aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-07-2015, 9h40

Retaliar Dilma devido à Lava Jato ameaça economia

Congresso tem votado medidas que colocam em risco as contas públicas
21

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Retaliar o governo em votações no Congresso é uma manobra diversionista de investigados pela Operação Lava Jato que coloca em risco a economia do país. A Politeia, nova fase da Operação Lava Jato, despertou temor na Câmara e no Senado de que outros parlamentares também sejam vítimas de mandados de busca e apreensão.

Ontem, senadores e deputados que ficaram fora das buscas e apreensões da Politeia estavam assustados. De noite, cresceram rumores de possíveis pedidos de prisão de políticos. Há tensão no Congresso, que está prestes a entrar num recesso de duas semanas.

Reação? Vingar-se do governo Dilma em represália a ações dos investigadores da Lava Jato. Entre os que trabalham com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, há a convicção de que existiriam elementos suficientes para oferecer denúncia contra os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), e do Senado, Renan Calheiros (AL).

Os peemedebistas Cunha e Renan já respondem a inquéritos no STF (Supremo Tribunal Federal). A denúncia é o pedido de abertura de processo. Os dois afirmam ser inocentes.

Deputados e senadores do PMDB, do PP, do PTB e do PSB diziam ontem que haverá retaliação ao governo em votações no Congresso por causa das ações do Ministério Público, da Polícia Federal e do Supremo. Acontece que o governo não tem como influenciar os rumos da Lava Jato, tanto que também está acuado pela investigação.

Logo, o que está em curso no Congresso é uma manobra diversionista perigosa para o Brasi. O Congresso tem aprovado uma série de projetos que colocam em risco as contas públicas. Já há pressão para engavetar a ideia do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, de regularizar dólares ilegais no exterior, medida que seria importante para fechar as contas públicas. Fala-se em barrar a tentativa de unificação da alíquota do ICMS em 4%, o que diminuiria muito a guerra fiscal entre Estados.

Não é razoável agir assim. Cada acusado tem de responder pelos seus atos. Culpar Dilma nesse caso é uma cortina de fumaça ineficaz, porque o PT e o governo também estão na mira dos investigadores. É uma insensatez prejudicar a economia do país por causa de interesses pessoais.

*

Mudança no ECA pode barrar redução da maioridade

A alteração no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) feita ontem pelo Senado, elevando o tempo máximo de internação para até dez anos, tem chance de barrar a aprovação em segundo turno na Câmara da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos.

Não será fácil, mas alguma chance há. Nesse debate sobre a redução da maioridade penal, o governo entregou os anéis para tentar não perder os dedos. Era contra qualquer tipo de mudança que pudesse aumentar a punição que já existe para menores de idade.

Mas cedeu à ideia de alterar o ECA, que foi sugerida pelo governador de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin, em 2005. Uma proposta inspirada na ideia de Alckmin foi aprovada, estendendo o tempo máximo de internação para até 10 anos, e agora segue para a Câmara.

Os deputados ainda têm de votar a PEC que reduz a maioridade de 18 para 16 anos em segundo turno. Após uma manobra do presidente da Câmara, essa redução foi aprovada por 323 deputados _quinze a mais do que o mínimo necessário.

A intenção do governo é convencer uma parcela dos que aprovaram em primeiro turno a rejeitar a redução da maioridade na segunda votação. Para mudar a Constituição, são necessários dois turnos de votação justamente para dar tempo ao parlamentar a fim de que ele reflita se quer mesmo fazer tal alteração.

Eduardo Cunha quer aprovar a redução da maioridade e a mudança no ECA porque isso endureceria as punições para jovens acima de 12 anos. A alteração do ECA valerá para adolescentes com mais de 12 anos de idade. Mas já há resistência de boa parte dos especialistas a mudar o ECA. Mudar o ECA e diminuir a maioridade penal seriam medidas desastrosas para a juventude mais pobre do Brasil, avalia a grande maioria dos especialistas nacionais e internacionais. Ou seja, estaríamos adotando uma falsa solução que poderá até piorar a violência juvenil.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
21
  1. antonio brandeleior disse:

    Quanta conversa mole ! se prenderem a metade desses congressistas o que se perde é a comida na cadeia, quanto as perdas do governo, verdadeiro saco sem fundos , que apertem o cinto, dispensem a vadiuzada nos cargos de confiança, as roubalheiras na Petrobras são orquestradas pelos comandados do governo, a redução da maioridade é lei, menor pobre ou rico tem de entender que pessoas do bem não tem que se preocupar, pois nuca vão responder por crimes,o resto é discurso de quem quer aparecer.

  2. Getulio disse:

    Cunha “cara de vilão” quer chamar a atenção para si o homem quer parlamentarismo , se eleger por seus pares!
    A oposição brasileira não tem programa de governo honesto tambem , ou tem ; não ganha eleição e quando o outro Dilma que está no poder querem tira lo e faz de tudo pra que esse não governar tambem.
    Dá pra votar nessa oposição , são piores bem piores de jeito nenhum!

  3. Galego disse:

    Mas a dona Dillma tem culpa sim! Foi seu governo desastroso que seu levou a economia do Brasil à bancarrota e até hoje mantém os 39 ministérios ineficientes, os milhares de cargos comissionados, as estatais improdutivas e ainda fazendo graça com o dinheiro da previdência (bolsa terroristas, bolsa jogadores de futebol, etc). Quanto a este governo ser contra a redução da maioridade penal, por que então após 13 anos da dupla Lulla/Dillma, ainda não existem escolas públicas de nível fundamental e médio de qualidade em horário integral para tirar as crianças e jovens das ruas e com isso, acabar com a fábrica de criminosos. Como não foram tomadas medidas preventivas e educativas, só resta agora medidas punitivas. Educação neste governo é piada de mau gosto.!!

    • Maria de Fátima da Silva disse:

      Quantos munícipios e estados existem no Brasil? Então, os primeiros são responsáveis pelo ensino fundamental e os segundos pelo ensino médio, para os quais o ME envia verba. Por acaso as pessoas estão sabendo que o governador de SP fechou várias salas de aula, principalmente do horário noturno, e jovens que trabalham e estudo ficaram sem opção? Sabem que tem salas de aulas com 80 alunos em cada período, pq ele fechiu escolas? Sabem que tem escolas até sem papel higiênico e sem merenda?
      Ah, mas vamos jogar tudo na conta do Governo Federal, vamos jogar todos os desmandos do Cunha na conta do PT, vamos jogar todos os casos de corrupção na conta dos petistas. É mais simples assim, pq aí a gente finge indignação.

    • Ingeborg Schportfeldt disse:

      Perfeita análise … 13 anos para fazer algo pelo menor e agora querem dar lição de moral em quem é vítima dessa anarquia ? Querem enganar a quem ? A eles mesmos, não ao cidadão de bem .

  4. Santos disse:

    Essa situação só vem comprovar como o poder legislativo está totalmente contaminado por criminosos da pior espécie. A população tem que ficar atenta, COBRAR NAS RUAS a punição exemplar destes facínoras e EXIGIR que os candidatos a cargos públicos em todos os poderes tenham atestado de bons antecedentes e vida LIMPA para se candidatar. ROUBOU? CADEIA, PERDA DE MANDATO, MULTA E PENHORA DE BENS, independente de idade(não estava bem para roubar?), de qual partido ou ideologia. Bandido é bandido, simples assim.

  5. Clif.Almeida disse:

    Prezado Kennedy parabéns pelo seu comentário, mas quando vc afirma que “O Congresso tem aprovado uma série de projetos que colocam em risco as contas públicas” vc está jogando exclusividade de culpa ao congresso. Tem que levar em consideração que este governo é o responsável pelo rombo que existe. Antes do congresso foi o governo que colocou as contas públicas em risco, por interesse políticos próprios. Aí vem a pergunta: Porque o governo não pensou e agiu corretamente para evitar esse caos e não precisar sacrificar o brasileiro.

  6. Estão demorando demais para colocar todos na cadeia.
    Essa demora só serve para que eles se protejam e eliminem as provas dos roubos praticados.
    Só aqui nesse pais tupiniquim que vários indiciados ainda continue no cargo. Devem ser afastados imediatamente e pronto, o pais precisa acabar com essa farra desses políticos

  7. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    O ECA tem conteúdo ideológico da esquerda falida e só piorou a vida do menor. Faz parte de um contexto de impunidade, um contraponto à rigidez da ditadura. É uma forma degenerada de sentimento de culpa. Um país sem instituições fortes e leis efetivas é apenas uma anarquia … nunca uma democracia !

  8. Lima disse:

    Gosto muito de uma frase de Millôr Fernandes: “Toda uma biblioteca de Direito apenas para melhorar quase nada os dez mandamentos.”

  9. Luiz Alberto disse:

    Querem se vingar é do povo. O que a Dilma ou Governo tem a ver com as ordens do STF, a pedido do MPF? A PF somente cumpre. Parece e é simples chantagem com aqueles Órgãos.

  10. nilo disse:

    O que colocou em risco a economia do Brasil foi a inepcia dos governos do PT (Lula e Dilma). Quer que desenhe?

  11. NELSON disse:

    Ou seja cao PETISTA: é melhor deixar continuar os roubos e os desmandos. Certo?

  12. walter disse:

    Caro Kennedy, concordo em parte contigo, mas as retaliações, tem partido do Planalto, e do PT; ameaçaram o Cunha, através do Janot.
    Se a dilma não demonstrar humildade; nisso o lula tem razão…
    O País não aguenta mais, tantas incertezas e incompetências; que assume posições com relação diária, com o lava jato, com mais enfase é os membros principais do Partido; como o zé dirceu e lula; estão apavorados com a policia federal; porque será…
    Kennedy, todos os Brasileiros de verdade, querem boas noticias; venha de quem vier; sem revanchismo ou retaliações…

  13. Meia Verdade disse:

    “Entre a cruz e a espada”
    A situação é crítica, se calar a tudo que estamos vendo é insensatez, é covardia. Atacar a tudo que estamos vendo é sinal de dias piores. A dúvida que fica…e quando chegar ao Lula, o que será?….como agirão os MST’S da vida, as CUT’S da vida?….na desordem, na crise das instituições, abre-se um caminho a volta dos militares.
    “Nossa democracia esta xeque”.

  14. DICIONÁRIO REALISTA DE SINÔNIMOS

    DESASTROSO – governo que fala de “ajuste fiscal” ao mesmo tempo que desperdiça dezenas de bilhões de Reais com 39 Ministérios que servem de cabide de empregos para toda a “cumpanheirada”. Somente com esse desperdício, já temos um volume maior do que tudo que o “ajuste fiscal” pretende economizar. E esse episódio é apenas um capítulo, do primeiro livro, da Enciclopédia da Incompetência.

    VÍTIMA – palavra que não se aplica à condição de um investigado, contra o qual foram expedidos mandados de busca e apreensão. A não ser, é claro, que se deseje colocar em dúvida a competência e a idoneidade do magistrado ou da Justiça para fazê-lo.

    DIVERSIONISMO – o mesmo que “cortina de fumaça”, conhecido artifício que se tornou uma prerrogativa do governo petista. É um recurso muito utilizado para desviar a atenção em caso de Mensalão, Petrolão, desvios no BNDES, desvios de verbas na construção de estádios, prisão e possibilidade de prisão de petistas, Eletrolão e outros escândalos diversos.

    “LEGALIZAR DÓLARES ILEGAIS NO EXTERIOR” – legalizar a corrupção e a evasão de divisas.

    “BARRAR A REDUÇÃO DA MAIORIDADE” – choro de perdedor.

    Brasi – forma errada de escrever Brasil.

  15. Jose Alcides Porto Rossi disse:

    o Governo do PT é responsável pelos seus atos e chega. Qualquer tentativa de acobertar tais desacertos, malandragens e roubalheira, é um desserviço a Nação.

  16. Pasquale disse:

    Não existe dinheiro público,existe dinheiro do pagador de impostos.

  17. levemente disse:

    As conversas, ameaças, proposições, enfim, tudo que venha desse senhor Eduardo Cunha ultrapassou todos os limites do tolerável. Está na hora de que alguém lhe coloque um freio – espero que a justiça o coloque no devido lugar, daqui a pouco tempo…

  18. Pedro Pedra disse:

    Nós temos que nos decidir sobre as seguintes alternativas lógicas: Ou o governo tem realmente controle e influência sobre as investigações da Lava Jato, caso em que a Presidente Dilma estava certa e está cumprindo a sua principal promessa de que não ficaria pedra sobre pedra, já que os membros do próprio governo e aliados estão na linha de fogo, razão pela qual ela merece todo o nosso crédito quando diz que em outros governos nunca se deixou investigar nada; Ou o Governo não tem nenhum controle sobre as investigações (o que é mais crível já que políticos da oposição não são investigados) e o Cunha tenta mesmo essa estratégia diversionista e golpista de atrapalhar a governabilidade e ameaçar a economia do País para tentar salvar a própria pele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 14:32:55