aki

cadastre-se aqui
aki
Política
11-05-2016, 19h21

Temer busca acordo com Fiesp e CNI para colocar PRB no Desenvolvimento

2º escalão teria indicações empresariais; Cardoso Jr. não é cotado para Defesa

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Para tentar vencer resistências empresariais à ida do presidente do PRB, Marcos Pereira, para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Michel Temer busca o seguinte formato: o segundo escalão da pasta seria todo composto por indicações técnicas do setor produtivo.

Temer considera que Marcos Pereira foi leal durante a guerra do impeachment, preside um partido importante para aprovar projetos no Congresso e já foi cogitado para Agricultura e Ciência e Tecnologia. Logo, o desejo do vice-presidente é viabilizar a ida do PRB para o Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Temer ficou contrariado com a tentativa da bancada do PMDB mineiro de tentar emplacar o deputado federal Newton Cardoso Jr. na Defesa. Houve reação negativa no meio militar. O vice não fez convite nesse sentido. Sua ideia é colocar na Defesa um civil que tenha militância no campo da esquerda. Pode até ser um parlamentar, mas Cardoso Jr. não é cotado para Defesa.

Temer avalia convidar a presidente da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), Helena Nader, para ocupar o segundo posto mais importante na pasta que resultará da fusão dos ministérios das Comunicações e da Ciência e Tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 19:39:19