aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
16-12-2014, 22h27

Sangria da Petrobras afeta economia

9

Postado por: ISABELA HORTA

A Petrobras divulgou uma nota afirmando que a presidente da companhia, Graça Foster, recebeu uma denúncia da funcionária Venina Velosa apenas neste ano. No entanto, outras mensagens que comentam irregularidades em contratos da empresa são de 2009.

A tendência é que Graça Foster deixe o cargo. A presidente Dilma Rousseff tem resistido a demiti-la. Mas a realidade dos fatos costuma se impor aos governantes.

A atual diretoria da Petrobras perdeu a confiança do mercado. As ações estão muito baixas. A sangria da companhia piora as expectativas de toda a economia brasileira.

E há auxiliares do governo que defendem a saída de Graça Foster junto com ministros que não vão continuar no segundo mandato de Dilma.

O Palácio do Planalto ainda não tem um substituto para a presidência da estatal, mas alguns nomes já estão sendo analisados. O governo avalia que é preciso um executivo respeitado para comandar a Petrobras. De preferência, da área privada.

O presidente da Vale, Murilo Ferreira, é apontado como um nome bem cotado por um ministro próximo a Dilma. Não se sabe se ele aceitaria deixar a Vale, que é a maior empresa privada do país. Mas, se não for Murilo Ferreira, a tendência é que seja alguém com perfil semelhante ao dele.

Confira o comentário:

Comentários
9
  1. Adalberto Rodrigues disse:

    Eu colocaria o Daniel Dantas, pessoa da maior credibilidade e ligado ao FHC e ao Aécio.

  2. Carlos disse:

    Tira a Foster e põe outro pau mandado, não resolve nada, enquanto a raposa cuidar do galinheira a tendência e que os ovos vão sumindo até se esvair.

  3. Carlos N Mendes disse:

    Dilma Roussef e o PT ganharam a eleição presidencial de 2014. PSDB, FIESP, Carecas do ABC, Lobão, A editora Abril e a legião das Carpideiras perderam. Se você afirmar que os bancos ganharam, eu farei cara de paisagem, mas eu e você sabemos que eles não precisam nem passar perto de uma redação para conseguirem o que querem. Turtminha do chororô, um conselho: se tem ações conservem, se não tem comprem. O resto é latido ao passar da caravana.

  4. nem me diga disse:

    se o povo quisesse ter mudado não teria votada na Dilma. Ou seja, o que o povo quer, o mercado deveria se calar. Já não basta que essa oposição tenha obrigado Dilma nomear sua para os cargos mais importantes do governo?

  5. O momento não e de ideologismo sem fundamento,sem argumentação e um momento extremamente serio para o nosso pais.Temos uma empresa que era a maior da América Latina,o nosso orgulho e que foi reconhecidamente derrubada pela corrupção e que exibindo uma situação ao mundo que nos envergonha e ate o momento não houve nenhum pronunciamento da CVM,do Presidente do Conselho de Administração e/ou da Presidente Executiva desta empresa.Nao interessa se existe ou não desconfiança quanto a sra. Graça Forster ou não,trata-se de uma empresa sem gestão,sem controles internos,sem auditoria interna,sem manuais de procedimentos corretos na melhor das hipóteses e portanto o Conselho de Administração e a diretoria executiva desta empresa tem sim que ser inteiramente demitida e como o Presidente do Conselho neste ultimo período foi o ministro da fazendo do Brasil e no anterior foi a Presidente do Brasil atual ela tem sim que dar uma explicação global,total da situação.Caso se tratasse de um banco privado isto e o que seria feito pelo BACEN junto a instituição financeira e portanto por que não se aplica o mesmo a Petrobras?Nao existe dinheiro publico,existe dinheiro do povo e estes gestores tem sim que prestar conta.Deve obrigatoriamente também ser examinado como a empresa do marido da sra. Graça Forster tem contratos de prestação de serviço com a Petrobras pois esta e uma situação de conflito de interesses.Vamos ser sérios.

  6. Paula Tejando disse:

    Intervenção do Estado em empresa de capital misto não traz credibilidade, nem mesmo o conselho da empresa defende os interesses da empresa, imagina o corpo diretivo apadrinhado…

    A PETR4 precisa indenizar os investidores prejudicados em todo o mundo, já que trata-se de fraudes a mando do Governo.

    Não podemos aceitar essas intervenções do governo (típicas de países com regime ditatorial e/ou socialista) em uma empresa desse porte. Isso sim retomaria a credibilidade da mepresa, do mercado, da economia, …

  7. Herenergilson Catalunho disse:

    Mais uma vez tenho que repetir este comentário, pois ele será eterno.
    Nós temos que parabenizar a Presidenta Dilma.
    Ela está cumprindo o que prometeu, doa quem doer.
    Outro dia eu li um comentário que dizia que nos 8 anos do governo do PSDB foram feitas somente 48 ações da PF, 6 por ano, e no governo do PT, em 12 anos, foram feitas 2.256 ações, 188 por ano.
    Isso quer dizer que no governo do PT a PF agiu 31,33 vezes mais que no governo do PSDB.
    Pesquisei na internet e vi que é verdade.
    Porque o PSDB impedia a PF de investigar ??????
    Parabéns ao PT e a Presidente Dilma, que querem passar o Brasil a limpo.

  8. Marcos Vitório disse:

    O país não se mobilizou quando essa senhora ganhou de forma suspeita as eleições com essas urnas que são mínimo suspeitas. Agora não adianta chorar pitangas, se o país não se mobilizar como nação essa corja continuará a fazer o que quiserem e ainda rirão das nossas caras. A Petrobras só se erguerá com outra diretoria de um outro governo. Dona Dilma não tem a menor condição de conduzir essa nau por mais 4 anos. Estamos num mato sem cachorro com essa corja PT/PMDB no poder. Estamos testando os limites que podemos suportar a corrução desenfreada que se instalou nas entranhas de nossas instituições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 11:32:56