aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-08-2015, 9h04

Sem Renan, oposição se arrisca a ficar isolada com Cunha

Acordo Planalto-Senado enfraquece movimento pró-impeachment
30

Postado por: Daniela Martins

Com acerto desta semana entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que enfraquece no Congresso o movimento pró-impeachment, os oposicionistas se arriscam a ficar isolados com Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o comandante da Câmara.

A oposição no Congresso ficou ancorada apenas em Cunha, que, na prática, tem sido o principal adversário do governo nesta crise política. Cunha dirige com audácia e competência a Câmara, liderando um grande grupo de deputados. Mesmo enfraquecido pela acusação de que teria recebido US$ 5 milhões de propina do delator Júlio Camargo, o que ele nega, Cunha vem recebendo apoio da oposição porque a abertura de um eventual processo de impeachment contra a presidente Dilma passa por uma decisão dele.

Havia também contatos do presidente do Senado com a oposição, mas eles perderam força na medida em que Dilma abraçou a chamada “Agenda Brasil”, cheia de propostas polêmicas e contrárias aos movimentos sociais dos quais o governo quer se reaproximar. Mas a presidente enxergou uma boia no gesto de Renan Calheiros e a agarrou, mesmo que alguns pontos da agenda morram pelo caminho.

Ficar ancorada em Eduardo Cunha é arriscado para a oposição, porque, em breve, ele deverá ser denunciado pela Procuradoria Geral da República ao STF (Supremo Tribunal Federal). A consistência dessa denúncia dirá se ele terá condição de se manter na presidência da Câmara, como ele tem dito que pretende fazer. Apostar em Cunha pode se revelar um erro de parte da oposição.

Numa semana em que o governo amenizou seu isolamento político, a outra aposta da oposição para voltar a enfraquecer Dilma perante deputados e senadores são os protestos marcados para o próximo domingo.

*

Para o governo, a primeira forma de enfrentar as manifestações de domingo é usar o discurso de que, numa democracia, os protestos são naturais. Mas é claro que há temor de que o volume das manifestações e a sua extensão por todo o país piorem a situação política da presidente.

Já é esperado um protesto forte em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas será preciso ver a intensidade em outras capitais e cidades médias das demais regiões.

Para fazer frente às manifestações, o governo tem procurado dar demonstrações de que diminuiu o seu isolamento político. É verdadeira a impressão de que o começo desta semana está um pouco melhor para o governo do que final da semana passada.

A presidente voltou a fazer discursos praticamente diários, repetindo o que Lula usava em seu governo para marcar presença na imprensa quase todos os dias. É uma forma de disputar a narrativa da crise. Houve também essa reaproximação com os senadores aliados. Dilma jantou ontem com integrantes dos tribunais superiores, fazendo um gesto para o Judiciário. Nos bastidores, está disposta a fazer um acordo para reajuste salarial do Poder Executivo.

Dilma participará hoje do encerramento da Marcha das Margaridas, que são as trabalhadoras do campo e da floresta que anualmente fazem suas reivindicações em Brasília. Deverá receber membros de movimentos sociais até sexta.

Dilma está fraca, mas não está derrotada. E quer mostrar alguma recuperação de força política antes dos protestos de domingo, sempre com o discurso de que foi eleita e de que resistirá a pressões pela sua saída do poder.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
30
  1. Arthur disse:

    Tá na hora do País tomar conhecimento desse senhor, o que ele pretende. Tá na hora de “PAUTAS BOMBA” contra ele !

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A famigerada classe política é tão allienada que se esquece da vontade popular. Está parecendo o final do reinado de Maria Antonieta … “quem não tem pão, come bolo”

    • edson disse:

      Já tenho mais de sessenta e até agora não consegui distinguir “vontade popular” nos procedimentos políticos, pois quase sempre, a vontade nasce dos políticos que querem a “benção” popular e tem conseguido. Não é raro, ao se indagar sobre qualquer assunto que deveria ser de interesse popular, o cidadão, sequer saiba do que se fala, ou seja, a pratica politica, tem esse conteúdo de esconder os verdadeiros propósitos da lei “parida”..

    • walter disse:

      Perfeita Maria Aparecida Tinhorão, exatamente cara, “o Povo é apenas um detalhe”; nos tratam como retardados…
      Caro Kennedy, você sabe, que esta manchete, só terá sentido, por algumas horas, a deterioração do governo, é irreversível…primeiro, que o rombo causado, é muito maior, e as delações, vão revelar, em conjunto com o BNDES, o tamanho.
      A dilma ganhou algumas “horas” de vida, as condições gerais, são insuportáveis para convencer…fazer sacrifícios, já estamos acostumados…mas sem esperança com uma horadora arrogante…não convencerá ninguém…infelizmente, o que temos pela frente, são trevas; o Renan não tem tanto cacife assim…o cunha vai melar o que puder, alguém duvida…

  3. José Araújo disse:

    Lamentável que grande parte do Parlamento Brasileiro, da imprensa e do empresariado se calem diante das graves denuncias de recebimento de propina por Eduardo Cunha, ocupante de um dos mais altos posto da Republica.

    Ao invés de se defender, Eduardo Cunha ataca, agride, intimida e ameaça adversários e testemunhas.

    Com sua sede de vingança, Eduardo Cunha já demonstrou não estar preparado para a vida pública e muito menos para exercer o cargo de presidente da Câmara dos Deputados.

    A melhor saída para o Eduardo Cunha e para o Brasil pedir licença de seu mandato, até que a apuração dos fatos comprove ou não seu envolvimento com ilícitos.

  4. ARIVALDO BARROS disse:

    Vamos botar o pais para funcionar, chega de intrigas, essa pendenga do Legislativo com o Executivo tem só alargado a crise política que puxa consigo a crise econômica, acabada a briga entre os dois poderes o país volta a recuperar a sua credibilidade que tinha antes crise(Governo X Legislativo) que tem levado o Brasil para o “buraco”. A campanha eleitoral acabou,contudo o palanque ainda não foi desmontado.

  5. João Alberto Afonso disse:

    O ponto é o seguinte:- Se o Poder emana do Povo e em seu nome será exercido, não há como explicar o fato de Dilma, com rejeição de aproximadamente 80% da população, comandar o País. Ela se elegeu mentindo, o que foi descoberto poucos dias após ser reeleita, o que leva a incontroversa conclusão de que o Povo, enganado, não a quer exercendo o Poder em seu nome. Aliás, ganhou com pouco mais de 1% dos votos, o que já não a legitimaria de pleno direito. Por fim, quando a caixa preta do BNDES for aberta, a coisa vai ficar preta não só para ela, mas também para o Lula, verdadeiro articulador do esquema de corrupção implantado no País. Note, votei em Ciro Gomes e, no segundo turno, nele, depois nos dois turnos, depois na Marina da Silva e depois no Aécio que, diga amem aos céus por não ter sido eleito, visto como o PT, Lula e Dilma lhe iriam debitar toda a culpa.

    • Eurico Rab disse:

      Ora, se pesquisas determinam quem deve dirigir o país, para que gastar tempo e dinheiro com as eleições? Qual o % para legitimar um representante do povo? O virada em direção à uma agenda neoliberal não teria sido uma concessão à governabilidade e ao ´mercado´? Quem, sendo bombardeado diuturnamente, por uma oposição inconsequente e aloprada, ajudada por uma imprensa parcial, um judiciário seletivo e parte dos eleitores mal-informados e incorfomados, fora os problemas econômicos, me diga, quem conseguiria ter popularidade invejável. Tá na hora de parar o choro e começar a trabalhar pelo país.

    • Gladyston Costa disse:

      Desde quando pesquisa de satisfação ou de intenção de voto substitui eleição ??? Tem gente confundindo governo com é programa Big Brother.

  6. Isaias disse:

    Achar que Cunha vai ser isolado , só mesmo quem tem a mesma inteligencia politica de Dilma.

  7. Ricardo Neme Nasralla disse:

    Já cansei de escrever. A TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL diz que um acusado de corrupção deveria se afastar. O Cunha já deu mostras que as provas são verdadeiras, ao pedir a anulação delas por motivo de “coleta inadequada”. Me diga com quem anda que te direi quem és. Quem se alia a ele é tão corrupto como ele. Em qualquer País de primeiro mundo ele já estaria PRESO! Se não acreditam, perguntem à França, Inglaterra, Suécia, Japão. Não perguntem para a China porque ele já estaria MORTO!

  8. Roberto disse:

    Do ponto de vista histórico, a única novidade no cenario brasileiro atual é a Lava Jato. Todo o resto (crise política, baixa popularidade, corrupçao a rodo) já aconteceu inúmeras vezes em governos anteriores. E o mais relevante da Lava Jato ainda está por vir, com o indiciamento dos políticos. Contudo, o balanço de poder atual, com Dilma na presidência – enfraquecida – é um dos poucos cenários que permite a evoluçao da Lava Jato. Nao tenho duvidas de que a ascençao do PMDB ao poder vai imediatamente estancar a LavaJato, restringindo-a aos empresário, operadores e um ou outro politico menos vistoso. O PSDB não consegue se viabilizar sem o PMDB e o Aécio salvaria a cabeça do Cunha/Renan com prazer em troca da presidência. Entao senhores(as), não vamos sacrificar a única coisa importante que temos no Brasil atualmente por conta de argumentos apaixonados e juvenis de “abaixo PT corrupto” e coisas do genero

  9. Joaquim disse:

    Como os políticos do Brasil são desfocados da realidade. Tínhamos uma meta fiscal de 1,2 PIB, a Dilma baixou para 0,15% do PIB e mesmo assim depende da aprovação de medidas que ainda estão no congresso ( retorno de dinheiro levado para o exterior, dinheiro de concessões e renegociação de dividas em juízo ) ou seja de um dinheiro que não existe. Por tanto novamente teremos um deficit nas contas publicas. E os políticos preocupados com os seu mandatos e com os seus privilégios. E muito preocupante e esta turma brincando. Deviam todos eles Dilma, Renan, Lula, Eduardo Cunha, Levandovisk no minimo nós pedir desculpa.Que tal uma renuncia coletiva, presidente, deputados, senadores e ministros do supremo.

  10. O dia que esta justiça praticada no Brasil for mais rápida, estes desmandos e essa pouca vergonha de um sujeito denunciado por algum motivo, continuar no cargo e praticar desmandos como esse alienado Eduardo Cunha.
    Já que demora tanto, deveria ser afastado imediatamente até a conclusão do julgamento.
    Esta prática de enquanto não houver o julgamento a pessoa pode continuar a exercer as funções, só poderia dar nisso.
    Ai ele deita e rola

  11. João Lopes disse:

    Se o Cunha não devesse agiria igual a Romario, com menos de um mes colocou tudo em pratos limpos, ainda meteu um processo na revista veja por calunia e difamação….. o Cunha ta se escondendo atras da capa de Cristão… não e pouco não…. são 5 milhoes!!!!!

  12. Henrique disse:

    Gostaria de salientar uma parte do artigo: “Nos bastidores, está disposta a fazer um acordo para reajuste salarial do Poder Executivo.” Espero que isso não ocorra de fato, pois um país em crise econômica~, é inaceitável um atitude dessas. Isso, sim, é pura irresponsabilidade e incompetência desse cancro que chefia o Estado.

  13. Maria de Fátima da Silva disse:

    “Cunha dirige com audácia e competência a Câmara, liderando um grande grupo de deputados.”
    Desculpe, mas se for competência em chamtagear, manipular, distorcer ou audácia em ameaçar, aí, sim, com certeza ele é mestre.

  14. Parece que a Ucrânia é o melhor lugar para se esconder das crises do pais. Quando os nanicos e a oposição colocam um idiota do comando da câmara é claro que a Ucrânia parece um paraíso mesmo Putin achando que é seu proprietário. Colocar este péssimo político no poder é a mesma coisa que Putin propor premio nobel para o presidente da Fifa.

  15. Renato disse:

    Quem está isolado somos nós, que não participamos do poder e somente somos chamados a pagar a conta desse joguinho de poder da social-democracia brasileira.

    Cunha, Aécio, Dilma,… a esses nada lhes falta, nem faltará. Não conheço político que, nesses tempos bicudos, teve que optar entre pagar o plano de saúde ou a escola do filho.

    O brasileiro está sozinho como nunca esteve. Uma ditadura que nos dá as costas é menos frustrante do que uma democracia que não nos representa e que só nos manda a conta. Em tempo: não estou defendendo ditaduras – estou falando, sim, de frustração. Afinal, um ditador é um ditador e não dá pelota para ninguém e isso já é esperado. Já os nossos “democratas” que deveriam nos defender… bem, a um custo bem alto, descobrimos que eles também não estão nem aí. Isso é frustração.

    • HUDSON DE MACEDO disse:

      Concordo plenamente

    • sergio disse:

      Bela colocação Renato.

      “Quem está isolado somos nós, que não participamos do poder e somente somos chamados a pagar a conta desse joguinho de poder da social-democracia brasileira.
      Cunha, Aécio, Dilma,… a esses nada lhes falta, nem faltará. Não conheço político que, nesses tempos bicudos, teve que optar entre pagar o plano de saúde ou a escola do filho.
      O brasileiro está sozinho como nunca esteve. Uma ditadura que nos dá as costas é menos frustrante do que uma democracia que não nos representa e que só nos manda a conta. Em tempo: não estou defendendo ditaduras – estou falando, sim, de frustração. Afinal, um ditador é um ditador e não dá pelota para ninguém e isso já é esperado. Já os nossos “democratas” que deveriam nos defender… bem, a um custo bem alto, descobrimos que eles também não estão nem aí. Isso é frustração.”

      Parabéns pela postagem.
      Realmente, estamos a mercê da própria sorte.

  16. carlos disse:

    amigos vamos esquecer essas picunhias e penssar no brasil

  17. Desconhecido disse:

    Temos e que construir muros em Brasília, pois, aquilo ali é um presídio sem muros. Vá ter tantos ladrões assim lá em Brasília viu!!!!.

  18. Paulo Pessoa de Albuquerque disse:

    A meu ver, o ideal comunista – a construção deliberada de uma “sociedade mais justa” – é intrinsecamente mau. Não existe justiça nenhuma em planejar de antemão a vida das gerações futuras, obrigando-as a arcar com o peso de milhares de decisões que não tomaram e com as quais talvez não venham a concordar. É monstruoso decidir hoje, de maneira irrevogável, a vida dos homens de amanhã.
    Olavo de Carvalho

  19. Pasquale disse:

    ‘Nada como um dia após o outro’ – Executiva do Santander demitida e humilhada por Lula tinha razão
    _________
    O tempo passou, Dilma foi reeleita, o desemprego subiu, a inadimplência subiu, Lula passou a criticar Dilma e a mesma funcionária que foi demitida por falar a verdade sobre previsão da economia caso Dilma vencesse as eleições hoje pode ser vista, no mínimo, como uma ótima analista e visionária.
    _________
    Pois é, ela foi demitida, o Banco pediu desculpas, Dilma venceu as eleições, mas o “galho mais fraco da arvore”, mostrou que o tempo é o senhor da razão, e o peso político de Lula e da reeleita Dilma com o banco, não foram capazes de mudar o rumo do país, [EXATAMENTE O PREVISTO PELA ANALISTA, QUE SEGUNDO LULA, NÃO ENTENDE NADA DE BRASIL].

  20. o oportunismo pelo poder so gera desconforto e mal estar a nação, enquanto a presidenta se complica em conduzir o governo , esse cunha com medo de ir para atraz das grades,pois quem deve não teme e é certo que ele deve, o pais paga com desemprego,inflação alta, fechamento de comercio industrias e o campo como sempre andou sozinho, produz independentemente de governo ou situação, se não tivermos a base agricola o pais ja tinha acabado…………triste e irresponsavel tudo isso!!!!

  21. Julio Domingos disse:

    O que venho percebendo na atual situação do nosso País,o Senado e a Câmara dos Deputados, se tornou um grande teatro onde cada personagem quer mais destaque.Os políticos por sua vez, não estão honrando a representar o povo brasileiro.Ao invés de se unirem para solucionar os rumos, simplesmente estão querendo provar para o povo quem fala mais alto e tem mais poder.Devemos no momento esquecer de partido A ou B, político c ou D.Devemos ignorar quem está na presidência do País, do Senado e da Câmara dos Deputados.Vamos sim se tornar num todo e resolver as pendências, para voltar o crescimento e o povo sair desse arrocho.Só num País como o nosso em época de crise, os nossos representantes se faz indiferentes a situação e saem aprovando medidas que no momento só venha deixar o caixa mais vunerável e com essa atitude mesquinha fazendo que categorias por todo o País, apoiados pelos seus Sindicatos, venham em busca de mais benefícios.Ou seja estamos na era se a farinha é pouca o meu pirão primeiro.Esses que estão organizando uma onda de protesto pelo País, porque não fazem um contra os absurdos que estamos vendo todos os dias através das mídias e o povo cada vez mais no dito popular se fu….. e ainda por cima dão risadas.O povo brasileiro é de memória curtas e não são capazes de fazer um exame de consciência para analisar a verdadeira situação a qual todos nós nos encontramos.

  22. Ursula Edeltrandt Rowe disse:

    Realmente, Julio Domingos, o povo não tem memória nenhuma. Basta pesquisar onde o santo Eduardo Cunha começou ensaiar a sua vida (política), o embasamento moral e ético ao qual está atrelado. Mas agora o único objetivo da oposição é apontar os erros (com os belos dedos limpos) do governo e parar o BRASIL. Qualquer um que seja contra o PT transformou-se no mais digno merecedor de crédito,imaculado!!! Acorda POVO!!!!! Vamos ao trabalho!!!! Cada um com suas responsabilidades e atitudes incorruptíveis ( SERÁ????) Chega de ódio e choramingos!!!!

  23. Pasquale disse:

    Ursula vc pariu vc cria, entendeu.
    Eu não vou pagar conta nenhuma,que por sinal estou pagando.
    Para amanha a tresloucada da Dilma,inventar alguma novidade.

  24. Pasquale disse:

    Brasileiro reclama de tudo e não resolve nada

    Reclamação vem do latim reclamatione, que designa o ato de “desaprovação manifestada por gritos”, e do verbo reclamare (reclamar) que significa exigir ou reivindicar. Essa, sem sombras de dúvida, é a atitude mais adorada e praticada pelos brasileiros. Nosso povo reclama de tudo!
    Apesar do abuso desse ato, o problema não está em reclamar: o problema está em apenas reclamar. Não existe o hábito do segundo passo por aqui. A pessoa reclama, xinga muito no Twitter e fica por isso mesmo. A parte mais importante, que seria achar a solução para reclamação, simplesmente é abandonada, transformando a atitude de reclamar em algo totalmente inútil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 14:26:18