aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-06-2016, 9h23

Se prender Renan, Jucá, Sarney e Cunha, STF criará maior crise de Temer

Mas ameaça de volta de Dilma é maior aliada do presidente interino
44

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Se o Supremo Tribunal Federal aceitar os pedidos de prisão de quatro caciques peemedebistas, poderá produzir a maior crise politica do governo do presidente interino, Michel Temer. No entanto, isso não seria garantia do retorno ao poder da presidente afastada, Dilma Rousseff.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente da República José Sarney. A TV Globo deu informação de que teria sido solicitada também a prisão do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Todos esses quatro caciques peemedebistas são fiadores políticos do governo Temer. No caso de Renan, ainda pode ser discutido o afastamento da presidência do Senado.

Por analogia com o que aconteceu com Eduardo Cunha, há alta chance de Renan também perder o comando de fato do Senado. Isso guindaria o vice-presidente da Casa, Jorge Viana (PT-AC), ao comando do Senado, o que não seria bom para o Palácio do Planalto.

Se Renan também for preso, o impacto sobre o PMDB será ainda maior, com dano para o governo Temer. O presidente do Senado se reaproximou do presidente interino, com quem tem histórico de rivalidade no PMDB, e ajudou o novo governo a aprovar projetos no Congresso.

O caso de Jucá é outro que poderia trazer complicação enorme para o governo, porque, se o STF endossar o pedido de Janot, estará, de certa forma, avalizando a tese de que houve uma trama para derrubar Dilma e instalar Temer no poder.

Na semana passada, Temer disse em entrevista que nunca um aliado lhe propôs tal ideia. Afirmou ainda que a Lava Jato tem apoio de sua administração e que nunca houve gesto dele contra a investigação.

No entanto, uma decisão dura do Supremo em relação a Jucá atingiria um dos principais articuladores do impeachment de Dilma. Obviamente, daria munição ao PT contra Temer na batalha do impeachment.

Se houver decisão contrária a Renan e Jucá, será difícil que o Supremo preserve Sarney, apesar de as gravações em relação a ele serem, digamos assim, de menor teor explosivo na comparação com as demais. No caso de Sarney, seria um pedido de prisão domiciliar com uso de tornozeleira.

A decisão do Supremo sobre esses quatro políticos será importante para ditar os rumos da crise e da batalha do impeachment no Senado. Não pode ser descartada a possibilidade de um político graúdo desses fazer delação premiada. A história da Lava Jato ensina, como mostram as delações de empreiteiros que resistiam a aderir ao instituto, que uma colaboração não é impossível diante da possibilidade de prisão ou de meses no cárcere.

É importante que o STF decida rapidamente a respeito desses pedidos de Janot. A economia está sofrendo muito com a incerteza política. É preciso dar respostas rápidas.

*

Sonho petista

Caso o Supremo pegue pesado com os quatro caciques peemedebistas, o PT certamente entenderá que aumenta a chance de a presidente afastada retomar o poder.

Mas a maior aliada de Temer é a ameaça da volta de Dilma. Essa possibilidade amedronta o mercado financeiro, o empresariado e boa parte da classe política e da opinião pública.

Desde quando deixou a Presidência em 12 de maio, Dilma não fez um gesto de autocrítica. Não admitiu um erro na economia. Pelo contrário, prometeu agir com irresponsabilidade fiscal se retomasse o poder. Dilma ainda hesita em assumir a proposta de convocar eleição presidencial neste ano.

Os gestos da presidente afastada são mais de quem guerreia por uma fotografia histórica de vítima de um golpe do que uma estratégia eficaz de retorno ao poder. Nesse contexto, é mais provável que aconteça uma crise que atrapalhe o governo Temer e viabilize nova eleição presidencial do que uma tormenta que devolva o cargo a Dilma.

Para o mercado financeiro, o empresariado e boa parte da classe política e da opinião pública, está muito claro que um novo governo Dilma aprofundaria a crise. Entre tantos motivos, um é potencialmente danoso para a petista: tem uma delação de Marcelo Odebrecht no meio do caminho.

*

Apoio da opinião pública e oportunidade perdida

Ao manter ontem três auxiliares que estavam em diferentes apuros políticos, Temer cometeu um erro. Na semana passada, disse que a Lava Jato criara jurisprudência de demissão rápida. Não foi o que aconteceu em relação a Henrique Alves, ministro do Turismo.

Sobre o advogado-geral da União, Fábio Osório Medina ficou no cargo para Temer não perder o terceiro ministro em mais uma segunda-feira. A respeito de Fátima Pelaes, é pura insensibilidade política em relação às questões da Secretaria da Mulher. Fátima Pelaes é inadequada para a função.

Obviamente, é importante Temer se apoiar nas forças políticas que o sustentam e levar em conta o impacto disso sobre o Congresso. Mas é o apoio da opinião pública para dar respostas à crise econômica e política que o levaram ao Palácio do Planalto. Se tiver apoio da opinião pública, ficará mais fácil enfrentar os políticos.

Nesse sentido, Temer perdeu ontem uma oportunidade, porque a opinião pública não tolera mais um sistema político movido a corrupção. E o STF pode dar mais uma evidência disso ao decidir sobre os pedidos de prisão de quatro caciques peemedebistas.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
44
  1. Alex Cardoso disse:

    Estamos vivendo dias de tormenta e incerteza. Qualquer tentativa de prever os rumos da crise revela apenas torcida, pois são apenas hipóteses e nada mais. Tudo pode acontecer, até a volta de Dilma. Mas uma coisa é certa, os políticos não hesitarão em fazer qualquer negócio para preservar seus mandatos e escaparem das prisões. Não hesitarão em consumar o golpe, por exemplo, aprovando o parlamentarismo e tirando do povo o direito de escolher seu governante.

    • Edi Rocha disse:

      Kennedy esqueceu (talvez) de comentar sobre o pedido de prisão de Eduardo Cunha. O deputado continua fazendo o que fora advertido a não mais fazer, inclusive sendo suspenso por isso.
      .
      A única coisa que serve para Eduardo Cunha é a prisão, nenhuma outra atitude o impede de continuar com as manobras. Tem que prender ele e seus aliados que não param de interferir. Graças a eles, “Cunha pode até ser inocentado” no Conselho de Ética. É um absurdo e não dá mais para tolerar isso. Essa última manobra (de ontem) foi a gota d’água. Tem gente que é uma causa perdida mesmo. É o caso desse deputado, não adianta pegar leve com ele.
      .
      Vamos aguardar agora qual será atitude (que tanto se cobra) do STF.

      • walter disse:

        É um absurdo Edi, o Eduardo Cunha, ainda vai ganhar muito dinheiro, como consultor, ou lançando um livro, como especialista; se passar pelo conselho de ética,e tudo indica que sim, esquece…
        Surge o procurado da República Kennedy, querendo prender toda a cúpula do PMDB; por que será, e pelo bem de quem??? Esta atitude só dificulta o governo provisório, o País fica em segundo plano…
        O PT que eleições novas; já estão jogando a toalha e a própria dilma sabe disto; não há argumento que justifique, um anúncio de 90 BI, no ano de estouro, constatando-se depois os 170 BI…
        Estão usando todas as armas, para prejudicar o Temer; já sabe, que o Governo dele, dará certo, e o PT desaparece para sempre..

        • Dimas J Trindade disse:

          É. Pelo que ele já conseguiu fazer em tão pouco tempo, já dá para perceber que se trata de um craque…em marcar gol contra. É estarrecedor a capacidade de análise de um torcedor fanático.

  2. Luiz Mattos disse:

    Já está passando da hora de retornarmos o crescimento industrial, a geração de empregos e a estabilidade financeira do pais e estas manifestações de poder entre o legislativo, executivo e judiciario não estão nem aí com o povo brasileiro, somente conseguem olhar para os proprios umbigos e para os proprios interesses.Bem dizem que Brasilia é um outro mundo fora do Brasil.
    Cade o sentimento de Brasilidade que cada um espera de seus politicos, como fala um renomado jornalista “Isto é uma vergonha”

  3. Francisco Nascimento disse:

    Finalmente o Gigante começa a despertar, embora ainda em estado de sonolência. É evidente que existe uma “operação abafa” em curso para silenciar a Lava-jato e são os mesmos que deram causa a “operação impeachment”. Ainda sou dominado pelo ceticismo dos desdobramentos que se seguem, pois existe, entre os políticos brasileiros, uma paixão doentia pelo poder e um desprezo sintomático pelo Brasil, não se importam em deteriorar a nação em nome de seu projeto de poder ou sangrar o estado para desqualificar outro grupo que está no comando. O que mais ouço nas ruas e entre amigos é o desabafo “se eu tivesse condição ia embora do Brasil”, é muito chato sentir na pele a sensação de inferioridade, que o seu trabalho não vale nada, seu esforço não vale nada, que sua vida não vale nada. Pois, acima de nós pairam deuses, ou melhor, demônios que sugam as artérias que poderiam alimentar a educação, a saúde e a economia. O que nos resta? Apoio irrestrito a Janot, Mouro e NOVAS ELEIÇÕES.

  4. Abaixo a Lava Jato disse:

    A lava jato já foi primordial, agora está sendo tóxica para o país. Não consigo entender porque não se faz tudo logo de uma vez, liberando a economia do país para que este possa funcionar. Esse método de ‘tiro ao pato’ não faz mais do que travar qualquer possibilidade de recuperação. É por isso que não apoio a CPMF. Ao invés de liberarem a economia para que se façam negócios, travam-na com procrastinação judiciária. Cientes de que na falta de operações faltará recolhimentos, vem o governo espoliar o mercado com mais um imposto. É chegada a hora de dar um basta nesta república de Curitiba e neste PGR. Se tem algo a fazer que o façam de uma vez e depois voltem a passar o dia comendo moscas como fizeram durante todos esses anos.

  5. Marcelo Lopes disse:

    A verdade sempre prevalece e um dia aparece. Não tem como, vamos ver se o STF vai passar a mão na cabeça destes ou vai agir com o mesmo rigor que agiu quando se tratou de casos envolvendo o PT. Não estou dizendo que ele agiu errado antes, mas o mesmo peso e a mesma medida seria sensato. O país foi colocado nesta crise por todos estes, não foi somente pela presidente. O mandato dela está inviabilizado há muito tempo por questões políticas, esse grupo aí incluindo o interino, pagou de ético, moralista mas os fatos estão dizendo o contrário. Infelizmente a Justiça e a mídia também tem parte nisto tudo, por quê? Porquê estes fatos não foram revelados antes? O que achas?

  6. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A única saída decente, honrosa e republicana seria a intervenção legal do executivo pelo judiciário, reforma política com parlamentarismo, voto distrital e pena de morte para crimes hediondos e perpétua para corrupção.
    Tá bom … eu sei, é sonhar demais !!

  7. Luiz Paulo Tupynambá disse:

    Deixxa eu ver se entendi seu ponto de vista: o senhor acha que por correr o risco de Dilma voltar esses senhores não devem ser presos? Que seria melhor tocar o barco como está para ver como é que fica lá na frente depois do impeachment votado no Senado? E aonde está essa tal opinião pública que os senhores tanto chamam em favor desses raciocínios tortuosos que estão usando para defender um governo ilegitimo?

    • Luiz Silva disse:

      Para você, que governo seria legítimo? O de Dilma, afastada segundo a Constituição? Um novo governo eleito pelo povo sem que novas eleições estejam previstas na Constituição?
      O único governo legítimo hoje é o de Temer, eleito pelo povo para assumir em caso de afastamento de Dilma.
      Se ele está cercado de ladrões, que prendam os ladrões. Se ele também é ladrão, que o prendam e assuma o presidente da Câmara. Se este também é ladrão, que assuma o presidente do Senado e assim por diante, conforme determina a Constituição.
      É disso que se trata a legitimidade.

      • luiz fernando antonio disse:

        O grande problema é que se forem prender todos os ladroes não vai ter cadeia para todos; a unica vantagem seria o grande desenvolvimento da construção civil.

  8. Francisco disse:

    O povo não pode esquecer e tem que ir as ruas nestes próximos dias e apoiar a lava jato e as prisões que poderão vim, temos que ter o entendimento que somente a saída da Dilma não resolve o problema da corrupção no Brasil, porque a corrupção já esta impregnada no sistema politico.

  9. Cláudio Jose Barros de Souza disse:

    Estamos em uma encruzilhada! Sim! Porque se o STF aceitar o pedido do Janot à presidência do Senado cairá nos braços do PT, o que indicará um fortalecimento no retorno da Dilma ao poder, que significará a institualizacao do caos, se é que já não o vivemos. Por outro lado, em não aceitando o pedido o STF estará compactuando com a corrupção que os mesmos representam , dai o que fazer? Estamos naquela dita “Se ficar o Bicho pegs, se correr o Bicho come”

  10. VIVA SERGIO MORO, RODRIGO JANOT, MPF, PF, TCU, RF, STF, OAB, VIVA A LAVA JATO, VIVA O BRASIL! disse:

    Michel Temer optou pelo apoio dos corruptos Renan, Jucá, Sarnei etc para governar em vez de selecionar nomes íntegros e capazes entre 200 milhões de brasileiros, para ajudá-lo, “DE VERDADE”, a endireitar o país.
    Isso deixaria claro, “DE VERDADE”, que abraçava a Lava Jato – e assim conquistaria o apoio popular daqueles que lhe depositaram um “voto de confiança” ( pois era do desgoverno também) – voto de confiança esse não por merecimento, mas porque toda a nação enxergou ser a forma mais rápida para alcançar o livramento do desgoverno corrupto e seu projeto criminoso de poder.
    Preferir confiar em políticos corruptos apenas está mostrando o quanto a classe política está distanciada das ruas, do povo, do eleitor! E esse é o motivo do sucesso da Lava Jato, Sergio Moro, Rodrigo Janot, PF, MPF, RF, TCU, nos poucos políticos com vergonha na cara desse país e, com a ajuda de Deus, no STF!

  11. Stanislaw. - SE NÃO PRENDER É QUE A CRISE SE AGRAVARÁ!. disse:

    MAIOR CRISE DE TEMER?
    HAVERÁ CRISE MAIOR DO QUE UM EX-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, UMA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, UM PRESIDENTE DO CONGRESSO NACIONAL, UM PRESIDENTE DA CÂMARA FEDERAL, UMA SUBSTANCIAL PARCELA DO SENADO FEDERAL E CÂMARA FEDERAL, TODOS NA IMINÊNCIA DE IREM PARA A CADEIA, ONDE MUITOS POLÍTICOS E ALTOS EMPRESÁRIOS JÁ ESTÃO?
    CRISE MAIOR PODE HAVER SE NÃO FOR ENTENDIDO LOGO QUE O PAÍS NÃO PODERÁ SER GOVERNADO POR UM GOVERNO QUE ASSUME NO LUGAR DE UM DESGOVERNO CORRUPTO, QUE AFUNDOU O PAÍS NUM MAR DE LAMA FÉTIDA DE CORRUPÇÃO ATRAVÉS DE UM PROJETO CRIMINOSO DE PODER – E QUE INSISTE EM NOMEAR CORRUPTOS CONHECIDOS PARA O NOVO GOVERNO!
    QUE NÃO ENTENDA QUE É MOMENTO DE RECUPERAÇÃO ECONÔMICA, POLÍTICA, ÉTICA E MORAL PARA QUE NÃO SE AGRAVE UMA CRISE SOCIAL QUE ESTÁ ÀS PORTAS, COM UMA NAÇÃO INDIGNADA COM TANTA ROUBALHEIRA AOS COFRES PÚBLICOS E TANTO “ESPÍRITO DE CORPO” VISÍVEL ENTRE A LADRÃOZADA DOS COFRES PÚBLICOS!

  12. Alberto disse:

    Tiro saindo pela culatra para qualquer lado,interino ou afastada.Não dá para precisar nada.

  13. SE PRENDER A CORJA SUPREMA O PAÍS COMEÇARÁ A MUDAR! disse:

    Será que a cegueira é tanta que 200 milhões de brasileiros não enxergam que o grande problema do país é, em primeiro lugar, uma reforma política “verdadeiramente” a favor da “nação”?
    E que isso só poderá acontecer com os Lulas, Sarneis, Renans, Jucás, Palocis, Barbalhos, Edinhos, Cunhas, petralhas, democomunotucanos, pmdbestas, e todos os corruptos na cadeia
    Que é preciso uma lei anti corrupto, que puna com 30 anos de cadeia todo ladrão de cofre público, independente de quem seja o ladrão? E que com essa ladrãozada no poder, jamais uma lei dessa será votada?

  14. Getulio Gonçalves disse:

    Muito se fala em novas eleições para presidente e vice ainda este ano, mas esquecem uma questão central – votar em quem? eleger quem? A não ser que a reboque da PEC das eleições viesse um dispositivo proibindo a candidatura de qualquer político com mandato, político que tivesse qualquer menção de seu nome em qualquer operação criminosa, seus parentes até o sexto grau, que pertencesse a qualquer dos partidos envolvidos nessa bandalheira toda, etc. Ainda assim restaria outro problema, o que fazer com o Congresso Nacional? que segundo Sergio Machado só cinco escapam. Lá temos mandatos de dois anos e meio para deputados e dois terços do senado e mandatos seis anos e meio para um terço do senado. Eleições este ano servem para novas “arrecadações”, novos gastos para o País e cairia muito bem para o “mercado” em torno delas. Sugestões: Afastar toda escala sucessória – Temer, Cunha, Renan. Presidente do STF assume até 2018 governando por decreto e sem o Congresso.

  15. Santos disse:

    Na minha opinião, crise mesmo é a roubalheira que se instalou no país. Começou menor, há muitos e muitos anos atrás e veio crescendo assustadoramente até chegar nos dias atuais. Culpados? Muitos! Desde os pais que acham que educar dá muito trabalho e preferem não dar limites aos filhos até o eleitor que troca seu voto por uma benesse do político corrupto que rouba, mas faz. Hoje temos uma oportunidade sem igual de colocarmos a roubalheira em patamares de países civilizados e espero que consigamos, pois do contrário esse país se tornará definitivamente em terra de ninguém com o crime organizado travestido de “excelências” dando as cartas.

  16. Elaine disse:

    O Pezão (governador do Rio)dizia que se a Dilma caísse, Temer cairia também. É o que vai acontecer nos próximos dias: A QUEDA DO TEMER. FORA GOLPISTAS! FORA!

  17. Ray Magno disse:

    Há décadas o povo vem esperando atos reais de autoridades a fim de sanear nossa política e os rombos estratosféricos do dinheiro dos contribuintes.
    .
    Agora as coisas começam a definir o efeito cascata que se esperava. Para que ficar culpando o novo governo disto ou daquilo, se o rolo compressor vem passando sobre quase todos? Claro que o governo Temer tem diante de si gigantescos desafios e abismais dificuldades. Alguém, diferentemente, tem a magia que a tudo resolve no estalar de dedos?
    .
    Os que fizeram de seus quintais o nosso país agora terão de responder, e muito! POLÍTICA NO BRASIL DEIXARÁ DE SER UM GRANDE NEGÓCIO,assim esperamos e nos esperançamos.
    .
    Se sobrar 1/3 de políticos com mãos limpas, ótimo. Se sobrar metade de 1/3 melhor ainda.
    .
    Temos sim de comemorar um novo ciclo que nasce no Gigante da América do Sul.
    .
    Saudações patrióticas.

  18. Quem pensa que novas eleições poderiam acontecer rapidamente…Podem esperar sentados!
    Primeiro é necessário mudar a constituição. Para isto acontecer é preciso ter o voto de 2/3 da Câmara e do Senado em duas votações.
    Se for realizar um plebiscito para saber se o povo quer novas eleições, teríamos que realiza-lo com as eleições de outubro. Para que se aprovado as eleições sejam chamadas só em 2017. Um esforço enorme para antecipar eleições em apenas 12 meses.
    O país ficaria paralisado por este período, com políticos preocupados com as eleições e o Congresso não votaria nada.
    O desemprego dobraria em pouco tempo, turbinado por incertezas futuras e pela falta de rumo na economia.
    Vale a pena sacrificar tantos para que tão poucos lucrem?
    O Presidente Temer não é o Presidente dos nossos sonhos, mas está fazendo o país andar.
    Ruim com ele, pior sem ele.

  19. Maurício Freitas disse:

    A questão independe do fato de ser Sarney, Jucá, Renan, Cunha ou Lula. Renan acha diz que o pedido de Janot é abusivo… abusivo é que eles fizeram desde sempre com este país. Abusivo é a gente ter que olhar partidários de Cunha num esforço supremo de salvar o mandato de um cara que recebeu propina, desvio dinheiro público para contas no exterior não declarada, etc. A esperança do povo está na apuração e punição dos envolvidos independente de quem sejam. Se Cunha escapar, Temer não se sustenta.

  20. CLAUDIONOR ERASMO DO PRADO disse:

    Apesar de ser simpatizante petista acho o sonho de Dilma voltar muito distante, pelo fato de ter muitos senadores obcecados e fixados pelo golpe, sem medir as consequências. Ninguém esteve preocupado com nada desde os 367 deputados e os 55 senadores que votaram pelo impeachment, estão mesmo é preocupados é em sacar mesmo Dilma do governo mesmo sem motivos algum aparente. “É o dito pelo não dito”, ou “a minha palavra contra a sua”, governo afirma que é golpe e oposição afirma que não é golpe, ficam nessa lenga-lenga e com uma ajudinha velada do supremo vai saindo vencedores os golpistas.

  21. Carlos Augusto de Souza disse:

    É improvável que essas prisões aconteçam, mas fortaleceria ainda mais a confiança no povo no judiciário e na esperança que o governo faça uma limpeza em seus ministérios, tirando todos esses políticos corruptos e colocando técnicos ou especialistas na área de cada pasta.
    Em relação a Dilma é improvável que ela não seja casada definitivamente, até porque o seu governo já acabou, não existe mais um governo Dilma, na improvável possibilidade de sua volta, não haveria governança para o país, esses 2 anos e mais 4 meses seriam de um desperdiço total para o país, tudo que poça se imaginar de pior poderia acontecer com a economia do país.

  22. Tem que prender todos!
    Todos aqueles que roubaram o dinheiro público sem exceção.
    Todos que participaram do projeto criminoso de poder, que ajudaram a esconder crimes cometidos por outros, mesmo que não tenham roubado para si.
    Todos que estão sendo pagos com o dinheiro público para dizer que há um golpe em curso no país, mas que silenciam sobre os crimes que foram cometidos pelo governo que libera verbas para eles.
    É preciso devolver o país aos honestos.

  23. Andre Luis disse:

    Sr Kennedy, acho que foi infeliz a usar a seguinte frase “Mas a maior aliada de Temer é a ameaça da volta de Dilma. Essa possibilidade amedronta o mercado financeiro, o empresariado e boa parte da classe política e da opinião pública.”, o mercado financeiro e o empresariado da FIESP sim, mas a opinião publica não. Façamos então um plebiscito com a população, perguntado se a mesma deseja continuar a ser governado pelo senhor Temer, se a mesma considera que o mesmo tem legitimidade para propor as medidas que estão sendo levantadas, se a população confia no Temer, o único até o momento com a proteção de Janot. O povo brasileiro merece respeito, neste momento de crise, em que assuntos devem ser discutidos e em que se vislumbram sacrifícios, é mais que imperioso a legitimidade das urnas. Eleições diretas Já!!!

  24. Celio Jorge Lasmaf disse:

    Esta demorando demais para colocar esta cambada toda em cana. O contribuinte não aguenta mais trabalhar de sol a sol para sustentar esta podridão inclusive com garantia de emprego para muitos e ser roubado, além é claro de ainda ter seus negócios destruídos por essa gangue de marginais irr5esponsáveis e sem senso de Nação.

  25. Diego Silva disse:

    Que os corruptos sejam presos. Mas me incomoda o imenso poder que tem o judiciário que tem o poder de na guilhotina que eles bem entendem, segundo suas interpretações particulares da lei. Condenar alguém com base em delação e em gravações de contextos duvidosos é preocupante. Qualquer pessoa com risco de passar anos na prisão arranjará um jeito de fazer uma “delação reveladora” para diminuir sua pena, ou mesmo conseguir prisão domiciliar. Tem que prender os corruptos. Mas tem que investigar corretamente,para que seja feita verdadeiramente justiça.
    Quanto ao áudio de Renan e Sarney, não vejo nada que justifique a prisão. Tem que investigar mais.

  26. SUGESTÕES PARA ACABAR COM A LADRÃOZADA NA POLÍTICA E GOVERNOS! disse:

    ALGUMAS SUGESTÕES PARA ELIMINAR A LADRÃOZADA ATUAL DA POLÍTICA:
    1 – PRESIDENTE DO STF GOVERNAR, SEM O CONGRESSO, ATÉ QUE SE REALIZEM NOVAS ELEIÇÕES.
    2 – QUE NAS NOVAS ELEIÇÕES NÃO PUDESSE SE CANDIDATAR QUEM JÁ TIVESSE EXERCIDO DOIS MANDATOS NO ÚLTIMO CARGO.
    OBS: COM ISSO FICARIA ALIJADA A “MAIORIA” DA LADRÃOZADA ATUAL, PERMANECENDO APENAS OS DE PRIMEIRO MANDATO (QUE TERIAM TIDO POUCO TEMPO PARA SE CONTAMINAR COM A PODRIDÃO FÉTIDA DA CLASSE POLÍTICA BRASILEIRA) E APARECERIAM NOVOS POLÍTICOS, AINDA NÃO CONTAMINADOS.
    3 -UMA LEI QUE PUNISSE COM 30 ANOS DE CADEIA, SEM DIREITO A BENEFÍCIO, A TODO LADRÃO DE COFRE PÚBLICO, LEGALMENTE CONDENADO PELA JUSTIÇA.
    4 – ALIADA À LEI DOS 30 ANOS DE CADEIA PARA CORRUPTO, OUTRA LEI QUE ESTIPULASSE O SALÁRIO MÁXIMO DE “CARGO ELETIVO”, EM ESCALA DECRESCENTE (CASCATA), 20 SALÁRIOS MÍNIMOS PARA O CARGO DE PRESIDENTE DA REPÚBLICA.
    QUEM DESEJASSE GANHAR MAIS QUE FIZESSE CONCURSO PÚBLICO OU FOSSE PARA A INICIATIVA PRIVADA!

  27. Estão demorando muito para colocar estes ratos na cadeia.
    Isso proporciona muitas manobras para eles se safarem com seus advogados pagos a preços absurdo, e o pior é que isso acontece com o nosso dinheiro.
    Tem que ser efetuada uma reforma geral no executivo e no legislativo com pessoas idôneas e afastar esse bando do poder.

  28. joao dias disse:

    Não será uma decisão fácil para os ministros do STF. Com certeza, não será uma decisão isolada, principalmente agora, quando o ministro Gilmar Mendes, se posicionou perante os colegas, sôbre a insatisfação com os vazamentos. A decisão dos ministros, que talvez não seja demorada, para evitar expectativas e intranquilidade no Legislativo e no próprio Executivo e Judiciário, repercutindo na sociedade brasileira. A cada dia constatamos que o modelo de governança do País está arcaico e falido, clientelista e que precisa rapidamente de mudanças profundas e sérias, nos três Poderes do Estado. Mas as mudanças, para atender os reclamos do Povo, não podem pender para o individualismo ou retroceder às senzalas, mas caminhar em frente para um Brasil novo e Transparente. O Legislativo já sabe a dimensão da sua responsabilidade.

  29. VANDIRSON disse:

    EH JUDICIÁRIO!!!!! QUEM RI POR ULTIMO É RETARDADO NO PAÍS DO COMPADRIO TOGADO! Risível é a reclamação retardada onde tucano é geralmente poupado… Escancaram o baixo meretrício político e jurídico… A realidade bate na cara da Mídia Nativa… Nossa imprensa de meia pataca é devorada pela realidade que vai se impondo… Nem a Korea do Norte tem uma imprensa tão atrelada ao Establishment , estão bancando o Lunáticos em não encaram que fizeram papel de Jecas servindo ao Patronato, na cara mais lavada dizem que não é bem assim… Mais não pelos políticos que já tem um histórico que só se ratificou o que sabíamos, e sim pela subserviência de quem queria até ousou título pra exercer a profissão… já disse e repito tem batedor de carteira mais digno… Ao tentar brigar com a realidade a Mídia se expôs, perdendo completamente o bom sendo apostando num golpe fajuto e colocando o país de joelhos, se aliando a Cunha naquele espetáculo dantesco em pleno domingo

  30. RENAN, SARNEY, JUCÁ, CUNHA DIZEM ESTAR INDIGNADOS COM PEDIDO DE PRISÃO! disse:

    Dá para se sensibilizar ou para se indignar ver Renan, Sarney, Jucá, Cunha, dizendo-se “indignados” diante de seus pedidos de prisão?
    Com certeza dá para se sensibilizar e ao mesmo tempo se indignar, ver um brasileiro, por exemplo, com 70 anos de idade, aposentado com R$1.830,00, com 4 pontes de safena e um marcapasso (marcas de uma vida de trabalho) e dependente exclusivamente do SUS para cuidar da debilitada saúde, pagando impostos escorchantes que sustentam ladrões dos cofres públicos, travestidos de “representantes do povo”!
    Dá para se indignar ver um ex-Presidente da República, uma Presidente da República, um Presidente do Senado Federal, um Presidente da Câmara Federal, vários senadores e deputados federais, altos empresários nacionais etc, todos na iminência de serem presos – alguns já presos – todos se declarando inocentes, alto e bom som, defendidos pelos maiores advogados do país!
    DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO!

    • Dimas J Trindade disse:

      É. E esses brasileiros aposentados vão ver o que é bom prá tosse…e pro coração quando Temer abrir o saco de maldades. Quem pagará as contas seremos nós.

  31. Stanislaw. disse:

    Gosto de certos posicionamentos do ministro Gilmar Mendes, porém esse negócio de muita preocupação com “vazamentos” não é legal.
    A liberdade de imprensa deve ser garantida em qualquer situação pois é um dos principais sustentáculos da democracia. O segredo de justiça é que deveria ser questionado, pois nada deveria ser escondido do povo, pois “todo poder emana do povo”!
    O judiciário deveria exclusivamente cumprir a lei, independentemente das conseqüências políticas – afinal “todos são iguais perante a lei”!
    Se há um caos político, não cabe ao judiciário interferir para resolvê-lo, afinal essa não é a função do judiciário – o cumprimento da lei é o que uma democracia espera de um judiciário eficiente!”

    • Dimas J Trindade disse:

      A liberdade de imprensa tem limites. Por sinal, gostar dos posicionamentos de Gilmar Mendes é o cúmulo do descaramento. Trata-se de um crápula que deu dois hc à meia-noite para um banqueiro. Blinda Aécio e demais peessedebistas. Deu fuga a um estuprador contumaz etc, etc, etc. E tem gente que não tem vergonha de elogiar os posicionamentos deste bandido.

  32. kleber silva pinto disse:

    SE FAZEM NECESSÁRIOS URGENTEMENTE UMA REFORMA POLÍTICA E UMA RENOVAÇÃO DOS POLÍTICOS

  33. Meu amigo Kennedy, o meu negocio é o seguinte: tenho 61 (sessenta e um) anos, sofri muito desde jovem, acompanhei os ditames da ditadura, as crises e a falta de emprego, fiquei 5 (cinco) anos desempregado, por falta de dinheiro com o divórcio perdi a minha família, com sacrifício dei continuidade aos estudos, hoje tenho nível superior,mas meu salário não é compatível com o que deveria ganhar (estou insatisfeito), mas ainda empregado!
    O que vejo na situação de agora: Um conluio invisível (pois não da para provar), e sim sentir, perceber, que entre a classe empresarial, política e jurídica (STF) a fim de fortalecer o impeachment, a fim de Temer assumir e com isso livrar a cara de todos ou dos principais envolvidos na Lava a Jato, é o caso do Renan o Juca e o Sarney e outros, sem falar de sua filha pois a mídia não comenta mais, mas ela esta envolvida até o pescoço e perdeu foro, no caso do Renan há 7 (sete) processos fadados à prescrição que nem o mensalão Tucano de Minas Gerais!

  34. Sueli Arruda disse:

    Meu querido Kennedy quem esta em crise é o Brasil, nós que somos do povo não pensamos dessa maneira, e sim de termos uma justiça digna isonômica agora, ou seja desde já, se não isso virará uma cancro, e ficará difícil tira-lo mais tarde sem comprometer o Brasil, O Temer passará, mais o Brasil continuará, temos que pensar em nossos filhos e netos no agora, para o amanhã!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-21 11:39:47