aki

cadastre-se aqui
aki
Política
31-01-2015, 21h09

Relação de Dilma com Congresso deve ficar mais cara

3

Postado por: ISABELA HORTA

Na véspera da eleição para a Presidência da Câmara dos Deputados, o governo tentou fazer um acordo de última hora com Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Mas o Palácio do Planalto agiu tarde. Cunha recusou o acordo. E a tendência é que ele vença a votação para presidir a Câmara neste domingo.

No Senado, se não houver surpresa, Renan Calheiros (PMDB-AL) derrotará Luiz Henrique (PMDB-SC). A presidente Dilma Rousseff terá um aliado. Mas a oposição ficou mais forte. Isso é preocupante para o governo.

Já na Câmara, a eventual vitória de Cunha significará, na prática, ter um adversário no comando da Casa. E, no improvável cenário de vitória de Arlindo Chinaglia (PT-SP), Cunha seria um derrotado com sede de vingança.

Ou seja, em qualquer hipótese, a relação do governo Dilma com o Congresso vai ficar mais difícil e mais cara em termos de cargos e verbas.

Comentários
3
  1. Onda Vermelha disse:

    A eleição do Cunha significará que o parlamento brasileiro, de fato, desceu ao mais baixo nível. Uma pena!

    • walter.nobre disse:

      ONDA VERDE AMARELA; O PAÍS PRECISA DE UM GOVERNO, QUE SAIBA O QUE ESTA FAZENDO; A DILMA ESTA MAIS PERDIDA QUE A BÊBADO.
      A LAVA A JATO, É TODA DO PT E SEUS CONGRESSISTAS, INCLUSIVE O RENAN; TENTARAM INCRIMINAR O CUNHA; SE ELE FOR VINGATIVO,NÃO PASSA NADA NA CASA; JOGA SUJO; ISSO VAI PESAR…
      A CPI DO BNDES, VAI IMPEDIR A DILMA, DE CONTINUAR; ELES FORAM INCONSTITUCIONAIS, INDEPENDENTE DOS DESVIOS.
      O LULA ADOROU A VITÓRIA DO CUNHA; ALIÁS ESTAVA TORCENDO PARA ISSO; QUE TIPO DE PARTIDO É ESTE; DEIXARAM A DILMA AS TRAÇAS, TUDO PARA QUE ELA DIVIDA O PODER; CANALHAS!!!

  2. Esses corruptos querem o poder e blindagem,eu só acredito na politica e nos politicos brasileiro quando votarem os seguintes projetos,tornar o voto vacúltativo e servir o exercito acabar com essa blindagem desses delinquentes de menor acabar com essa blindagem de politicos vcs são iguais a todos e acabar com os politicos profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 20:38:47