aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-11-2013, 9h29

Reforma ministerial visa selar alianças sem amarrar 2015


O comentário no “Jornal da CBN” analisa as duas linhas principais da reforma ministerial que a presidente Dilma Rousseff deverá fazer para substituir os ministros que disputarão eleições em 2014. A prioridade é cimentar alianças para a sua reeleição. Ou seja, colocar na equipe todos os partidos que a apoiarão oficialmente. A segunda linha é evitar nomeações que sejam definitivas caso a presidente se reeleja. Não indicar um ministro que não possa ser tirado em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 21:02:22