aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
27-08-2015, 19h59

Se STF aceitar denúncia, Cunha deve deixar o cargo, diz Aécio

12

O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG), defendeu que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deixe a presidência da Câmara dos Deputados se o Supremo Tribunal Federal aceitar a denúncia contra ele.

“Aí fica muito difícil a permanência dele. (…) A aceitação de denúncia por parte do Supremo tira as condições, acredito eu, mínimas de condução da Câmara dos Deputados”, disse o senador.

Perguntado se há razão jurídica para um eventual impeachment da presidente Dilma Rousseff, Aécio respondeu: “Acho que ainda não está claro. Eu reconheço isso.” O presidente do PSDB disse ainda que ‘não torce pessoalmente por esse desfecho’.

A entrevista do SBT com o senador Aécio Neves será publicada na manhã desta sexta blog.

Comentários
12
  1. PAULO disse:

    É o Aécio fazendo a tática comunista da Tesoura.

  2. O Senador Aércio Neves é podre igual o nosso congresso

  3. Anão Zangado disse:

    A declaração de Aécio tem apenas base moral.

    Cunha não é obrigado a deixar seu cargo a menos que a assembléia assim o decida. Supondo que o PMDB decida expulsá-lo ou haja provas definitivas que o incriminem não há como obrigá-lo a deixar a presidência da câmara. Deixar o posto por decência seria a hipótese mais remota do universo.

    Talvez se ameaçado, como foi Renan, que é outro com passado putrido, poderíamos chegar a esse resultado. Se não me engano faltam-lhe um ano e meio de mandato e na velocidade destas investigações, o mandato vai terminar sem que se chegue a nenhum tipo de condenação.

    A justiça tem como ícone emblemático uma deusa vendada que segura uma balança. No caso da justiça contra crimes políticos podemos substituir este ícone por uma velha surda, tetraplégica, sifilítica, que sofre de epilepsia, não está vendada mas tem catarata em ambos os olhos, e que foi vitima de um AVC paralisante, tranquilamente adormecida em uma cadeira de rodas que está com os pneus furados.

    Além do que, como bom boneco de ventríloquo, deve ter sido pego de surpresa e como não estava sentado no colo de seu mestre, saiu com essa, que nega o óbvio e não compromete nada e nem ninguém.

    Tudo dependerá de seus comparsas. Se a corja que compõe a câmara não exigir que ele saia, então ele fica.

    Fato é que, para que estava tão bravo, tão corajoso, ele não parece mais tão valente quanto antes. Acovardou-se para seguir o desenrolar dos fatos. Então é mais um, comprometido com essa imundície que se denomina democracia brasileira.

  4. César disse:

    Todos devem responder por seus crimes. Todos! Sem exceção, doa a quem doer. Corruptos devem ser banidos da vida pública e da política nacional. Eu apoio as 10 medidas propostas pelo ministério público, para mudanças na lei penal de combate a corrupção. Espero que o povo brasileiro assine a proposta, e ajude na conquista de novos instrumentos legais contra a impunidade que ainda impera no país, quando há políticos poderosos e empresários ricos, envolvidos no assalto aos cofres públicos. Que haja uma limpeza geral nos três poderes, tanto no nível, Federal, Estadual e Municipal. O Brasil precisa se renovar, virar a pagina e voltar a crescer. Para isto, precisamos devolver o país para os “cidadãos honestos”, pessoas de bem, que pensem no país com patriotismo e civilidade.”Ordem e progresso”! Que seja feita justiça.

  5. roberto cirilo disse:

    Acho que tudo isso é manobra do PT para que as sujeira não mais aparesa

  6. Wagner de Matos Francisco disse:

    Mais não era esse mesmo senador que outrora achava que Cunha era o melhor não da pra entender esse senador ele é pior que Marina Silva muda de opinião de uma hora pra outra.

  7. jose luciano disse:

    E a propina que esse santo recebeu? é tão ladrão quanto, e que dar uma de salvador da patria. Tô fora quem votar nesse cidadão vai trocar seis por meia dúzia

  8. Josue disse:

    Este cidadao esta tao envolvido nas falcatruas e recebimentos de propinas, quanto todos os outros politicos da oposicao e/ou posicao. Acho que esta na hora de aparecer um novo candidato, que tal o Joaquim Barbosa????
    EU VOTO NELE………………

  9. Djalma Camacam Bomfim disse:

    Depois de ouvir uma declaração dessa, vinda no ninho do tucanato, pelo menos duas coisas estão acontecendo. Ou o tucano chefe tem certeza de que o o STF não aceitará a denúncia contra Cunha, ou não tendo certeza da aceitação, está tomando algum antídoto para se proteger do veneno que ingeriu junto com o ódio, o egoísmo e a decepção de ter ficado, infelizmente, em segundo lugar para o cargo que concorreu no ano passado. Estou falando assim do cargo pois, pelo desmedido desrespeito que os tucanos e a oposição caroneira estão dando à Democracia, não me parece que estão a favor desta mas, querem aplicar-lhe o golpe e, daí por diante apostam até no império do café, do leite e do café com leite. Ganhando tal aposta, o xique-xique, o chapéu de couro, o baião e o sertão, certamente serão esquecidos.

  10. Stanislaw: DE RUI BARBOSA... A LULA... disse:

    “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.
    Rui Barbosa

    RENAN CALHEIROS, EDUARDO CUNHA, DILMA ROUSSEF… LULA!
    PRESIDENTE DO SENADO, PRESIDENTE DA CÂMARA, PRESIDENTE DO BRASIL… EX-PRESIDENTE DO BRASIL!
    QUATRO CELEBRIDADES QUE O GRANDE RUI BARBOSA, INFELIZMENTE, NÃO CONHECEU!

  11. Carlos disse:

    Vamos falar sério. A manifestação vermelha, de meia dúzia de gatos pingados, espraiada por algumas cidades brasileiras e patrocinada pelo PT, através dos “movimentos sociais” que vivem de dinheiro do governo, não representa a maioria do povo brasileiro, decepcionada com a incompetência e pela quebra de promessas de Dilma Rousseff, a qual afirmara que não haveria desemprego, que a inflação estava sob controle, que as tarifas públicas, energia, combustíveis, transportes etc. não aumentariam, que não iria mexer nas conquistas trabalhistas e previdenciárias, enfim, mentiu deslavadamente ao povo brasileiro.

    Hoje o país está em recessão, o desemprego aumentou, o custo de vida subiu por causa da volta da inflação, as empresas estão demitindo e fechando, não houve investimentos públicos, as despesas com educação e saúde encolheram, e o povo está sendo chamado para pagar uma conta que ele não deu causa.

    Ademais, Dilma se valeu de contabilidade especiosa, tentando enganar o TCU, ao pegar recursos de bancos públicos, BNDES e CAIXA, proibidos por lei, para injetar no Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, o que lhe poderá custar a sua cassação.

    Assim, trata-se de um governo corrupto, ela e Lula, enrolados em negócios escusos na Petrobras (Operação Lava Jato), cuja resposta está estampada no alto índice de impopularidade, 71%, rejeição superior à registrada, às vésperas da cassação de Collor. E veja: somente 8% aprova o governo Dilma, representado pelos vermelhinhos que fizeram manifestações em algumas cidades do país, em pleno dia útil da semana.

    Comparação: as três manifestações apolíticas do povo brasileiro, ocorridas no Brasil, em repúdio ao governo e aos políticos corruptos, suplantaram de longe as carpideiras que foram às ruas chorar por pelo velório de Dilma e Lula.

    Pasmem a insensatez da mandatária Dilma. Ela disse que a educação seria a prioridade de sua administração, mas cortou 7 bilhões de reais de verba da educação, contrariando o seu lema do segundo governo: “Brasil: Pátria Educadora”.

    Não se compreende como alguém ainda possa acreditar em uma governanta impostora, que não cumpriu o prometido, que pouco fez de positivo até agora para fortalecer o país no cenário das nações, que tem as suas contas reprovadas pelo TCU, que travou o desenvolvimento do Brasil, que elegeu o fator climático como causa desfavorável à produção do país, bem como a turbulência da economia mundial de 2008, só que nesse período o Brasil investiu apenas 2,5% do PIB, enquanto Peru (4%), Chile (5%), Índia (6%) e China (13%).

    Por muito menos, Collor foi cassado. Em um sistema parlamentarista, Dilma já teria sido substituída. Assim, o possível impeachment de Dilma não é golpe, mas remédio legítimo e democrático, amparado em nossa Constituição Federal.

  12. Luiz Fernando disse:

    O Aécio tentou pegar carona nas manifestações para tentar se apresentar como uma especie de salvador da nação que resolveria todos os problemas mas nem vai resolver. E preciso uma profunda reforma politica não como está que o congresso aprovou para o lado deles. A reforma tem que ser também reduzir esse tanto de partido que só pensam em ter benefícios proprios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 21:08:58