aki

cadastre-se aqui
aki
Política
06-04-2016, 9h21

Se barrar impeachment, Lula convidará Meirelles para Fazenda

PMDB insistirá na ideia de que só saída da petista resolve crise
30

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Se a presidente Dilma Rousseff sobreviver ao impeachment, o ex-presidente Lula convidará o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles a assumir o Ministério da Fazenda.

Na prática, Lula tentará fazer o que Dilma já poderia ter implementado em dezembro passado, porque Meirelles aceitou a Fazenda quando foi convidado pelo ex-presidente e pelo então ministro da Casa Civil, Jaques Wagner. Esse episódio tem importância histórica para explicar as razões que levaram Dilma a chegar à atual situação, na qual existe risco real de perder o poder.

Em dezembro, ainda havia uma expectativa do mercado financeiro e dos empresários de que um nome como Meirelles pudesse resolver a crise. O que fez a presidente? Topou e aceitou que Meirelles fosse convidado. Wagner foi a São Paulo acertar os ponteiros.

Mas, num arroubo que denota toda a sua genialidade política, desautorizou Lula e Wagner e colocou Nelson Barbosa no lugar de Joaquim Levy. O resultado é conhecido: as crises política e econômica só pioraram de lá para cá.

Há um consenso hoje no PT e entre os principais ministros de Dilma. Se ela sobreviver ao impeachment, quem dará as cartas será Lula. O resultado de cinco anos de decisões tomadas por Dilma pode ser resumido num palavra: fracasso. Esse episódio ilustra a capacidade de Dilma de cometer erros e de fazer leituras erradas das possíveis saídas para a crise. Se o impeachment for rejeitado, teremos na prática um governo Lula com Dilma em posição figurativa.

*

PMDB vai à luta

Ao se licenciar da presidência do PMDB e passar o comando do partido ao senador Romero Jucá (RR), o vice-presidente dará mais liberdade à maioria da legenda para defender o impeachment como a melhor solução para a crise econômica.

Jucá já fez um discurso duro contra o governo ontem. O PMDB insistirá na ideia de que Dilma é a crise e de que seria uma ilusão deixá-la no poder, porque as crises política e econômica continuariam a se agravar.

Como vice, Temer tem um papel constitucional que o impede de entrar no ringue. Jucá, que já votou em Aécio Neves em 2014, dirá o que Temer não pode falar.

Essa guerra ainda terá muitos lances até a provável votação pelo plenário da Câmara no domingo 17 de abril, caso não haja recursos judiciais que atrasem esse cronograma. A pressão das ruas no dia da votação e eventuais desdobramentos da Lava Jato são fatores que deverão reforçar um desfecho ou outro nessa guerra do impeachment.

*

Jovair deve recomendar abertura processo

Relator da comissão da Câmara que analisa o pedido de abertura de processo de impeachment, Jovair Arantes (PTB-GO) deverá dar recomendação contrária à presidente Dilma Rousseff.

Jovair é hoje um aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, nos bastidores, articula uma votação a mais rápida possível a fim de tentar frear a reação que o governo ensaiou nos últimos dias contra o impeachment.

O relatório deve considerar que houve crime de responsabilidade por desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal. Será importante ver a consistência do relatório para saber se o governo apresentará logo algum recurso ao Supremo Tribunal Federal ou se aguardará a votação da comissão, que está prevista para a próxima segunda-feira.

*

Comissão tende a ser pró-impeachment

Apesar de alguns deputados ainda estarem escondendo o jogo, dizendo-se indecisos, a tendência da maioria dos integrantes da comissão da Câmara é aprovar o pedido de abertura de processo contra Dilma.

O ex-presidente Lula tem articulado com mais foco na votação em plenário do que na comissão. A comissão é muito influenciada por Eduardo Cunha e pelos holofotes.

Como as pesquisas mostram que a maioria da população quer o impeachment da presidente, a tendência é que a maioria dos seus membros tente ficar bem na foto, já que caberá ao plenário da Câmara a decisão final sobre aceitar o pedido de abertura de processo de impedimento.

*

Diferença entre Dilma e Lula

Para tentar impedir o impeachment, um argumento convincente apresentado pelo ex-presidente Lula a deputados é oferecer mais espaço no governo para quem permanecer fiel numa hora difícil. Ou seja, dar mais ministérios, cargos de escalão e verbas aos aliados que votarem contra o impeachment, retirando espaço dos peemedebistas que romperam com o governo.

Outro argumento que tem surtido efeito é que, se Dilma permanecer no poder, quem vai dar as cartas será o ex-presidente Lula. Os deputados e senadores dizem que Dilma não cumpre acordos, mas Lula, sim.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
30
  1. Helton disse:

    Pergunta inocente: Se Dilma é a presidente, mas lula que mandará de verdade, não é golpe?

    Pelo que sei, em caso de incapacidade da presidente, quem assume é o vice, correto?

    Pobre país…

    • Rogério Sant'Anna disse:

      Pobre país mesmo…
      Imagine um traidor do tipo Temer como presidente?
      Se não esta bom precisamos ir para as ruas e cobrar a Presidente e não tirar…
      O próximo que entrar será bem pior, pois vai se justificar acusando o governo anterior.

      • Comece pedindo a devolução do dinheiro da compra da refinaria de Pasadena.
        Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

      • Helton disse:

        Rogério, o Temer é traidor?

        Acho que o Lula do povo é mais. Vive no luxo, “ganhou” imóveis milionários de amigos, anda de jatinho particular sem falar quem paga, gosta de vinhos caros.

        Acorda para a vida. Eles querem um bando de pobres para ficar com toda a riqueza…

        Olha a situação da Venezuela…esse é o nosso futuro

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Lula, Dilma… todo esse modelo fracassou… é filme queimado.
    Segundo Margareth Tatcher: o socialismo termina quando acaba o dinheiro dos outros.
    O nosso acabou !

    • walter disse:

      Exatamente cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão, não temos mais dinheiro…mas o lula não liga, seu sonho, é gastar o fundo soberano; que deveríamos ter 1 TRI, pelo menos; tudo com medidas populistas, já que isto acalentaria seu sonho em 2018.
      Kennedy caro, e creio que a Maria concordará também; a saída da dilma pelo menos, é providencial…trata-se de uma pessoa sem condições nenhuma, para reerguer o País, nem com o lula a seu lado
      Quanto ao Meirelles, esta envolvido com o banco original; oriundo da JBS; uma situação estranhíssima, considerando as dificuldades de caixa desta empresa; eles devem conhecer, o “milagre dos pães”;tudo muito esquisito; de qualquer forma, o Meirelles, seria outro Bendine, que até agora, não colocou a Petrobras nos trilhos; precisamos de sangue novo, e de confiança internacional, com carta branca” na economia”…

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Walter, caro colega desse foro de debates.
        Concordo e agradeço pela visão lúcida e sempre esclarecedora.
        Esse desgoverno não tem mais nenhuma credibilidade… “Time to go” !

  3. Gilberto Gomes disse:

    Kennedy pensa bem, os partidos maiores já chegaram ao consenso que será trágico a continuação desse desgoverno, quanto aos menores estão tendo os 15 minutos de fama, oportunistas e sem compromisso com o povo. Pelo amor de Deus se esses Deputados não honrarem os 70% da população brasileira que quer o impeachiment, eles poderão abandonar a Carreira, pois não terão moral para olhar nos olhos do Eleitor e pedir seu voto, até porque isso será usado amplamente nas próximas eleições para derrubá-los.

  4. Joaquim disse:

    E ele irá comandar o pais da onde? Da cadeia!!! O pais precisa de moral, vamos seguir o exemplo do 1º ministro da Finlândia. Rapidez senhores ministros do supremo, mais trabalho e menos holofotes, precisamos acabar com esta situação amoral reinante no pais. Da nojo é envergonhante. A maioria dos brasileiros esta se sentido envergonhado e menosprezado pelo acontece em Brasília, independente do lado, somente as “autoridades” parecem não enxergar.

  5. Alphonse Gabriel "Al" Capone disse:

    É engraçado. Gente que reclama sobre a constitucionalidade de um impeachment fica aparentemente tranquila ao constatar que Lula na prática voltará à presidência, não pelo voto, mas através de uma manobra política, de uma artimanha palaciana. E aí pergunto: onde estão os arautos da legalidade? Os guardiões das instituições? Os gramáticos do STF? Retirar do poder uma pessoa de quem já se duvida de sua sanidade mental não pode. Inventa-se milhões de argumentos contrários. Conceder um mandato à um ex-presidente com uma canetada pode? É… e isso não é golpe? Não, porque é de Ali Babá que estamos falando. Don Vito Corleone, o capo de tutti capi. Daí pode, não é golpe não. Patifes petistas.

  6. Pasquale disse:

    06/04/2016 às 08:03
    Vitrine do governo federal, PAC teve apenas 16,8% das obras concluídas

  7. rafael disse:

    “Alô querido”, ta me ouvindo?… VC NAO TEM MAIS MORAL LULA.

  8. davi disse:

    Simples: Não há político na atual situação, que honre as calças que veste. O POVO É BOBO E PELO ANDAR DAS COISAS, VAI CONTINUAR SENDO ..(VOTANDO EM TODOS OS MESMOS “VELHA GUARDA” DA ENGANAÇÃO EM MASSA. O único que tem poder de articulação e carisma “nos primeiros escalões da politica” É O SR. Excelentíssimo LULA. Os outros são coadjuvantes de primeira linhagem (envoltos em mordomias e regalias “proporcionadas pelo povo”) em seus cargos políticos super importantes. ENTÃO: se o povo não exigir trabalho decente do: Executivo, Legislativo e principalmente agora do Judiciário (Punindo e inibindo as falcatruas, e as (facilidades remuneradas) de quem está, e quer se manter no poder (enriquecendo “ilicitamente” a classe top politica e empresas envolvidas, e esvaziando os cofres da nação), Nação, que fica com seus “direitos básicos” ESQUECIDOS. POR CULPA DE TODA CLASSE POLITICA (COM CARISMA E PRINCIPALMENTE OS SEM CARISMA E SEM CORAGEM).PRÓXIMAS ELEIÇÕES 90 % DE VOTOS NULOS!!ElesVãoVer!

    • Sônia Ribeiro disse:

      Davi: Sou obrigada a concordar contigo sobre o carisma do Lula; porém, se trata de um carisma demoníaco, ruim…Este partido político montou o maior esquema de corrupção institucionalizado, sistêmico de todos os tempos. Não estou aqui desconsiderando qualquer outro partido ou político. São todos iguais, um bando que se une para desviar recursos públicos de um povo já tão minado e sofrido. Não adianta falar em vergonha na cara, pois, certamente, esta gangue não dispõe deste altruísmo.Na verdade, não temos absolutamente ninguém que possa nos representar. Mas uma coisa é certa, temos que aproveitar a oportunidade para tentarmos extinguir este bando e incluo aqui, o Sr. Lula, que de amigo do povo não tem nada; na realidade, é amigo dos “coxinhas”, empreiteiros, pecuaristas, banqueiros, etc. e igualmente vampiriza e explora o Brasil, em benefício próprio! Corrupto é corrupto e não pode haver ideologia que o defenda!

      • davi disse:

        Perfeito Sra. Sônia Ribeiro.
        Acabar com crimes infelizmente é utopia, porém o criminoso teme quando, há justiça atuante e punição a altura. Todos, sem distinção de partido, (e eu nem sei pra que tanto partido assim?), que estejam envolvidos, devem ser severamente PUNIDOS, com valores desviados (D.E.V.O.L.V.I.D.O.S)…Para que os próximos que governem entendam que, se pensarem, em se beneficiar de dinheiro públicos, irão ficar muito tempo na XADREZ! PRÓXIMAS ELEIÇÕES 90 % DA POPULAÇÃO TEM QUE VOTAR NULO, OU DEIXAR DE VOTAR!…É A ÚNICA FORMA DELES “SE SENTIR” AMEAÇADOS…ELES NÃO SE AUTO-ELEGEM…ELES PRECISAM DO (POVO/VOTO) PARA SER “REPRESENTANTES DO POVO” (E NÃO O SÃO). PUNIÇÃO E CADEIA AOS CONTRAVENTORES! PENAS EXEMPLARES PARA QUE ESSAS CLASSE “BENDITA” TEMA A JUSTIÇA E O POVO.

  9. Marco Túlio Castro disse:

    Kennedy, você falou o tempo todo que o vice presidente assumir é golpe. Lula assumir não é ? Esta lógica dos petistas é que divide o Brasil. Isto dá muito nojo.

    • davi disse:

      Boa Marco Túlio. É mais ou menos assim, pensamento de “QUADRILHA”. Se assume alguém do “bando”, não é golpe (pois a quadrilha se mantém mandando). Se outro “bando” assume: É ocupação ilegal pra comandar, (conquista “à força”). Meu caro, o negócio lá é nefasto, pesado mesmo, coisa de grupo democrático “goela a baixo”.. (Ninguém de lá quer perder as regalias de político) e a possibilidade de lhe dar com dinheiro público “e desviar um pouquinho” e se tornar BILHONÁRIO sem fazer muito esforço. PRÓXIMAS ELEIÇÕES 90 % DA POPULAÇÃO TEM QUE VOTAR NULO, OU DEIXAR DE VOTAR!…É A ÚNICA FORMA DELES “SE SENTIR” AMEAÇADOS…ELES NÃO SE AUTO-ELEGEM…ELES PRECISAM DO (POVO/VOTO) PARA SER “REPRESENTANTES DO POVO” (E NÃO O SÃO). PUNIÇÃO E CADEIA AOS CONTRAVENTORES! PENAS EXEMPLARES PARA QUE ESSAS CLASSE “BENDITA” TEMA A JUSTIÇA E O POVO.

  10. Daniel disse:

    Tenho acompanhado alguns comentários que me fizeram refletir.
    Sou a favor do impeachment e quero ver essa quadrilha organizada petista na cadeia.
    O que me preocupa é estrategia deles de vitimação.
    O Lula vai ficar com o discurso de que o PT sofreu um golpe e dramatizar essa situação nesses dois proximos anos. Esse é um jogo que ele sabe muito bom fazer.
    Até 2018, muitos ingenuos cairão nessa labia, podendo dar uma sobrevida a essa quadrilha, hoje moribunda.
    Fico pensando se não seria melhor não ter o impeachment, deixar o Brasil se afundar mais com o PT sem base no governo, para nos vermos livre em definitivo desse cancer em 2018.

  11. Cadê os constitucionalistas? Isto sim é golpe! Lula governar no lugar dela pode?
    Na constituição existe a possibilidade de impeachment. Está lá! Me mostrem onde está a renuncia de Presidente com escolha do sucessor feita pelo próprio renunciante na nossa Constituição. Presidente postiço pode ou é golpe?
    Se como diz a matéria o problema é ela, o impeachment será a solução constitucional para isto. Crimes não faltam! Todos nós ouvimos as gravações. E isto é fato consumado.
    Gravações que não pegaram só a Presidente, mas também pegaram os seus Ministros Aloisio Mercadante e Jaques Vagner. Gravações que também pegaram o líder do governo no Senado Delcídio do Amaral. Gravações que pegaram o Presidente do PT Rui Falcão. Gravações que pegaram o ex-Presidente e ex-futuro Ministro da Casa Civil Lula.
    Este governo acabou! Nós não aceitaremos ser governados por esta quadrilha.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  12. Alberto disse:

    A terra brasilis é sui-generis.Suponhamos que a tese do ministro Marco Aurélio prevaleça e o vice sofra impeachment.Como votará o PT e seus capachos quanto as pedaladas e decretos? Inocentam a mandante e culparão o vice pelo mesmo crime? Seria sensacional ver essa situação,rsrsrsrs.
    Sempre comentei por aqui que a terra brasilis era bi-presidencial,um presidento e uma presidenta,mesmo que decorativa.E tome OLANZAPINA.

  13. Giovanny disse:

    Kennedy, gostei desse Vosso comentário. Caso isso venha a ocorrer, o Brasil terá nova cara em seis meses. Não tenho a menor dúvida que Lula dando as cartas, sairemos dessa crise politica e econômica em tempo recorde. Quando ele assumiu o primeiro mandato, sem a experiência que tem hoje, resolveu logo os problemas de desemprego, FMI e mudo a face do país no mundo. Agora, com muito mais experiência, seis meses e todos estarão aplaudindo ele novamente, todos que hoje o condenam. Não vemos hoje um líder com capacidade igual a dele, creio que isso é o incomodo da oposição. Temos que pensar primeiro no Brasil e em nosso bolso, só ele resolverá isso.

  14. Ailton disse:

    Logo no inicio do governo Dilma, já se previa esse colapso financeiro, foram escolhidos novos ministros da Fazenda e do banco Central e exonerando os que ali estavam> só que as escolhas Dilma, foram péssimas e continuam até agora. No governo do Presidente Lula existiam dois paredões de ministros intransponíveis que defendiam a economia brasileira e também atacavam a inflação.
    Más, as pessoas pagam pela sua arrogância e despreparo administrativo é o que ocorreu e ocorre com este governo atual.

  15. ISSO É UMA VERGONHA... É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO! disse:

    SERÁ QUE A JUSTIÇA NÃO VAI COLOCAR LOGO O CHEFE DO MENSALÃO E PETROLÃO NA CADEIA?
    AFINAL A CADEIA NÃO É PARA TODO BRASILEIRO QUE COMETE CRIME?
    COMO PODE UM “SUSPEITO” DE COMETER CRIMES TÃO GRAVES PODE COMANDAR UM PAÍS POLITICAMENTE E NINGUÉM FAZ NADA… COMANDANDO DE UM QUARTO DE HOTEL… QUE PAÍS É ESSE?

  16. Aqueles que defendem o governo cantam Calcinha Preta.
    Você não vale nada,
    mais eu gosto de você!
    Você não vale,
    mais eu gosto de você!
    Tudo que eu queria,
    era saber porquê?
    Tudo que eu queria,
    era saber porquê?
    Já os que defendem o impeachment cantam Jorge Bem Jor.
    Moro num país tropical
    Abençoado por Deus.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  17. Dindo disse:

    Vou ei sincero aqui. Votei na Dilma em 10 e 14, a defendi até perder a coragem. Não quero o impedimento do mandato dela da maneira q pode acontecer, mas o Brasil não suporta mais a maneira pela qual Dilma administra o país. Não dá mais! Espero q Lula tenha liberdade d atuação política e clareza sobre o rumo a conduzir o país e o impedimento for derrotado.

  18. Rodrigo disse:

    Kennedy,

    O problema é que várias vezes a Dilma não cumpriu e nem aceitou o Lula por trás do seu governo. Será que não será mais um acordo dela que será descumprido???

    Abraços,

    Rodrigo

  19. Lilian Pereira Dutra disse:

    Estranha-me a naturalidade com que todos, políticos, jornalistas, sociedade, enfim, com que todos tratam a notícia de que o ex-presidente Lula “tomará as rédeas da situação”. Grosseiramente falando, já as tomou lá onde está, nas suítes no hotel Golden Tulip. E nos parece a todos normal que ele diga quem deve ser o ministro, que medidas tomar, quem deve ou não compor o governo. Quem deu a ele estas prerrogativas? Deveria estar havendo uma “grita generalizada” , mas, ao contrário, noticia-se e comenta-se como se fosse da maior normalidade institucional alguém sem mandato e sem nomeação formal negociar os destinos da república brasileira.

  20. ISSO É UMA VERGONHA... É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO! disse:

    A falta de vergonha na cara que tomou conta do país permite que um suspeito de crimes gravíssimos, sob investigação e impedido de ser nomeado ministro para protelar sua ida para a cadeia, comande politicamente de um quarto de hotel o governo – e tudo isso é propagado pela mídia, com se fosse algo normal e legal!
    Além disso o governo faz um “leilão” de cargos e ministérios, divulgado claramente que o faz por troca de votos para evitar o próprio impeachment!
    Onde estão os órgãos que podem coibir tais atos, aos olhos da população, um absurdo?!
    Como podem dizer que as instituições estão operando com normalidade?
    Até onde vai tudo isso?

  21. URGENTE: "LISTA DOS APOIADORES DO DESGOVERNO QUE ATOLOU O PAÍS NA CORRUPÇÃO"! disse:

    HOMENS HONRADOS QUE3 AINDA RESTAM NA POLÍTICA, FAÇAM URGENTEMENTE UMA LISTA DOS NOMES DOS QUE ESTÃO SE DECLARANDO CONTRA O IMPEACHMENT – PARA QUE A POPULAÇÃO VÁ GUARDANDO TAIS NOMES, PARA DAR-LHES OS TROCOS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES! UMA LISTA COM O SEGUINTE TÍTULO: “LISTA DOS QUE APOIARAM A CONTINUAÇÃO DO DESGOVERNO QUE QUEBROU O PAÍS COM A CORRUPÇÃO”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 04:57:17