aki

cadastre-se aqui
aki
Política
05-06-2017, 8h37

Temer corre risco maior no TSE do que no STF

Fachin e Janot deveriam falar sobre acusações de advogado do presidente
14

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer corre risco maior no julgamento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) do que no inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal).

Se for negativo o julgamento da chapa Dilma-Temer, o atual presidente perderia o poder em breve. Há possibilidade de recurso ao STF, mas a margem de manobra do presidente se estreitaria muito politicamente.

Houve inúmeras previsões a respeito do desfecho do julgamento no TSE. Ora, pareceu que a tendência seria a absolvição de Temer. Ora, surgiram sinais de que a situação do presidente se agravara e ele poderia ser condenado. Difícil prever uma tendência.

A preocupação do governo com a divulgação de uma eventual gravação do ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, que foi preso no sábado, tem relação com o julgamento no TSE. Apesar de a delação da JBS não fazer parte desse processo na Justiça Eleitoral, uma revelação de tal sorte, ainda que rebatida pela defesa de Temer, poderia criar ambiente desfavorável ao presidente no tribunal.

Já o processo no Supremo tende a ser barrado, porque hoje seria provável a reunião de apoio na Câmara a favor de Temer. Mesmo que haja um pedido de vista nesta semana de um ministro do TSE, não será possível empurrar o processo com a barriga durante meses. Provavelmente, em uma ou duas semanas, o julgamento seria retomado

Portanto, a principal batalha de Temer está no TSE, porque ela tende a ter um desfecho nesta ou nas próxima semanas. As demais batalhas, como um processo no STF ou um eventual impeachment no Congresso, poderiam se alongar por meses. Temer não dá o menor sinal de que possa desistir de lutar até o fim.

Há exemplos nesse sentido. Um dos advogados de Temer, Gustavo Guedes, disse à jornalista Marina Dias, da “Folha de S.Paulo”, que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, poderia divulgar gravação de uma nova conversa de Rodrigo Rocha Loures, na qual o ex-deputado federal e ex-assessor presidencial incriminaria Temer. Tal divulgação teria o objetivo de influenciar o julgamento no TSE, afirmou Guedes.

Na semana passada, deputados federais apresentaram ofício à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara a fim de pedir manifestação do ministro do Supremo Edson Fachin a respeito de eventual relação com Ricardo Saud, executivo e delator da JBS. Saud teria ajudado Fachin a obter apoio político para ter a indicação ao STF aprovada pelo Senado.

São graves as acusações do advogado de Temer. Gustavo Guedes também afirmou que Janot e Fachin adotam medidas processuais para acelerar o inquérito e prejudicar o presidente. Janot e Fachin precisam se manifestar. Não é admissível o eventual uso político de uma investigação contra ninguém. Se esse uso aconteceu em relação ao presidente da República, todos os cidadãos correm risco semelhante.

É preciso tirar a limpo essas acusações. Janot e Fachin não podem simplesmente ficar calados. Essa guerra dos defensores de Temer contra o procurador-geral e o ministro do STF tende a crescer ainda mais hoje, véspera do início do julgamento no TSE.

*

Denúncia à vista

O governo avalia que Janot deverá apresentar ao STF uma denúncia contra Temer nas próximas semanas, provavelmente acusando o presidente de corrupção passiva e obstrução de Justiça, como aconteceu na sexta com o senador afastado Aécio Neves _licenciado da presidência do PSDB.

Uma denúncia teria impacto negativo nos esforços do presidente para se manter no poder. Por isso, há mobilização do governo para barrar a autorização para essa denúncia seguir adiante no Supremo. São necessários dois terços dos deputados federais para que o presidente possa ser processado por crime comum no STF. Hoje, o governo teria apoio para barrar tal iniciativa.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
14
  1. A Justiça Divina está se manifestando. A dos Homens já caiu em descrédito a muito tempo.

  2. TSE NA HISTÓRIA: SEM CHICANAS, DISENTERIAS VERBAIS, DECREPITUDES MORAIS - JUSTIÇA, DOA A QUEM DOER! disse:

    Primeiro entristece. Depois apavora, indigna e revolta ver a hipocrisia de brasileiros do mundo jurídico nos mais altos graus da magistratura se acoplando à defesa dos criminosos, promovendo “chicanas”: ora soltando presos de altíssima periculosidade (políticos, governantes, empresários), ora pedindo vistas (vistas sobre processos que 200 milhões de brasileiros conhecem o conteúdo), ora agindo como verdadeiras “disenterias verbais e decrepitudes morais” diante da imprensa, fazendo críticas absurdas sobre agentes da lei que têm atuado sem seleção de partidos políticos e (ou) indivíduos.
    “DE TANTO VER TRIUNFAR AS NULIDADES, DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA, DE TANTO VER CRESCER A INJUSTIÇA, DE TANTO VER AGIGANTAREM-SE OS PODERES NAS MÃOS DOS MAUS, O HOMEM CHEGA A DESANIMAR-SE DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA, A TER VERGONHA DE SER HONESTO”.
    RUI BARBOSA.

    • Geraldo Gomes Pires disse:

      1) grandes corporações empresariais financiaram figuras públicas e
      legendas em troca de atendimento a seus interesses, como privilégios
      em licitações nos Executivos, e aprovação de leis facilitadoras de
      seus negócios nos Legislativos; 2) candidatos e autoridades cobraram
      apoio financeiro de empresas para colocar-se a seu serviço, sendo que
      isso permitiu ilícito aumento patrimonial a vários e fartura de
      recursos – muitas vezes pelo caixa 2 – nas campanhas, desequilibrando
      a disputa.

      Poderosos corruptos e corruptores cederam ao poder dissolvente do
      dinheiro. O sistema político está apodrecido e precisa ser
      substancialmente modificado. Na minha visão, só uma Assembleia
      Nacional Constituinte exPoderosos corruptos e corruptores cederam ao
      poder dissolvente do
      dinheiro. O sistema político está apodrecido e precisa ser
      substancialmente modificado. Na minha visão, só uma Assembleia
      Nacional Constituinte exclusiva para a Reforma Política, com intensa
      participação popular, será capaz de avançar

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Ora!! Quem se importa com Temer, TSE, STJ ou quem quer que esteja de plantão… O que o contribuinte quer é governança, segurança, decência, respeito, enfim, tudo que essa famigerada classe política está inadimplente com o cidadão de bem… mas não honra !

    • Sebastiao Canabrava disse:

      Responda por voce. Eu estou me importando com tudo isto. Quero tudo isto que voce escreveu, mas quero saber dos destinos do governo, pois isto implica tudo na nossa vida aqui no pais. Nao e’ por que, se haver crescimento economico, que haveremos de tolerar o que esta’ se passando em Brasilia. Se voce e’ do “mercado”, tolera-se este pensamento seu. Mas lembre-se, existe vida alem do “mercado economico”. O mundo nao gira ao redor do mercado!

    • Wellington Alves disse:

      Ué, quando se tinha governança. você apoiou o golpe e o caos para desestabilizar um governo DEMOCRATICAMENTE ELEITO. ACEITE RESULTADO DAS ELEIÇÕES QUE TEREMOS GOVERNANÇA.

  4. walter disse:

    Estamos caprichando bem caro Kennedy; não há salvação, o temer tinha sim, condição diferenciada, na chapa dilma temer; com os fatos a seguir, fica difícil para o TSE ignorar…tem provas robustas, se não surgirem outras gravações…no TSE só ganhará tempo, se algum “peitudo” pedir vistas…não podemos esperar, o País precisa de respostas; ao contrario do gilmar, o TSE deverá e poderá ser o fiel da balança; não podemos esperar a renuncia do temer; esta amarrado, já que o janot deve ter outra gravação comprometedora; seria moralmente um grande gesto a renuncia…

  5. andre oliveira disse:

    Uma denúncia contra o presidente da república (assim chamado) mesmo que barrado na Câmara azedaria mais ainda a opinião pública que quer em sua maioria Temer fora do cargo. Queria saber sua opinião, os Deputados, a maioria candidatos a reeleição e outros voos, apoiam um Presidente impopular até quando?

  6. ANDRE disse:

    O presidente Temer não tem como se defender e tenta da forma mais baixa e mesquinha atingir o procurador e o ministro Fachin. Não havia de se esperar nada diferente de alguém de tamanha desqualificação moral, que personifica a pior escória política do Brasil. È VERGONHOSO, ainda estarmos sendo governado por este senhor. Só o povo nas ruas, conseguirá derrubar este governo, então vamos encher as ruas, pedir a saída deste governo apodrecido.

    • francisco prates disse:

      Não só concordo com seu comentário, como digo mais, temos que nos reunirmos com prudencia com ordem, e dar todo o apoio àqueles que estão fazendo com que a lei seja cumprida e, fazendo. justiça, aos que estão infringindo-a.

  7. Analista Alpha disse:

    A que ponto o Brasil chegou ?????

    Parece que estamos vivendo a década de 1950, até mesmo nas figuras políticas, Temer, Eliseu Padilha, Romero Jucá.

    Estamos sendo desgovernados por essa gente, da pior classe política. Até quando vai durar isso?

    Parece um pesadelo. E Eles se agarram ao poder e com unhas, dentes e outras armas, não querem sair de jeito nenhum, nem com uma rejeição gigante pelo povo.

    Será que não há desconfiômetro? O Brasil não quer vocês.

    Eles sequestraram o governo e nós somos os reféns.

  8. rafael disse:

    espero que a busca por um sucessor não haja cessado.o tititi esfriou de 6 dias pra cá. esse negocio de diretas ja eh coisa de PTistinha frustrado (lembrando ki Temer e essa turma ae ajudou a eleger a dupla vermelha); sigamos o que a constituição vela e segue o jogo.

  9. Euclides disse:

    Hora de vermos quem é quem no TSE, quero ver qual deles terá a coragem de votar contra a cassação da chapa, visto a grandeza das provas de crimes praticados pela chapa. Soma se o grave crime cometido no exercício do mandato pelo atual presidente da Republica. Estamos de olho nesses ministro; Ah, não posso deixar de dizer que um já é conhecido, Gilmar Mendes, esse apenas confirmará o crápula que é.

  10. mano disse:

    prezados: Enquanto houver a figura do pedido de vista e o réu tiver um ministro de tribunal superior amigo na condição de julgador, o resultado é totalmente previsível. É um absurdo jurídico, mas é o mundo real. É o direito afastando-se cada vez mais da moral e aproximando-se cada vez mais da política, seja nefasta ou não para a sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-01-19 19:25:56