aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
23-03-2020, 14h34

Se tivessem tino, democratas lançariam Andrew Cuomo contra Donald Trump

Em contraste com presidente, governador de NY é líder sensato e empático
1

Kennedy Alencar
WASHINGTON

Nota-se um contraste grande entre o modo de liderar do presidente Republicano Donald Trump e o do democrata Andrew Cuomo, governador de Nova York. Obviamente, a comparação é favorável a Cuomo, que não dourou a pílula e sempre foi realista e sensato a respeito da covid-19. Cuomo mostrou uma capacidade de liderança maior do que a do Trump, que subestimou e minimizou a gravidade do coronavírus.

Já há mais de 34 mil casos nos EUA, rumando celeremente para 35 mil. Mais de 460 mortes, e subindo. Em Nova York, os números são mais ou menos a metade dos dados nacionais. Mais de 15 mil casos e mais de 150 mortes, com crescimento acelerado.

Com um problema real em Nova York, o governador Cuomo pode apresentar uma narrativa diferente e mais competente do que a de Trump a respeito de como lidar com a crise. O governador pediu que os hospitais do Estado cheguem a 75 mil leitos. Hoje, há 53 mil leitos na rede do Estado de Nova York. Seriam necessários 110 mil, mas Cuomo solicita que encontrem meios de alcançar 75 mil, um aumento de cerca de 50% na capacidade dos hospitais.

Se tiverem tino, os democratas deveriam lançar Cuomo candidato à Presidência, pois Joe Biden e Bernie Sanders estão em suas casas. A campanha eleitoral aqui foi para segundo plano. Biden e Sanders sumiram do noticiário. Líder da corrida democrata, Biden não mostra capacidade de fazer frente a Trump, que tem, palanque diário. Cuomo é o democrata que faz contraponto a Trump.

No quesito empatia, Cuomo dá de mil em Trump. Ele disse hoje: “Não subestimem o drama nem a dor do isolamento. Não é natural”. Em seguida, falou da importância de as pessoas conversarem por telefone, pelas redes sociais, de encontrarem alguma forma de interação apesar do distanciamento físico.

Em Washington, existe um clima meio de cidade fantasma, com menos pessoas nas ruas. Logo, resta pegar a bicicleta para ver as cerejeiras florescerem, obedecendo ao distanciamento social. As primárias estão sendo adiadas. Portanto, vai demorar um pouco para a Pastoral Americana botar o pé na estrada novamente.

Ouça este comentário, feito hoje, a partir dos 2 minutos e 5 segundos no áudio abaixo. Logo depois, há um comentário de ontem, no qual também são abordados o contraste entre Trump e Cuomo mais o duelo entre os governadores e o presidente.

Comentários
1
  1. Walter Nobre disse:

    Infelizmente Kennedy, Inés é mota; por motivos que não conseguimos detectar a distância, os Democratas perderam a mão, o único fato foi a derrocada da Hillary, perdiam uma batalha “ganha” até os último momento,neste instante o Biden é um bom candidato, não fosse o revez calculado pelo Trump, podemos até imaginar esta jogada contra o presidente, depois desta crise vai ficar mais forte, ninguém vai arriscar no azaram. Porque não apostaram no Andrew Cuommo, pode ser por opiniões sobre sua postura como um todo, veja o Bernie não consegue jamais.

Deixe uma resposta para Walter Nobre Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-04-06 15:37:10