aki

cadastre-se aqui
aki
Política
13-09-2016, 9h12

Situação de Cunha, que já era ruim, tende a piorar

Delação pode ser único caminho para suavizar prováveis condenações
27

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A situação jurídica e penal de Eduardo Cunha, que já era grave antes da cassação do mandato, tende a piorar a partir de agora. Ele perdeu o mandato ontem por decisão de 450 deputados federais.

Sem o foro privilegiado, haverá distribuição do STF (Supremo Tribunal Federal) para instâncias inferiores dos diversos inquéritos e processos que tratam das acusações de corrupção contra o ex-presidente da Câmara. Esses inquéritos e processos tendem a ganhar mais rapidez _ acelerando investigações, eventual prisão e possíveis condenações. Apesar de negar a possibilidade de delação premiada, esse é o caminho que Cunha será obrigado a analisar, caso queira realmente diminuir as penas que deverá receber.

Para o governo Temer, foi ruim, mas poderia ter sido pior. Salvar Cunha seria uma confissão de que o presidente Michel Temer teria virado refém de segredos do ex-presidente da Câmara. Mas foi ruim porque Cunha caiu atirando e deverá atirar mais.

Como fez numa rápida entrevista após a cassação, ele não deverá se contentar apenas em apontar que foi vítima de vingança de uma estranha aliança: Temer, Globo e PT. É óbvio que o placar de 450 votos pela cassação indica que ele foi abandonado pelo governo, criticado pela opinião pública e combatido pelo PT e outros partidos, como o PSOL e a Rede.

Cunha também foi abandonado pelo próprio o partido, o PMDB, e pelo PSDB e o DEM depois de ser peça fundamental na articulação para derrubar Dilma. É bom lembrar que Cunha só foi rifado depois de ter prestado o serviço para derrubar Dilma. Peemdebistas, tucanos e democratas o ajudaram muitas vezes a prolongar um processo de cassação que foi o mais longo da história da Câmara.

Apesar disso, Cunha foi, sobretudo, uma vítima dos próprios atos. Ele é o principal responsável por sua queda. Há farta documentação e testemunhos a respeito de casos de corrupção que o envolvem. Na política, agiu com arrogância e truculência quando tinha poder.

É natural que tenha tido uma queda tão espetacular depois fazer ontem na tribuna um discurso ameaçador, no qual disse que os deputados não haviam lido seu processo de cassação e que poderiam estar no lugar dele amanhã.

Dos 81 senadores, Dilma teve o apoio de 20 contra a aprovação do impeachment. Na prática, 25% do Senado. Contados os votos contrários à cassação, abstenções e ausências, 61 dos 513 deputados ficaram ao lado de Cunha, o que dá pouco menos de 12% da Câmara. É o retrato do isolamento do peemedebista, que também colhe o que plantou na política.

A cassação de Cunha é uma boa notícia para o país, porque pune alguém que comandou uma pauta de retrocessos na Câmara e que, por incrível que pareça, chegou a ser levado a sério por muita gente na política, no empresariado e na imprensa como uma pessoa que poderia aspirar ao comando do Brasil.

*

Risco federal

Na posse da ministra Cármen Lúcia na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), o tom dos discursos, sobretudo do decano Celso de Mello, foi marcado por críticas à corrupção e à classe política. Houve uma linha de forte crítica moral nas falas de Mello, da ministra Cármen Lúcia e do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Havia na solenidade, realizada ontem, políticos que respondem a investigações no âmbito do Supremo.

Celso de Mello deu lições de moral e chegou perto da criminalização da política, o que é arriscado. É fundamental o combate à corrupção, mas não há saída para a crise do Brasil fora da política. A ministra Cármen Lúcia foi a única que fez críticas contundentes ao Judiciário, dizendo que ele está longe de prestar o serviço ideal aos cidadãos.

Foi um ponto importante, porque o Judiciário é um poder fechado, menos transparente que o Executivo e o Legislativo. Numa democracia, é necessário que o Judiciário seja forte. Mas a hipertrofia de um poder na comparação com outros cria desequilíbrios. Tomara que a ministra Cármen Lúcia, que chefiará o Judiciário pelos próximos dois anos, esteja atenta a esse risco.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN’:

Comentários
27
  1. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    a falta de comemorações na elite/classe média brasileira pela cassação de, talvez, o politico mais corrupto que o Brasil já viu, só se iguala a falta de indignação com a presença do mesmo na Presidência da Câmara durante todo esse tempo . . .
    cada vez mais claro: corrupção nunca foi problema pra elite/classe média brasileira, o PT que era.

  2. PEREIRA disse:

    O ex deputado federal Cunha de bobo não tem nada, quando apertar mesmo, ele ira abrir a boca, e tenho certeza que ele abrindo por pouquinho que seja a boca, ele fritara muitos políticos. Começando pelos do PMDB.

  3. Mauro disse:

    Eduardo Cunha, responderá pelos ilicitos que cometeu e terá as penas que a lei prevê, mas deixa escrito na sua história que foi o responsável pelo fim do pior governo da história republicana do Brasil e isso é alguma coisa. O Brasil caminhava a passos largos para ser uma Venezuela e nisso o ex-deputado foi peça fundamental para que não ocorresse.
    A posse da ministra Carmem Lúcia deu o tom de que sob seu comando o STF será técnico e não político, ao contrário de seu antecessor que pecava pelas ligaçoes estreitas com a república de São Bernardo e que terminou seu mandato com uma decisão alucinada e desastrada.
    O fato maior da segunda-feira foi o depoimento de Marcos Valério ao juiz Moro, onde deixou quase explicito o envolvimento de Lula, Dirceu e Gilberto Carvalho em muita podridão ligada ao caso Celso Daniel.

  4. Sônia Ribeiro disse:

    Estamos apenas no início da faxina. Há muito trabalho a ser feito. Temos que tirar este Renan Calheiros (um câncer), 80% do Senado, 80% do Congresso e enquadrar este STF. Qual a razão da tal Cármen Lucia convidar Lula para sua posse? Qual a lógica disto? Este Sr. não é mais presidente há anos, nem ocupa qualquer outro cargo, a não ser o “de réu na lava jato” – rsrsrs! Então, ela deveria ter convidado FHC, Dilminha, etc….Este STF está todo contaminado. Será que agora dá para pensarmos no país e sua população, que está à mingua? Será que estes mafiosos poderiam começar a votar as reformas emergenciais, visando nos tirar um pouco deste lamaçal? E estes “agiotas” legalizados e seus juros impraticáveis, leoninos? Hei…., o povo precisa trabalhar, pagar contas, com os estratosféricos impostos embutidos, comer,etc. viver…entenderam ou precisaremos desenhar!!!

  5. Edi Rocha disse:

    Após publicar seu livro, Eduardo Cunha pode “voltar” a “vender carne enlatada para a África”.
    .
    Também, vamos ver se o Sérgio Moro será ágil contra ele ou não.

  6. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Melhorar o judiciário deve começar pela justiça eleitoral, que aceita registro de candidatos que não levam a política a sério.
    A começar pelos apelidos e nomes folclóricos até o registro de bandidos, estupradores, assassinos e ladrões.
    Se aperfeiçoar um país começa pela política, a porta de entrada é a justiça eleitoral.

  7. Lincoln disse:

    Já foi cassado tarde, que abra a boca delete seus comparsas

  8. Antonio disse:

    Quem com ferro fere, com ferro será ferido. Este é um velho ditado popular. Aliou-se com pessoas e organizações sem escrúpulos, para derrubar uma presidenta íntegra e honesta, deu no que deu. Foi usado descaradamente e após o impeachment foi descartado, como um lenço de papel sujo. Fez o jogo dos Joaquim Silvério dos Reis,derrotados nas urnas que elegeu a presidenta e com golpistas traiçoeiros e agora chora? Estes são os políticos que integram o Congresso Nacional, a maioria com processos na justiça. Muitos deles ocupando os mais altos cargos no executivo.

  9. Camillo Ferreira disse:

    Temos que ter calma.
    Deixar cada um fazer sua parte no serviço sujo, e depois varrê -lo da cena, como foi feito com o Cunha.
    O próximo é o Renan, e depois de outros “parlamentares” pode chegar a vêz do Temer, se der tempo, já que no “Congresso” as coisas andam a passos de tartaruga.

  10. Maurício Freitas disse:

    Que a justiça coloque logo as mãos nos ombros deste crápula. O cara ainda tenta convencer que é vítima. Vítima somos nós brasileiros. Ele disse que foi cassado por conta do pedido de impeachment, mas se 357 deputados votaram a favor do impeachment e somente 10 votaram contra a cassação dele, não é preciso ter doutorado em matemática para ver que quem votou contra Dilma, votou contra Cunha. Agora, ele vai pagar pelos erros com juros de.. Moro!!!!!!!!!!

  11. Paulo disse:

    Caro jornalista, ninguém esta “criminalizando a política” a não ser os políticos. O que o Ministro Celso de Melo fez foi apontar que a política virou uma prática criminosa. Se Lula, o criminoso mor da república estava presente à posse como convidado de honra, não há como escapar do fato de a política virou uma atividade criminosa no Brasil. Por outro lado, ao convidar Lula para a posse, o próprio STF demonstra que está perdido.

  12. Alberto disse:

    Bye,bye cidadão Cunha. Em cena Valério e logo adiante Cunha para atormentar muita gente conhecida,kkkkkkkkkk.

  13. Emilio disse:

    Tem político fazendo xixi nas calças diante da possibilidade do Cunha fazer delação premiada. Vai ser a hecatombe total.

  14. Joaquim disse:

    Felizmente ficamos livres do Lewandowski na presidência do STF. Uma pessoa que é capaz de condenar um pescador por causa de doze camarões e liberar um Dirceu, não deveria figurar em nossa história.
    De quebra ainda irá ficar com o seu tão sonhado reajuste.Vendeu até a constituição pelo mesmo.

  15. ANTONILDO LIMA SANTOS disse:

    Antigos parceiros no processo da casação da Presidente Dilma e principais atores na queda de Eduardo Cunha, com certeza o sucessor desta Michel temer será o próximo na lista do PSDB E Democratas, pois o principal motivo de tudo isto
    é que o PSDB quer a presidência de volta e somente cego não consegue enxergar.
    Enquanto o PSDB não chegar à presidência da Republica não estará satisfeito, isto significa que a preocupação nunca foi a população mas sim a conquista e manutenção do poder.

  16. Elo disse:

    Os erros do sr. Eduardo Cunha são gritantes. Mas ele não iniciou o processo de corrupção que existe no país. Apenas deu continuidade ao que já existia.Portanto, vamos continuar combatendo estes falsos representantes do povo, acabando com a impunidade. Muita gente está com o coração apertado, pois pode estar chegando a sua hora de prestar contas.

  17. Santos disse:

    Que o senhorzinho cassado dê nome aos bois, provas do que dirá, a fila ande e que TODOS que tenham culpa sejam exemplarmente punidos. Quanto a posse da ministra Carmem Lúcia, na minha modesta opinião, é uma luz na nossa escuridão judiciária.

  18. Luiz Carlos de Rangel Paes Barreto disse:

    Creio que esse passo abre outros que deverão beneficiar o Brasil. Seria interessante para o nosso país se o ex deputado pudesse cumprir com suas palavras, ao declarar que não iria sozinho para a cadeia. Não estou desejando nenhuma vingança, mas se falamos tanto em justiça, e ele falou nisso, a sua vingança poderá ajudar corrigir muitos erros cometidos, especialmente pelo legislativo, onde temos a dificuldade de ver quem tem uma ficha limpa. O problema é sujos estão julgando sujos. Só uma consciência política livre dos vícios do “toma lá, dá cá”, é que poderemos ter uma legislativo quase incorrupto, pelo ao menos em sua maioria absoluta. Que Deus tem misericórdia deste país.

  19. jose romilod ribeiro da silva disse:

    estou vendo mais um escândalo na politica nacional Pena que nada vai mudar porque nossas leis não funcionam.

  20. Maria da Consolação disse:

    O Cunha serviu a que veio: cassar a Dilma. Agora era um estorvo para o Governo Temer que quer desvincular a sua imagem da dele. Agora Cunha tá sozinho. Em breve vai ser mandado para o carrasco, e certamente vai tentar se safar das penas com a delação premiada.

  21. walter disse:

    Sinceramente Kennedy, ele manda recados velados, todos os seus comparsas, estão com as “barbas de molho”; trata-se de um “cidadão” periculoso; aquela conversa do Livro, que vai procurar uma editora; sem tem uma forma terrível de ameaças, é esta…Quando acusa o temer de não ter feito nada…quando alguém deve a justiça, deve pagar,no caso dele, começou com o mandato; não dá para responsabilizar ninguém…mentiu sim sobre ter contas…deve ser condenado, e o dinheiro repatriado…
    Quanto a Carmen Lúcia caro, foi mais do mesmo, basta a lista de convidados indigestos; nada pode justificar, a atitude do Lewandowski, que afrontou a constituição; todos do supremo, deveriam defender…esta afronta no senado, não será esquecida tão cedo; não pode extrapolar, em suas obrigações, como Juízes.

    • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

      Walter, caríssimo colega, você me fez pensar uma lógica perversa: se valer a regra de três na política, imagine os defensores abertos do Cunha… quanto devem !!!

  22. ANDRE disse:

    A câmara de deputados está em luto. Onde estão aqueles sorrisos espaçados que haviam no 17 de abril? Onde estão as bravatas, como “Por amor a minha família, eu voto sim” ? Onde estão os abraços de confraternização? A câmara ontem estava taciturna, cheia de semblantes carregados, a começar por Rodrigo Maia. Os deputados pareciam tristes e preocupados, em ter que fazer o que pedia a correção. Não foi a câmara que cassou Eduardo Cunha, mas sim o povo brasileiro, a este cabe toda a gloria, aos congressistas a vergonha.
    Esperamos 11 meses para dizer: TCHAU QUERIDO! JÁ VAI TARDE, MARIONETE DE IMPEACHMENT!

  23. sonia disse:

    Ainda bem que esse congresso respeitou a opinião do povo do povo nas ruas. Se o Cunha optar para a delação ai sim vamos os seus pares. a lei tem que ser igual para todos, doa a quem doer.

  24. Sônia Ribeiro disse:

    Hahaha! Este Cunha não vai delatar ninguém. Levou 11 meses nos cozinhando, vivendo de dinheiro público pagador de suas mordomias. Ele já acordou com seus igualmente aliados corruptos e furtadores e, obviamente, já negociou valores altos para livrá-los e continuará vivendo como marajá, às custas de um povo escravizado e miserável, que tem todos seus direitos usurpados e negados! Esta terra é a do carnaval sujo, do circo e do pão amanhecido!

  25. Neto de Preso Político disse:

    Menos um!
    Já vai tarde!
    Quem será o próximo?
    Lula, Calheiros, Lobão, Dilma, Gabrielli, Agripino, Aécio, Serra, Cabral…
    Quem matou Celso Daniel?
    Cordialmente.

  26. J K disse:

    Vão trocar a reforma da previdência pela manutenção do Renan no cargo. Depois de tudo aprovado, ele vai cair.
    Para a sociedade vai ficar um gosto de vingança, mas na vdd, as burradas que ele cometeu na vida pregressa serão o motivo da derrocada.
    Sensação de estar vingado ajuda a aceitar o prejuízo (ref. Prev.) mais pacificamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-24 05:56:12