aki

cadastre-se aqui
aki
Política
21-03-2014, 9h29

Sem golpe de 64, Brasil hoje seria melhor

14

Comentário no “Jornal da CBN” sobre a reedição da Marcha da Família com Deus pela Liberdade 50 anos depois do golpe militar de 1964. Comissão Nacional da Verdade incomoda parcela da sociedade saudosista de período triste e também militares da reserva e da ativa. A presidente Dilma Rousseff, acertadamente, proibiu ativa de celebrar golpe que prendeu, torturou, matou e piorou o país.

Comentários
14
  1. antonio elio fernandes disse:

    O comentario do Kennedy Alencar merece alguns retoques haja visto que afirma que o Brasil estaria melhor sem a Ditadura de 64. Acredito que sem o golpe de 64 não teriamos hoje a Democracia que vivenciamos e sim estariamos muito parecidos com a Venezuela e outros irmão aqui da America Latina.

  2. Abrahão Amorim disse:

    Não concordo com o senhor, queriam implantar aqui a ditadura do proletariado, que aliás estão implantando agora em pequenas doses.

  3. Jonathos Pessoa de Siqueira disse:

    Gosto muito da suas entrevista e comentários pois, demonstra claramente sua postura democrática não partidária.

  4. Nilton Santos disse:

    Enquanto o povo sofre com a falta de saúde, educação, segurança, entre outras, o governo e a mídia prioriza o que aconteceu a 50 anos atrás que interessa a meia dúzia de pessoas, a legalização da maconha etc. e o povo só sofrendo com a inércia do governo.
    acorda presidente, o POVO pede socorro, o que aconteceu em 64 pode acontecer de novo. A grande maioria hoje não acredita que o golpe militar de 64 destruiu o país como vocês dizem.

  5. Juliano disse:

    Grandes enganações. Defesa do país e da sociedade, que mentira! Era só para obedecer o grande império do norte. Valentes protetores da pátria só se submeteram ao império. E dizem que alguns pró Jango, num passe de mágica ou dólares mudaram de lado! Que coragem! 100 mil armados até os dentes, com nossos impostos, combatendo míseros mil a 5 mil com famílias destruídas perseguidas só por serem idealistas.Parece até o Vietnã, 60 mil gringos morreram contra hum milhão e meio vietnamitas. Será que somos cegos?

  6. Cesar Liborio disse:

    Boa tarde. Não se irrite com o meu comentário discordando de você. Eu discordo que seríamos um país melhor sem o golpe de 64, seríamos um país melhor se o presidente Getúlio Vargas tivesse alfabetizado toda a população brasileira em seus 20 anos no poder. Somos assim porque ele não quis nos alfabetizar e não seria mais considerado um “rei” do povo brasileiro.

  7. nForte disse:

    O golpe de 1964 foi um atraso de vida. Arrebentou com o país.

  8. Prezado Kennedy, boa noite. Normalmente gosto muito da sua análise política, no programa da CBN que ouço sempre pela manhà. Porém, na minha modesta opinião você foi infeliz em seu comentário sobre a Ditadura de 64. Ora, se hoje temos uma democracia isso se deve exatamente porque os militares interviram e não deixaram que o grupo de guerrilheiro de Dilma implantasse uma ditadura socialista em nosso país. A guerrilha iria transformar o nosso Brasil em uma nova Cuba. E normalmente as ditaduras não querem ir embora. Os militares queriam apenas salvaguardar a ordem (embora tenha havido excessos de ambos os lados), tanto que devolveram mais tarde o país ao sistema democrático, o que não ocorre nas verdadeiras Ditaduras. Grande abraço. Alessandro Lima.

  9. Alexandre José de Assumpção Gomes disse:

    O golpe de 64, era matéria ministrada em Educação Moral e Cívica nas escolas nos anos 70, e era chamado de ‘A revolução de 31 de março de 1964′, entretanto, em off, era conhecido os altos escalões por ‘Operação Brother Sam’. Não é preciso dizer mais nada…

  10. Hilton Leite disse:

    Kennedy Alencar, quando perguntas: “Sem golpe 64, Brasil hoje seria melhor”. Respondo Não! Todas as vezes, que nós pelo voto, temos feito má escolhas, pagamos o preço. O nosso erro foi, nas eleições de 1960, ao invés de votar no Marechal Teixeira Lott, votamos no sr. Jânio Quadros, o homem da Vassoura. O vice-presidente eleito foi João Goulart, que era candidato a vice-presidente na chapa do Marechal Lott, portanto adversário de Jânio. A crise que nos levou à Revolução de 31 de março de 1964, teve início com a eleição do sr. Jânio Quadros. Se o Marechal Teixeira Lott, tivesse sido eleito presidente da República, não teria havido a Revolução de 1964. É assim que penso.

  11. Ivan Lima disse:

    Correto, Kennedy. Mas, o mais incrível é ler aqui que tem gente que ainda apóia aquele golpe. Como pode?

  12. Marcos Barreto disse:

    Parabéns Kennedy pelo comentário que é sempre ponderado e bem colocado.
    Quanto a parte “Que existia corrupção na ditadura militar, no entanto não tinha ministério publico para investigar e era varrida para debaixo do tapete”, concordo porém grandes obras foram feitas no governo militar ditas na época faraônica mas são de grande importância até hoje. O estado democrático de la pra os dias de hoje pouco fez ou nada fez. Alias fizeram estádios de futebol para copa do mundo.

  13. concordo plenamente- o Brasil perdeu uns 30 de seu desenvolvimento ético e social com a ditadura- fez florescer pseudos políticos que se aproveitaram da situação durante as Diretas já para se auto promoverem sem trazer nada de concreto ao país. a sorte foi aparecer um presidente como Lula que realmente conectou as classes mais baixas às outras mais altas e permitiu um desenvolvimento social maior. Mas na realidade o povo é muito ignorante ainda em questões politica e tende sempre a resumir tudo em ser ou não comunista. A politica se faz com bens sociais e para isso não é preciso ser de direita ou esquerda- basta ser ético ; e humano.

  14. Diego disse:

    O golpe de 64 foi um capítulo curioso na História do Brasil. Havia uma política anticomunista nos Estados Unidos, devido a Guerra Fria. Eram tempos que os Estados Unidos estavam investindo maciçamente contra os soviéticos, seja em tecnologia espacial, militar e influência econômica e política o redor do mundo.
    Somente a forma como João Goulart pode assumir (parlamentarismo), já mostra como esses setores estiveram atuando desde o início para reduzir o poder do presidente ou manter sua influência acima dos planos dele.
    A CIA passou a patrocinar a mídia para manchar cada vez mais a imagem d

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-22 17:51:43