aki

cadastre-se aqui
aki
Política
10-03-2015, 9h24

Reforma ministerial deveria dar mais poder ao PMDB

33

Postado por: Daniela Martins

Para amenizar a crise política, o ex-presidente Lula defende uma nova reforma ministerial que dê mais poder ao PMDB. Já há auxiliares da presidente Dilma Rousseff que pensam o mesmo. A presidente montou um ministério para enfrentar a crise política, mas, na prática, a equipe está apenas aumentando as dificuldades nessa área. Há ministros palacianos que não têm mais pontes com os principais comandantes do Congresso Nacional.

Dilma demorou dois meses para fazer a reforma ministerial. Diminuiu o poder do PMDB dentro daquela estratégia fracassada de isolar o partido. Deixou a corrente majoritária do PT insatisfeita. Nem o PP ficou contente com a Integração Nacional, porque a maioria dos deputados é das regiões Sul e Sudeste; e a pasta tem projetos no Nordeste.

Fracassou a ideia de usar o PSD de Gilberto Kassab (Cidades) e o Pros de Cid Gomes (Educação) para se contrapor ao PMDB. Esses dois partidos ficaram com ministérios fortes enquanto o PMDB recebeu pastas de menor peso.

O ex-presidente Lula e alguns auxiliares de Dilma, por exemplo, defendem que o vice-presidente da República, Michel Temer, acumule seu posto com a articulação política ou a Justiça, porque o peemedebista é constitucionalista e habilidoso politicamente.

Lula acha que Jaques Wagner deveria sair da Defesa para um ministério importante no Palácio do Planalto. Wagner é outro que ainda tem pontes políticas.

Para Lula, deveria ser feita uma reforma ministerial para abraçar o PMDB e afastar o risco de o partido se aproximar cada vez mais da oposição. Mas quem tem a caneta é a presidente Dilma, que demora a decidir, não tem habilidade política e ignora conselhos.

Mais uma vez, ela e o ex-presidente Lula vão se encontrar. Será hoje, em São Paulo. Ministros acham que Dilma deveria seguir os conselhos de Lula.

*

Temor de onda

A presidente Dilma Rousseff falou em corda em casa de enforcado ao dizer que impeachment demanda provas. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, acabou de apresentar ao Supremo Tribunal Federal uma avaliação de que não havia indícios contra a presidente que devessem ser levados a sério na delação do doleiro Alberto Youssef. Afirmou ainda que a presidente não poderia ser investigada por atos alheios ao atual mandato.

O ministro Teori Zavascki endossou os argumentos de Janot. Portanto, do ponto de vista jurídico, não há prova nem razão para impeachment. Defender isso agora é golpismo. Nesse sentido, a presidente tem razão ao falar que seria uma ruptura democrática.

Mas impeachment também depende de um clima político desfavorável ao governante, depende de perda de controle da situação política. E a presidente corre o risco de estimular essa discussão de impeachment se deixar que a crise política instalada com a Lava Jato continue a contaminar a economia. Hoje, há claramente uma crise política e uma crise econômica.

As manifestações do próximo domingo preocupam o governo nem tanto pelo número de pessoas que poderão ir às ruas. Esse é um fator importante e que vai ser medido no dia. A maior ameaça é que 15 de março seja o primeiro de muitos atos. Ou seja, que o protesto seja usado para marcar outras manifestações, gerando uma onda.

Isso significaria uma crise nas ruas bem no começo do segundo trimestre, quando efeitos econômicos recessivos estarão sendo sentidos por toda a população. Aí haveria uma união perigosa entre crise política, crise econômica e uma crise das ruas.

A declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de que não adianta tirar Dilma do cargo é cuidadosa. Outros tucanos usaram palavras mais duras. O senador Aloysio Nunes disse querer ver a presidente sangrar até 2018.

Nos bastidores, o PSDB está dando apoio ao protesto de 15 de março. Interessa aos tucanos enfraquecer Dilma porque isso enfraquece também a chance de Lula ser candidato em 2018 e aumenta a possibilidade de retorno do PSDB ao poder. É parte da luta política, papel da oposição.

O afastamento completo da desgastante discussão sobre impeachment, na qual até Dilma entrou ontem, e o enterro definitivo da tese do “deixa sangrar até 2018” passam pela solução da crise política. O que demanda acerto com o PMDB. Isso permitiria não adicionar ainda mais dificuldades à economia, que está sendo contaminada pela política.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
33
  1. Daniel disse:

    Não tem clima para a Dilma. Virou birra. Não adianta dar mais pastas ao PMDB. Seria algo artificial. O desafeto está criado. O egos dos “egocêntricos extremistas” estão feridos.
    Não conseguimos ver saída para a Dilma. Ela não tem competencia para sair dessa situação.
    Ela não assume os erros e ainda vem a publico com sinismo e fala que é culpa a crise internacional e da falta de agua(que na eleição ela culpou o goveno de SP). É nos chamar de otários.
    O Brasil elegel uma pessoa incapaz de sair dessa situação.
    Agora vamos colher os frutos dessa escolha desastrosa.

    • José Carolino Costa disse:

      Concordo em parte com seu comentário. o que se pensa no caso da renuncia de Dilma, seria. Quem assumiria o governo, por que de jeito quer vão as denúncias, partidos e políticos poderão ser alvo de novas denúncias. O que fazer. por menos do que está acontecendo, houve o golpe militar.
      De um lado a incompetência política do atual governo, do outro uma oposição que também tem rabo preso e bate o tambor da derrocada econômica do Brasil

  2. Claudio disse:

    Infelizmente querem quebrar o Brasil. Estamos numa fase dificílima da nossa politica. A direita não está se importando com o pais devido ao ódio que se instalou na massa cheirosa de todo o Brasil. Esse ódio é resultado da perda das eleições e continua sendo materializado através do PIG e da oposição partidária que, descaradamente, participarão da passeata do dia 15. Já não estão nem mais se escondendo quanto a hipótese do empeachment de Dilma. O FHC diz hoje que não adianta tirar Dilma do poder pois, obviamente, a situação que criaram ficou tão feia que nem eles sabem como domar o monstro que criaram com todo esse ódio. O congresso só está vivendo de revanche pois os safados do Cunha e do Renan estão jogando para cima do planalto a culpa de estarem na lista do Janot e não se interessam em legislar em favor do Brasil mas sim contra a Presidente. Chegará a hora em que para o bem do pais, um dos lados terá que ceder. Ou Dilma renuncia ou o ódio diminui, o que eu acho muito difícil. Como não vejo o PT querendo lutar e nem sei se ainda seria possível, restaria a Dilma capitular. Será que vale esse sacrifício para contentar essa massa odienta?? só o tempo dirá e ele é curto.

    • Joaquim disse:

      Claudio, sinto muito em discordar de você. Mas quem tomou as decições que levou o pais a esta situação foi este governo.
      Quem destruiu o setor elétrico foi a MP 593 editada pela Dilma.
      Quem aumentou a divida interna de 10% do PIB, foi o PT, através de financiamento a amigos, QUE NÃO RESULTOU EM CRESCIMENTO.
      Quem não consegue terminar uma obra de infraestrutura é o PT.(BELO MONTE, GIRAL, TRANSPOSIÇÃO, NORTE-SUL, TRANSNORDESTINA E OUTRAS 0
      Quem não cumpriu a lei de responsabilidade fiscal foi este governo. E ainda faz contabilidade criativa.
      Quem quebra contrato toda hora é este governo.
      Quem gastou mais do tinha foi este governo.
      Quem permitiu o descontrole do FIES foi este governo.
      Quem se aliou ao pior do Brasil, foi este governo.

      Acho que já chega de colocar a culpa nos outros, para se resolver um problema primeiro tem que assumir que se tem este problema e isto até o momento eu não vi. Até parece que o PT ainda esta em campanha eleitoral: crise externa, quebra da bolsa em 29, eles quebraram o Brasil três vezes, foi o FHC, rico contra pobres, elite branca, exercito do MST e por ai vai.
      A eleição acabou o PT tem parar de falar meias verdades e trabalhar. Começando a cortar na carne reduzindo ministérios, reduzindo cargos comissionados e que tal cortar no salario da presidente e dos ministros. AGORA CORTAR NA VERBAS DOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE E CORTA NA NOSSA CARNE, NÃO NAS DELES!!!!

    • Banditi disse:

      Amigo, não seja ridículo! O país está quebrado sim, mas quem quebrou foram os Petebas corruptos – pois tem tbm os honestos! agora quer culpar o povo que toma banho pelos desmandos, inobservância, incapacidade gerencial, loteamento de cargos, desvios e superfaturamentos… hahahahahahaha

    • LUIS CLAÚDIO disse:

      Me desculpe, mas ainda acha que a situação atual foi criada pelo PSDB? Sei que opiniões são opiniões, mas esta…Quem se enfiou no atoleiro foi ela mesma, que pegou um país bem e crescendo e conseguiu arruinar tudo.Eu não sou PT nem PSDB, meu voto é NULO, pois nenhum aí me satisfazia mas , politicamente quem se enforcou foi ela. Esta história de sempre dizer que o PSDB afundou o Brasil é balela. O PT está no poder há 12 anos e ela só poderia se comparar com ela mesma, pois foi reeleita democraticamente. A culpa é dela que não sabe soube e nem sabe governar, é mesquinha e não escuta o povo, só ouve que recebe bolsas.Em uma eleição que não há maioria esmagadora dos votos é isso que dá. Em tempo: país que está “bem” não precisa de ajuste fiscal que onera todas as camadas da sociedade com a desculpa de que a população precisa se empenhar em ajudar. Ou você acha que “pobre” não está sentindo no bolso os desmandos e a inflação? Não cabe analisar que a culpa é da “oposição”. A CULPA É ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE DELA, QUE DEU CORDA PRA SE ENFORCAR.Quando foi alertada de que precisaria cortar gastos, dizia que que o país estava saudável e deu no que deu, entrou no buraco e nem em 4 anos vai conseguir sair e mais uma vez o Brasil está na contra mão do mundo, quando os mais importantes e outros emergentes crescem, nós encolhemos e quando eles encolhem empatamos, pois se eles não crescem não importam da gente.

  3. Luiz Lino disse:

    Os derrotados nas 4 eleições, querem levar o Brasil à situação em que deixaram, quebrado e desmoralizado.Quanto à corrupção na Petrobras, vem desde o período que governavam conforme divulgado na imprensa, só que os funcionários graduados e e desonestos deram continuidade, igual ao mensalão.

    • Cleber Silva disse:

      Caro Luiz, não existe argumentos em sua defesa ao PT, se o mensalão e o petrolão já existia e como vc mesmo disse no governo do PT continuou até escandalizar é pq são bandidos igualmente os que criaram esses esquemas de roubo.
      A verdade é apenas uma, estamos em um país administrado por ladrões e infelizmente o povo ainda segue acreditando em papai noel.

    • Daniel disse:

      Caro Luiz, o Brasil saiu derrotado nessa eleição. Você não percebeu isso ainda?

    • Banditi disse:

      Prezado amigo petista, acho que vc nunca ouviu falar de vitória de pirro. Eu explico:

      vitória de Pirro é uma expressão utilizada para se referir a uma vitória obtida a alto preço, potencialmente acarretadora de prejuízos irreparáveis. Vc enxerga o país nessa situação, ou é massa de manobra, que repete discursos sem se que pensar a respeito?

  4. Mario Bijalon disse:

    Querer atribuir a atual crise aos que votaram contra é no minimo falta de uma desculpa melhor para justificar a incompetência. A Dilma até hoje só fez cáca e ainda senta em cima.
    Não tem habilidade politica e mente descaradamente. Assumir os erros e corrigi-los seria mais fácil do que imputar aos outros ou ficar criando conflito de classes, a elite branca versus a esquerda caviar. Quem sai perdendo somos nós!

  5. josias disse:

    Para acabar com a crise politica e financeira, basta dar as chaves dos cofres para o “PMDB” de M.Temer, R.Calheiros e E. Cunha. A nossa Presidenta Dilma não deve fazer isso, nem que
    haja um pedido do Lula.
    Se o PMDB e a Oposição querem o poder, que trabalhem para o impedimento da presidenta e assumam o poder e, em seguida façam o que bem intenderem. Se é que o povo vá permitir.

  6. josé disse:

    resumindo: blábláblábáblá brasileiro é tudo otário mesmo e vamos enfiar cada vez mais a bucha no rabo dos contribuintes…. blábláblá o governo é corrupto mesmo e é assim que vai ser e quem for contra é fascista…. blábláblálá no brasil o povo trabalhador vive que nem mendigo e a classe média que nem pobre de país desenvolvido, pagando preço de ouro em produtos como um simples pote de nutella…. que pobre sequer conhece aqui…. e é assim que vai ser mesmo porque a imprensa apoia o governo.

  7. Kennedy! Boa tarde. Com apreço e admiração.
    PT e PMDB todo o mal do Brasil juntos. O lula tem disso dá uma “burro sabido’ sabe tudo menos da roubalheira. Os seus palpites está ai Brasil na falencia. Da poder para o PNDB para que. Ele que explique. O tiro pode sair pela culatra o PMDB está de olho no poder e com o impeachment de Dilma tem chance de de chegar lá se mais uma vez o povo errar o alvo. Abs.

  8. BENITO VIEIRA disse:

    Lula (chefe desta quadrilha de bandidos petistas) agora pede aproximação com o PMDB oferecendo ministérios mais fortes e importantes para solução da crise política instalada neste brazilzinho (com “Z” mesmo!). A solução é simples para ele: basta comprar o PMDB oferecendo ministérios como se uma pasta ministerial fosse uma moeda de troca! Temos, sim, um grave problema: cultural. Fomos colonizados por ladrões e aprendemos a sermos ladrões ou, no mínimo, aprendemos a tirar proveito de todas as circunstâncias em prejuízo de quem quer que seja. Conhecem a Lei de Gerson, povinho?

  9. Isabela disse:

    PMDB nãaaaaaaaaaaaaaaao por favor. Todos inclusive o Temer são fantoches do Jader Barbalho.
    A corja Barbalho destrói o estado do Pará a anos e agora querem arruinar de vez o Brasil.

  10. roberto nunes disse:

    Então quer dizer que estamos no regime parlamentarista tem a rainha do Brasil a “DILMA” mas quem manda e coordena é o Primeiro Ministra LULA.

    Que vergonha dona Dilma, !!!!!!

  11. Cesar disse:

    Não vai adiantar muita coisa.
    Dar mais poder ao PMDB de Renan e Eduardo Cunha ? Do jeito que eles estão contentes com a Dilma, aí sim o impeachment é 100% certo.

  12. CBarros disse:

    Infelizmente um cara experiente como Lula ainda não entendeu ou faz que não, que não há saída para Dilma que implique qualquer aliança com esses partidos como PMDB e outros, mais sujos que pau de galinheiro e completamente desacreditados pela opinião pública. A salvação para Dilma por mais complicada que pareça é ficar o mais longe possível dessa gente. Custe o que custar. Alianças com o PMDB, Renan e Cia. é suicídio político e pode lhe custar o cargo.

  13. Marcos Lima Filho disse:

    É melhor ser expulsa do cargo por forças nefastas do continuar a chafurdar na lama. Se o PMDB quer mais, que se junte ao PSDB. Dilma tem que procurar apoio na população contra os carniceiros. Se é pra fazer média com a carniça, já tem o PSDB. Ou Dilma aceita a briga e muda as coisas ou fica como o Lula, fazendo o jogo do PMDB, que é o mesmo do PSDB, e contrariando os interesses do povo. O governo, por forças das circunstâncias, tem uma nova chance de escolher certo, mas terá que abrir mão das benesses do poder.

  14. MARIO JOSE DA SILVA disse:

    Quer dar poder ao PMDB? renuncie. Ai, sim, o Vice ficaria com o Poder…..

  15. P DA VIDA disse:

    Agora o “Lulinha paz e amor” quer dar mais poder ao PMDB. È claro eles já estão vendidos ao PT.Seria mascarar a culpa, passsamos a bola pra legenda do PMDB. Acho que estamos presos a corja política brasileira, são tds aliados em prol de si mesmos. Não sei mas me parece que se trocarmos de regime é uma saída, oficialmente, porque hj é parlamentarismo mascarado, Lula manda, Dilma assina e a corja controla pra que dê td certo…pra eles é claro). Que dó dos meus filhos…

  16. Marco Aurelio Garcia, o ideólogo oficial do regime, esse mesmo: o TOP-TOP do acidente da TAM, o autor do discurso infeliz que Dilma proferiu na ONU.
    Atenção mídia brasileira com essa metástase silenciosa, discreta mas perigosa que permeia todas as salas e gabinetes do planalto.

  17. reinaldo disse:

    dar mais espaço ao PMDB, ou seja, comprar mais apoio. Bandidos. Pra resolver a crise o governo precisa gastar menos, muito menos, cortar gastos. Queremos a extinção de uns 25 ministérios já, bando de escorados…O lula só sabe falar isso, toda vez que ele aparece é pra dizer pra comprar mais o apoio do PMDB. Canalha…

  18. NELSON DALLES disse:

    Repito, a questão é de incompetência política, e não apenas da “gestora”, mas também do seu Partido, que só queria eleger alguém para poder se manter no poder, nunca houve o pensamento na coisa pública, somente, mentiras, mentiras e mentiras. E agora, veja só a proposta do sr. lula, “olha, nós vamos chamar o PMDB e fazer um acordo, vamos dividir, eles ficam com um pedaço, e nós com o outro,” mas, e nós, que pagamos a conta, como é que a gente fica nessa história? Como eu disse antes, chegou a hora, o PT está fora, e deve sair sim.

  19. Banditi disse:

    Perai, deixa ver se entendi:

    O PT loteou o estado inteiro, contando com a ajuda – correta ou não – do PMDB, e agora que o bicho ta pegou geral, depois de ter passado 13 anos metendo o pé no mesmo PMDB, apesar da ajuda dada, quer voltar atrás e dar uns carguinhos e deixar dar uns pitacos? Sério?! Para o PMDB abrir as perna e deixar o PT seguir sugando o país? É isso?!
    Meu Deus!! Não veja a hora de chegar domingo!

  20. leandro oliveira disse:

    Brasil passado a limpo… Vamos investigar tudo… petrolão, mensalão mineiro, privataria, dólares sonegados no hsbc … só aí vou acreditar no PIG…

  21. Delmo Oliveira disse:

    Caro Kennedy;
    A Petezada ainda insiste em por a culpa em FHC, tanto assim que a Boneca de Ventríloquo, disse que o FHC deveria ter combatido a corrupção na Petrobras na década de 90, evitando que a Petezada encontrasse um ambiente propício para sustentar o tal projeto de poder petista. Só pode ser deboche, piada, gozação, delírio etc. Quem governa de fato o nosso BRASIL é o Comandante Falastrão, e ele sabe que a petrorroubalheira vai alcançá-lo. Já que no MENSALÃO ele jogou a cabeça de José Dirceu(PT/SP) e saiu ileso, só que sua sorte está ficando escassa. Vamos para Manifestação no dia 15/03 visando o IMPEACHMENT da Dilma Rousseff “A Dominada”. PT NUNCA MAIS!!!

  22. JEAN PIERRE BARBOSA OSORIO disse:

    Todos sabem que tudo tem que pedir bença pro LULA. A Dilma parece que está sempre em campanha, com aqueles discursos que não dizem absolutamente nada.
    Eles aprenderam direitinho como não largar o poder com o Fidel Castro e companhia. Aqui no Rio de Janeiro estamos sofrendo com a cúpula do PMDB, que também quer se perpetuar no poder.
    Eu torço pra que tudo de certo pro bem da população e que tudo de de errado pra eles sairem do poder.

  23. Jose Maria disse:

    Lula nunca governou o país, foi o maior viajante ‘Rose’. Apenas desfrutou de um momento alvissareiro, fortuito, quando a grande vitrine Brasil vendeu commodities em grandes proporções no mercado internacional. Aos poucos a luz foi apagando, gastaram demais, os governos do PT, deu nisso, depressão. Lula quer o que, trocar o ministério, dois meses depois do o haver constituído? Isso é baboseira, Lula, não dará certo.

  24. NORBERTO FRIAS disse:

    Alguém, em sã consciência e com conhecimento de causa, por caridade ajude este mortal ignorante: a corrupção é praticada somente com dinheiro ou oferecer cargos e ministérios em troca de apoio PolíTico também é? Se só aquela é, menos mal, se não…F.A., socorro!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 15:17:40