aki

cadastre-se aqui
aki
Política
08-09-2014, 22h08

Quem tem foro no STF pode questionar delação no PR

7

Postado por: ISABELA HORTA

Advogados de políticos com foro privilegiado defendem que a delação premiada de Paulo Roberto Costa deveria ser feita em Brasília, no Supremo Tribunal Federal. Em depoimento à Justiça no Paraná, o ex-diretor da Petrobras acusou dezenas de congressistas de terem se beneficiado de um esquema de suborno da estatal.

Como deputados e senadores são julgados perante o STF, a delação premiada em relação a eles precisa ser aprovada pelo ministro Teori Zavascki. Ele que já teve divergências com o juiz federal do caso, Sérgio Moro. Mas Zavascki tem um perfil conservador. A tendência é que faça uma análise cuidadosa das provas fornecidas por Costa.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo nesta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff disse que não teve conhecimento de crimes cometidos pelo ex-diretor da Petrobras. A declaração é uma estratégia de defesa política e jurídica. Nos bastidores, comenta-se que Dilma afastou Paulo Roberto Costa da estatal devido a rumores de corrupção.

Dilma confirmou na entrevista que o ministro da Fazenda Guido Mantega não fará parte de um eventual segundo governo da petista. Segundo a presidente, o ministro alegou questões pessoais para não permanecer no cargo. Mas o motivo real é o mau desempenho da política econômica.

Essas informações e análises foram apresentadas no “SBT Brasil” desta segunda:

Comentários
7
  1. Reinon disse:

    É uma vergonha esses políticos não passa de pragas !!! E a presidenta é uma coisa fora do normal não está nem ai … Quer ficar no poder para afundar mais ainda esse Brasil.

  2. José disse:

    Trata-se do mensalão 2. Continuação da quadrilha. Quem se beneficiou senão a cúpula do PT. Dilma era presidenta do Conselho da Peyrobras na época. Essa história de nao sabia nao convence ninguém mais.

    • gesiel disse:

      José, o Aecio disse isso que você está dizendo, mas ELE NO MINIMO NÃO DEVE SABER FAZER CONTA, porque se fosse tratar esse caso como mensalão seria o mensalão 4, pois: O PRIMEIRO MENSALÃO FOI O MENSALÃO MINEIRO em 1998 (mensalão do PSDB), o mensalão 2 foi o mensalão do congresso(mensalão do PT) e o mensalão 3 foi o mensalão de brasilia (mensalão do DEMO). Depois disso José, teve outros casos de corrupção que não foram apurados, como O TRENSALÃO aqui em São Paulo nos governos do Serra e do Alckmin do PSDB e o do desvio de verba da saude em Minas no governo do Aecio neves do PSDB. Se essa historia de não sabia da Dilma não convence ninguém, a Historia do Não sabia sobre o trensalão que disse o Alckmim, também não deveria valer, como também não deveria valer a historia do Não sabia da Marina sobre a compra do Jato do Eduardo Campos em nome de laranjas. Será que o Aecio Neves, sabia que ele pagou 1.000.000 pelas terras do tio dele para construir o Aerporto, quando essas terras valiam bem menos? Alias José você sabia que nos governos do PSDB do FHC, do SERRA, DO ALCKMIN, DO EDUARDO AZEREDO E DO AECIO NEVES; não foram apuradas mais de 100 DENUNCIAS DE CORRUPÇÃO CONTRA OS GOVERNOS DO PSDB?

  3. Lia Castilho disse:

    É inacreditável que nesta altura do campeonato as pessoas citadas irão usar de subterfúgios para sair da reta e ainda por cima com o aval de um juiz do Supremo…

  4. gesiel disse:

    Delação premiada, EXISTE EM TODO LUGAR DO MUNDO, e isso de forma nenhuma deve ser encarada como possivel incompetencia da justiça. No entanto, EM TODO LUGAR DO MUNDO, “O DELATOR É ENCARADO COMO UM BANDIDO COVARDE”, que não pensou em quem iria prejudicar ao cometer o crime, mas que diante da punição começa se fazer de ingenuo. Portanto, É PRECISO QUE TUDO SEJA BEM APURADO E OS RESPONSAVEIS PUNIDOS, objetivando não punir algum inocente, afinal um delato NÃO TEM MAIS NADA A PERDER. A de se lamentar que a midia conservadora, infelizmente continua errando, propositalmente ou não, ao dizer que o Paulo Roberto da Costa, ocupou esse cargo na petrobras a partir de 2004, e não a partir de 2001; no entanto é bom lembrar que em 2003 e 2004, os politicos denunciados do PMDB e do PP do Maluf, ERAM OPOSIÇÃO DO GOVERNO LULA do PT e ainda continuavam aliados do PSDB do qual eram aliados nos governos do FHC. Não que isso também seja de fundamental importancia para justificar que segundo a Veja, o delator não tenha posto nenhum politico do PSDB como culpado, mas é apenas UMA OBSERVAÇÃO, ja que o que queremos É QUE TENHAMOS CADA VEZ MAIS O ACESSO A VERDADE, seja por parte da justiça e também principalmente por parte da imprensa, pois é da imprensa a primeira informação e a maior exposição que chegam ao povo. NÃO SE PODE TER JUSTIÇA TENDO UMA IMPRENSA OMISSA OU TENDENCIOSA.

  5. Gustavo von Krüger disse:

    Esse Gesiel deve ser da tropa de choque PTista que sempre entra no debate para empatar a crítica quando o PT a sofre. É o tipo de pessoa que acha que o governo do PT só investiga mais, e por isso os casos de corrupção são mais evidentes. Só não consegue explicar por que é que, em 12 anos de governo e comando sob a polícia Federal, nunca se encontrou nenhuma evidência de corrupção, das quais o governo FHC é acusado: compra da reeleição, privatizações, entre outros. Não consegue porque não houve! É só mais uma tentativa do PT nivelar os partidos de oposição no mesmo nível baixo que o seu.

  6. gilvanea disse:

    precisamos acabar com o foro privilegiado isso sim, chega de absurdos nesse país, a lei tem que ser igual para todos, esses senhores não nos representa, o povo brasileiro merece mais respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 19:08:57