aki

cadastre-se aqui
aki
Política
21-11-2017, 8h20

Segóvia erra, fala demais e abre guarda para Janot bater

Investigar pontos nebulosos de ação de Miller seria o caminho
16

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, falou demais e estreou mal no cargo ontem. Ele atirou contra o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

Segóvia disse que a investigação que resultou na delação de executivos da JBS foi apressada. Afirmou que a mala de dinheiro entregue pelo executivo Ricardo Saud ao ex-deputado federal Rodrigo da Rocha Loures talvez não fosse suficiente para dar “materialidade” às acusações de Janot contra o ex-presidente Michel Temer.

Nas redes sociais, o ex-procurador-geral reagiu. Janot lembrou que a lei processual manda a investigação e a denúncia serem céleres no caso de réu preso, sob pena de soltura obrigatória. E sugeriu ainda que Segóvia estaria falando a mando de Temer e de outros políticos investigados.

Há inúmeras críticas que podem ser feitas ao processo que resultou nas delações da JBS. Mas o novo diretor-geral da Polícia Federal deveria ser mais cuidadoso antes de sair atirando no ex-procurador-geral da República.

A lei processual, de fato, pede investigação e denúncia céleres em caso de réu preso. Manter Rocha Loures na cadeia foi uma estratégia para acelerar a investigação e a denúncia. Mas havia um forte elemento a justificar a prisão, que era o flagrante da mala de dinheiro entregue a Rocha Loures, ex-deputado federal e ex-assessor do presidente Michel Temer.

A insinuação de Janot de que Segóvia estaria falando a mando de Temer dá ao duelo ares de briga de bar, mas o diretor-geral abriu a guarda para tomar esse soco.

Como foi realizada, a delação da JBS trouxe prejuízo ao país e ao próprio Ministério Público. Foi descoberta uma tentativa de manipular a Procuradoria Geral da República e o Supremo Tribunal Federal. Esse episódio ainda é bastante nebuloso.

A melhor contribuição de Segóvia teria sido estrear discretamente, investigar mais e voltar ao tema se tiver dados concretos. A participação do ex-procurador da República Marcelo Miller nesse episódio ainda precisa ser mais esclarecida.

Há gente no Ministério Público querendo tapar o sol com a paneira. Existem muitos pontos obscuros. Alguns procuradores da República desejam que o assunto seja esquecido, deixando em segundo plano a ação que Marcelo Miller fez a favor da JBS enquanto ainda estava nos quadros do Ministério Público Federal, como vem descobrindo uma CPI no Congresso.

Esse é o caminho que Segóvia deveria seguir.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
16
  1. Roberto Moreira de Abreu disse:

    Está claro que o novo diretor-geral da PF, na prática, é “pau-mandado” do Presidente Temer, conforme afirmação de Rodrigo Janot.

    • walter disse:

      Pior caro Roberto; nosso retrocesso é causado por esta cambada, e devemos isto ao PT…teremos que lidar com os fantasmas do passado, como o SARNEY e as raposas velhas no governo…este Segóvia pela cara, não inspira qualquer confiança, pelo discurso então, mostrou ser garoto de recado, e sem noção…falar do ministério público, foi um “tirambaço no pé”, não é de sua alçada…o Rocha loures é capacho do Temer sim; espero que a justiça não pare a investigação, sobre este sujeito…nossa “sorte” que a PF, não funciona sobre o comando de ninguém cegamente, pode até atrapalhar, mas não vai livrar a cara destes safados investigados…Quanto a JBS caro Kennedy, tenho medo da influencia que os Joesley, ainda podem comprar…toda esta confusão tem nome; muito dinheiro e interessados a volta…se os bloqueios das arestas não forem feitos, vão acabar em Habeas; estes sujeitos precisam pagar multas aqui no Brasil antes de mais nada; ou serão alvos dos americanos sedentos por dinheiro fácil..

  2. MARIA GOMES disse:

    Nós brasileiros nos sentimos muito triste, por tudo isso que vem acontecendo em nosso país e e além disso não vemos ninguém se manifestar parece que o medo tomou conta de todos os nossos representantes mesmo aqueles que presa pela honestidade também tem medo de alguma represália e nos ficamos a ver navios e cada homem que sobe ao poder menospreza mais ainda a a inteligência do nosso povo.

    • luiz guisordi disse:

      Só saberemos nas próximas eleição si o povo brasileiro e esperto ou tapado basta nos não votamos nesta corja de ladrão que esta roubando o nosso pais não devemos votar em senador, deputados estadual e federal , governo vereador, prefeito e presidente ,seria a nossa resposta nas eleição para esta cambada de ladrão.

  3. Edson Rodrigues disse:

    Corretíssimo Kennedy no seu comentário.Agora é fácil atacar o Janot ,mas quem tem pressa em abafar o caso Temer é o próprio diretor colocado pelo réu,que escapou mas no final desta desgraça de mandato ele e seus quadrilheiros terão que acertar as contas com a justiça comum ,pois não se elegem e o povo está de olho.

  4. Alfredo Zordenoni Junior disse:

    Tá mais do que na cara que o novo Delegado-Geral foi colocado ali a mando de Temer e dos outros políticos investigados na Lava-Jato… daqui a pouco vão fazer de tudo para tirar o Juiz Sérgio Moro e todos aqueles que se empenham em transformar o Brasil num país decente… somos um povo governado por facínoras corruptos desalmados que não se importam nem um pouco com o que realmente acontece com o povo e não ligam para a opinião pública porque sabem que o povo que os elegeu são um bando de analfabetos políticos vagabundos e preguiçosos mentais.

  5. Olindo Souza Marques Neto disse:

    Esse novo diretor da Polícia Federal certamente é “pau mandado” do Temer. Ele vai tentar impedir as investigações da Lava-jato para proteger os bandidos de serem investigados.
    Ele sabe que se continuar investigando vai encontrar nuita coisa contra ele. Esse presidente Temer é o chefe dos bandidos!!!

  6. MATERIALIDADE EM AUDIO: “TEM QUE MANTER ISSO, VIU”? MATERIALIDADE EM VÍDEO: A MALA! disse:

    A conversa “pessoal” de Temer com empresário bandido, na calada da noite, no porão do palácio, fora da agenda oficial, quando o empresário bandido é aconselhado a continuar “pagando pau” a corrupto preso para mantê-lo “calado”, quando “TEMER” diz claramente: “TEM QUE MANTER ISSO, VIU”? – a filmagem do “ROCHA LOURES”, assessor de Temer, recebendo mala com 500 mil reais – formam materialidade às acusações sim (e de Janot, uma vírgula, seu novo diretor da PF, acusações da PGR E PF)! Se o senhor julga 200 milhões de brasileiros uma nação de imbecis, saiba que 200 milhões de brasileiros o estão julgando “O MAIOR CARA DE PAU DO PAÍS” – superando Lula, Temer, Aécio, Renan, Jucá, Marum, Perondi, Padilha, Moreira Franco etc – até então os maiores! E foi ridícula, vergonhosa, a nomeação de diretor da PF com a presença do Presidente da República – ali presente para ouvir um discurso “lambe bota”!
    OBS: Falta investigar os 51 milhões no “mocó” do braço direito de Temer, o “GEDDEL”!

  7. jose carlos pessoa carvalho disse:

    Esse segóvia além de pau mandado se mostrou muito burro. Ficou tão óbvio que ele veio para abafar a lava jato que agora tudo que fizer vai ser criticado. Jamais se recuperará. Assim que um novo Presidente tomar posse será substituido. Não terá vida longa no cargo.

  8. CLAUDINEI disse:

    O que é uma vergonha e e a briga de que pode mais, só porque foi indicado ficam puxando o saco mesmo estando errado. Gente vocês da justiça são a esperança dos Brasileiros mais não transparecem isto e uma pena , pois quando menos espera aparece uma denuncia contra a pessoa.
    Já foi provado que eles roubaram e roubaram muito o que tem que esperar, que pago vai preso e quem pegou fica livre isto e certo.
    Infelizmente isto e uma realidade senão pagar não faz serviço para o governo.
    Acorda nossos juízes, vamos se unir pois a amanhã seus filhos sofreram tudo isto tb, mesmo com um situação financeira boa.

  9. Regivan disse:

    Não adianta essa corja não se eleger se for eleito alguém ligado a esses partidos corruptos e colocarem essa corja de corruptos como ministros, com foro privilegiado.

  10. WANDRLEY SANTOS disse:

    ISTO É UMA VERGONHA!
    UM CIDADÃO COMUM, ENTRA PARA POLÍTICA E DE REPENTE É ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA E, PASSA A MANDAR NOS GENERAIS DE EXERCITO, NOS ALMIRANTES DE MARINHA, NOS BRIGADEIROS AERONAUTAS, NA POLÍCIA FEDERAL, EMPOSSA MINISTROS. DO STF, ENTRE OUTROS. ISTO É INADMISSÍVEL OU MELHOR: “ISTO É UMA VERGONHA!”

    • Wellington Alves disse:

      Isso não é vergonha. Cidadão comum é do povo. Res publica, coisa pública. O problema é quando fazem para obter/manter privilégios, enquanto o resto do povo sofre com falta de recursos, contingenciados.

  11. Ari maciel disse:

    Temos hoje no Brasil uma situação bem clara, o povo acomodado, um STF, acuado e acovardado. Os ladrões se expõe, como nunca antes e do seu tumulo no Maranhão, o Sarney mostra que ainda manda e não pede. Já se sabem os nomes, endereços e qualificação dos vagabundos, mas temos uma nova PGR e PF indicadas pelo temer, Um STF covarde e um povo acomodado, se isto não é a receita para estabelecerem de vez a República da corrupção, não sei o que falta.

  12. Edmilson Nunes das Neves disse:

    Estas cartas são marcadas desde o fim da ditadura, pois um partido que tinha um civil para apoiar, apoiou um general e desde lá sempre esteve encima do “muro”, mas sempre articulando nos bastidores.Agora este diretor é mais uma artimanha para barrar investigações, já começou errado, mais um querendo criminalizar as investigações, vamos ver se tem coragem de investigar , ou será normal uma mala com R$500,000 passeando em lanchonete.Comece a devassa pela máfia dos combustíveis, máfia dos transportes públicos, investiguem a caixa preta da receita federal, se tudo passa por ela e nunca foi investigada. É hora de dar uma resposta à sociedade que anseia pelo fim do escárnio e cinísmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-07-17 00:10:37