aki

cadastre-se aqui
aki
Recomendo
07-08-2013, 1h50

“Resistir É Preciso”


Em tempos de manifestações populares, quem está em Brasília não poder perder a exposição “Resistir É Preciso, Como Se Desenha a História”. A temporada na capital federal teve início ontem (06/08). Terminará em 22 de setembro. Local: Centro Cultural Banco do Brasil.

Na exposição, há obras de artistas e jornalistas que resistiram à ditadura militar de 1964. É impactante ver uma litogravura sobre papel do João Câmara, intitulada “Morto Como um Cão num Ponto Qualquer de São Paulo”.

“Quando perdemos a capacidade de nos indignarmos com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerarmos seres humanos civilizados”, escreveu Vladimir Herzog, jornalista covardemente assassinado pela ditadura em 25 de outubro de 1975. Herzog tinha razão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-11 21:28:36