outros atributos mais, precisaria fugir da briga, agora que, depois de tanto apanhar, resolveu revidar? A esquerda não era tão boa de briga quanto se pensava, era um engodo que foi desmascarado.

  9. Juliano Roberto disse:

    Kennedy, a imensa maioria da população brasileira não somente apóia como também exige a redução da maioridade penal. Maioridade aos 18 só pode beneficiar bandido, nós nada ganhamos com isso. As pessoas não querem retórica nem teoria sociológica, elas querem que os bandidos sejam presos, não importa a idade ou o viés ideológico. O que vai acontecer nos presidios, se eles tem capacidade pra receber tanta gente ou se as condições são adequadas é outro problema que deve ser discutido em outra esfera, por especialistas. O povo é especialista em pagar impostos e ser morto nas ruas. Queremos as ruas sem esse tipo de perigo.

  10. jacson sartoretto disse:

    A discussão não deveria apenas ser em diminuir ou não a maioridade penal, a discussão deveria ser em melhorar nossa educação, acrescentar na mente da juventude que estudar vale a pena, introduzir os jovens no mercado de trabalho, não apenas como jovens aprendizes, mas como mentes pensante. Temos que mudar nossa mentalidade, as crianças desde cedo devem ter compromisso com a educação, e os pais devem ter compromisso com as crianças. Nossos governantes deveriam parar de roubar tanto e investir na educação, o Brasil tem tantos homicídios, tanta gente envolvida com o tráfico de drogas, não apenas por que a educação é falha, mas também porque nossa justiça é muitas vezes inoperantes, milhares de discussões em nosso congresso que levam semanas sendo discutidas e a principal ninguém se preocupa EDUCAÇÃO, nenhum país consegue se desenvolver sem CABEÇAS PENSANTE, nosso congresso deveria antes de pensar em terceirização, redução de maioridade penal, redução ou aumento de impostos, etc, etc…. deveriam pensar em como fazer para que o Brasil entre no rol das grandes nações, não adianta ser a 7 econômica do mundo, não adianta erradicar a pobreza fazendo socialismo, temos que pensar na educação, temos que pensar em profissionalizar nossos jovens desde cedo, não adianta o Brasil ter um representante na NASA, não adianta termos um representante nas olimpíadas de matemática, temos que ter um país que pense em educar, ensinar, … creio que um dia nossa sociedade acordará e pensará desta forma, chega de brigar por coisas secundárias, segurança, saúde, criminalidade, ajuste fiscal, tudo isso é secundário, para a economia melhorar dependemos da educação, para a corrupção melhorar dependemos da educação.
    Obrigado pela oportunidade, grande abraço.

  11. M-Bill disse:

    Importante a Câmara e o Senado estarem atentos à voz que vem das ruas. Se estamos em uma democracia representativa, logo aqueles que lá estão devem nos representar e é inegável que a sociedade em sua esmagadora maioria é a favor da redução da maioridade penal para 16 anos. Se isto resolve ou não a recuperação ou a reintegração desses jovens na sociedade é outra discussão e penso que os assuntos não devem ser misturados, pois fato é que um jovem acima dos 14 anos de idade já tem discernimento entre certo e errado e portanto consciência dos atos que comete, devendo responder pelas consequências deles.

  12. luciano disse:

    Só para fazer um comparativo, até agora no Corruptômetro do PT marca R$5,00 por segundo desde 2002 de roubo do dinheiro do trabalhador e do empresário e da população, só com o mensalão e o PTrolão. Qual processo de corrupção que sofreu o PSDB? Nenhum, se algum político do partido sofreu algum processo de corrupção ou investigação, ele é expulso do partido, no PT eles são heróis e mártires levantando o braço esquerdo como dizendo “Missão Cumprida” agora me salvem da cadeia com 7 dos 11 ministros do STF, o FHC tinha 3. Como é que é mesmo? Comparar? Comparar oquê mesmo? Privatizações? Provem que houve corrupção, já caducou o tempo para processos,de vez em quando é bom observar a constituição né, agora os ptrolões da vida são troquinho perto do que está por vir, CPI do BNDES e da Caixa Federal, esses sim são graudos, petrolçao é quirela perto disso daí, é de onde está saindo todo o dinheiro para burguesia ptista, a classe alta ptista, hojem o PT éon partido da alta burguesia que tiram dinheiro da CAIXA FEDERAL e do BNDES, são a ELITE brasileira, ou é invenção minha.

  13. João Alberto Afonso disse:

    Caro Kennedy:- Falar em FHC e LULA para se unirem contra a questão da redução da menoridade penal, é falar de dois dos maiores corruptos que chegaram ao cargo de Presidente, um com a pasta rosa para conseguir novo mandato com a maldita reeleição e outro com o comando, no mínimo, do petrolão e mensalão. Agora, a violência campeia impunemente, tendo como grandes autores os chamados “DI MENOR” e alguma coisa deveria ser feita ao tempo desses dois corruptos, como também no governo da incompetente Dilma e nada aconteceu. Claro que educação e oportunidades deveriam ser o projeto maior da nação, mas isso ficou delegado a segundo plano porque interesses escusos tiveram prioridade, dentre eles continuar no comando do País custe o que custar. Por fim, são 90% de brasileiros que querem a redução da maioridade penal porque convivem com a violência e, se o governo é do povo e por ele será exercido, evidente que sua vontade há de prevalecer, até porque garoto de 16 anos bem sabe o que é certo ou errado. Ainda mais, nossos intelectuais são a casta mais imprestável da nossa sociedade porque adoram falar de pobre tomando bom vinho em Paris e outras grandes capitais.

    • CARLOS OLIVEIRA disse:

      Vivas ao comentário do João Alberto Afonso sobre nossa “casta de intelectuais”. Faço coro, acrescentando que essa turma abomina a “direita” porém nunca viu o marxismo e outros “ismos” similares darem certo em país algum do mundo !!!!

  14. Luís disse:

    Caro Kennedy. Não vejo ligação de FHC com a corrupção que assola nosso País, mesmo porque ele está longe do poder faz tempo. Agora, no caso do Lula, está claro como a luz solar que este indivíduo é o maior responsável, não o único, por toda essa onda de corrupção que assola o governo e instituições brasileiras.

    • Ricardo disse:

      Cegueira seletiva. Onde voce estava na compra da reeleição? E nas privatizações? E no escândalo do Banestado (do mesmo Youssef e do mesmo juiz Moro)? E o trensalão? E o roubanel? E a taxa selic a 45%? E o desemprego a 30%? E a inflação a 12%? Naquela época estava “tudo bem”, né? cada um…

      • Joaquim disse:

        Ricardo, por favor pare com isto, isto já venceu, vocês tiveram 13 anos para investigar e punir e na fizeram.
        Outra coisa ( para seu conhecimento nunca votei em FHC, mas infelizmente votei do Lula ) dizer que o FHC foi o único beneficiário da reeleição é no minimo faltar com a verdade, pois temos no Brasil 27 governadores e mais quase 6000 prefeitos e de todos os partidos, por tanto naquele momento era interessante para todos, por tanto não acredito que houve compra de votos, porém se houve e vocês petistas acreditam nisto por que não investigaram???
        Sobre o mensalão mineiro, vale aquele ditado, diga com quem andas e direi quem és, pois olhe com quem anda o Walfrido dos Mares Guia.
        Para mim e para grande maioria da população Brasileira o grande erro da privatização, foi não ter privatizado a Petrobras, com toda a certeza estaríamos muito melhor.

  15. Ricardo Neme Nasralla disse:

    É retrocesso não ver o que está acontecendo. Não existe nos dias de hoje, maioridade para crimes hediondos como vem acontecendo. Não pode existir maioridade para punição contra atentados à vida do próximo como vem acontecendo. Querer impedir punição exemplar a menores que praticam crimes de adultos é responsabilizar-se pelos crimes e ser tão criminosos quanto eles na maioria dos casos. Tenho sete filhos e doze netos. Se algum deles cometer crimes que vem sendo cometidos por menores sob a égide de latrocínio ou efeito de drogas, devem ser alijados da sociedade. Mas, há motivos atenuadores da pena por praticar algumas ações nocivas.

  16. Marcio da Rocha Soares disse:

    Kennedy, pelos comentários acima tenho a certeza que a maioria da população brasileira é a favor da redução, entendo que essa mudança é uma das poucas que realmente refletem a vontade do povo, dentre as que tem sido rejeitas e outras aprovadas por esse congresso, se sua opinião pessoal é contrária, por favor verifique, faça uma pesquisa, e quem sabe aceite a vontade da maioria

  17. marco disse:

    quanto a discução sobre amioridade penal, penso que deve-se julgar o tipo de crime, e não olhar a idade de quem o cometeu, se menor ou maior de idade, devíamos ter um código penal atuante e de resultados, se de menor deveria permanecer internado em regime fechado até a maioridade e após deveria cumprir-se o restante da pena em regime fechado em prisão convencional, mas infelizmenete como sempre quem decide não é quem elege e sim os eleitos. (que democracia é esta?)

  18. Mary disse:

    É triste a situação do Brasil atual, a câmara dos deputados corruptos e acharcadores em sua maioria fazendo cpi contra outros corruptos, isto é uma violência também, sei que é mais difícil ver uma pessoa sangrando e morrendo com uma facada por causa de uma bicicleta e uma carteira, porém todos sabemos que não é este sistema penitenciário que vai consertar ou diminuir jovens assaltando e roubando, mas uma educação eficiente e igual para todos, compreendo também que as pessoas que perderam algum ente querido atualmente tem todo o direito de se revoltar contra o sistema, na minha família também tivemos em 1985 um ente querido morto em assalto, na época foi revoltante, hoje sou a favor da menor idade penal sim pra 12 anos, porém que sejam presos em casas de detenções socioeducativas.

  19. Não tenho partido. Entretanto, igualar o PT com o PSDB em matéria de corrupção não pode ser levado a sério.

  20. João Dias disse:

    MAIORIDADE PENAL:
    Colocar um menor de 18 anos atrás das grades é uma coisa não muito aceita pelo governo do PT e principalmente pela Presidente Dilma Rousseff, mas o que está em jogo não é somente tirar um menor criminoso das ruas. Trata-se de que existem menores que roubam um biscoito no supermercado para se alimentar ou cometem pequenos furtos e existem menores BANDIDOS que assaltam a mão armada, roubam carros melhor que os adultos, cometem sequestro relâmpago, cometem LATROCÍNIOS (roubam e matam a vitima) como o médico ciclista no Rio de Janeiro. Na minha opinião os menores pequenos infratores devem ser tratados como vem sendo tratado o menor infrator hoje. Mas quem comete crimes hediondos e forem considerados violentos devem ser tratados como os maiores de 18 anos e separados dos maiores. Quem comete crime de gente grande tem que pagar como adulto.

  21. Rodrigues Minas disse:

    Meus caros, deixando as picuinhas dos políticos de lado, ninguém fala das causas deste problema de não tratarmos das nossas crianças e adolescentes.Segundo a minha umilde opinião qual é o principal motivo de termos tantas crianças e adolescentes nas ruas e sem nenhum cuidado. Primeiro porque a quantidade de crianças e adolescentes é enorme. O pais teria que ter muito recurso(dinheiro) para construir creches e escolas descentes e depois manter estes locais com pessoal treinado, alimentação, agua, energia etc. Hoje temos uma das maiores cargas tributária e não sobra dinheiro. Independente do motivo de não sobrar dinheiro, temos que ter uma política para a familia. Hoje os menos favorecidos são os que geram mais filhos. Não sou contra a natalidade. Sou contra o fato de que muitas crianças nascam em familias totalmente desestruturadas. O pai não assume e a mãe abandona a criança a própria sorte. Em muitos casos as mães tem filhos para receber o salário familia, o que é um absurdo. O que acontece com as crianças e adolescentes é a nossa realidade hoje. Nas cidades maiores se pode ver bandos de crianças nas ruas e quando vão ficando maiores partem para a criminalidade sem se falar no fator das drogas que atualmente esta totalmente dissiminada.

    • Djalma E.S. disse:

      Concordo, porém se estes pais tem em mente que vai receber o salario família, bolsa família, vale gás Etc. Devem ter em mente de que serão responsabilizados pelos atos infratores de seus filhos.

  22. PEDRO PAULO SALOMÃO disse:

    O grande problema do Brasil, é que seus políticos são só políticos e só exercem política, não exercem cidadania, que deveria ser a função principal do político, do congressista nas três esferas. Se apegam às consequências dos atos corruptos ou errados uns dos outros e armam uma verdadeira guerrilha pessoal ou partidária desarmada dentro das “casas do povo”, Câmara, Senado e Palácio do Planalto! E se esquecem de quem os elegeu; o povo. E o pobre povo ainda paga, como se essas casas fossem ringues de lutas livres, judô ou UFC, para assistirem seu próprio sofrimento de camarote. Gozado também, é que a sensação que tenho é de que, aqui, não existe a política emanando do povo e voltada a defender os direitos do povo, da nação, mas sinto sim um confronto diário entre o povo e o governo. O governo perseguindo com suas desmedidas e insaciáveis ganâncias o povo, e o povo se guardando das garras afiadas, maléficas, e dos sonhos faraônicos e prejudiciais ao povo, do governo. Se estou errado, me desculpem, mas é o que sinto exalar da guerrilha desarmada armada lá por eles, naquele ringue nojento e já sujo de sangue, suor e lágrimas antes até do começo da luta. Pedro Lecuona Brasil.

  23. mario perz disse:

    Enquanto políticos e a sociedade em geral não cair na real que o problema do menor infrator é simplesmente um problema social em que, os mais ricos não gostam de dividir, pois a massa maior do dinheiro está nas mãos deles, não teremos respostas positivas a respeito, outra coisa, cuidemos mais das nossas famílias, a mídia televisiva quer acabar com a família, encaremos esses fatos como reais!!

  24. Sônia Ribeiro disse:

    Infelizmente, em tempos de guerra, há que se sacrificar parte da população, em prol dos homens de bem, que nada têm a ver com a balburdia instalada no país, quando recursos públicos que deveriam ter sido aplicados convenientemente em educação, saúde e segurança há muito tempo, visando um melhor resultado hoje, foram desviados pela corrupção desenfreada, galopante, apátrida! Nos resta agora, infelizmente, tentar banir os menores infratores cruéis e que cometem crimes hediondos, da sociedade; antes que não haja mais homens de bem neste país. Não há cadeias para todos, o que deveria ter sido solucionado também há muito tempo, dada a escalada da violência. Sabemos que esses menores infratores sairão das mesmas mais especializados em crimes, entretanto, num país em que o povo trabalhador e honrado, vive numa berlinda. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come….

  25. ANDERSON disse:

    A politica é hipócrita, partidos demais avacalham a democracia,união de partidos de oposição ainda mais neste caso, vai contra nós trabalhadores, que somos assaltados, esfaqueados ou até mortos por menores de 10,12, 14, até 17 anos e 11 meses,a quem interessa isto?Discordo em reduzir, acaba-se com a maioridade e cada um responda, a UNICEF, O ECA, não são sérios como deveriam.

  26. Itamaraty Em Chamas disse:

    Ser conservador não é errado. De fato, já que o ECA é a lei vigente, conservadores, em relação ao ECA, são aqueles que apoiam a regra atual, ou seja, PT e PSDB. Definições à parte, a redução da maioridade não é exatamente uma bandeira da direita, mas em um outro espectro, uma bandeira dos que acreditam que a punição é mais relevante que a prevenção. Do outro lado, há aqueles que acreditam que a prevenção é mais relevante que a punição.
    Analisando ambas as posições, entendo que nenhuma está correta: Quem só previne não tem mecanismo para punir e conter, enquanto quem só pune não cria mecanismos para previnir, oque gera um circulo vicioso. A idéia de prevenir como estratégia principal faz todo o sentido, desde que os mecanismos para punir/conter também estejam colocados e funcionando. Ou seja, o sistema e a severidade da punição/contenção deve ser o necessário ao cenário atual, enquanto a prevenção deve focar na manutenção ou melhora dos índices de criminalidade futuros. O único ponto real de conflito deveria ser a disponibilidade de recursos, já que ambas as estratégias/funções consomem dinheiro. A argumentação de que o ECA é perfeito porque especialistas e a UNICEF o defendem é vazia: Quem define as leis é a sociedade, e não grupos de interesses estrangeiros ou locais, e tais leis atendem não somente à uma perspectiva, a do ótimo segundo os especialistas, mas também ao equilíbrio com outras áreas. Oque os especialistas e a UNICEF dizem sobre como lidar com os crimes severos cometidos hoje? Como eles propõe que seja mantida a ordem na sociedade hoje? Me parece claro que eles pensam no sistema ideal, nos resultados futuros, numa sociedade pacífica e utópica, que nada tem de semelhante com a cultura e realidade brasileira. A estratégia parece ser a de preparar o futuro, e de deixar o presente explodir, como punição à sociedade que não preparou o presente corretamente quando teve a oportunidade. Todos os criminosos atuais, e os novos entrantes, jovens menores de idade, são culpa da sociedade, e portanto não podem ser punidos. Quem é punida é a sociedade. Essa lógica não pode ter sucesso, só pode levar à radicalização, à revolução.

    Política e ideologia à parte, o ECA não lida adequadamente com crimes de grande severidade, tanto no aspecto de punição quanto no aspecto de contenção. Um criminoso que comete tais tipos de crime é permanentemente perigoso para a sociedade, pois de forma geral, não é facilmente recuperável. A vontade de devolve-lo à sociedade recuperado não pode superar a sobriedade de verificar se ele realmente está recuperado. Os mecanismos de penas fixas e não superiores/acumuláveis além de 30 anos, progressões automáticase excesso de recursos jurídicos criam um sistema falho, que não pune adequadamente, e nem contém. No caso de menores de idade, a falha é ainda mais séria, já que é popular a idéia de que um menor de idade não será punido, não importa oque faça. É preciso limitar essa garantia, criar um risco para aqueles que cometam crimes severos demais, ou propositais baseados na expectativa de impunidade, para que mecanismos adequados de contenção e punição sejam aplicados. Um assasino e estuprador de 14 anos deveria passar o resto da vida na cadeia, assim como o mesmo com 21 anos. Já um furto ou tráfico de pequena escala deveria ter punições brandas e alternativas, mas reais, de forma a educar e recuperar. O nosso sistema e legislação é comprimido demais, tudo é tratado de forma parecida, para adultos, e de forma leniente, para jovens.

  27. Luis Claudio disse:

    Temos que ter orgulho com a evolução no Brasil da “antiga caixinha, agrado, presente , brinde etc”. Hoje chegamos ao patamar mais elevado “a corrupção”. Isso se deve ao tamanho do favor prestado. Não se pode dar um brinde para quem recebe uma obra de (cem milhões, um cargo no gabinete, um mandato, um habeas corpo etc. Quanto a maioridade penal não é a solução neste momento. Ainda não temos um sistema que possa receber esses infelizes. O sistema não é penal. Os bandidos são os mais beneficiados pelos direitos humanos. E esse D.H. só funciona da sociedade/da policia para os bandido. Do bandido para a vítima eles não o desconhece. Tratamento sócio educacional são para quem está aqui fora. E devemos deixar claro que educação é diferente de conhecimento. Estudo escola é para obter conhecimentos. A menos que volta a antiga matéria “moral e cívica”.

  28. Ora, convenhamos, Kennedy, dizer que o cara dá tiros, assalta, esfaqueia e rouba as pessoas de bem porque é pobre é uma afronta à minha inteligência e um insulto aos outros 99,9% de pobres honestos deste país. Um indivíduo aos oito anos de idade já não é mais um imbecil. Ele sabe distinguir o que é certo do que é errado. Mas vocês, “socialistas bondosos”, estão dando a senha para que esses facínoras continuem a cometer os seus crimes impunemente. Punição severa para bandidos desalmados é o mínimo que se espera para termos uma sociedade justa, não importa a idade do delinquente.

  29. Pasquale disse:

    Um Delegado amigo meu,é a favor da da diminuição.
    Ele diz que da muito trabalho,quando um menor é pego.
    E depois não acontece nada.
    Estou apenas postanto a opinião de um profissional, que convive diariamente
    com todos os tipos de crimes.

  30. Carlos Alberto disse:

    E se o mensalão voltasse (se é que foi abolido)? Será que o congresso não acompanharia a presidenta? Acho que é hora de acabar com esse congresso infestado de ratos e urubus, de gente inescrupulosa mamando nas tetas da nação às custas dos contribuintes. Pra que serve um deputado no Brasil? – Para corromper o sistema, só isso. Nada fazem em prol da nação e da população, só legislam em causa própria e em busca de interesses pessoais.

  31. Raymundo disse:

    O presidente da Câmara Eduardo Cunha, está agindo como se fosse um Hitler, ao insistir nesta PEC para rebaixamento da maioridade penal. É do conhecimento dele e de todos os brasileiros, que a população carcerária bem como o número de homicídios em nosso país, é constituída na sua grande maioria, de jovens pobres e, principalmente, de negros.
    Portanto, a estes jovens, os governos e os poderes constituídos (Câmara e Senado), para por que o ECA seja realmente implementado e, que haja por parte dos governantes, investimentos em educação em tempo integral e, em melhoria e expansão dos Centros de Ressocialização dos menores apreendidos.
    Trabalhar com seriedade no oferecimento de uma educação de qualidade em tempo integral e, no oferecimento de programas sociais que envolvam jovens das periferias, seria estar apostando na redução da criminalidade em nosso país e reduzindo as desigualdades sociais.
    Isso sim, que deveria ser a grande pauta de discussão dos governos e, de nossos representantes nas duas casas legislativa e, da própria sociedade conservadora.

  32. Nardo disse:

    16 anos é muito.
    O ideal seria 15 anos.
    Esse menores matam sem pena e sem dó.
    Cadeia nesses bandidos.

  33. Guedes disse:

    Como se discute bobagens neste país, deveríamos estar preocupados com educação de qualidade e não como vamos prender e qual idade devemos encarcerar os menores que não vão á escola e que não tem educação.

  34. joaquim disse:

    Maioridade penal para quem? Para o filho da moradora da favela ou para o abastado filho da moradora dos jardins. A possibilidade de condenação ou absolvição: será mesma? Respeito a opinião daqueles que defendem a mudança. Mas dizer que o tratamento será o mesmo…A minha dúvida não é quanto à necessidade, mas a aplicabilidade da lei. Reflitam sobre isso. Até porque, o que tiver 15 anos e 367 dias, poderá praticar o crime da mesma forma. Não é a idade, mas como será punição e as condições que serão oferecidas para que esse(a) adolescente possa se ressocializar.

  35. Alexandre disse:

    A maioridade penal pode continuar aos 18 anos, oque é necessário mudar é a punição, não importa a idade, cometeu crime hediondo, terá que ser punido como qualquer pessoa; ou acham que jovens de 15 anos não sabem o que estão fazendo? Sem falar em atualizar o código penal e processo penal, mas, aí, é outra conversa…

  36. Paulo Roberto Barreto de Meireles disse:

    Vou repetir o que já disse uma vez: Os que estão lá no congresso não priorizam solucionar os problemas da nação, e sim os próprios. Tudo bem que almejem cargos e poder de mando, mas a maior prioridade para a qual foram eleitos, é estabilidade social do povo e seu desenvolvimento econômico sustentável; e o sustentável aí, é no sentido de um crescimento econômico com foco na população. Não adianta amealhar grandes riquezas, pois caixão não tem gaveta e mortalha não tem bolso.

  37. João Carlos disse:

    É impressionante como o brasileiro se acostumou a ser capacho: se o menor mata e rouba… “Coitado, pra que reduzir a maioridade penal? Ele vai conviver com ‘bandidos’ malvados e ficar pior”… Pior?…Rsrsrsrs… Hipócritas. Sabem o que um moleque desse faz com uma arma na mão? Vem dizer que são “pobres coitados”?… Hilário. É isso que eles querem, trouxas. Conversem com eles nas ruas… Eles dão risada de vocês, babacas.”Tio, é só fazer cara de coitado pros home que tá tudo certo. Amanhã tô na rua de novo”. Tem que ter prisão perpétua, isso sim. E sem limite de idade. Se pode matar, se pode bater, se pode aprontar… Tem que ter responsabilidade para arcar com as consequências.É isso que ensino para meu filho de 12 anos e que ele não entende: ” Mas pai, o “tal” faz cada coisa na classe e o professor não pode fazer nada. Se é assim do jeito que você fala, porque ele tem problema?… E lá vou eu dizer de moral, de respeito, de honra… Por vezes acho que o estou condenando a um sofrimento muito grande: como viver em um mundo respeitando que não o respeita?… Mas a decisão é dele! Um exemplo: Sabem o que é ser “peitado” por uma menina de seus 10 ou 12 anos, simplesmente porque pediu “docilmente” para que parasse de bagunçar? Que o desafiou a tomar uma atitude,além de falar? Que rilhou os dentes, cuspiu no chão e tudo mais e só parou e saiu fora quando mostrei meu sangue “Cohab House”, que graças a deus eu tenho com muito orgulho… Sabe de quem é a culpa por esta criança estar assim? Sabem de quem é a culpa por esta criança estar com seu futuro perdido? Culpa de vocês, pensadores fúteis e inconsequentes, que defendem estas leis que não podem ser cumpridas, que são impróprias, que estão apodrecendo este país e matando a boa moral, distorcendo o que é bom e transformando o Brasil em uma terra sem lei. Porque acham que a maioria delas não existem em outros países? Claro, somos os “super”, os outros são os ignorantes.. É! Países como EUA, Inglaterra, Suiça, Alemanha, Suécia,França, Noruega e Canadá, entre outros, punem sim suas crianças, quando estas cometem crimes, como se fossem adultas. Só no Brasil, afogado em seu complexo de inferioridade e um certo grupo de brasileiros, em condição idem, tentam com atos sem o menor cabimento, inconsequentes e irresponsáveis, até porque jogam a responsabilidade no Estado e as consequências em toda a sociedade, se fazer parecer o que não são: desenvolvidos educacionalmente e socialmente. É! Alguns comentários aqui escritos dão raiva de se ler, por que só repetem o “blá blá blá” dos que querem ver o país se destruir.É isso que acontece atualmente. A estrutura social está se fragilizando e com isso o poder das autoridades se extinguindo. Até professor virá bandido neste país. E boa parte dos país, que deveriam apoiar, pois são seus filhos os maiores prejudicados pelas educação de má qualidade, chama este cidadãos de “baderneiros”. O Brasil,senhoras e senhores, é uma terra sem povo, um Estado sem nação. O Brasil, senhoras e senhores, é um grupo de sanguessugas que formam um povo sem cultura e sem orgulho, que só pensam em ganhar, ganhar, ganhar… Não pensam em melhorar as condições de vida para as próximas gerações… O negócio é agora, “Eu, eu, eu…” , não importando o que vão destruir. O Brasil, senhoras e senhores, é uma nação sem coração. Um colapso social nos aguarda. Nós estamos pagando para isso. Estamos financiando com nossa inconsequência o aumento da criminalidade e da impunidade. Sejamos nós ou nossos filhos, alguém vai encerrar esta conta com sua vida, seja ela extinta ou encarcerada em um futuro sem prosperidade. Uma subsistência estéril. A gente olha lá os jihadistas e radicais com suas guerras e não vemos a porcaria que estamos fazendo, criando nossos radicais da violência. Morre mais gente aqui,por ano, por causa desta violência, do que nessas guerras. E ao gente diz: “coitados”… Minha geração está destruindo o equilíbrio e a ordem no Brasil, destruindo as leis e promovendo a anarquia social. Que raiva que eu tenho disso.

  38. JANDIR disse:

    Maior idade penal ao 14 anos, seria razoável . O problema de nosso país, não é só corrupção, mas todo o sistema, que continua feudal disfarçado de democracia.Quanto a Lula ou FHC não ponho a mão fogo . Mas com relação ao Lula tudo começou com o foro de São Paulo !!

  39. Nilson disse:

    Kennedy, os menores até que poderiam passar por um processo de educação,porém isso é coisa que não existe no Brasil. E nas classes menos favorecidas ainda é pior. Mas o menor que vota escolhendo os ditos “NOSSOS REPRESENTANTES ” pode matar roubar etc e não pode responder por seus atos? Estamos na contra mão da história,pagamos imposto sobre imposto e não temos nada em troca. Nada de educação,nada de saúde,nada de transportes de qualidade,nada de segurança, nada de nada. E agora nos ariscamos nas ruas,nos semáforos e até em casa em perder a vida por um menor nos transformando em mais um nos numero da estatística dos crimes dos MENORES.

  40. antonio barbosa disse:

    Kennedy, com todo respeito, você me parece “Alice nos país das corruptomaravilhas”. Você julga que entre corruptos existe honra? Sério mesmo? Lula e FHC…DESCULPE… só rindo. O pai do PROER e da progressão sem mérito e o pai do MENSALÃO/PETROLÃO unidos pelo bem maior do país. Acorda caro blogueiro. Você já viu briga de gregos e troianos? De um lado “Aquiles e do outro Heitor”. Pouco importa o que está em jogo, primeiro eles se olham no espelho para ver quem está mais “bonito e pomposo”, depois um “gólinho” porque ninguém é de ferro, e ai vamos a luta companheiro. Esta sua pretensa defesa de menores assassinos é uma brincadeira. Ontem eu escrevi, mas você não publicou. Paciência. Como eu te disse se as coisas continuarem como estão vai haver retaliação e não será pouca coisa não. Todos estão cansados de ver assassinos saírem pela porta da frente rindo da sua cara e com ficha limpa. Isto tem de ter um fim, ou o fim será de seus defensores.

  41. mmm disse:

    Para com isso… comparar o corrupto lula com qualquer outro ser humano já seria vergonhoso, quanto mais com alguem que nunca nem foi citado em processo de corrupção… coisa de petista pão com mortadela mesmo!

  42. Ivo disse:

    O Brasil é o País do ” tem que…”

    Tem que isso, tem que aquilo, e fica nisso…Pátria do tem que…

  43. Aane disse:

    Eu e meu filho estávamos conversando sobre esse assunto ontem à noite. O Brasil está dividido, não mais em partidos de direita ou esquerda, mas por quem defende suas causas com “briguinhas particulares”. Recado aos políticos: os senhores precisam fazer o melhor para o povo, para os brasileiros. E aguardem as próximas eleições. O povo tá cheio de tantas “desgovernanças”!!!

  44. Nilson disse:

    É preciso distinguir com clareza os aspectos da redução da maioridade, o fato é que é preciso uma ação imediata que atinja os menores deliquentes, não dá mais para conviver com isto. O outro é planejar com ações educacionais à partir dos 4 anos de idade até os 18 anos para todos pensando num prazo de pelo menos 15 anos e aí sim colheremos frutos destas ações.
    Qto às denominadas “picuinhas” mencionadas pelo Kennedy entre Lula e FHC, discordo, o Ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso está acima de qualquer suspeita sob qualquer circunstância, quanto ao Lula não dá pra botar a mão no fogo, a corrupção liderada pelo seu ParTido e complascencia do seu e do atual governo dizem por sí só quem são e o que representam estas pessoas

  45. Cara, se voce defende a vontade popular, a voz da massa que é soberana, não fica esperneandop ara valer sua opnião. Para os que vivem bem guardadinho é facil falar “dos coitadinhos de 1,90m esfaqueando os outros”, mas pra nós, aqui da rua, do povão, a faca corta e a bala entra.
    Veio, deixe de hipocresia para defender sue ponto de vista. É a voz do povo, companheiro.
    E mais, quantos escândolos foram apurados envolvendo o FHC ???? Hein. O govoerno que o suscedeu tinha força política para levantar todas as lebres. Por que não o fez?????? Então, até que se demonstre a corrupção do FHC, eu fico com as provas dos inúmeros e ainda, inacabados, casos de corrupção apurados no governo do Lula, o filho do Brasil.

  46. ANÍBAL DOS SANTOS FILHO disse:

    Deve ser alguma pegadinha!

  47. LYRA disse:

    Pergunta-se: Como pode corruptos acabarem com a corrupção? Claro que nunca, esses dois bandidos são titulares das quadrilhas das privatizações, projeto SIVAM e mensalão, sem que necessitamos citar as outras falcatruas em que estão metidos.

  48. Francisco disse:

    Na minha opinião quem não esta a favor da redução da menor idade
    e porque esta com seus filhos no mal caminho.

  49. gilmar pardinho disse:

    Acho que a maioridade penal já tinha que ter sido aprovada a mais tempo, se 16 anos pode decidir o futuro do país ele tem que responder pelos seus atos, ter só direitos é muito bom agora ter direitos e deveres é o justo, alguns comentaristas, políticos, defensores dos direitos humanos e etc nunca pensou nos milhares de pais de família que já morreram por mãos de delinquentes menores de 18 anos que são menores para os deveres e maiores para os direitos. Um jovem de 16 anos sabe sim o que é certo e o que é errado,acho que esta lei tem que ser aprovada urgente e inclusive o jovem de 16 anos pode obter sua CNH, sou casado há 20 anos tenho 03 filhos e sempre converso com eles sobre estes assuntos e não aceito desvios prezo pelo bem estar deles e da minha família e acho que temos que criar uma lei mais rigorosa para o tráfico de drogas também, e vou longe acho que uma prisão perpétua para quem trafica é algo que pode mudar a situação atula.

  50. César disse:

    O que é a esquerda no Brasil? Os apoiadores da esquerda já pararam para pensar em como age a esquerda no Brasil? Qual é o volume dos Lucros dos bancos na era PT? Eles não eram contra os bancos? A quem o dinheiro do BNDES está ajudando? O dinheiro do BNDES tem sido emprestado a grandes grupos e a multinacionais por toda a era PT. Não eram eles contra os patrões e defensores dos trabalhadores? Não defendiam o capital nacional? Porque para os mais ricos, os juros são baixos e subsidiados e para os mais pobres, extorsivos e impagáveis? Não eram contra o FMI? Então porque querem criar o seu próprio FMI junto com os BRICS? Se aqui faltam recursos para tudo, vamos retirar recursos nossos para empresta-los aos outros países? Não era a esquerda contra as privatizações? E agora que estão no governo concedem à iniciativa privada portos, aeroportos, estradas, ferrovias, estádios de futebol, etc. Tudo construído com o dinheiro do contribuinte e explorado por empresas particulares que visam lucro. O problema é que a esquerda que discursa contra o capital, adora dinheiro, confunde o público e o privado, como se o estado lhes pertencesse. Criticam a direita mas querem ser ela. Criticam as elites mas querem pertencer à elas. Discursam para os pobres, mas, trabalham para os ricos. São amadores aventureiros na administração do estado e na política externa. Se acham os únicos donos da verdade e os salvadores do mundo. só que o verdadeiro comunismo jamais foi implantado em nenhum lugar do planeta. Simplesmente por que para o comunismo funcionar, o ser humano tem que ser completamente honesto, todos devem viver para o bem estar comum, e a ética e a moral devem ser elevadas. O ser humano teria que atingir a perfeição para o comunismo funcionar, o que sabemos, está muito longe de acontecer. É por isto que o que temos hoje é uma esquerda socialista radical, que não deu certo em nenhum lugar do mundo, com ideias atrasadas e estatizadoras, comandados por ditadores que impõem as suas vontades a força a população oprimida. Ditaduras de esquerda. Onde a pobreza não é erradicada e sim eternizada. E a liberdade passa a ser um sonho distante para o povo governado a mão de ferro. Não precisamos de um regime de esquerda para concertar o país. Precisamos é gente honesta e de vergonha na cara!

  51. sidney disse:

    cara pode votar e fazer o futuro do brasil aos 16 anos mas nao pode ser julgado pelos seus atos de estupro,roubo,matar e ate tirar a vida de um pai de familia para que nao sabe tres menos pegaram uma menina estupraram ela e fizeram atrocidades com ela eai nao fizeram nada por eram crianças uma criança dessa tinha que ir na casa de um parlamentar ou ate dos direitos humanos sabe porque isso nao acontece eles tem seguranca tem dinheiro para andar de blindado resumindo tem que mudar a lei penal que é defasada em brechas em argumentos

  52. Claudio de Oliveira disse:

    Enquanto os nossos politicos não tomar vergonha na cara e parar formar pares no congresso para aprovar picuinhas, alimentar corrupção, tirar proveito politicamente falando, coisas que não interessam ao povo brasileiro e ao BRASIL, eles vão enrolar e não vão fazer nada que interessa ao povo que os elegeu. Enquanto isso muitos menores vão matar, estuprar, roubar as pessoas honesta e trabalhadoras deste pais. Meu Deus quando isso vai acabar, vamos ser uma nação descente, onde os imposto vão voltar para o povo como benefícios em Saude, Educação, Segurança, transportes, saneamento, etc…. e etc…. heim?

  53. Mario Carlos de Freitas disse:

    Não concordo com a redução de idade. Sou mais favorável a eliminar-se qualquer tipo de limitação para impunidade criminal. O assaltante que roubou a moto de meu genro, levou dois tiros do policial que presenciou o ato. Idade do assaltante: 14 anos e estava armado. Atirou contra o policial e errou. O policial, não. A limitação, seja ela de que idade for, só fará bandidos cada vez mais novos. Acredito na punição compatível com a idade. Outra coisa, por que criminosos com curso universitário tem prisão especial?

  54. delmo oliveira disse:

    Caro Kennedy;
    O Lulopetismo desde que alcançou o poder central em janeiro de 2003, só fez o planejado no tal projeto de perpetuação do poder, tanto assim, que se une ao pior da política nacional, aí estoura o escândalo do MENSALÃO, e todos achavam que era só, e hoje assistimos escândalos em série, e tenha certeza muito mais virão até o final do desgoverno II da Dilma Rousseff “A Mentirosa”. Acho muito difícil o Professor Fernando Henrique Cardoso se misturar com o Comandante Luis Inácio Lula da Silva, é como tentar misturar água e óleo. PT NUNCA MAUIS!!!

  55. Marco Antonio da C. Lopes disse:

    Considero um erro enorme e tendencioso nivelar esses dois ex presidentes da república.
    O Sr. Fernando Henrique Cardoso se mostro, de fato, um estadista. Já o Sr. Lula mergulhou o pais numa profunda crise ética, disseminando certas práticas perniciosas para todas as esferas públicas e privadas.

  56. Ronaldo Guazzelli disse:

    A esquerda nunca teve proposta concreta !!!!
    É só proposta utópica e que eles sabem que nunca vai acontecer.
    A distribuição de renda é ruim ? é claro que é e vai continuar sendo para todo o sempre e em todos os paízes , a não ser que se nivele por baixo como Cuba , mas nem assim daria certo pois a família Castro é uma das mais ricas do mundo.
    Maioridade penal aos 16 anos já !!!!!!!!!!! com agravamento da pena em crimes contra policiais.

  57. Ronaldo Guazzelli disse:

    Está na hora de todos deixarem o ego de lado e trabalharem em prol do país.

    E o povo que se diz de esquerda deveria deixar o pré julgamento de lado e além de ler e ouvir o Kennedy e o Nassif , deveriam ouvir um pouco o Reinaldo Azevedo.

    Não existe verdade absoluta em nenhum dos lados.

  58. nelson evaristo moreira disse:

    Concordaria com a redução da maioridade penal para 16 anos, se tivesse a certeza que ela reduziria a violência no Brasil, porém existem fatores que impedem a redução da mesma:
    – conservadorismo retrógrado da nossa sociedade, que olha somente para seu “umbigo”, NÃO TEM IDÉIA DE CIDADANIA(DEVERES E OBRIGAÇÃO NA RELAÇAO ENTRE PESSOAS E O ESTADO), APENAS QUER MANTER SEUS PRIVILÉGIOS. QUE ESTÃO ENRAIZADOS DESDE AS CAPITANIAS HEREDITÁRIAS, NÃO LÊ, NÃO PARTICIPA, ENFIM NADA PRODUZ EM PROL DO SEU PAÍS, OU COMO DISSE PRESEIDENTE KENNEDY” NUNCA PERGUNTE O QUE SEU PAÍS PODE FAZER PARA VOCÊ, MAS O QUE VOCE PODE FAZER PARA SEU PAÍS”
    – Na minha opinião os principais motivos da violência são:
    – Justiça lenta e sem equidade, gera impunidade.
    – Consciência política para poder cobrar e votar corretamente.
    – falta de oportunidades para trabalho e estudo (escola), E SAUDE PARA TODOS.

  59. José disse:

    O governo não cumpre o ECA, não dá assistência aos menores carentes, não dá ensino profissionalizante, deixa o dinheiro de verbas sociais sumir pelo ralo, e quer que nós permaneçamos à mercê dos bandidos mirins que a negligência e irresponsabilidade oficial criaram? Como já disseram muitos jornalistas, a corrupção é cúmplice da violência.

  60. antonio ivo galvao neto disse:

    O PT e a Dilma querem bagunça quanto mais melhor por isso senhores fora Dilma e leve o pt com você.
    Cadê o dono do brasil esta escondido depois de tudo errado que ele fez.
    Só aparece para recolher os louros.Vamos lá SR Lula da Silva Comunista Nato

  61. Edson Silva disse:

    Maioridade penal para 18 anos serve para Países com educação adequada até esta faixa etária.
    Então que se reduza a maioridade penal para 16 até que a nossa educação possa criar cidadãos.
    Até lá, maioridade para 16 anos e sem fiar truculência por parte de menores escorados na lei.

  62. Eloá Assef disse:

    Muito triste você comparar desta forma tão simplista os dois partidos, não posso dizer que o PSDB seja feito somente de santos mas com certeza não comungam desta pouca vergonha (uso da máquina pública, cabide de empregos, corrupção) e mentiras pelo poder a qualquer preço como você julgou

  63. walter schlobach disse:

    Eu gostaria que não houvesse idade penal, independente da idade o criminoso tem que ser punido, é de cedo que se corrige quem erra, e o crime de menores nada tem com problemas sociais, não existe igualdade entre as pessoas, devemos respeitar as desigualdades, o preso deve trabalhar para pagar sua estadia na cadeia e para os crimes com morte, só a pena de morte como punição.

  64. Camila Lemos disse:

    Vamos falar sério ? Querem um Japão ou China?
    Redução da maioridade penal passa pelo desespero de uma população honesta, trabalhadora, pagadora de impostos etc(rotulada de conservadora)que desesperada diante da avalanche de violência, clama por solução.
    O Brasil atual é o País da caridade, enviamos dinheiro para Cuba, Angola e outros, entretanto nosso sistema carcerário carece de investimentos. Parece que a vida em outros países, é mais importante que a vida de quem gerou as divisas enviadas.
    Atualmente o que mais cresce no País além da população e criminalidade são os direitos, esquecendo a fonte pagadora, deveres e a responsabilidade para com os demais.
    Tornaram a previdência pública onde até mesmo quem não contribui tem direito, desta forma qualquer estrangeiro tem mesmo direito que o trabalhador que contribui por 35 anos ou mais. Fácil abrir para todo mundo, oferecendo um serviço precário afinal a demanda é maior que a arrecadação.
    Falam em escola pública, porém a qualidade é tão péssima que o governo atual criou cotas para incluir alunos da rede pública nas universidades federais.
    Buscando votos de uma juventude que clamava por mais direitos e democracia, nasceu o voto aos 16 anos.
    Buscando diminuir a fome e miséria, nasceu o bolsa família, muito parecido com um bônus filho. O estado ao invés de despertar a consciência da população para somente ter os filhos que consegue manter, educar e criar, assumiu parte da conta.
    População crescendo subsidiada por governo, sem a devida educação, saúde, segurança, habitação e emprego para tantos é uma equação fácil de chegar ao resultado = BRASIL ATUAL.
    Brasil que precisa desmatar, inundar áreas verdes, indígenas etc para gerar energia,empregos produzir mais alimentos a qualquer custo, aumentar pastagens,ampliar cidades, estradas etc.
    Precisamos medir muito bem as coisas, nada é feito sem consequências, muito fácil bancar o caridoso deixando uma conta elevada para gerações futuras.
    Cada pessoa neste País tem responsabilidade diante de tudo que ocorre, seja quando se omite, olha para o lado, paga propina, fura uma fila, joga lixo na rua, troca o voto por uma possibilidade de emprego ou ganho futuro etc… A china de 1,357 bilhão de hab. obriga-se ao tipo de trabalho, condições de vida e regime político muitas vezes condenado pois de outra forma entraria em colapso.
    Apenas para reflexão ” ESTAMOS ONDE NOS COLOCAMOS”

  65. Alexandre Lacerda disse:

    A minha visão é bem mais simplista e direta, veja o caso de um animal selvagem raríssimo como um tigre, enquanto ele vive no seu habitat protegido deixando humanos em paz ele também terá sua paz mas na hora que ele decide comer gente só há duas opções: morte ou jaula por uma simples questão de que ele solto é uma ameaça terrível a pessoas de bem; existe um fato óbvio que ninguém discute, a vida de uma pessoa de bem tem muito mais valor que a liberdade de um psicopata violento, mesmo que esse elemento selvagem seja fruto desse blábláblá de sociedade injusta, classista, escola ruim, oportunidades ruins, não importa a causa dele ser assim, o fato é que ele é um maníaco assassino que não deve conviver em sociedade; se fizessem uma consulta popular > 90% pediria redução da maioridade penal; o motivo real do governo ser contra é o fato de que preso não gera lucro de corrupção, é difícil desviar muito dinheiro de comida e roupa de preso e muito menos de salários de agentes prisionais, só haverá um ganho inicial com a construção de novos presídios através dos desvios com licitações mas depois fica a conta que o governo prefere não pagar e ter grana para gastar com bolsa família e outras ações voltadas ao processo eleitoral. Essas discussões biofilosóficas são só fumaça para esconder os verdadeiros interesses do governo; fica esse besteirol de dizer que um cidadão de 17 anos que já matou 3 e mata o 4o. com 20 facadas não sabia o que estava fazendo como se fosse um doente mental, me poupem dessa besteira. O cara tem mais de 16 anos e comete crime contra a vida qualificado ou crime hediondo fica de cana separado dos adultos e dos menores menos violentos; se cometer esses crimes mais de uma vez aí fica de cana com adultos; cometeu crimes leves sem violência contra a pessoa fica de cana nos locais apropriados; o resto é balela. Esses caras estão soltos por aí e a próxima vítima pode ser o otário que os está defendendo cegamente; é igual o aborto, toda vez que vejo um louco defendendo a liberação dessa atrocidade eu digo ao tolo que ele agradeça a Deus que a mãe dele não o abortou quando o gestava.

  66. Ana disse:

    E a mídia deveria sair de cima do muro e falar o que todos nós brasileiros queremos ouvir, a verdade sobre o mensalão do Lula e o Petrolão da Dilma. Ate o apresentador do EUA bateu panela quando soube quem é o PT 307

  67. nunes disse:

    Há quem diga que é melhor aplicar em educação nos menores que resolveria. Se educação valesse muita coisa, não teríamos tantos ricos formados de depositando dinheiro da corrupção em paraísos fiscais como a Suíça etc. Tem deles que são até membro da academia de letras. A Alemanhã não teria saqueado os Judeus e depositado na Suíça.

  68. Luciano disse:

    Sou estudante de direito e tenho debatido esse assunto dentro de sala de aula e em outros locais, há um pequeno consenso no meio acadêmico, que reduzir a maioridade penal para 16 anos seria inócuo do ponto de vista jurídico penal. Isso porque além de trazer uma insegurança quanto ao que realmente será aplicado no cotidiano e a possibilidade de se recrutar cada vez mais menores a cometer crimes. Meu pensamento é que deve ser punido todo aquele que entende ser ilegal ou ilícito o ato por ele praticado independentemente da idade, ou seja, não existir a maioridade penal e sim a consciência penal punitiva. Se a pessoa entende que o fez é ilegal e portanto não é lícito, entende consequentemente que há uma punição para esse ato e deve pagar por isso.

  69. A maioridade penal aos 16 anos é plenamente justificada uma vez que hoje os menores criminosos sabem que nada vai lhes acontecer, tem completo conhecimento das leis, quanto ao argumento de que a porcentagem de criminosos com menos de 18 anos é pequena eu observo que os criminosos maiores de 18 anos já cometiam crimes quando menores, aliás há menores que com 16 17 anos já assassinaram diversas pessoas e continuam completamente soltos, reconheço que é dificil encontrar um consenso a respeito do assunto, mas alguma coisa precisa ser feita imediatamente, acho que o menor deveria ser punido pelo tipo de crime cometido, claro que isso equivaleria a não levar em conta a idade, a sugestão do governador Alkmin é até boa, o menor assassino tem que ficar preso no minimo 8 anos , mas em prisão diferente de presos de alta periculosidade, onde aprenderia entre outras coisas uma profissão!O que não pode é um assassino continuar solto só porque tem menos de 18 anos!

  70. Erasmo Moraes Oliveira disse:

    Engraçado , o “lula” até hoje ataca o Governo do PSDB, mas com a evidência da Incompetência dos petistas para Governar , pois são bons mesmo é em Corrupção , e Abandono da Classe Média , vejam o estado em que se encontram , todos os Índices estão anteriores a 2003 , os presidiários mais que duplicaram desde 2003 , a Classe Média está endividada e o Projeto de Governo foi pro brejo , esta TURMA está no Governo desde 2003 e não acharam nada que incriminasse o FHC , por isto só Falam , mas não AGEM, na verdade falam uma coisa e fazem outra , são mestres na arte de enganar , agora que podem ser extintos no Voto e na Justiça , pedem arrego , assumam o que são e pecam , DELAÇÃO PREMIADA .

  71. SILVIO MIGUEL GOMES disse:

    Se for decidido em pebliscito, o povo vota contra. Está nas profundezas da alma da imensa maioria pobre que “só pobre vai para a cadeia”. É só bater nesta tecla e o exemplo máximo são os estupradores da USP, como são ricos ninguém pede a pena de morte, ninguém fala em linchar, nem ao menos divulga. Hoje o Brasil tem 400 bilhões de dólares de reserva, é o 4º maior credor dos Estados Unidos. Riquezas nunca foram usadas em benefício da população: perdemos o ouro, o café, o ferro e outras riquezas minerais, das várias fases de boas agriculturas. AGORA O GOVERNO FEDERAL faz cortes, mas dá R$ 188 bilhões para o agronegócio (cadê a tal iniciativa privada).

  72. HELIO Q. AMADOR disse:

    É fácil resolver o problema da criminalidade do menor:
    1-Permitir que passe a trabalhar a partir de 14 anos.
    2-Dar redução de impostos para empresas que contratem pessoas entre 14 e 21 anos.
    Exemplo: redução do valor pago pelas empresas no percentual do INSS, enquanto o empregado estiver nessa idade.

  73. douglas disse:

    Se os chamados menores praticassem crimes para levar dinheiro e comida para sua família podia se falar que o problema é educação, mas o que se vê não é isso, cometem crimes para ir para as baladas bem vestidos e farra, se os políticos daquele congresso falso acordasse para esse fato a maioridade deve ser de 12 anos.

  74. Geraldo Maia disse:

    Kennedy, a responsabilidade de fazer o Brasil dar certo não está nas mãos de Lula e FHC, muito menos, nas de seus respectivos partidos – PT/ PSDB. O Brasil é um país de mais ou menos 200 milhões de brasileiros e, compete a todos nós o futuro desta nação. Entregar nossas vidas nas mãos de alguns poucos dá no que estamos vivenciando há quinhentos anos: a exclusão e marginalização da grande maioria. Nos últimos anos, muito coisa foi feita para melhorar nosso país: houve redução da pobreza, do desemprego e uma ínfima redução na desigualdade social. Boa parte da nossa juventude está tendo acesso à universidade (embora a qualidade do ensino possa ser questionada). Apesar dos avanços, Sr. Kennedy, como a mídia tem nos apresentado esses avanços. Parece que os profissionais da mídia não têm noção da responsabilidade histórica da sua função e se amesquinham fazendo politicagem, impedindo a população de ver os avanços que estamos vivendo. Nossa mídia fomenta a exclusão, a violência e o preconceito, para manutenção do status quo de um mundo para poucos. Sr. Kennedy, n~so se muda a história da noite para o dia. Nosso país é jovem e está em formação. Todos nós, povo, mídia e instituições devemos ter ciência disto e assumirmos nosso papel dentro dessa história.

  75. Ray magno disse:

    Prezado Sr. Kennedy:

    Inicialmente devo dizer que me incomoda sua gravata e colarinho. Desculpe-me sou do povo e da classe média afogada nas crises.

    Não nos venha dizer que a imprensa é livre e V.Sa., defende seu único e pessoal pensamento. Discordar em sua coluna de seu empregador e patrão nem pensar, não é mesmo?

    Nem vou falar do irritante e atribulado Cunha, cuja vida política foi sempre articuladora em defesa de grandes empresários e interesses muito aquém daqueles do povo de quem obteve mais votos. E nem do Renan, amigo do Sarney.

    Desejo dizer que se V.Sa. é contra a redução da maioridade, apresente fundamentos, sugestões e soluções para a criminalidade nesse país. Um menino de oito anos de idade, oito anos, senhor Kennedy, ontem esfaqueou uma jovem aqui no Rio de Janeiro. E, então, há ou haverá alguma solução do Estado para esse menino e outros menores que o acompanhavam e também esfaquearam a jovem para roubá-la, ou virão a cometer outros crimes piores até que cheguem aos dezoito anos com uma ficha policial infernal e habilidades incomuns para crimes maiores e tráfico?

    Gostaria de vê-lo defender uma mudança completa na estrutura dos três poderes, ao invés de opiniões isoladas, momentâneas e ruidosas. Apresente planos, idéias funcionais, estruturais, para esses homens de nossa política. Terá coragem de uma mensagem desse teor para aquele enorme percentual de políticos comprometidos e absolutamente sem pátria, amigos inseparáveis do dinheiro fácil e corrupto?

    Enquanto isso, as crianças de dezoito anos, de dezesseis, e oito, matam nossos familiares.

    Na Inglaterra, crianças criminosas de doze anos são condenadas à prisão e os crimes desse tipo são muitíssimo reduzidos. E ninguém reclama da “dureza” das leis daquele reino. E então, o senhor acha que um criminoso de dezesseis anos não deva cumprir pena?

    Que o isolem dos grupos dos demais criminosos nefastos, mas cumpra a pena, pois nada agora de melhor há para ser feito nesse nosso arcabouço social apodrecido.

    Mas o restante da população carcerária, aqueles inúmeros que daqui a pouco voltam para as ruas e novamente nos roubam e matam?

    Não lembro de V.Sa. ter se indignado contra isso em suas colunas. Se houve, desculpe-me, mas quando foi mesmo? Teriam sido todos aqueles das carceragens, somente menores infratores,ou nosso descaso social é um excelente manancial para a criminalidade? Não é hora também de uma campanha acirrada de reforma institucional, de jogar no lixo tantas leis ineficazes, protecionistas dos grandes e ricos, e substituí-las por outras novas, arejadas e justas para nós os contribuintes sempre violentados?

    Isso que gostaria de ler do senhor – soluções brasileiras inteiras e completas de efeito – e não partilhar da corrente dos bonzinhos, dos chove-não-molha que fingem não ver que nossas instituições estão completamente falidas e corrompidas, e precisamos, pelo menos, de deter o crime em todas as faixas etárias, e de muitos presídios novos.

    Saudações,

  76. Felipe disse:

    Eu acho engraçado que a esquerda quando é pra falar de propostas que vão contra a sua vontade não gosta de participação popular.
    Quando há propostas a favor aí são totalmente a favor da “sociedade civil”

    Relativismo moral que vivemos.

    Ser conservador é errado?

    Só para a esquerda raivosa e ditatorial que não aceita ideias contrárias.

    Esta esquerda é tão boa, mas tão boa que temos ao ano 50000 assassinatos por ano no Brasil.

    A esquerda é tão boa que hoje praticamente não temos partidos de direita no Brasil.

    Sim PSDB é igual a um Petista com complexo de superioridade…

    PSDB é esquerda também.

    Acho que FHC e Lula deviam unir-se em prol de suas causas.

    Mas todo mundo tem que saber que estes são da Esquerda, já que ideias de direita e conservadoras são atacadas de forma escandalosa por jornalistas e artistas que em sua maioria são de esquerda muitas vezes por conta dos incentivos financeiros que recebem.

    Isso tá em muitos casos (como disse Antonio Fagundes) produzindo censura pior que na Di

  77. Nada pode servir de desculpas para justificar um homicídio. Essa discussão social é ideologicamente alienante. Matou-se por que estava embriagado, por que é pobre, excluído socialmente. O incrível situa-se de que os próprios assassinos sabem que assim não o é. O Brasil constitui uma parcela de miseráveis e nem por isso eles saem matando por aí. Se verificassem a causa de homicídio verão que de longe muitos matam em virtude da impunidade. Roubou e foi para o parque de diversões, roubou de novo foi liberado poucos meses ou dias, o temor de errar já não se manisfesta nos crimes. Uma morte provocada por assassinato deve ser severamente punida, pois pobreza, embriaguez, droga, alucinação não devem servir para justificar mais mortes. Outra: nunca se matou tanto como agora com o PT. Estão doze anos no comando e não resolveram a questão da violência. Não promoveram as mudanças que agora desejam. A quanto tempo querem esperar para que mais mortos se debruçam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-20 13:12:56