aki

cadastre-se aqui
aki
Política
11-11-2015, 9h35

Ruptura tucana com Cunha é pressão pró-impeachment

Obstrução na Câmara mostraria que PSDB fala sério sobre peemedebista
17

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O anúncio de rompimento da bancada do PSDB com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve ser visto com cautela. No mês passado, o PSDB divulgou nota pedindo o afastamento de Eduardo Cunha, mas manteve conversas de bastidor com ele para tentar detonar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Ontem à noite, deputados do PSDB diziam que a decisão da bancada daria uma última chance a Cunha de dar seguimento ao processo de impeachment. No fundo, esse movimento do PSDB objetiva pressionar Cunha, deixando claro que, se ele não aderir ao impeachment agora, o partido vai bombardeá-lo.

Hoje, a bancada do PSDB tem uma oportunidade de mostrar que fala sério ao anunciar rompimento. Pode entrar em obstrução e não aceitar votar nada na Câmara enquanto Cunha for o presidente da Casa. Pode fazer uma articulação com o DEM e também com a Rede e o PSOL, dois partidos que já estão na linha de frente contra Cunha. Uma frente de partidos diria que não aceita mais a condução que o peemedebista dá à Câmara.

Sem obstrução, o anúncio de rompimento do PSDB vale muito pouco. O PSDB também pode anunciar desde já que seus membros no Conselho de Ética votarão contra Cunha e que a bancada seguirá o mesmo procedimento em plenário.

Qualquer gesto que não resulte em obstrução e no compromisso de votos pela cassação de Cunha deve ser entendido como mais uma forma de pressão para o peemedebista aderir ao impeachment de Dilma, passo que ele tem adiado a fim de comprar tempo para tentar manter o comando da Câmara e o mandato de deputado federal.

*

Noutra frente de batalha, Cunha recebeu uma notícia ruim. Em depoimento à Procuradoria Geral da República, o economista Felipe Diniz, filho deputado Fernando Diniz, morto em 2009, contradisse a versão do presidente da Câmara sobre um depósito de 1,3 milhão de francos numa conta do peemedebista na Suíça.

Felipe Diniz negou que tenha orientado o lobista João Augusto Henriques, um dos delatores da Lava Jato, a quitar um suposto empréstimo de Cunha ao pai. Esse depoimento ajuda a lançar dúvida sobre a versão de Cunha.

Apesar de Felipe Diniz também contestar a versão do lobista, isso não elimina o depósito numa conta suíça de Cunha. Felipe limpa a sua barra, mas, concretamente, o dinheiro foi enviado ao exterior por um lobista envolvido na Lava Jato.

Na avaliação do Ministério Público, será preciso esclarecer a contradição entre Felipe Diniz e João Augusto Henriques. Mas, em qualquer hipótese, o depoimento de Felipe Diniz é ruim para Cunha, porque rapidamente foi apontada uma falha na versão do peemedebista.

O Ministério Público continua achando frágil a estratégia de defesa de Cunha, que ontem mostrou a colegas um passaporte velho com vistos de viagens à África para justificar a versão de venda de carne processada. No entanto, Cunha tem afirmado ter dificuldade de obter documentos da sua empresa que teria exportado esses alimentos antes de entrar na política.

Há muitas inconsistências nas versões apresentadas por Cunha para justificar as contas na Suíça, sem contar as acusações que já sofre por conta de delações premiadas da Lava Jato.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
17
  1. Julianna disse:

    O homem pensa antes de fazer besteira. E depois também. ( Georges Najjar Jr – desaforismos )

  2. douglas disse:

    Saiu nas noticias da internet que após uma blits no TSE o PSDB concluiu que não houve irregularidade nas eleições, qual o motivo agora?? pedaladas ?? todo governante fez e faz, então ainda estão com a derrota nas eleições enroscada na goela, só pode.

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Esse desgoverno sindical-pelego é tão safado que nem disfarça seu descaso com a governança do país. Só está preocupado com sua sobrevivência no poder. Perdeu totalmente qualquer traço de vergonha e discernimento. É mais caso de polícia que político !

    • walter disse:

      Minha Cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão; agora estão tentando encurralar os Caminhoneiros, mal sabe eles que esta Classe, não tem medo de CARA FEIA, o MST esta pegando uma carona; este é o perigo; os próprios “aliados” do PT, estão seguindo outro caminho.
      Kennedy, já “queimaram” o Levy, o Meirelles não deve topar.
      Quanto ao Cunha e sua novela, não tem o que mais dizer, ELE “MENTE”, não há sustentação alguma, e e nem documentos fidedignos´só bla bla bla…mas vai ganhar tempo, e a dilma também.Quanto ao PSDB, se forem inteligentes, esquecem o cunha; ele quer detonar a dilma, mas o seu pescoço não deixa…

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Caríssimo Walter, tem mais … as ONG´s e pastorais estão bem quietinhas, não querem perder a boquinha das verbas espúrias !

      • César disse:

        Walter, não confie em nenhum aliado do PT! O afastamento do governo é só para enganar os desavisados. Os políticos saem do PT, mas o PT não sai deles. Os movimentos sociais vão crucificar a Presidente Dilma, para tentar salvar o ex-Presidente Lula e o PT.

    • robyson andreotti disse:

      quem sabe em 2018, você não se candidata a presidenta, senhora Maria Aparecida Ramos Tinhorão.
      diante dos seus comentários, vê-se que num piscar de olhos o Brasil finalmente entrará no primeiro mundo.

  4. wilson disse:

    Kennedy,
    Nunca houve acordo do Cunha com a oposição e sim com o governo federal para mante-lo no cargo, as brigas dele com o governo pela imprensa era só para inglês ver. rsrss.
    Vamos ter que esperar até 2018 para ele e a presidenta sair.
    Neste tempo o Brasil ficará em banho maria e o brasileiro terá que se virar de algum outro jeito como sempre fez, porque esperar por esse pessoal estamos ferrados.

  5. Alberto disse:

    Essa é a terra brasilis.Uma baderna ampla,geral e irrestrita.

  6. Pereira disse:

    Estava mais que na hora do PSDB tomar a posição a favor do povo, nesse chove e ou não chove é que não dá pra ficar, uma pessoa que já tem comprovadamente várias denúncias e provas contra ele dando as cartas como quer, e na hora que quer, caso o presidente da câmara venha negar o principal pedido impeachment da presidente Dilma Rousseff, entra-se de novo com um novo pedido, é 100% claro que nenhum dos presidentes em nossa atualidade seja o da câmara, senado e república, estão sem condição nenhuma para continuarem no cargo. A realidade do no Brasil atual é clara, não tem condições de continuar assim, cada dia que passa mais dividas e mais contas a serem pagas pelo povo brasileiro. A união dos partidos faram a diferença para uma solução dos problemas.

    • Marcelo Bezerra disse:

      PSDB tomar posição a favor do povo??? você tá brincando né? o PSDB só quer saber dele mesmo e de seus políticos de rabo preso, estão se lixando se o Cunha é desonesto ou não, eles querem o poder, apoiarão e farão qualquer coisa pra conseguir, enquanto isso a oposição vai travando o Brasil.

  7. César disse:

    Vamos aguardar surgirem os nomes de outros políticos envolvidos em corrupção que estão apoiando o governo para ver o posicionamento do PSOL, PCdoB e Rede, paridos satélites do PT. Com certeza vão dizer que é uma invenção da imprensa, que todos tem o direito a defesa e qualquer tentativa de retira-los é “golpe”.

  8. César disse:

    Querem apontar os holofotes para o Presidente da Câmara Eduardo Cunha para desviar a atenção da Presidente Dilma Rousseff. Derrubam o Presidente da Câmara Eduardo Cunha e apoiam o líder do PMDB na Câmara Deputado Leonardo Picciani, que já se vendeu ao governo durante a reforma ministerial, para ocupar o seu lugar. Enterrando o processo de impeachment.

  9. Cícero lopes disse:

    Está demonstrado de forma inequívoca, que Eduardo Cunha é grande beneficiário no esquema de corrupção na Petrobras, que o executivo, leia-se presidente Dilma, é incompetente e mentalmente desequilibrado e, tanto a base aliada quanto a oposição, são fisiológicos, interessando a todos, sem exceção, atingir o poder e garantir as vantagens absurdas que seus cargos eletivos lhes proporcionam, e que vem aumentando descabidamente em relação aos parcos benefícios que o povo obtém e a crise econômica que se apresenta. Lastimável a falta de decência da classe política nacional.

  10. César disse:

    Lugar de corrupto é na K.D.I.A! Independente do partido ao qual pertençam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 18:18:24