aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
27-04-2020, 13h38

Republicanos temem dano eleitoral com gafes e mentiras de Trump

Entrevistas do presidente dão munição a adversários
2

Kennedy Alencar
WASHINGTON

Cresce no Partido Republicano a preocupação com os danos que o presidente Donald Trump pode causar aos candidatos ao Senado nas eleições de 3 novembro. Os pronunciamentos e entrevistas presidenciais têm dado munição aos adversários.

As gafes e mentiras de Trump na condução da crise do coronavírus acenderam o sinal de alerta entre republicanos, que pedem que ele modere a frequência e o linguajar nos briefings da Casa Branca sobre covid-19.

Os republicanos têm maioria estreita no Senado _53 dos 100 assentos. Os democratas possuem 45 cadeiras e contam com o apoio de dois independentes. Na prática, uma virada de quatro vagas mudaria a maioria na Casa.

O mandato de um senador dura seis anos. A cada dois anos, um terço do Senado é renovado. Na próxima eleição, republicanos enfrentam mais dificuldades na disputa pelo Senado em quatro Estados: Arizona, Colorado, Carolina do Norte e Maine. Pode haver surpresa em outros Estados, porque a imagem de Trump está se desgastando e contaminando candidatos a senador e deputado.

Na Câmara dos Deputados, a maioria é democrata, com 235 vagas. Os republicanos têm 199. Há um independente. Os mandatos dos deputados são de 2 anos, o que leva a uma renovação total da casa em curto período.

Na semana passada, Trump sugeriu que uma injeção de desinfetante poderia ser usada para combater o coronavírus. A repercussão foi muito negativa, porque a recomendação é absurda e pode matar.

Em Maryland, a linha telefônica de assistência do Estado recebeu consultas a respeito do conselho do presidente, que já deu outras orientações médicas descabidas, como o uso da hidroxicloroquina para combater a covid-19. Estudos alertaram para o risco cardíaco da hidroxicloroquina.

Trump também faz ataques agressivos aos repórteres nesses briefings, transmitindo imagem negativa e de incentivo à divisão do país. Pesquisas mostram que ele não é bem avaliado na gestão da crise de coronavírus. A reeleição dele subiu no telhado.

O enfraquecimento do distanciamento social, a reabertura parcial da economia em alguns Estados e o fechamento de frigoríficos porque trabalhadores ficaram doentes também foram assuntos do comentário nesta segunda no “CBN Brasil”. Ouça abaixo:

Comentários
2
  1. […] Fonte: Republicanos temem dano eleitoral com gafes e mentiras de Trump | Blog do Kennedy […]

  2. walter nobre disse:

    Kennedy a situação dos EUA parece ser de um País de terceiro mundo, todos sabem como o Trump é agitado, mas não rasga dinheiro que nem o nosso aqui no Brasil. A pandemia confude a diminue a disputa entre republicanos e democratas, já que neste momento ser comedido com os adversários é inteligente, depois de tantos solavancos, ninguém pode se julgar vitorioso. Sinceramente, acredito que os republicanos tem mais reconhecimento, porém a divisão ods parlamentares será equilibrada como já estava; terão que reavaliar os esforços em conjunto diante do pós eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-12 00:18:02