aki

cadastre-se aqui
aki
Política
24-08-2015, 9h15

Se Temer deixar articulação, impeachment ganhará força

Dilma cria agenda negativa e dá tiro no pé
53

Postado por: Daniela Martins

O principal tema do noticiário no fim de semana foi a possibilidade de o vice-presidente da República, Michel Temer, deixar a articulação política do governo. Caso a presidente Dilma Rousseff não resolva o problema, convencendo Temer a ficar na função, ganhará força a tese de impeachment.

Se a saída de Temer se concretizar, a presidente Dilma Rousseff dará mais alguns passos para se isolar politicamente. Correrá sério risco de perder o poder. O PMDB poderá se aliar à oposição para tentar abrir um processo de impeachment na Câmara dos Deputados.

Na situação em que está, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seria um dos mais interessados nesse assunto, pois arrumaria um problema maior do que o dele. O presidente da Câmara foi denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal) na quinta-feira passada. Mas o fôlego obtido pelo governo com o inferno político de Cunha não durou dois dias. O governo Dilma é especialista em criar agenda negativa.

A presidente e seus principais ministros voltaram a isolar o vice depois que ele disse que seria necessário alguém que reunificasse o país, aquela declaração no começo de agosto quando viu que o governo seria derrotado na Câmara.

Ainda que fosse uma declaração proposital para enfraquecer Dilma e se oferecer como alternativa política, o que ele negou publicamente e também reservadamente, inclusive numa reunião com a presidente e ministros, o governo não deveria isolá-lo. Mas Dilma ouviu intrigas de ministros próximos e criou a confusão que está estampada no noticiário, o que é péssimo para ela.

O PSDB subiu o tom na semana passada, com a declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendendo a renúncia da presidente. O PSB deverá subir o tom hoje, num vídeo da direção do partido por ocasião de um ano da morte de Eduardo Campos, no qual vai se posicionar duramente contra o governo. Brigar com Temer agora é a última coisa que Dilma pode fazer.

*

Para piorar o cenário, há problemas do PMDB com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Mas, nesse caso, a responsabilidade é do próprio Levy.

Quando o ajuste fiscal era atacado duramente pelo PT e por integrantes da cúpula do governo, Temer socorreu Levy na negociação com o Congresso. O vice-presidente fez isso antes de virar articulador político oficialmente. Mas Levy foi capaz de se desentender com Temer e com o ministro Eliseu Padilha, que auxilia o vice na articulação política.

Levy também arrumou desgaste com os aposentados, ao não pagar em agosto a primeira parcela do 13º aposentados. Ele alega que faltam recursos, que a arrecadação estaria baixa. Mas o funcionalismo federal, inclusive os ministros, receberam em julho essa parcela.

O enfraquecimento de Levy é ruim, porque atinge o pilar econômico do governo. A presidente Dilma, que precisa cuidar do pilar político resolvendo a crise com Temer, tem também a necessidade de evitar mais desgaste de Levy. Pelo tombo de hoje nas Bolsas asiáticas, a semana econômica promete ser dura.

Problemas já aparecem naturalmente para qualquer governo enfrentar. Ajudaria muito se Dilma parasse de dar tiro no pé.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
53
  1. vagner disse:

    Ela, para o bem do Brasil, devia reduzir o calvário, dela e nosso com a sua renuncia.

  2. Daniel disse:

    Temer não se dá com Levy, que não se dá com o PT, que não se dá com o Cunha, que não se dá com a Dilma, que não se dá com ninguem.
    Um lixo que poder executivo e um lixo de legislativo.
    Estamos fadados ao fracasso.

    • walter disse:

      Isso mesmo Daniel, ninguém se dá com ninguém; a dilma é a “rainha da inglaterra”, na sua corte, são todos bufões…
      Kennedy desta vez caro, tenho certas reservas quanto ao Temer “articulador”; trata-se de uma “muleta quebrada”; imitador do Vampeta,”,finge que articula”…nunca de fato, fez nada grandioso; salvo, controlar os seus pares diretos, HJ nem isso consegue.
      Quando imaginarmos um slogan para os acontecimentos, nos vem de imediato, “SAMBA DO CRIOULO DOIDO”, infelizmente é isso…a dilma deve “pegar o seu banquinho, e sair de mansinho”…

    • charlie vox disse:

      Ah sim, 12 anos PT/PMDB governando o Brasil, e agora eles não se dão bem por ninguém se da Bem com a Dilma, entendi… se fosse LULA estaria tudo bem ne?… hahaha quanta ingenuidade!

      • Daniel disse:

        12 anos na base do mensalao e petrolao. Todo mundo é amiguinho.
        Agora que veio a tona, todo mundo segurou a mão e começam a não se entender mais.

    • oseias candido disse:

      A Dilma Presidenta nao passa de uma incompetente que nao tem capacidade de administrar uma fazenda de roça criando gado , que se dira governar o brasil . nao tem equipe economica preparada seu ministro da fazenda da entrevista desanimado sem visao, sem saber oque fazer , dizendo vamos torce , eu acho , isso nao e palavra de um ministro fala ao povo , A DILMA NAO E CAPAZ DE DIRIGIR O BRASIL , ESTAMOS NA BEIRA DE UMA FALENCIA AO CAUS NACIONALMENTE .
      ELA conta com a camara dos deputado pra garantir seu governo , a preocupaçao da entao presidenta e como manter no poder e nao como resolver a crise , invez de preocupar com a camara , preocupe em criar equipe economica com pessoas competente pra sair da crise uma vez de buscar apoio na camara pra aprovar suas ideia absurda penalizando os coitados dos trabalhadores .
      segue a ideia do fernando enrique cardoso abandona o barco se nao e capaz de governa-lo.

    • Professor Gusmão. disse:

      Daniel, você tem toda a razão, as pessoas não se entendem no Governo, um desconfia do outro, ninguém sede para ninguém, o TEMER bem que tentou articular, mais a tarefa é muito difícil, pois o próprio PT taca fogo no LEVY o tempo todo, não o aceitam. Em quanto isso, o pais sangra, estou acreditando que o FHC tem razão, ou a Dilma renúncia ou governa.

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Ganância … esse é o pilar de sustentação desse desgoverno terminal. Está igual porão de navio, onde as pessoas pisam umas nas outras para tentar sobreviver ao naufrágio iminente. A única ação digna neste momento é a renúncia do executivo e todo esse ministério inútil.

    • Fabio disse:

      O Aécio Neves agradece suas sábias palavras e assim que tomar o poder, irá construir bastante aeroportos pra nos deixar felizes e satisfeitos

      • Joaquim disse:

        Caro Fabio, para seu conhecimento, o governador Pimentel de MG ( PT ) acabou de laçar um programa de construção de aeroportos no estado. Talvez quem critique é por que não conhece o estado de MG e seus problemas.

  4. antonio disse:

    Não a nenhum fato juridico ou crime que justifique a saida de Dilma,não é ela que recebeu 5 milhões de dólares,além do mais quem ficaria no lugar dela? Temer, ele já está fazendo o possivel, saindo os dois quem seria o presidente? Cunha? Todas as alternativas são piores.

    • qualquer um é melhor que esta porcaria de presidenta ! só isso.

      • Luis Antonio disse:

        É isso mesmo, qualquer um seria menos ruim que essa presidenta inútil. Se essa mulher não sair o Brasil se acaba antes dela terminar o mandato.

    • Tiago disse:

      “não é ela que recebeu 5 milhões de dólares” Ela, e outros do PT, foram também acusados por delatores de terem suas campanhas financiadas pelo propinoduto, e com cifras ainda maiores. A diferença é que Janot tem coragem para investigar Cunha, mas não a Dilma.

      • antonio disse:

        Essas empresas denunciadas no lava jato financiaram todos os grandes partidos do Brasil, PT,PMDB,PSDB…por que só a corrupção do PT que é denunciada? a corrupção dos outros não importa? Não consta o nome da Dilma em nenhuma delação até agora.

  5. André disse:

    Não sei porque a imprensa fica insistindo nisso. NÃO VAI TER GOLPE. Dilma passará a faixa em 1/1/2019.

    • Robson disse:

      A trajetória de Dilma sempre foi de nomeações e sua única experiência administrativa real foi ser proprietária de uma loja de R$1,99. Na sua forma obtusa de pensar ela realmente deve acreditar que não tem culpa e seu partido está acima de suspeitas afinal os fins justificam os meios. As bobagens que fala apenas comprova sua incapacidade, Dilma nunca passou de uma soldada, cega por uma doutrina dogmática e falida a qual ela é impelida a tentar enfiar goela abaixo do povo brasileiro. Sofre ao chamar um tucano ortodoxo para ministro da fazenda para tentar consertar o estrago causado pela fracassada “nova matriz econômica”. Enfraquecida pela falta de fidelidade das alianças costuradas a base do pior do fisiologismo

    • Gustavo disse:

      Caro Andre,
      sugiro que vc pesquise a palavra golpe no dicionário. Pode ter a certeza que nada tem como sinônimo de Impeachment, renuncia ou outra palavra. Mas no dicionário falta uma palavra que pra mim define tudo – PETRALHA. Toda vez que essa palavra é anexada como adjetivo à alguém se torna auto-explicativa. Golpe é a única coisa que não me passa pela cabeça. O PT tem que ficar até o último dia de governo, como vc disse, pra passar a faixa em 2019. Vai ter que comer o lixo que deixou… Desafio os PT em aguentar a propria presidente até 2019. Ja tem Petralha desesperado para ver ela renunciar… Negativo, ela fica. Vai pagar pelo que fez…

  6. Cleber Silva disse:

    A pergunta que me faço a cada noticia é como o povo pode eleger alguém tão despreparado para presidência, é mais do que claro que essa mulher não sabe nada de política e a única coisa que está fazendo lá além de ser fantoche do Lula é levar nosso dinheiro.
    Até quando essa porcaria vai durar, imaginem mais 3 anos pela frente com essa gralha a blz que o país vai ficar.

  7. ALEXANDRE disse:

    O PT de 2003 para cá não fez muito pelo Brasil, só criou um país,que até então era uma fazenda do USA. Quanto ao impeachment, graças a Deus é impossível. Para quem sabe ler e só consultar a constituição brasileira, e verá que precisa de motivos para destituir um presidente.

    • pedro disse:

      Era uma fazenda dos EUA, e agora é o quintal de Cuba, Uruguai, Argentina, Bolívia, ….

    • Joaquim disse:

      Alexandre, quanta besteira, para você ainda estamos no seculo passado, na década de 60. O mundo mudou, estamos em uma era global, as fronteiras existem apenas no papel, uma informação viaja o mundo em questão de segundos, as pessoas trocam de países como se troca de roupa, montanhas de dinheiro mudam de mãos em segundos. Pelo seu raciocínio, como o maior credor da divida americana é a China, nós eramos na verdade uma fazenda chinesa. Veja quanta besteira.
      Culpar os Estados Unidos pelos nossos problemas, problemas estes plantados meticulosamente pelo PT ao longo de 13 anos, é coisa de estudante secundarista em 1968.
      Esta visão de esquerda, de proletariado, não deu certo em nenhum lugar do mundo, União Soviética morreu, China é hoje apenas uma ditadura capitalista, Cuba esta aberta para o mercado e nós nos querendo isolar um mundo só nosso. Tenha paciência. Esta visão morreu de podre e para min demorou demais.

    • Carlos henrique disse:

      Os fatos surgem a toda hora (não factóides, mas, fatos concretos)…então alguma denuncia consistente sobre o uso de dinheiro sujo fantasiado de limpo será o inicio do fim da Era Dilma. Lavandeiras lavam o dinheiro mas deixam pistas que levam aos criminosos (Sérgio Moro).
      Pessoalmente não tem acusações contra Dilma, mas, até crianças entendem que frutos das roubalheiras na Petrobras alimentaram uma campanha eleitoral que pede condenação. Qdo. bilhões são devolvidos e balanços incluem “os roubos” …é o mesmo “que batom na cueca!”

    • César disse:

      Realmente Alexandre! Antes éramos uma fazenda, agora somos um deserto de areias vermelhas, e faremos um templo pirâmide para a Deusa sapiens Mandioca, para ver se volta a chover e retorna a prosperidade.

    • Waldemar disse:

      E voce ainda acha que faltam motivos! Sem queimar muitos neuronios dá pra listar mais de uma centena!

  8. Pasquale disse:

    Fujam para as montanhas,levem comida e as crianças primeiro.

  9. César disse:

    Eu já comentei antes aqui, que este governo não vai chegar ao fim. A Presidente da Republica Dilma Rousseff, errou não apenas agora. Errou feio na estratégia adotada durante a campanha eleitoral, na qual mentiu sobre todos os assuntos aos eleitores. E escondendo principalmente, a real situação das contas públicas e da economia do país. É obvio, que ela não é a única culpada por levar o país a uma profunda recessão econômica. A sua política econômica é uma continuação das políticas do seu antecessor, o “ex-Presidente Lula”. Foi durante governo do ex-Presidente Lula, que o Brasil se candidatou e trouxe a Copa do Mundo FIFA e a Olimpíada do Rio de Janeiro. Muitos alertaram sobre os gastos excessivos necessários para a realização de eventos desta magnitude e com as exigências impostas do “padrão FIFA”. A respostas eram sempre as mesmas. “Aqueles que torcem contra o Brasil, vão quebrar a cara! Diziam o ex-Presidente Lula e os petistas. Enquanto isto a infraestrutura do país carecia de investimentos e todos os analistas alertavam para a urgência de investimentos nesta área para que o país pudesse atrair maiores investimentos e ter um crescimento sustentável. O governo se fez de rogado e como único dono da verdade, preferiu fazer a sua política populista e gastou os poucos recursos disponíveis, como todos os tipos de bolsas possíveis. O país parou de crescer, como alertaram os analistas. As bolsas, bolsos e carteiras, começaram a se esvaziar. O consumo crescente, estimulado por promessas de juros baixos e credito fácil, trouxe de volta a inflação. A lei de oferta e procura se fez valer! A alta demanda por produtos, causada pelo estimulo artificial da economia feito pelo governo, sem ter a contrapartida dos investimentos em infraestrutura necessários para o aumento da capacidade instalada das industrias, elevou os preços dos produtos. Algo mais que obvio, até para leigos! Os ganhos sócias de antes, começaram a se desfazerem e o dinheiro dos trabalhadores escoou por entre os dedos. Junta-se aos erros na condução econômica, a corrupção que se tornou endêmica, a partir de 2002, como dizem os “colaboradores premiados”, Paulo Roberto Costa, Júlio Camargo, Alberto Youssef, entre outros, minando recursos importantes e necessários a um país carente e com muito ainda por ser feito. O governo do PT, pode não ter inventado a corrupção, mas, soube aperfeiçoa-la e utilizar-se dela, como “nunca antes neste país”. O Ministro da Fazenda Joaquim Levy, tem agora a difícil tarefa de reconduzir o país ao bom caminho, mas, a política do toma lá, da cá, enraizada como forma de governo, tem impedido qualquer avanço e correção de rumo. O Vice-Presidente Michel Temer, como articulador político do governo e sendo uma das velhas raposas da política nacional, tenta formar uma base governamental articulando na velha política da barganha a custas de verbas. O Ministro Levy, já foi voto vencido por varias vezes e já cedeu no que podia ceder e até no que não podia. Se encheu, e falou a verdade aos políticos que são sacos sem fundo do dinheiro público.” Se tiver que ceder mais, é melhor deixar pra lá e não ter ajuste algum”. Já o Vice-Presidente, que havia prometido nomeações e verbas, se sentiu desautorizado, e respondeu com ironia. ” Então deixa como está e o governo cai, e vamos todos para casa”. Esta política que está ai hoje, só funciona se houverem recursos, para a compra de votos dos parlamentares, que agem como “prostitutas do poder”, vendendo até a alma ao diabo ou as próprias mães. Pagando, até injeção na testa! Como não há recursos para mais nada no país, a indústria das maracutaias faliu e este governo está com os dias contados. Como disse no inicio, este governo não vai chegar ao fim. Porque terminou sem nunca ter começado!

    • Roberto disse:

      Concordo plenamente! O grande problema é que ainda existem muitos “imbecis” que ficam agitando a “massa de manobra” acusando todos os movimentos de “golpe”. Exatamente os movimentos que o próprio PT fazia na era FHC. Alguém se lembra que o PT votou contra o Plano Real? Alguém já contou quantos votos a Dilma teve em SP? Alguém se lembra que a propaganda da Dilma dizia que de ela não ganhasse o pobre voltaria a ser pobre? Por que o PT não vai dar explicações na porta dos sindicatos e delegacias do trabalho quando as empresas fazem cortes de pessoal? Por que eles não explicam o motivo de terem recebido a 1ª pardela do 13º ANTES dos aposentados, que quase não recebem? Após o evento no Instituto Lulla, cruzei em um posto de gasolina com um carro de militantes, que tinha no tampão traseiro caixas de cerveja. Só assim mesmo! Como o próprio Lulla dizia “… o trabalhador(?) tem direito de tomar uma cervejinha depois do trabalho…”.
      É, eles estavam lá trabalhando! E nós aqui, os otários, estamos pagando a conta!

  10. Carlos henrique disse:

    Até que veio uma análise sensata.
    Tem que ver os fatos como eles são…
    É tiro no pé toda hora.
    Dilma isolada, enfraquecida não consegue sair da armadilha que ela mesma criou em quase 5 anos de govêrno frouxo e mentiroso.
    Lula deve estar arrependido da escolha do poste.
    Não deu certo. Q. Viver Verá! e logo.

  11. Paulo disse:

    O impeachment seria o melhor presente que o PT poderia ganhar. O partido se livraria de Dilma e iria imediatamente para a oposição. Passaria a culpar o sucessor, seja quem for, pela situação econômica e Lula se apresentaria imediatamente como o salvador da pátria. Jaques Vagner já disse que ou se salva o governo, ou se salva o PT. Ele está certo. Então, salvemos o governo, que é muito menos nocivo do que o partido. E deixemos o partido explicar todos os dias, pelos próximos três anos e meio, seus pixulecos, marcacutais, etc., etc., etc. E é muito engraçado ver o Setúbal – lucro de 20 bilhões por ano – defendendo o partido contra “as elites”. Maravilha.

  12. Carlos henrique disse:

    A Ver:”Quem com Cunha fere com Cunha será ferido”.

  13. Rufino disse:

    Não votei em Dilma, muito menos em qualquer outro candidato, mas fico me perguntando: se a Dilma sair, quem terá capacidade e, acima de tudo, honestidade para assumir? Michel Temer, Ricardo Lewandowsk… Não. Mil vezes não. São todos da mesma corja.

    • É só trazer de volta o Joaquim Barbosa.
      Ai sim, essa cambada de marginais e incompetentes estaria frita e o Brasil entraria nos eixos novamente.

      • Fernando M.A. disse:

        Joaquim Barbosa pode ser honesto, mas a capacidade dele nunca foi provada para poder afirmar que seria um bom presidente.
        Neste momento o Brasil precisaria de uma pessoa que tenha habilidade politica, que saiba administrar, mesmo que não seja tão progressista ou revolucionário.
        Neste caso Silvio Santos, ou alguém como ele, seria até melhor na situação atual.

  14. osmar disse:

    Penso que a Sra. Dilma têm que ficar até o final do 2º mandato.
    Ela declarou que não está no poder a força, foi reeleita pelo povo, agora, o povo que aguente. Quem planta colhe, plantaram semente podre agora querem colher fruto de primeira?

  15. CBarros disse:

    O Impeachment! O impeachment! O impeachment! O impeachment! O impeachment! Vamos mudar de assunto: O impeachment! O impeachment! O impeachment!. Até que enfim mudamos de assunto: O Impeachment! O Impeachment! O impeachment! O impeachment! Isso tá virando Impeachment! Impeachment! Impeachment!
    Vi falar que vai ter Impeachment, Impeachment, Impeachment! Não vai, eu aposto que não vai ter Impeachment, Impeachment, Impeachment. Meu filho, vem tomar café! Hoje tem Impeachment, Impeachment, Impeachment.

    • Olegário Studart disse:

      Querido, o blog do Kennedy é sobre politica. O que vc queria que ele comentasse? Sobre a novela da Rede Globo que está uma b*st*?
      O impeachment é algo que pode ocorrer se todas as acusações forem comprovadas. é a situação real do Brasil no momento. Quer se alienar e ver amenidades? Vá ler o glamurama (nada contra o site).

  16. Angelo Frizzo disse:

    Não tem problema pessoal, já entramos em contato com os MARCIANOS (únicos honestos encontrados até agora) pois entre os anti-petistas NÃO há ninguém HONESTO para administrar o Brasil. Podem aplicar o GOLPE que está sendo “organizado” pela “grande” imprensa.

  17. Raymundo disse:

    Como disse Lula:Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto. Todos estão numa situação muito ruim. E olha que o PT ainda é o melhor partido. Estamos perdendo para nós mesmos.
    Portanto, é da cultura dos Petistas dar tiro no próprio pé. Em 12 anos de governo, ainda não disseram para o que vieram. Só tinham um plano de poder no governo e não; um plano de governo para o país. Os programas sociais, são programas de dominação da massa mais pobres com clara intenção de barganha de votos, como ficou claro no vídeo da campanha da Dilma com ameaças aos beneficiários do Bolsa Família. Nas vésperas das eleições, fez entregas de casas do Minha Casa Minha Vida e, culminou nas Pedaladas Fiscais.
    Sóa ha um caminho para aa Dilma: Impeachment.

  18. Luciano Santos disse:

    tenho uma formola boa, e bem fácil,para colocar o governo em ordem,tirar a Dilma e lula, e essa galera toda do pt..ai sim nosso brasil vai melhorar,vai avaçar, recuperar os 20 anos de atraso,que eles fizeram com brasil..

  19. Lucas Claro disse:

    SÓ Deus para nos livrar destas imundices.

  20. Alberto disse:

    Temer se Temer cair fora? Não existe articulação nenhuma,um total desgoverno,etc,etc,etc.Só esqueceu de deitar o falecido governo.CARONTE a caminho.

  21. Renato disse:

    Há uma corrente que acredita que o impeachment poderia beneficiar o PT: ele passaria definitivamente para a oposição (algo que sabe fazer) e poderia atacar os “golpistas” que sacrificaram o povo e as conquistas econômicas, pois sabe-se que a crise econômica veio para ficar. Essa corrente defende que o pior para Dilma e o PT seria permanecer no poder.

    Eu fico dividido. Por mais que acredite nisso, também enxergo que a permanência do PT no poder lhes dá mais condições de aparelhamento do Estado, ao mesmo tempo que aprofunda a crise de liderança. O custo para o país está sendo altíssimo. Sei que o pós-Dilma será traumático e palco para muita luta, com a possível paralisação do Estado por células petistas desses 20 mil cargos de confiança.

    Qualquer que seja o desfecho (a meu ver, Dilma sai), o país vai passar uns 5-6 anos pagando por essa conta e curando as cicatrizes.

  22. Everton Souza disse:

    Uma conta não bate Kennedy, a questão de que os capitalistas (grande empresariado) não querem um nível de problema destes, sabem que organizações dentro e fora do Brasil fariam um barulho grande, no caso mesmo que minoritário, fariam barulho. Ou seja, instabilidade neste nível, chegando ao descontrole, não interessa a eles. E ai, o descontrole na luta de classes interessa a quem? Quem comanda de fato o país, a eles me parece que não.

  23. Elaine disse:

    Todo mundo criticou o fato dela lançar um candidato do PT para a presidência da câmara, porque ela já sabia quem era o doutor Eduardo Cunha, agora, os fatos falam por si só. A Dilma estava errada?
    A crise política se estenderá por alguns meses ainda e com isso, mais distante fica a recuperação da economia.

  24. Reinon disse:

    O desgoverno está perdido !! O PT e sua base podre …

  25. Marco Túlio Castro disse:

    Já deixou na pratica. O governo Dilma já acabou, esqueceram foi de dizer para ela.

  26. Jose Maria disse:

    Temer foi ingênuo ao acreditar estar formando plataforma para 2018. Cunha foi na mesma direção e o PT derrubou os dois, pior, sem dó nem piedade. Tolos, ao dar suporte ao PT de Lula e Dilma, estão armando contra si próprios e, nem percebem.

  27. Celio Jorge Lasmar disse:

    Tirar um Presidente da República por estar limpando a Nação dos corruptos e parasitas, independentemente se são de seu partido ou aliados ou da posição, ou grandes e corruptos empresários que vivem de mamar nas tetas do contribuinte brasileiro é algo extremamente temerário. Acho que o Temer e os que têm cabeça em seu partido deveriam pensar bem antes de trair a Nação.

  28. daniel dos santos jorge disse:

    É Kennedy, como diz Delfim, ela não sabe fazer tricô. kkk

  29. Dilson Teixeira disse:

    Triste Nação!
    Vota-se mal e meses depois, vamos às ruas reclamar, bater panelas, soltar rojões(matando pessoas), quebrar vidraças, tirar sutiãs e mostrar os seios, gritar por impeachment sem ter a mínima noção do que isto significa. Muito triste! Precisamos muito de reformas (?). Precisamos muito de uma reforma moral, reforma do eleitorado que fica discutindo e gritando que esta quadrilha deve sair e a outra quadrilha é melhor para dirigir o País. Risível (e triste, muito triste) nossa consciência política. Precisamos de muita educação, que nos ensine o que é Democracia e o que ela representa. Precisamos aprender a respeitar as leis, para podermos melhora-las e formamos melhores cidadãos e, aí sim aprendermos a escolher ( e sustentar) melhores governantes compromissados com A NAÇÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-20 14:33:07