aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-10-2019, 10h49

STF criou fantasma de Lula; país tem grupo mais despreparado no poder

Como Eduardo pode ser embaixador, se não lida nem com PSL?
3

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

Na história do Brasil, nunca houve grupo mais despreparado no comando do país. O presidente Jair Bolsonaro exerce o seu poder de forma imperial e familiar, com tentações autoritárias e bonapartistas. Há sobra de incompetência política.

A crise do PSL nesta semana, que culminou com a derrota do presidente e do filho Eduardo Bolsonaro, é apenas mais um capítulo da inaptidão para o poder, uma marca do governo.

Se não consegue vencer uma disputa interna para liderar a bancada do PSL na Câmara, como o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP) enfrentará o Departamento de Estado em Washington? É óbvia a falta de preparo para ser embaixador do Brasil nos EUA.

Há uma máxima na política. Presidente da República não entra em briga para perder. Bolsonaro entrou e perdeu feio. Houve rumores sobre eventual desistência da indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador, depois negados pelo Palácio do Planalto.

Como Bolsonaro parece biruta de aeroporto, que se move de acordo com o rumos dos ventos, convém aguardar, apesar de ter havido um acordo com senadores para dar o presente ao filho. Fato: Eduardo Bolsonaro se enfraqueceu nesta semana.

*

Farsa histórica

Agora general da reserva, o ex-comandante do Exército Eduardo Villas Bôas fez outra manifestação golpista, pressionando o STF na véspera do início de um julgamento que poderia beneficiar Lula. Ele afirmou ver risco e “convulsão social”.

Marx disse que a história se repete primeiro como tragédia e depois como farsa. No Brasil, o incrível cronista e escritor Luis Fernando Veríssimo disse que as farsas se repetem como história.

O golpe de 64 foi uma farsa. Nunca houve ameaça comunista. O outrora “general democrata” é uma farsa, fazendo ameaça a uma instituição democrática em rede social após encontro com Bolsonaro. Que papelão!

*

Poder descontrolado

Ao assumir que escreve tuítes para o presidente, Carlos Bolsonaro exibe o poder político que tem. O presidente usa suas redes para governar e trata a coisa pública como assunto de família. É grave tanto poder na mão de um filho que não tem função pública no governo federal.

*

Covardia institucional

Ao manipular a pauta desde a gestão de Cármen Lúcia, o STF alimentou o fantasma de Lula no julgamento que pode rever a possibilidade de prisão em segunda instância. Dias Toffoli manipulou a pauta do mesmo jeito. Agora, o presidente da corte faz discurso para dizer que não se trata de julgamento sobre pessoa, passando recibo sobre a pressão de setores da opinião pública que foram iludidos pela Lava Jato, como mostra a Vaza Jato.

Roberto Barroso deixou o Direito e passou a fazer política no STF. Falta com a verdade ou está mal assessorado ao dizer que revisão da possibilidade de prisão em segunda instância beneficiará criminosos do colarinho branco. Faz lobby pró-Lava Jato, apesar de a Vaza Jato tê-lo deixado mal na foto junto com Deltan Dallagnol e Sergio Moro.

Rubens Glezer, professor de direito constitucional e especialista da FGV-SP em Supremo Tribunal Federal, informou em entrevista ao “Estúdio CBN” na quinta-feira que os maiores beneficiados seriam presos pobres que poderiam ter ajuda das defensorias públicas.

Ouça abaixo os comentários feitos na quinta-feira no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
3
  1. Ayer Campos disse:

    Só um analista brilhante, estudioso e admirado como Kennedy poderia formular essa oportuna e justa crítica ao general assombrado pelas fantasias mendazes do passado. Parabéns.

  2. Carlos Mario Vásquez Gutiérrez disse:

    Boa tarde, Kennedy. Acompanho seus comentários na CBN há muito tempo: Parabéns pela sua coragem e pela fidelidade à verdade factual. Após 2013 e, mais ainda, após o Golpe contra a presidente Dilma, da dor acompanhar a política do país e ver como Senado, Congresso, Presidente, STF etc… navegam em águas turbas, sendo capitaneados por pessoas tremendamente incompetentes. Saudade de líderes em todas as áreas do governo e da nação. Abraço solidário

  3. walter nobre disse:

    Pelo contrario Kennedy, o lula tem a melhor oportunidade, diante das circunstâncias desenhadas, após sua condenação e as perspectivas de novas condenações; não conseguirá livrar se da pena, já que os julgamentos, envolveram outros juízes; receberá diferenciação de conduta, graças as benesses que estão sendo julgadas na corte…quanto ao governo, esta tudo dentro do previsto, nada pode ser acrescentado, o Bivar esta com o poder nas mãos, no que tange ao PSL, não há como os filhos do presidente, continuarem a dar cartas no partido; este jogo de xadrez movimenta muitos milhões anuais, terão que fazer acordo, e quem decide é o planalto.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-17 22:38:55